Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O crioulo me rasgou inteira...

Autor: Flor
Categoria: Heterossexual
Data: 31/07/2002 02:48:35
Nota 7.70
Assuntos: Heterossexual

Sempre fui uma garota problema para os meus pais, desde pequena ja aprontava e era pior que moleque. Sempre gostei de coisas agitadas e brincadeiras radicais. Tudo isso ate meus peitinhos começarem a aparecer e minha xaninha, começar a ficar umida, a nascer pelinhos. Na primeira menstruaçao eu ficava olhando o tempo todo, por meu corpinho, e com o passar do tempo fui pegando formas e sentindo tesao por mim mesma. Adorava e adoro ainda me masturbar olhando para o meu corpo, em frente a um espelho, no banheiro ou no meu quarto, tenho alguns brinquedinhos que dormem comigo, no meio das minhas pernas, ja dormi com um deles enfiado dentro de mim, na xaninha, mas foi gostoso. Hoje estou com quase 20 anos, sou uma mulher normal, perfeita, e ja nao faço as loucuras que fazia antes. Meu pai tem uma metalurgica, o galpao fica numa estrada de Sao Paulo, a uns 10 minutos do centro, perto. Eu gostava de ir la, ficava brincando, correndo, andando de bicicleta, pois o terreno era bem grande. E foi la, que num belo dia, eu ja tinha 16 anos, conheci o mais novo funcionario do meu pai. Ele era tambem o zelador e dormia nos fundos, na casa do caseiro mesmo. Era solteiro, tinha 32 anos, devia ter quase 2 metros, peito largo, uma cara fechada, mas um sorriso ate que bonitinho, braços muito fortes, um verdadeiro armario como os seus amigos o chamavam. Ele me chamava de Senhorita., e o seu nome era Francisco. Numa das vezes que fui na fabrica, num momento estava na fabrica e fui ao banheiro das mulheres que ficava ao lado do refeitorio pelo lado dos fundos da fabrica, fazer xixi. Percebi quando entrei que do outro lado, no masculino, pelo barulho, tinha gente la., mas tudo bem, quando me agaxei no vaso, percebi que atras da vavula de descarga tinha um furo, nao muito grande,mas dava pra ver do outro lado, e percebi que alguem estava espiando, fiz que nao vi, mas me excitei sabendo que estava sendo observada. Fiz o xixi, levantei com a calça arriada e a calcinha, e fiz que procurava papel pra me enxugar, e virei varias vezes de proposito, deixando o cara ao lado ver o que ele queria. Deve ter ficado maluco, eu depilava sempre minha xaninha, nunca gostei de pelos. Dei a descarga e ai eu dei uma olhadinha, pela cor do sujeito, nao dava pra ver o rosto, deveria ser o Francisco. Gente do ceu, quando ele virou, eu vi o tamanho do seu pau, muito grande, roliço, grosso, um pau pra ninguem botar defeito, devia ter pelo menos 20 cm., mas era mais grosso que o normal. Eu ja tinha namorado na escola, nao era mais virgem, mas fui so 2 vezes, e tentei numa das vezes dar a bundinha, mas doeu muito, e parei,. Gostava mesmo de me masturbar. Mas aquele homem, me deixou alucinada, nunca tinha visto nada parecido. Sai, e fomos embora, e a imagem do pau do Francisco nao saia da minha cabeça, passei a fantasiar e passei a me masturbar sempre pensando nele. Francisco era alem de tudo, um bom pedreiro tambem, e meu pai um dia precisou alguem pra fazer uma reforma na edicula nos fundos de nossa casa. Contratou o Francisco e para nao atrapalhar ele dormiria la mesmo na edicula, num quarto improvisado, mas que dava pra ele se ajetar bem. Foi a visao do paraiso, ver todos os dias aquele homem ali, por varias vezes eu enfiava o dedo em minha xaninha olhando pra ele da janela do meu quarto. Comecei a ficar mais perto, fazendo perguntas e me mostrando. Numa das vezes coloquei uma calça de ginastica, bem coladinha no meu corpo, e sem calcinha. Puxei ela bem pra cima, de forma que a minha bucetinha ficava bem a mostra. Ele trabalhava, falava comigo e nao tirava os olhos de mim, percebi que tinha ficado excitado, pelo volume embaixo da sua calça. minha mae me chamou, sai correndo. Ela me pediu pra cuidar das coisas por ali ate que ela voltasse, ia ter que sair e a empregada ia lavar toda a frente da casa. Meu irmao na escola, estava perfeito, eu nao iria fazer ginastica. Ela saiu, corri e me troquei, coloquei uma saia meia curta, larguinha, uma calcinha bem bonitinha, tirei meu sutia, com os biquinhos arrebentando, uma