Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Familiar

Autor: Brazil
Categoria: Heterossexual
Data: 20/02/2002 13:12:37
Nota 9.38
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (25) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Todo garoto tem uma tia favorita: a minha era a tia Neusa, irmã mais nova da minha mãe. Desde pequenininho ela fazia festa comigo. Apertava-me contra o peito, beijando minha bochecha, o olho, a orelha, me sufocando com seus carinhos.

Cresci grudado nela. Meu pai dizia que eu gostava mais dela do que da minha mãe. Ela me levava ao cinema e tinha a gostosa mania de colocar minha mão em torno da sua cintura. E a mão ficava perto da bunda, na verdade... Eu era bem sacana. Quando comecei a me masturbar, pensava nela. No clube eu ficava horas observando seu corpo: as coxas bem feitas, as nádegas arredondadas e polpudas, as costas retas e fortes, a pele acetinada. Muitas vezes ela pedia para ajudá-la a passar bronzeador em suas costas. Sempre que me aproximava da bunda ela dizia: “Aí eu já passei!” Aquilo me deixava muito excitado... E quando ela passava bronzeador no meu corpo, nas minhas coxas?! Sua mão de veludo me deixava atordoado. Quando íamos ao litoral, eu, ela e o namorado – sempre me carregava junto – ficava louco ouvindo seus gemidos no outro quarto, e me masturbava vezes seguidas. Eles me esperavam adormecer para transar. Percebi o jogo. Ia para a cama mais cedo e fingia dormir. Minha tia conferia, me dava um beijo e corria para os braços dele. Uma vez os flagrei transando na sala. Faziam um 69, a minha tia por cima. Sua bunda voltada para o meu lado. A boceta pingava e o cuzinho piscava para mim. Tirei o pau para fora e bati a punheta mais gostosa da minha vida. No dia seguinte, assim que saíram para a praia, corri ao banheiro e peguei a calcinha da minha tia para cheirá-la... O perfume mais doce que já aspirei. Ela estava impregnada pelos fluidos sexuais. Toquei uma punheta passando a calcinha no pau.

Quando minha tia casou eu chorei feito um bezerro desmamado. Tinha 14 anos, mas agia como um garoto de cinco. Ninguém entendia aquele apego. Torcia para o casamento deles não dar certo. Todos diziam que ela ia me esquecer logo que tivesse um filho. E foi o que aconteceu.

Mas o tempo se encarregou de mudar meus pensamentos. Namoradas, amigos, faculdade, minha tia virou coisa do passado, coisa de menino.

Em um belo dia estava em casa estudando para a prova quando toca a campainha. Estava só de cueca. Imaginei que fosse meu primo me chamando para jogar futebol. Conferi no olho mágico e tomei o maior susto: era ela. Procurei a chave, querendo ganhar tempo para pôr uma calça, mas ela me surpreendeu: havia passado no trabalho de minha mãe e tinha uma cópia da chave. Tocou apenas para se anunciar. Fiquei atrapalhado diante dela. “Nossa, como você cresceu! Há quanto tempo a gente não se vê??”, perguntava. “Uns quatro anos, acho! No aniversário de um ano do Fábio...”“Meu Deus, você está um homem feito!” “Uma hora a gente cresce...” “Mas você cresceu demais! Vem, me dá um abraço!”

Seu corpo quente me causou uma recaída. Senti meu pau ferver. “Tia, eu vou pôr uma roupa...” “Que bobagem. Se fosse sua mãe você iria fazer isso? Você está na sua casa e eu não estou aqui para atrapalhar nada.”

