Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

João Jumento

Autor: Kaiser 66
Categoria: Heterossexual
Data: 21/05/2004 09:33:13
Nota 9.19
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (18) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Voyeurismo é coisa de quem gosta de ver outros fazendo sexo e se contenta com isto. Não é o meu caso pois as vezes que fiquei olhando e só me masturbando foram sempre por acaso.

Vou narrar uma destas vezes pois ficou na lembrança até hoje.

D. Elza era uma professora aposentada, tinha uns cinqüenta anos, solteirona, feiosa, morena, cabelo meio armado, mais para gorda, com uns peitões grandes e bundinha tipo marimbondo. Tinha um andar meio balançado, esquisito, com as pernas abertas como se tivesse acabado de levar uma vara no rabo. Enfim, um bucho, mas bem rica.

Morava perto de minha casa, numa casa muito grande, com um jardim bem cuidado. E quem cuidava do jardim era um cara de idade indefinida, baixo e forte, meio debilóide, o Seu João. Ele era fanhoso, falava tudo truncado, isto quando falava. Mas era um sujeito manso, tinha sido recolhido da rua onde era pedinte pelo pai da D. Elza, ainda molecote e foi ficando por lá. Arrumaram um quartinho no quintal para ele e se tornara um “faz tudo” na casa e quando os velhos morreram ficou como “herança” para D. Elza. Tinha uma coisa porém que tirava o Seu João do sério. Era quando a molecada passava da escola e mexia com ele. Os meninos passavam e logo um gaiato encostava o cotovelo na altura da virilha, sacudia o braço para frente e gritava: “Aí João Jumento”. Então ele virava bicho. Partia para cima dos moleques com o que tivesse na mão. Pedra, pau, ferramenta, qualquer coisa. No mais João era um cara pacato e obediente.

D. Elza comprava sempre no nosso supermercado e eu mandava entregar na casa dela.

Uma tarde o entregador esqueceu uma mercadoria e eu, como passava todos os dias na hora que fechava o comércio pela casa dela, resolvi levar. Cheguei na casa bati, ninguém atendeu. Dei a volta para ir na porta da cozinha e vi que havia alguém na casinha do Seu João. Fui chegando, a porta estava entreaberta e aí eu vi D. Elza só de calcinha e sutiã de pé na frente dele. Ele estava vestido ainda e apalpando as tetas dela. Ela tirou o sutiã, os seios enormes penduraram um pouco e ela pegou um e colocou na boca dele que começou a chupar o bico escuro da teta. Fiquei assustado mas resolvi ver o que daria aquilo. Aí ela puxou a calça dele para baixo e ajoelhou-se na frente dele pegando o maior cacete que já vi na vida, devia ter uns 30 cm e uns 8 cm de grossura. A cabeça era uma bola grande e vermelha, bem destacada do resto. Compreendi ali o motivo da molecada chamar ele de João Jumento. Parecia mesmo a pica de um jegue. Dura, ficava meio encurvada para cima, e o peso fazia ela ficar pendurada . D. Elza pegou aquilo com as duas mãos e levou na boca. Pensei na hora que não ia caber, mas ela conseguiu abocanhar a cabeça e chupar um pouco. Mas o que ela queria era mais. Tirou a calcinha deixando ver uma buceta super peluda, deitou-se na cama com as pernas bem abertas e puxou o João pelo pau, colocando a cabeça na sua racha que foi se abrindo toda. Ele foi enfiando aquela tora nela que agüentou tudo com uns gemidos baixos. Ela ainda segurou a base do pau dele não deixando entrar tudo pois tenho certeza que não tinha como caber todo dentro dela. João ficou trepando nela um tempo metendo e tirando, soltando uns grunhidos esquisitos enquanto fodia. Ela gemeu forte e gozou, estremecendo toda e pedindo para ele parar. Ele saiu de cima dela com o cacete duríssimo ainda, resmungou alguma coisa, deu um empurrão nela, a virou de bruços na cama e foi em cima de novo. Ela gritou, falou que não mas ele a colocou de joelhos, com a cabeça entre as mãos e a bunda erguida, cuspiu na mão e passou no pau, encostou aquela coisa no cu dela e forçou para frente. D. Elza já devia estar acostumada pois só deu um gemido forte e ficou quieta enquanto ele foi metendo os 30 cm dentro dela. Achei que não dava mas foi tudo mesmo. João meteu nela, num vai-vem rápido, parecia um cachorro fodendo uma cadela. De repente ele estocou forte, ela gritou, desabou deitada e quase caiu da cama, ele deu mais umas duas estocadas pra valer e parou quieto deitado em cima dela com o pau engatado no cu arrombado dela. Ficaram assim um tempo, e ele, sem ter tirado de dentro, começou a meter de novo. Levou mais tempo mas gozou outra vez dentro. Aí ele só girou o corpo saindo de cima dela. O pau, já mole, foi saindo do buraco que ficou aberto, parecia um túnel inundado de porra escorrendo na cama. O cacete do João parecia uma cobra, mesmo mole tinha quase 30 cm, ele ficou de pé e aquilo ia até no joelho, dependurado, todo melado, balançando. D. Elza se levantou, limpou-se um pouco com um pano, vestiu as roupas e aí me mandei. Eu tinha batido duas punhetas olhando a cena toda, esporrando no chão mesmo. Saí dali, esperei quase uma hora e toquei a campainha da casa. D. Elza veio me atender de roupão de banho, cheirando sabonete, agradeceu, pegou a compra e eu saí. Notei que ela andava com certa dificuldade, mas agora eu bem sabia o porque.

Passei uns dias sempre lembrando do que tinha visto e sempre ficava com o pau duríssimo. Se bem que ela fosse feia, coroa, eu estava a fim de alguma coisa.