camiseta e desci. Quando ele me viu, me comeu de cima em baixo, seu olhar me causou um calor que nunca tinha sentido, eu queria dar pra ele, todo meu corpinho lindo. Francisco entrou, e fui atras dele, estava suado, sujo de terra, ele devia pesar mais de 100 kilos, eu no maximo 45 quilos. Ele foi ate o quartinho dos materiais e simulei ter torcido o pe dei um gritinho, ele correu pra me acudir e me sentou num banco. Perguntou onde tinha machucado, eu levantei o pe, e com certeza o tunel para a minha calcinha estava aberto, e pra provocar mais abri mais as pernas do que era preciso. Ele olhou mesmo firme, levantei a saia e falei., - ta dodoi aqui., e apontei pra minha xaninha, foi o golpe fatal. Ele me colcou de pe, baixou suavemente minha calcinha, todinha ensopada, tirou-a e admirou minha entrada, minha bucetinha, me virou de costas, e beijou minha bundinha. Eu ja estava em ponto de explodir. Ele levantou a minha camiseta e começou a xupar meus peitinhos, estavam doloridos de tesao, ele chupava maravilhosamente bem, aquela lingua, quente aspera, me davam calafrios por todo o corpo., lambendo foi descendo ate chegar na xaninha, me sentou no banco abriu bem minhas pernas e enfiou a cara no meio das minhas pernas, e abocanhou de uma vez a minha bucetinha todinha, tudo, sumiu naquela boca enorme, eu gozei como nunca na boca dele, ele se fartou, sugou o que ficara dentro de mim, ate nao ter mais nada, eu nao perdi tempo e gozei mais uma vez na boca daquele macho sensacional. Passei a mao no seu pau, ele o tirou pra fora, muito duro, grosso, anorme, aquela cabeça parecia minha mao fechada, que coisa mais linda, porem muito grande. Ele me virou de costas e me colocou de quatro, e começou a lamber minha bunda. Olha a sensaçao era divina, aquela lingua percorrendo meu reguinho todo, ate que parou no meu cuzinho, enfiou ela todinha la dentro, e fazia circulos dentro do meu cuzinho, me fazendo gemer de tanto tesao, e com um dedo na xaninha eu gozei na mao dele com a lingua dando rodeio em meu cuzinho. Ele se levantou e tirou a calça, ficando nu, nossa, foi ai que vi o que vi. Pegou minha cabeça, com dificuldade consegui por a cabeça do seu pinto na minha boca, lambia de lado, engolia ate onde era possivel, muito grande, e ele dizendo que iria gozar, me deixava alucinada, nunca ninguem tinha gozado na minha boca, seria a primeira vez que ia esperimentar porra de homem. Ele me segurou a cabeça forte, deixou a cabeça do seu pau entre os meus dentes e avisou to gozando., aquilo foram nao sei quantos jorros de porra, na minha boca que quase me sufoca, fui engolindo a medida que saia, e olha, foram alguns segundo despejando seu liquido quente, pegajoso e muito gostoso. Eu bebi com muito tesao. Depois ele ja de pau duro de novo, sentou na cadeira e de frente alojou a cabeça do seu pau na minha bucetinha, e disse pra mim controlar o meu peso, e deixar ir entrando o tanto que quisesse e aguentasse. Eu quero tudo, disse., ele me chamou de loquinha, e falou, - se conseguir vai em frente. Senti como uma duvida e um desfio, encaixei a cabeça grande do seu pinto e fui largando meu corpo, quando doia eu parava, voltava e recomeçava., ate que senti entrar ela todinha, a cena era linda, aquela coisa preta, ja com um pouquinho dentro da minha bucetinha branca, dava um contraste ate bonito,. Fui brincando com aquilo, socando aos poucos, e ja com a minha xaninha meia aberta, estava quase gozando e ele tambem, quando eu e ele fizemos o mesmo movimento, ele estocou e eu larguei meu corpo, foi tudo ate o fim. Senti apertar meu estomago, rasgar a carne dentro de mim, rasgar as paredes da minha buceta, bater fundo no meu utero., e com uma grande, dor, ardia demais., com tudo isso gozei junto com ele, eu sentia as estocadas dentro de mim dele gozando, e me enchendo por dentro de porra quente, ainda., muita porra., ele era um touro. Ficamos um tempo assim colados, e ate com medo de me mexer, aquilo tudo ainda dentro de mim, fui levantando devagar e vi o estrago, junto com a porra que saia, jorrou tambem muito sangue., fiquei assustada, ele me confortou dizendo que era normal, mas so eu sabia a dor que estava sentindo, mas conseguiria afinal engolir o pinto daquele