Ela tinha uma mala nas mãos... Perguntei se ia viajar: “Não sei o que farei...” Havia deixado o Fábio com a avó e estava na minha casa porque ali o safado do marido não a encontraria. Estava contente de me ver. E começou a chorar. Eu nunca tinha visto minha tia chorando e aquilo me deixou furioso. “Ele bateu na senhora? Ele fez alguma coisa? Eu mato aquele filho da puta!” Ela me abraçou novamente: “Você continua o menino bobinho que eu amo.” Mas meu pau não parava de crescer. Ela percebeu. Desceu a mão, o segurou e perguntou: “Que é isso aqui?! Desde quando você sente isso por mim?!” Sua mão no meu pau me matava de vergonha e tesão. “Desde os 12 anos me masturbo pensando na senhora. Por isso eu queria pôr a roupa...” Ela não largava meu pau. “Nossa, é tão grande!” E saiu me carregando pelo pau até o sofá. Sentei-me e ela se deitou no meu colo, passando a chupar meu pau: “Ele é bonito, grande e gostoso.” Eu alisava a sua bunda grande: “Ai, estou realizando um sonho.” Ela parou de me chupar. Olhou-me no rosto e pediu para contar o sonho inteiro. Contei que uma vez a havia visto transando na sala com meu tio e sonhava com aquilo. “Me mostra o que você viu...” Foi para o chão e tirou a roupa. “Faz tanto tempo que não sei o que é isso...” Deitei-me a seu lado e disse que ela estava por cima. Ela então veio com a boceta na minha boca e novamente engoliu meu pau. Senti aquele cheiro familiar. Chupei a sua boceta e brinquei com a língua em seu cuzinho. Ela rebolava e gemia gostoso. Gemidos que conhecia de cor e salteado. Gozou na minha boca. E em meio ao gozo sentou no meu pau, fazendo o meu cacete sumir no meio de suas coxas. Beijou a minha boca: “Nunca imaginei que um dia faria isso com você. Está feliz?” Eu estava feliz, claro. Mas satisfeito mesmo só quando comesse seu cuzinho. Titia ficou de quatro. A bunda era a mesma que eu amava: linda, grande e redonda. O cuzinho piscava como naquele dia. Meti a língua em seu rabo e lambi em volta da auréola dourada. “Mete!”, ela pediu, empinando o traseiro. Enchi de saliva a entradinha do seu cu e enfiei um dedo. Ela apertou fortemente meu dedo com o esfíncter: “É minha primeira vez atrás.” Acalmei-a: ia meter devagarinho. Tirei o dedo, deixando o pau na entradinha. Fui empurrando. Ela, gemendo, me mandava parar. Até meu pau ficar preso na entrada do buraquinho. Aos berros ela gritou: “Não pára, enfia tudo!” Meu pau sumiu no meio de suas nádegas e ela, coçando a boceta, gemia e gozava: “Isso é loucura, é pecado!” Gozei dentro do seu cu e meu pau saiu em câmara lenta, amolecido. Ela me encheu de beijos e ficamos agarrados no meio da sala. Ela queria tomar banho, e me ofereci para lavar seu corpo. Mas me evitou: “Não é certo o que estamos fazendo.” Segui para o meu banheiro ainda zonzo e toquei mais uma punheta, agradecendo aquele milagre. Não estava nem um pouco arrependido. Não sabia como olhar na cara da minha tia sem desejá-la. Voltei para o meu quarto e tentei estudar. Mas não conseguia. Só pensava na boceta e no cu da minha tia. Voltamos a nos ver na hora da jantar. Minha mãe era uma mulher prática: se tudo está indo bem, e só a vida sexual anda mal, consertasse a vida sexual, mas não se separa. “Mas como?! Ele não me procura mais... Deve ter outra...” “Resolva o seu problema, arrume um amante!” Meu pai caiu na gargalhada. Perguntou se minha mãe teria coragem de fazer o mesmo. Ela o desafiou: “Me deixe na mão e você verá!” Eu roçava a minha perna na dela. E comentei: “Enquanto não resolve o que fazer, tia, fique morando conosco.” Meu pai retrucou para eu não me meter em “assuntos de adultos”. Minha tia estranhou: “Mas ele é adulto o suficiente para opinar também.” E o meu velho riu: “Nem namorada ele tem e não entende de relacionamento.” Ele estava certo: no meio da conversa tocou a campainha. Era ele, o meu tio, em carne e osso. Com flores e pedindo paz. Minha tia saltou em seus braços e foram embora na mesma hora. Meus pais ficaram felizes e eu contrariado...

