Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Eu, casada + meu Diretor numa boate de Strip-Tease

Autor: denyse
Categoria: Grupal
Data: 08/02/2002 21:02:27
Nota 6.67
Assuntos: Grupal, Striptease
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vou narrar para vocês a última idéia que saiu da mente perversa e diabólica do meu Diretor, o qual venho mantendo alguns encontros secretos com o mesmo, sem que meu marido suspeito de alguma coisa, tudo em razão de uma armação que ele aprontou comigo, quando em razão de uma vacilada minha, topei sair com o canalha, depois de uma festa de Fim de Ano que aconteceu na empresa em que trabalhamos.

Já relatei anteriormente às vezes em que fui obrigada a transar com seu melhor amigo e com a esposa deste e no último relatei o dia em que o safado entregou-me como presente de aniversário para seu filho que completava 15 anos e que nunca havia transado com uma mulher anteriormente e eu fui obrigada a tirar seu selinho.

Como eu havia narrado naquele conto, eu tive a idéia de fazer um strip-tease para o garotão, no qual tanto ele quanto seu pai ficaram super excitados com minha dança, razão pela qual surgiu a mais nova aventura sexual idealizada pelo meu Diretor.

Estava trabalhando certo dia e ele chegou com aquele ar de sacana e chamou-me para uma conversa reservada, onde solicitou que me arrumasse de uma maneira muito sensual e provocante, pois ele levaria-me a um local que eu nunca havia conhecido anteriormente.

Passei o restante do dia curiosa e preocupada em arrumar uma boa desculpa para meu marido, para justificar minha saída naquela noite. Disse para ele que visitaria uma amiga que não via a muito tempo. Logicamente me produzi de uma maneira muito discreta, para não levantar suspeita, mas atrás do carro, antes dele chegar do serviço, havia colocado meus trajes sexy: um vestidinho branco transparente, bem curtinho e com um generoso decote tanto na frente quanto atrás, uma calcinha minúscula branca e um par de sandálias de salto bem alto prateado.

Parei num shopping da minha cidade, local combinado com meu Diretor e fui até o banheiro e mudei minha roupa de casada para amante. Fiz uma transformação tão grande que quando sai os homens paravam e ficavam olhando-me, principalmente o meu andar rebolativo, que mostrava minha generosa bunda e a calcinha enfiada, deixando eles malucos.

No horário combinado o crápula estava me esperando, entrei em seu carro e ele deu beijo, seguindo para um local na minha cidade que eu jamais tinha passado antes. Comecei a ficar preocupada com o lugar que me levava e qual seria a surpresa que o cafajeste preparava desta vez.

Andamos mais alguns quilômetros por uma estrada de terra e finalmente chegamos ao local. Não estava acreditando no que via, ele tinha me levado numa boate de strip-tease, que costumava a frequentar quando não saia comigo ou com alguma outra vítima sua. Falei um monte de palavrões e falei que jamais entraria num lugar deste. Muito calmo, me disse para baixar a bola, pois eu já tinha feito coisa muito pior e que detinha uma coleção de fitas que facilmente me incriminariam e estava doidinho para entrega-las ao meu marido.

Entendi sua mensagem e resolvi descer. Entrando, deparei-me com um local muito bonito e recheado de belas mulheres, todas novinhas e com roupas que deixavam os homens malucos, segundo a fama que corre, acreditam que estas moças sejam universitárias de outras cidades da região e que a noite fazem shows e se prostituem para pagarem a Faculdade e outras despesas.

Caminhamos sob os olhares gulosos dos frequentadores, principalmente em minha bunda, que deve ter secado um pouco, de tanto que aqueles famintos cobiçavam.

Sentamos numa mesa, próxima a pista de dança, que tinha um mastro de ferro no meio do palco, que as dançarinas se utilizam para explora-los, esfregando suas bundas e bucetas nele. Meu diretor pediu duas doses de whisky e falou para que eu tomasse algumas para eu ficar alegrinha e bem solta, assim como na primeira noite em que saimos.

Estava terminando de beber a terceira dose e já me sentia mais liberada, foi quando o crápula chamou o garçom e pediu que este chamasse o Gerente. Quando o mesmo chegou em nossa mesa, ele apresentou-me como sendo sua namorada e falou que meu sonho, era estar num local como aquele e fazer um show de strip-tease, para que vários homens assistissem e verificassem a beleza de seu corpo nú.