crioulo maravilhoso. Ele disse que queria comer meu cuzinho, mas nao ia dar tempo, porque precisava me preparar, porque senao iria doer muito. Concordei mas fiquei com uma vontade enorme de dar meu cuzinho pra ele. Coloquei a calcinha e sai, e ninguem notou nada. Quando fui tomar um banho, ainda vi minha xaninha arrombada pelo espelho, vermelha, aberta e sangrando, agora menos. Me lavei e fui cuidar dos afazeres e volta e meia ia ver meu negao. Cada vez que o via, minha bucetinha fisgava, lembrando a dor e o prazer que ele me dera. A noite, todos ja estavam dormindo, era de madrugada, eu desci e fui ate o quartinho do Francisco, que dormia a sono dos justos. So de camiseta, tirei minha calcinha e acordei beijando seu rosto. Ele acordou e me abraçou me puxando pra cima dele, e ja vendo eu nuazinha, disse, na frente nem pensar voce nao aguentar, deve estar dolorido, e estava, mas eu queria outra coisa. Chupei e molhei bastante seu pau, ele me deitou de bruços e começou a enfiar um dedo no meu cuzinho, passando saliva a toda hora, dois dedos, tres dedos., e eu adorando aquilo, era divino. Ja sentindo que era a hora, deitou-se com o pau pra cima e mandou eu me sentar em cima dele, e guiar como fiz com a bucetinha. Meu cuzinho apertadinho, sentiu aquela cabeça enorme querendo entrar, relaxei e sentei, e senti que entrou, ardeu, ele tirou, eu voltei coloquei de novo e fui afundando., e a medida que entrava sentia descolar todas as pregas do meu cuzinho, foi alucinante, dolorido mas gostoso, quando senti minha bunda bater nele, eu tinha conseguido enfiar aquele pinto todinho dentro do meu ja nao tao apertadinho cu. Comecei a rebolar e sentir aquilo mexer meus intestinos, e entrando e saindo e rasgando tudo, quando ele me puxou, enfiou 3 dedos na minha ja fodida bucetinha, chupou meu pescoço, me levou a loucura e gozou, gozei junto, senti aquela porra toda quente, agora dentro do meu cuzinho, novamente.,. Ele me deixou nessa posiçao, uns 10 minutos, sem tirar de dentro, a dor ja tinha sumido, so sentia minha bunda dilatada., e aos poucos, ele me colocou de quatro e ai me fodeu mais uma vez, com mais força, acabando com o resto que sobrou de mim, e gozou de novo la dentro do meu cuzinho. Nao consegui gozar, mais, porque ardia muito. Ele tirou, a sensaçao de alivio foi grande., e chupou mais uma vez minha bucetinha me fazendo gozar bastante. Fiquei com ele, mais uma meia hora, e voltei., arrombadinha, e fui dormir. No outro dia, era sngue na calcinha, na cama, nossa ele me arrombou inteirinha, doia tudo, bunda., bucetinha, as pernas, os peitinhos., eu me sentia inchada. Eu fodi com esse negao, umas 10 vezes, ate que ele saiu e voltou pra fabrica do meu pai. Nunca mais fui a mesma, e fiquei muito exigente sobre tamanho de pinto. Tive um namorado com um pinto de 12 cm., e me fazia gozar tanto quanto meu crioulo, acho que tudo e questao de jeito, carinho, sei la... ...bom se gostaram., vote neste conto....tem algumas visitas interessantes na fabrica., com mais gente, e uma amiga., foi legal....eu conto depois... beijos pra todos.... Flor....

Comentários

24/01/2014 17:47:43
CONTO DEPRAVADO, NOTA UM
24/02/2010 21:25:59
Bom, se eu fosse seu pai, eu mataria você e o "macaco", jogaria no aterro sanitário(lixão). Você é um lixo humano!
24/02/2010 21:22:32
Bom, se eu fosse seu pai, eu mataria você e o "macaco", jogaria no aterro sanotário(lixão). Você é um lixo humano!
18/06/2008 00:39:07
Ótimo
15/01/2008 18:27:34
se vc quer uma coisa parecida com a desse negao q vc falou ai vem fazer comigo eu tenho 18 cm [email protected]
21/11/2007 10:19:06
Querida Flor, sou casada e muito bem casada, com meu Serginho; mas isto não me impede ter fantasias, o teu conto me fez criar mais uma, "um lindo negro, com um penis imenso me arrombando toda". Acho que vou sonhar com isto, esta noite. Beijos, adorei seu conto
13/05/2007 21:57:20
Se quiser posso repetir essa dose pra vc. [email protected]
15/11/2006 21:16:49
Mais uma deliciosa e maravilhosa putinha. Desejamos que vc encontre o marido certo para não te impedir de se esbaldar com outros machos pela vida afora.
kimberli
25/10/2005 21:45:17
sempre tive vontade de dar o cu mas td vez que tento doi demais tem um jeito certo?