Uma semana depois ela ligou. Marcamos um encontro e fomos diretamente para um motel. Nunca fodi com tanta paixão. Cheguei a rasgar sua roupa. Gozei em sua boca, meti em sua boceta e em seu cu. Ficamos viciados. Toda semana tínhamos encontro. O marido dela sabia que ela estava comigo, mas fazendo o quê?! Ela adorava meu pau e eu era tarado pela sua bunda. Quando ela estava menstruada a gente só fazia sexo anal. Dava o cu só para mim e gozava em sua boca. Com o marido passava meses sem transar. Era mais minha do que dele.

Hoje tenho 37 anos, branco, solteiro por opção e cheio de tesão.

Comentários

j.a
04/03/2016 11:12:07
nota 10
19/03/2013 12:59:23
Muito tesudo o conto. Nota 10.
11/01/2010 14:12:03
sensacional
27/01/2009 10:59:05
eu quera ter uma tia assim. bem gostosa e safada igual asua.
10/11/2008 17:51:10
ótimo conto, queria essa tia pra mim... rsrsrsrs
11/08/2007 12:41:20
MUITO BOM...nota 8...xD
pol
03/04/2005 11:47:22
gostei merece um 8
pol
03/04/2005 11:46:43
gostei merede um 8
Dani
02/04/2005 15:48:40
Não sei qual qual é o mais corno: o sobrinho ou o marido...
paude25cm
02/04/2005 11:34:26
agora que tua tia é coroona, terias coragem de come-la novamente??
LEONAM
02/04/2002 15:22:58
Lembro-me desse conto na versão anterior desse site. Ele inspirou um outro escrito por uma mulher/tia que seduziu o sobrinho. Se ela for frequentadora do site bem que poderia mandar o conto novamente. Era tão bom quanto este.
el papo
15/03/2002 12:26:11
Essa sua tia e uma tremenda de uma Vadia, dar ate o cu pro sobrinho.. Essa e demais !!Qual era o nome verdadeiro da sua tia .. seria por exemplo: KELLY..KELLYNGUICA !!
LEONAM
25/02/2002 10:38:56
Ô Bombabo.... Vc deve ter tomado muita bomba mesmo, acho que afetou o cérebro...
Bombado
25/02/2002 08:30:22
Vai se foder veio
Veio da Roça
22/02/2002 23:03:22
Ô Bonbado fala assim SUBI A ISCADA DU PREDIO, mas tem que fala bem rapido!!!
sebastian o picudo
22/02/2002 18:18:15
palha muito palha
Rozinha a Fror du Campo
22/02/2002 13:25:08
Oia la cumo fala com mieu amor!!!
Bonbado
22/02/2002 08:25:36
E quem é vc seu idoso pra concertar erros de ortografia?
Veio da Roça
21/02/2002 23:07:38
Ô Bonbado...vô recita pro cê um versinho que eu aprendi lá no Mobrar "antis de P e B, só M podemus iscreve"
Atteu
21/02/2002 13:28:30
Muita bosta
Bonbado
21/02/2002 13:26:41
Minha tia tem uma academia, quando eu vou lá ela me malha todo!!!
LEONAM
21/02/2002 10:04:37
Dez pro conto e dez pra Brazil...
Veio da Roça
20/02/2002 23:51:53
Eu tinha uma tia... tia Liota...êta muie ruim aquela, num pudia me vê que me dava um pé no ouvido, ou si não quiria que eu fosse busca água na mina.
Joe Tromundo
20/02/2002 17:29:29
É legal, tesão em altíssimo nível. Ou melhor nível de tesão altíssimo.
MSN (Movto. Nacional dos Sem Nome)
20/02/2002 17:00:27
Coloquei o título do autor como Brazil, pq foi retirado da Revista Brazil. Antes que algum espertinho ache que o conto foi "roubado" de lá", como alguém falou do "Garoto Mamado"...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


