Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Um tesão de titio(4ª parte)

Autor: Mychel
Categoria: Homossexual
Data: 23/08/2002 12:49:36
Nota 7.50
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

UM TESÃO DE TITIO

(quarta parte)

Depois daquela primeira trepada com o Tod na beira da piscina, eu fui tomar um banho demorado e voltei toda produzida novamente, pra delírio dos titios.

Coloquei um shortinho de lycra branquinho, uma calcinha fio dental também branquinha e uma camiseta soltinha, mas curta que deixava ora um, ora outro ombro de fora. O tamanquinho de empinar a bundinha fechava o visual, além dos brincos e as Maria Xiquinhas.

A carne estava pronta e eu comia ao lado deles sem dizer muita coisa, só ouvindo os dois me elogiar e me agradar muito. E eu sempre me insinuando pra eles. Teve uma hora que eu peguei um gomo de lingüiça e coloquei na boca fingindo ser um cacete e chupei dando uma mordida na ponta muito sensual, preocupando os dois que riram daquilo fazendo comentários do tipo:”já pensou se fosse um pau de verdade? À essa hora não existia mais.”

Terminado o almoço eu comecei a pegar os pratos pra lavar e o titio me ajudando disse ao Tod que ele podia ficar na sala ouvindo um som e quando a gente terminasse iríamos ficar com ele. Falei pro titio ir com ele que eu daria conta de tudo como uma boa menina. Ele foi e eu limpei tudo. Fui ficar com eles e quando cheguei, sentei no colo do titio e fiquei me mexendo até que ele perguntou se eu estava com foguinho no rabo de novo e eu disse que ele ainda não tinha feito amor comigo e que estava com saudades dele dentro de mim. Ele perguntou se eu queria ir pro quarto e eu disse que não. Eu queria que o Tod assistisse a gente e ele me deu um beijo e disse que tudo bem. Estava tocando um blues, que titio adora e eu fiz um strip pra eles e entes de tirar a última peça, a calcinha, puxei titio e tirei a sunga dele e comecei uma chupetinha daquelas que ele curte.

Mexia a bundinha pra lá e pra cá deixando o Tod de pau duro de novo e se masturbando.

Quando me posicionava pra sentar no pau dele, ele perguntou se eu não queria o KY e eu disse que não, que eu queria sentir mais o pau dele e como estava já todo molhado com minha saliva, entraria fácil e sentei encaixando devagarinho de frente pro Tod e sorrindo pra ele. Rebolava e gemia como uma cadelinha no cio e sempre olhando pro cacete duro do argentino. Perguntei pro titio se ele deixava eu chupar o Tod e ele disse que sim. Mexi um indicador chamando o Tod que veio e parou na minha frente, me deixando o cacete duro à disposição. Eu rebolava no pauzão do titio, chupava o pau do Tod e acariciava seu peito peludão, tipo Toni Ramos.

O argentino derramou toda a porra dele na minha boca sem muita demora e eu esfregava pelo rosto e peito e sempre pulando no colinho do titio querido até que ele não resistiu tambpem e gozou dentro de mim. Virei sem tirar o pau dele de dentro e beijei sua boca e acabei gozando na barriga dele e limpando com a minha boca em seguida.

Perguntei:”satisfeitos meus amores com a sobremesa?” disseram que sim e eu disse que ia tomar um banho e tirar uma sonequinha pra descansar e me preparar pra noite pros meus titios. Dei um beijo na boca gostosa do titio e mais um no Tod e saí da sala.

Tomei meu banho, coloquei uma calcinha de seda tipo shortinho e adormeci acordando lá pelas 7 da noite com o titio me acariciando a bundinha.

Me beijou e disse que era pra eu me produzir toda gostosa que ele ia pedir uma pizza pra gente. Tomei um banho despertador e coloquei um vestidinho tubinho curto e meio transparente, o que fui perceber só na hora que me vi no espelho. Coloquei uma calcinha branca que desaparecia na bunda, sandálias de salto alto, um rabo de cavalo no alto da cabeça, maquiagem suave, brincos novos que titio me deu e fui pra sala.

Quando cheguei, titio estava no telefone pedindo a pizza. Tod estava assistindo um vídeo na TV e eu cheguei perguntando pra eles: “Que tal?”. Tod desligou a TV e titio veio até mim e disse que estava mais gostosa que nunca e comentou que eu poderia ter o homem que eu quisesse daquele jeito.

Tod perguntou em tom de desafio:”será?”.

Titio disse claro que sim e eu só ouvindo quando Tod fez uma aposta: eu tentaria seduzir o rapaz da entrega da pizza e ele apostou que eu não conseguiria. Claro que titio disse que eu conseguia e aí veio a hora do prêmio: que ganhasse teria o direito de dormir comigo no quarto sema presença do outro. Titio topou e perguntou se eu topava a brincadeira e eu disse que sim, mas eles teriam que ficar escondidos assistindo. Fechado.

Quando a campainha tocou eles foram pra uma área de inverno e ficaram atrás do vidro no escuro de onde podiam ver, mas não eram vistos.

Fui abrir o portão e pedi pro garoto entrar, trazer a pizza e receber. Andei na frente dele e pedi pra que ele fechasse o portão e me seguisse. Durante o trajeto pela piscina, dei uma olhadinha pra trás e ele estava embasbacado com meu rebolado e as minhas coxas de fora, além da calcinha que podia ver pelo tecido do vestido.

Quando ele entrou, colocou a pizza na mesa e eu disse que ia procurar o dinheiro pra pagá-lo. Claro que eu sabia onde estava, mas fingi não saber e andava pra lá e pra cá procurando. Ele sentou-se numa banqueta alta do bar e me acompanhava com os olhos e disse que não tinha pressa e que podia procurar à vontade. Senti que titio ganhou a aposta naquela hora. Cheguei pertinho do rapaz e colocando a mão no ombro dele, perguntei: “e se eu não achar?” fazendo um beicinho pra ele. Ele respondeu que eu tinha todo o tempo do mundo, afinal estava gostando do que via e apontou pro cacete duro dentro da bermuda de tecido leve. Olhei e exclamei um “nooosssaa” e dei um apertãozinho no pau dele e outro na bochecha chamando ele de taradinho. Ele colocou a mão na minha cintura e disse que eu é que era muito gostosa, apesar de ter percebido que eu era homem e que estava com muito tesão perguntando se eu estava sozinha. Eu disse que sim, mas que meu titio ia chegar dali a pouco e ele perguntou se eu não queria dar uma rapidinha me puxando de encontro ao corpo dele no que eu me virei de frente pra onde estavam os dois e deixei ele mostrar como estava o volume dele na bermuda roçando minha bundinha. Eu disse que ele estava me deixando tesudinha e que só faria uma chupetinha pra ele. Ele disse tudo bem e começou a levantar meu vestido e me deixando de bundinha de fora pra acariciar à vontade. Pedi pra que ele tirasse a bermuda e a cueca. Rapidinho ele tirou tudo e sentou na banqueta e me chamou. Fui e me abaixei deixando a bundinha virada pros escondidos e cai de boca no pau do garoto. Chupava com vontade não vendo a hora que ele gozasse e ele demorou uns 20 minutos pra gozar e depois me disse que se soubesse que me encontraria aquela noite, não teria se masturbado no banheiro da pizzaria. Respondi tudo bem e disse que havia me lembrado onde estava o dinheiro: logo atrás dele debaixo de um cavalinho de enfeite. Paguei e ele foi embora dizendo que quando precisasse de mais pizza daquele sabor, era só pedir pro Roberto vir entregar e que ele viria com o maior tesão.

Acompanhei-o até o portão e ele perguntou se podia me dar um beijinho e eu dei um rapidinho de língua nele e disse que da próxima vez, quem sabe, ele não podia me comer o cuzinho. Foi embora feliz da vida, claro.

Voltei pra dentro de casa e os dois saíram de lá, ambos com os paus de fora e moles dizendo que tinham gozado com o que viram.

Sentamos à mesa e eu disse que o ganhador teria uma noite mágica comigo.

Comemos, conversamos até tarde e fomos dormir: o Tod num quarto sozinho e eu e titio na cama dele. E que noite. Acabei com a porra do titio, mas depois eu conto mais. Tchau. (continua, pra terminar a aventura desse final de semana)

Comentários

Lx
14/12/2008 21:43:05
Muito bom!
Clóvis
23/08/2002 15:32:51
Olha, já gozei uma vez lendo seu conto. Ah como queria uma sobrinha assim...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos tonando as menininhasMaduras chupando novinhos contoseroticosvídeos pornô eróticos com pau grande e grosso lindos com a pontinha bem geladinha e bem fofinhonegona rindo com uma boconaContos na pescaria com tios e amigos me fazen d bixinha delesxvideo afilhado fala quevai fazer massagem na madrinha e acaba comendo o cu delapeguei meu sobrinho mas tenho uma chapuletada rola muito grandenovinha dançando só de calcinha e de óculos e botãozinho vermelhopai pono 15 etopo filiaContos éroticos taradão caralhudo arrombando uma prostitutaela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cumadrasta traza com estrando até de se casagordinleitorcoroas peladas com o corpo melado de margarinafernanda puro desejo gamg bang contosporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencoupau no cu da incoerente pornoxvidio menina vigem perdi avigidadi gosano nasiririca escondidaTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comerpornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesaominha concunha morena gostosa que arrobeivídeo pornô mulher que faz a outra gozar e da Paz e líquido saindocontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elajornalista77 contos eroticoxvideos cliente dotado fica com pau duro durante exame e a depiladora acaba não resistndoporno dando a buceta noma tranza agresivamulher não transa com pauzãooooContos de primeira transa virgem detalhadamentevídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãotravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamaCamisinha atrapalha a tirar a virgindademulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornoContos tetas bicudas e sem sutiãloirinha magrinha sentando no pau do negao de 70 centimetrosvideo porno atentano a namorada corno escondidoContos eroticos mamaeeee uii aiiforsei minha madrasta a fuder panterascalçinha ate amarotada na bucetacontos eroticos cunhado com scatConto erotico.no cuzinho da caderantedespidida de solteiro e muito sexocd_patryziadoce nanda parte cinco contos eroticosContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cucontos eroticos coroa casada bancaria viajo a trabalho e traiu pela primeira vezporno.tem.leite.no.peito.deixemamaresposa fica brava amate gosa dentro xvidioconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioconto gay machominha mae me iniciou na zoofiliaContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradaviu a fofinha dormindo pelada e arrombou ela pornocontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudacontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulhercontos eroticas provoquei meu cunhadoPorno doido hosexualimoconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretomenos viciada novinha molhada cracudos pornôboquete da irmazinha casadoscontosvídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadomulher com mulher pode uza bolinha vaginasConto/patroa e empregada na cama amandomasturbados na camQuerido lavei a conaconto gay "todas as formas de amor"filme porno home reprodutopilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentelevei a minha noite também nua da filha me trata nua mandando minha pelada nua e vizinha tá na loja com meu pequenover relatos verdadeiro cheirava as calcinhas da minha primasocando na enteada gravida de jundiaineta safada faz boquete embaixo da mesa de jantarmartinha safadinhaContos eroticosPerdendo as pregas bem novinha