O Gerente de imediato concordou e falou que assim que eu estivesse pronta, era só avisa-lo que ele me anunciaria como atração da noite.

Mesmo não estando muito no meu juizo perfeito, não acreditava na idéia maluca, daquele safado e falei que não subiria naquele palco. Mas, com muito jeitinho, ele me mostrou que seria uma experiência diferente e que a maneira como havia dançado para seu filho, eu não precisaria envergonhar-me, que dançava muito melhor que as outras garotas.

Resolvi então encarar, mas antes tomei mais uma dose, e dei sinal para que o Gerente me anunciasse. O mesmo, subiu ao palco e falou: atenção senhores, a Boate Eros, tem a honra de apresentar para vocês, uma atração inédita, a namorada de nosso amigo, que tem um sonho de dançar para nós todos. Com vocês a senhora Denyse.

Selecionei a música da Gretchen, Piripiri. Comecei de costas para o público, ainda envergonhada por ter que tirar a roupa na frente de tantos homens, mas quando a música começou fui soltando-me e inicei rebolando bastante minha bunda, mostrando minha calcinha minúscula enfiada no meu cuzinho, fazendo com que a galera vibrasse, virei-me de frente, resolvendo mostrar meu rosto para os safados e passando a mão por todo meu corpo, explorando meus seios que queriam pular do decote generoso do meu vestido e na minha xoxotinha que já começava a ficar molhadinha da excitação com aquela situação em que estava passando.

A moçada se contorcia nas cadeiras, principalmente pois o vestido em que usava era meio transparente e estava sem sutiã, fazendo com que eles notassem, que os biquinhos dos meus seios estavam durinhos de tesão.

Virei de costas novamente e rebolando muito, inicei aquele jogo já conhecido dos homens de ameaçar a levantar todo o vestido e depois deixava-o cair novamente e nestas subidas eles olhavam minha bunda quase toda de fora, pois a calcinha havia entrado inteirinha no meu cuzinho.

Resolvi acabar com o sofrimento deles e tirei todo o vestido, ficando apenas com os sapatos de salto bem alto e a calcinha, que tampava somente a parte da frente. A moçada vibrava ainda mais e gritava para que eu tirasse tudo logo.

Mas, continuei fazendo eles sofrerem mais um pouco rebolando ainda mais, ao som daquela música provocativa da Gretchen e me esfregando naquele mastro grandão, ora de costas ora de frente, parecia uma puta de verdade. Quando estava quase para terminar a música tirei a calcinha e eles puderam babar com minha xoxotinha, com os pelinhos todos bem aparadinhos.

Fui muito aplaudida, alguns até pediram bis. Fui para o camarim vestir-me e voltando para a mesa, enquanto caminhava, fui muito ovacionada e teve um mais exaltado que até passou a mão na minha bunda. Chegando recebi o beijo na boca do meu Diretor, que deu-me os parabéns e disse que o show havia sido muito excitante.

Enquanto tomava mais um drink, para ajudar a baixar a adrenalina, chegou um cara em nossa mesa e pediu ao meu Diretor se ele concederia licença para sentar-se junto conosco e o mesmo não vendo nenhum problema, autorizou.

O belo rapaz, elogiou-me muito pelo show e que havia ficado encantado com o meu corpo, e que estava procurando relacionar-se com uma pessoa mais madura, do que as outras meninas que estavam no local, pois apesar de serem bonitas, com certeza não deveriam ter a experiência que eu tinha.

O papo foi rolando cada vez mais solto e liberal, até que um determinado momento, ele perguntou ao Diretor, se não poderiamos fazer um programa diferente e sairmos nós três juntos em um Motel. Para minha sorte, o crápula de imediato recusou. Mas, o rapaz estava doido para transar comigo e resolveu apelar, dizendo que estava disposto até a pagar para ficar um pouquinho comigo. O Diretor de sacanagem, perguntou quanto estaria disposto a pagar. E ele disse, qual seria o preço? Eu não acreditava no que ouvia, mesmo alta, ainda sabia que estavam negociando e a mercadoria no caso seria eu. O crápula falou que por R$ 1.000,00 eu estaria liberada.

No próximo relato, eu direi se o rapaz aceitou pagar tão alto preço, para ter me em seus braços por alguns momentos.

Beijos,

Denyse

Comentários

28/12/2008 23:41:35
bom pode ser melhorado com mais detalhes e mais sensual.
CONSELHEIRO CRISPINIANO
21/02/2002 16:11:56
Eu já havia alertado vocês. Se continuaresm lendo esses contos ímpios vocês se foderão.
21/02/2002 16:10:18
O próximo dela é "Eu + meu diretor + seu filho de 15 anos, fodemos com a peciência dos leitores de contos eróticos"
16/02/2002 18:28:04
Leiam tb... transei com o pipoqueiro, com o dog alemao, com o padeiro, com as faxineiras da empresa, com a tia do diretor, com a bisavo morta do diretor, com a boneca Barbie do diretor
Veio da Roça
16/02/2002 13:24:46
Amém profeta!!!
Drica...
15/02/2002 15:44:23
Parabéns, gostei... sempre tive vontade de ir num lugar desses.....
O Profeta
12/02/2002 17:10:33
2 porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos.
Tarado Sexual
09/02/2002 17:22:57
Você é uma verdadeira devassa.Eu pagaria 5000 para te comer todinha
MAOS
09/02/2002 02:13:26
cadela sem vergonha
Veio da Roça
09/02/2002 00:37:35
Vai levar um deizão só pela muzica da Greti

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de sexo depilando a sograesposa de mente fertil pornofilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetocontos eróticos mulher transando com negãoVale de mulher pelada transando com homem chupando o pinto e razão na carecaconto erótico de mendingoimcesto com papai ele meteu sua pica grande tudo na minha bucetinha novinhatinha pocos pelosv meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindadeMinha jovem esposa bunduda dando na marra pra outro homem contos corno umilhadocontos eroticos. bi femininocontos eroticoscu virgemtaradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetebaxinha dando baixinhopornodoidotio chupando buceta contoescritor lipe casadoscontoscontos gays tio e sobrinhoquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca delewww.negao metie na velha porno.comContos eróticos de brasília comendo o cu da minha tiamulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliatavinhomg casa dos contosXVídeos gay com truculênciahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherbeceta melecada fazeno barulinho fudenoconto erotico com sadomasoquista cinto de castidadennncontosporno xoxota loucas surpresaWww. faveladas fazendo sexo na promiscuidadecontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasoperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no pauhttp://www.homoprazer.blogspot.com.br/video de homemmorde vaginaConto encoxaram minha mulherporno muito beidona no paupornô grátis cu de viado dando falta de pão de mel recheado no potecontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidamulenapicaporno zoo contos em quadradinhos dupla penetracao insestovideo novinha diz tio deixa eu chupar teu pirulito cabeçudosou viciada em boquete nao posso vet um pau qur ru chupomenina novinha reclamando do pau grande caiu no zzaapcontos de sexo depilando a sograO vizinho safado do 205video porno rapidinha com amigo do namorado enquanto ele banhaaenchi for anel sexporno A garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado kkkkkcorno porra ordenhA taca contoContos eroticos dormindo,contos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividaninfomaníaca viciada em zoofiliacontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo contos eroticos , isso geme putinhacontos chantagiei a enteada e tirei seu cabasomasturbando na cama serrando com travesseiro pornodoidocasa dos contos eróticos dei para meu filhover e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitoseita crossdresserporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemergostosa gordinhas tirando cabeçamulher chupa priquito de amiga sa empreme vou gosabucetao de sotinho q capui de fucahomens maduros de barba peladoscontos esfolei o anus da mamae bebadameu padrasto me iniciou na zoofiliavídeo de sexo negão lascando a b***** de magrinha Sonhadavir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sograuma mulher transando com cavalo a outra olhando e focou com votade de entra debaixo e ela ficou com medo da peroca do cavalojorjao roludo porno video contos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadeReta do Pedreiro Hétero Peladomulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhofodendo o putynho gaysites porno contos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica com tesao com a buceta toda meladaPoliciallindo tarado fudedorcontos lukinhas22cmMãeem sinaa filha chupa picaquero ve os telefoni das mulhe de curitiba casada que gosta di da a buceta para oto omhe deixa teu telefone