eu conto dancei com meu cunhado e senti um p*******quero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindabbw q curta peidar contos reaiscontos contos meu marido me arrumou um novinhomostrar despedida de solteira dentro do clube da p****** todo mundo pelado mais tarde vídeo pornô completocasadinha pacata contoscaseiro.Mae.filho.Depilacaomeu cu é todinho teuvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocontos eróticos de esposinha branquinha fazendo Dp interracial com vibradortia gostosas foder com subtilconto fude com meu cachorro a xifro meu maridofiume porno garoto senti tezao pela crentinhavideos mais ecitantes de todos os tempos homens peludos de sunga comen e tiram a virgindade de menina e gozam dentro de sua vagina video brasileirover video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadacuzinho apertadinho rosto lindinhobrincando escanchada contos pornotarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudosou viciada no pau do negraocarolzinha santos com muito putaria trepanopriminhos na ferias do colejo fazem muita putariaassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.Mamando o caralho do vovo contoseroticosConto erótico chupa bucetaMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendocontos eróticos cagando na minha bocasexo anal sem compaixãocontos eroticos gaysogroContos sobre beijos e podolatriacomi a xana zeradaComedor de mulher de corno campo grande mscontos meu sogrovideo porno com mulhe traido o marido e foi amesada que nao da cumulher pelada com a b***** cheia de goza cobrindo a telajapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideocontos eroticos amiga apostando o cudopei sobrinho contosconto com onze anos eu trepei com meu tio foi muito gostoso mais doeuhomem core atrais de menininha secuestra leva estrupa com varios amigos cu e buceta estora vidio pornoXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundasexo sentei no colo do meu pai sem calcinhacolica o pinto na buceta com saiaconto porno gay. bullyingcontos eroticoscuzinho sem pregaspersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornoXVídeos mulher chupa na chapoleta de idosomulher tomam do tiro nabuseta de revolverContos gay novinho que foi rasgado por varios homensXvideos pecavelcontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putacontos erotico chantagiei e depilei minha sogralactofilia com leite materno fetichemae gostosona chora na pica grossa cabecuda do filhoo play boy e o plebeu 04 casa dos contoscontos eroticos me comeram a forçamulheres gostosas fazendo garganta profunda com penis muito grandes e enfindo todo na sua guela e ele vai e gozaPadrastro fódendo o çuviolentada na escola contoporno incesto mamãe dese jeito nao consigo desfarsar meu tezaoContosveridicos contados por novinhascontos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemmim pediu emprego e dei a buceta contos eroticosmulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornoporno muler de roupa transparente mostando a calcinhaxvconto de arrombaram o meu cu me dando dinheiroo vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele pretocontos corno grupalCalcinha cheirosa da filhinhaputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celulardona cely eo caseiro tom contos eróticosse masturbando enguando o marido dormexvidiovideo de sexo levei gaia e chamei minha amiga e dois amigo pra fazer sexo gostozovideos de com mulheres muito gostosa muito esitada dizendo qui ta muito gosto que è pra comer o cuzao delasporno gabsinhaconto eu so tinha dez aninhos e meu tio ja chupava minha xoxota que era carnudinha eu ia a loucuracasa do contos eróticos publicadosContos de loiras taradas por mendigos negrosMiller tair marido com ladrão em casa phornocontos eroticos de mullheres que aman barbeariatransei com minha irmacontos de pau preto e grossomorenas,magras,cabelos pretos,peitinhos videos sexcasadas sirrricasmeu cu é todinho teuvideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elaso fotos da namorada do traficanti nem de chortinho dismeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesincesto mae vovozinha com filhovídeo pornô de homem cavalo pênis grande empurra na xoxota da magrinha gostosavídeos sexo gays estrupo vampiro principes dandonovinha com beloto do grelo grandecache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 vó que confessa que adora chupar o pau do seu netoela deixando alisar o grelomulher fazendo vídeo pornô na gritalhadacontos de filhas enrrabadas pelos pais de pénis grandes e grossoschamou a enfermeira pra cuidar do marido e flagrou trepadabuceta tao grande ce edtufo a calcinha coroa