Asdrubal
15/03/2005 12:53:28
É muito dificil tanto para o homem como para mulher gozar com dor, essa aí consegue vários gozos.
lucas
05/01/2005 11:24:50
vc e uma tremenda tarada, gostei muito bom seu relatos.
alexandre
01/02/2004 21:39:19
gostei do seu conto mas só vou saber se é verdade se vc. me mandar uma email,ok?
ferreira
26/08/2003 19:27:01
Gostaria de ler outros contos que vc deu seu cuzinha,me escreva pra te eu contar que certa vez eu tb rasguei uma ninfetinha.
pirocudo
02/10/2002 20:13:10
quero saber seus outros contos me escreva princesa
Ferds
02/09/2002 14:36:24
Atualmente essas mina querem tudo da o cu mesmo. por isso que taum todas usando calcinhas de fio dental toda atochada no cu !!!!! elas gostam do roca roca... se vc ver uma mina de calcinha de fio dental, pode ter certeza que ela gosta de dar o cu, de sentir uma pica no rabo. isso que faz elas mulheres... bando de puta safada...... quando eu como um cu como com mais forca do que a buceta... do estocada ateh a bunda da mina ficar roxa.... se gosta de levar pica no cu tem que levar direito e com bastante forca... bando de safada... de qualquer forma.. nota 10 o conto. gozei bastante !
Alex
02/09/2002 04:03:30
eu tb quero te rasgar!! vc vai ver estrelas!!!
universitario
08/08/2002 14:12:29
me manda um mail, quero te fuder
31/07/2002 12:44:35
[C:\Meus documentos\25.jpg]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


quantos centímetros tem o penes do pro boteinobotei gozei tirei gozei soquei gozeicontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravacontos erotico minha esposa rabuda e meu tio 8filha a reda causilha e pai empura rolamentendo o pepino na buceta e no meu rabao contosConto porno velho comendo meninaConto erotico arrombei minhA tia 25cm grosso no acampamentomuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na mataContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindoscontos.gozei como louca na pica do meu filhovideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutachupano pau groso na marraxvidio.comencoxada no metro xvdgay cunete otima visao pornocache:3A3-3V1yYz4J:gtavicity.ru/tema/choro%20na%20vara%20a%20x%C3%B3linha%20! contos eroticoscuzinho sem pregaspornô caseiro da Mayara do colégioMaduras chupando novinhos contoseroticoscomendo a mileninha gostosinhaquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotospilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentemuler m as calcinhas lancesda xoxotasxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasincesto pai bota filha no colo e ficar bolinando elacontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgensmolhes pela porno vida de meninas de 19 anos conto namorada putaUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contoscontos eroticos fudendo com a síndica do prédiover homem chamadobucetacontos de sexo depilando a sograporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borracharianovinha encostada ne parede rebolando cassetecomi egua nova contohistoria de mulheres casadas que fazem dupla penetraçao e foram descobertasvídeo de mulher com o Playboy mostrando a bunda no conto o homem sendo o piru da xana delalevo muitas gosadas xvidiofodida na balada/contonovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaiconto porno provoquei meu filhocoroa q sabi dexa dozelo de pau durominha mae e a travestis contoscalcinha rendada minha mãe que me inicioucoroa grisalho com uma chapeleta muito grande comendo um garoto novinhocache:wNACedYikXQJ:gtavicity.ru/texto/20170544 contos de sexo depilando a sograpaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contosmiguel tesudommulheres contando qe 03homens comeram suabuceta em frente a seu maridomeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machovideos porno fodendo mae emprensadaxvidios travestis na punhetas novingasconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaeimcesto com meu papai que pica enormepapaizoofilia os mais pegadoressadomasoquismo p*** relinchando analmulheres que nao aguentaram dar o rabo pra homens bem dotadoscontos eróticos minha mãe parte 4vir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sograimem roludodoviduda.mulhe.conto crente com fogo na bucetavideos gay pissing dominação humilhaçãocontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosafiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosbomtuda pornoefaç de porncontos na piscina,, mulher de corno chegando com biquíni transparente e corno viadocontos gays pique esconde no orfanatomulher crente dando o cu pra dois pedreiro pauzudoContos eróticos policial rodoviário pirocudo gayCrossdress de vestidinho tubinhocontos comendo minha vizinha negra bundudaquero ver madrasta chupa sua em teada dormindoContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudirelatosacanaeu fico axanando que sou uma pessoa invejoso mais nao sou meus atos nao se dizem isso mais na minha cabeça eu pensso assim yahoocontos eróticos bem depravado de bem picantexvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duroatrevida gozando com o cunhado