Uma semana depois, eu mesmo fui entregar as compras e na cozinha da casa dela contei o que tinha visto. D. Elza se apavorou, ficou toda envergonhada, pediu pelo amor de Deus que eu não contasse para ninguém, faria o que eu quisesse. Ela estava assentada numa cadeira toda chorosa, e eu tirei meu pau para fora e coloquei na sua boca. Ela me olhou e foi chupando. Tirei a blusa dela e o sutiã, coloquei meu pau no meio das tetas dela e fodi ali. No hora de gozar, coloquei de novo na boca dela e a fiz engolir tudinho. Neste dia foi só. Fui chupado por D. Elza muitas vezes.

Em algumas destas vezes meti na sua buceta e no seu cu, mas era largo demais, não deu muito gosto. Ela me contou que tinha começado a foder com o João ainda no tempo em que o pai era vivo, mas que quem a descabaçou e comeu seu cu pela primeira vez foi o próprio pai quando ficou viúvo. D. Elza ainda fode com o João Jumento.

Eu parei pois estava a fim de coisa mais nova.

Comentários

06/12/2011 20:55:30
futfitfu
15/03/2010 21:42:23
Do jeito que a coisa vai, logo irá aparecer alguem com um metro e meio de páu por vinte de grossura, e alguem aguentando tudo aquilo no cu! Ei pessoal, não vamos exgerar tanto! rsrsrs
13/02/2010 09:15:01
Ótimo e engraçado!
12/03/2009 12:35:42
Muito bom mesmo.
19/12/2008 12:06:41
rapaz,,pois o senhor joao jumento perto de meu irmao,, nao passa de um bebe com fraudas,,estar de parabens o conto,,nota 10
10/12/2008 19:52:21
QUE NOJO, ATÉ PARECE QUE O JOÃO TEM UM PAU DESSE TAMANHO
21/11/2008 16:23:41
Gostei.......ainda mais dos 30cms, qria um desse p mim...kkkk
21/11/2008 13:50:29
adorei o conto
15/09/2008 15:49:11
Gostei muito do conto nota 10
10/09/2008 13:59:30
É meio difícil de acreditar. Mas como já vi tanta coisa. Não acredito mas também não duvido.
04/09/2008 11:58:03
gostei...kkk
01/09/2008 13:57:35
Ôh pessoal, não implica não... mulher feia também goza!!!
25/07/2008 22:08:48
Persitilo não, peristilo...
25/07/2008 22:08:06
Persitilo foi justo... É muito bem humorado e merece um 10 sim!!!
14/06/2008 20:02:15
Ah! Adorei este!Engraçado e excitante pra quem gosta de uma esculhambação bem contada.
kct
25/10/2005 01:56:46
Assim é foda, daqui a pouco ninguém vai enviar mais contos, tudo que escrevem aqui dizem que é mentira, o q tem esse conto demais.
Escondida...
10/02/2005 01:36:43
Isso é porque a mulher era feia e escrota...
Anônimo
05/01/2005 17:25:50
É uma clara obra de ficção, mas é divertido pra cacete!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


comi a mae com a pereteca raspadinhaBoquete gay com marginal agressivocontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticocontos eróticos de esposinha putinha fazendo dp com vibrador interracialcoletanea dechupada no pau ate goza aboca cheia de porraputaria brasileira posicao papai e mamae pra salvar no celularhomem que fode muitohttps://www.yahoo.com/papai super dotadoxvidiosXVídeos uma mulher de 28 anos de baby doll arrumando a casavideos de sexo, lambeçao de barrigapauzao para meu marido e eu, exibidaaa cabasso fodedoracontos eroticos textosvideos de ninfetas transando com irmai anbos osdois novinhossexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaohomens passando o dedo na buceta das mulheres e elas alteradasGozei na buceta da crente velha contosninfomaníaca viciada em zoofiliaquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandosiririca em horas inoportunaschupando buseta labefo pasda mso bocscontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiaContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adoroucontos de sexo depilando a sograContos gays vestido de mulher para o negro dotadovídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****pubis depilado contosrevesando no cu da gravida pornocontos eróticos gays cracudoflagrei mamae com irmaovirei puta do meu irmãoempregada safadinha Fátimaflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contosmeu filho me sondava deu cu do eu comtos eroticosbem novinhas e rolaças xxvideosContos eroticos comendo cu da mamae com o papaicontos a Loba tarada no analconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexoporno brasileiras novinha da sua buceta e se arrepende e chora e chama palavrao nua"padre não é homem"estrupo de vuneravel pornofilme porno das pantera meu tio foi passar um fim de cemana na minha casavideo baixou a blusa e mamou nos seiosquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****videos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delasconto eroticos variss garotinhas muito novinhafotos d mulheres so d calcinha box cm a buceta inchadavideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo deleporno duas amiga core do pau cabesudoamigo gay bundudo liso vestido de mulher na festa conto gayvideos pornò homem chupando gostosònegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elacontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludocontos romatincos gay pit boyVideos de zoocadela no cio piroca nelacontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosacomo daesem doer a bucetairmao sacana espera sua irma dormir para abudar dela coloca seu pinto na boca e gosaxvideos porno travesti batendo punheta com uma serpente enfiada no cuwattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto bonitohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelopalavroespornobrasileirassete formas de medojaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratise já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraMEU PRIMO COMEDOR ME OBRIGOU A MOSTRAR MINHA ESPOSA RABUDAcontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comerVirei travestContos erotico iseto tia e subrinhocontos de sogro metendo pau na noraprovoquei meu pai calcinhacontos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticos