Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O Reencontro - Foda desesperada

Autor: Delicia do Pantanal
Categoria: Heterossexual
Data: 22/09/2004 10:14:51
Nota -
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vocês tão lembrada das histórias que lhe contei sobre meu rolo chamado BB, pois é, fazia muito tempo que não nos víamos, mas alguns dias atrás acabamos nos encontrando novamente, foi uma noite bem excitante que agora vou lhe contar.....Depois de ter trocado alguns e-mail, ele me aparece no meu trabalho, por sorte estou sozinha, a principio ficamos meio sem graça, jogamos conversa fora, bebemos água e sem mais desculpa ele me pega, me joga na parede e me tasca um beijo...e que beijo.....Isso tudo aconteceu na copa, nos abraçamos parece que faíscas saiam de nossos corpos. Naquela hora tivemos certeza de que acabaremos na cama, deliciosamente, mas ainda receamos saber se o outro quer isso mesmo......Sentimos nossas peles se arrepiar cada vez que um chegava perto do seu

ouvido para falar algo mais picante. De repente eu não me aguento e coloco meus lábios sobre os teus, enrosco minhas pernas no seu corpo, nos beijamos longamente, chupando um a língua do outro, nossa saliva chegando a escorrer pelos cantos da boca. Minha mão toca o seu corpo...digo q assim não dava, que depois de tanto tempo aquele lugar não seria o ideal apesar do tesão q estávamos sentindo...ele avançou e sentiu o quanto estava molhada, mas tem medo, estamos alucinado, não estávamos nos importando se a qualquer momento alguém abriria a porta e ia dar de cara com duas pessoas transformada pelo desejo, por pouco não chegamos ao orgamos sem ao mesmos ter tirado a roupa, só pelo fato de termos nos esfregado...mas por mais que quisesse falar que queria ser comida ali mesmo, sabia que meu fogo e também o dele não ia acalmar depois de uma trepadinha....então, depois de muito custo deixamos para terminar o q começamos depois.....e justamente este dia que quero lhe contar.....Falamos algumas vezes por fone e trocamos alguns e-mail picante....rsrs....quem já me conhece sabe do q estou falando.....então um dia passei na cada dele, percebi o qto foi bom não termo matado nossa saudade, tesão naquela tarde.....mal abrimos a porta já começamos a nos comer, queríamos continuar o que foi interrompido....keria dizer olhando nos olhos dele que “ quero dar para você agora. Preciso que me coma de jeito, como um cavalo curra uma égua"....mas não houve tempo, eu surpreendo ele, empurro contra a parede. Colo meu corpo ao dele, elede costas para

mim. Sua bunda deliciosa se encaixa em meu buceta, começo a morder, chupar, num seguro tiro a camisa e começo a saborear cada detalhe daquele corpo, ele tentou se virar, mas não deixei, pois ainda queria sentir o gosto da pele, suor, cheiro, mas não resistiu, mum movimento faz eu trocar de lugar com ele, sua boca chega perto de minha orelha, nuca. Alargou sua língua com se ela fosse uma pá e correo minha nuca com ela, deixando um rastro molhado de saliva. Morde de leve o lóbulo da orelha, correu com a ponta da língua a

curva atrás da minha orelha e foi, com ela, se encaixar dentro de teu ouvido. Eu já estava gemendo, enlouquecida. Tento me virar e vc me domina e me jogo com força de volta à posição anterior, erguendo desta vez meus braços, colocando-os no alto, seguros pelas suas mãos, deixando-me imóvel. Morde com força minh nuca e me chamo de gostosa. Eu gemo

mais alto e peço q coma logo, porque não aguenta mais. Num mistura de mãos nos livramos das poucas roupas que ainda restavam...vc vê q estou com uma minúscula tanguinha preta, tento me virar de novo mas vc fica mais enérgico. "Fica de frente para parede, gostosa. Vou te deixar louca. Começa a morder de leve, depois aumenta um pouquinho a força, todo meu braço direito e vai descendo. Molha meu braço com a sua saliva e ele se sentia meu dono. Sua boca passa pelo meu ombro e vai morder minhas costas. Toda ela. Sua língua dança nos pelinhos d meu corpo, senti seu pau molhando sua cueca....mas não demorou muito, em segundos estava nu. Me apertou meus seios por trás. Eu já quase não agüento mais de tesão. Quero que ser comida, peço isso a cada minuto.Ele parecia não ouvir e continua o seu "massacre". Olha para minha bunda e tenho a nítida impressão que imaginou “ que um dia comeu gostoso esta bunda” acho q isso te desmontou. Sinto seu desejo e tesão, não se controlou, apoiei minha mão na parede e fiquei como de quatro, numa estocada só me penetrou, estávamos loucos de desejo, ele não agüentando mais como imaginamos bastou, apenas algumas bombadas dentro de mim. Gozamos como louco, sentia ele arregaçar minha buceta. .....Na hora queria ter dito que quando seu gozo chegasse, queria senti-lo que ele tirasse sua pau de dentro da minha buceta e falasse: "Abre a boca, minha cachorra, e ponha a língua para fora. Vou gozar na sua língua, sua deliciosa, meu tesãoooooooooo..." e depois gozar muito, enchendo minha língua de porra, que chegaria até a escorrer pelos cantos da boca....mas não houve tempos pois a falta que sentimos um do outro era muito grande....mas não terminamos por aqui, olho para sala e vejo o aparelho de ginástica, puxo ele pelas mãos e digo que quero ser comida ali, ele adorou a idéia q quando vimos já começamos a nos devorar naquele aparelho, a principia não achamos posição, mas ele desmontou todo o aparelho ate sentir que nos encaixaríamos com nunca naquele lugar, e foi o que aconteceu, tinha a necessidade de senti-lo novamente dentro de mim, comecei a cavalgar em cima do pau ele me virava e começou a me comer com as pernas elevadas acima do aparelho, gozamos novamente, marquei com minha porra e também a dele aquele aparelho, podem não acreditar, mas ainda não estávamos satisfeitos, sabia que ele queria me enrabar novamente, desta vez fomos para o quarto já na cama disse que agora seria a minha vez, joguei ele na cama e comecei a tortura....ele diz que sei deixa-lo doido somente usando minha língua, boca, e unha....e foi justamente o que fiz, comecei dando um banho, não um banho comum, mas um banho de língua, mordida, chupada, unhava.....comecei beijando sua bola e depois desci para os pés e depois fui subindo, subindo, até chegar na sua orelha e cabeça, sentia que o corpo abaixo de mim tremulo, desfalecido implorava para eu ir devagar, não tive como obedecer, senti meu tesão aumentar cada vez que sentia a reação do meu toque na pele dele, ele pedia “ vai de vagar, eu não agüento mais “ e eu mandando ele calar a boca e aproveitar minha boca, já que ele estava com saudades......eu continuei a brincar com aquele corpo, sugava seu saco, peito, barriga, orelha, sentia uma necessidade de deixa-lo mole.....lábia sua bunca, passava a língua no seu cuzinho.....até parar na sua nuca e começar a saborear cada detalhe dela...depois de deixo com muito tesão, falo para ele “ quer comer meu cuzinho? “ ele não agueta....eu continuo a provocar “ quero que você me como agora, quero ser enrabada.” Na hora se animou, fiquei de quatro e ele teve a visão do meu cuzinho rosadinho, que seria comido pela 3 vez, ele gozou muito e desta vez eu também consegui gozar pelo meu cuzinho, mas não paramos por ai ainda transamos mais uma vez, mas antes disso a lingua do BB entrou direto dentro da minha bucetinha eu começo a gemer desesperadamente, mordo meu clitóris e eu grito: "Aiiii meu Deus!!!! Que delícia!!! Me chupa, meu macho. Lambe a tua piranha. Me faz a melhor e mais gostosa vagabunda que já comeu. Meu homem, morde, me arranque pedaço, machuca minha buceta que só goza por você hoje. Aiiiiiiiiiiiiiiiiii, vou gozar, vou gozar, tô gozando, aiiiiiii.... puto..... vagabundo...... me faz de piranha...Aiiiiii gozeeeeeeeeeeeeeeiiiii..."Minhas pernas balançavam e queriam se dobrar. Abre mais as minha pernas, coloca dois dedos por trás dentro de sua buça ensopada, voltados para baixo. Esfrega a barba na minha xoxota por dentro com vigor. Isso me da um prazer enorme. Não sei se percebeu, mais gozei gostoso, senti uma coisa estranha, uma vontade louca de gozar de novo. Parece queia ficar maluca.... meu Deus, que coisa mais doida e gostosa... esfrega minha buceta nele e começamos a nos amar de novo.....me pega pelos quadris e me jogo de brucos na cama. Novamente me pega pelos quadris e me levanta. Seu pau entra liso e sente a quentura de uma buceta melecada., com estocada vigorosas me faz gozar como louca..... tenho outras histórias, depois conto para vocÊs

Comentários

6644
13/10/2004 13:28:17
sem graça
22/09/2004 14:25:08
sem graça.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


evangelica ainda nao tinha dado o cuvelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadasbelo sexo sobrinho dormiu na casa da tia de conchinha com ela na mesma camaeu quero ver as fotos da morena que dançava o Créu ela nua pelada porque sabendo que eras no site que ela ficou feio uma foto de pornô homem para a gente ver aquiasistir sexo completo brutal chupadas na bucetas uiiiiiicontos prima novinha dando cuzinho de surpresablogger comedorcasada gozando veja fotopauzudo fode bucetamenorgaroto sapeca .pornovenho a fuder cu a venhaporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delacontos eróticos escritos de lactofiliaxota molhada escutando o barulho do tesaonovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartocontos eroticos meu cachorrinhoconto pornpai comendo filha e a sobrinhatarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudomeu marido me chupava enquanto outro me gosava vidiodando uma Coçadinha na língua do negão safado cachorrãoMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendocontos minha cunhafa de 12 anos chupo meu pintoContos erotico arombei minha prima gordinhApatricinha de short perdida fodendo no matoEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosvideos como fazer um pau mole fica duro mundobichafudendo a irma no sofá depois de chantagealamaetrepando com a sua filha e ela goza a jatoContos reais de sodomiaconto adoro ser cadelinhaestorei a travesti safada contocontos me enrabou com straponcontoserot/mamae pegou eu e meu irmao brincando de medicoConto pau mendigo punhetaver instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homenscomi minha cadelaconto erotico lesbico dei o troco no meu marido com sua amantecontos eroticos de mulheres de manausmagrinha e a amiga desputando o mesmo homem dotado analtem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularwattpad enteado gay chupando o pau do padrasto musculosocontos eróticos o tio com minha namoradaquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosvideos mais ecitantes de todos os tempos homens peludos de sunga comen e tiram a virgindade de menina e gozam dentro de sua vagina video brasileiroloira jogando pinbolin pelada no saguão do hotelzoofilia os mais pegadoresContos de primeira transa virgem detalhadamentecontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandeconto erotico mendiga novinhatransandp no presidio com a maiVai vai no cu conto incestonovinhas de bayby doll e com a mao na bucetanegao fodefo cu forcaabriu bunda cu buceta dançarinas distraidasvideo pornor espetacular com mulheres ki sao loucas por homem de pica gigantea empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casamulhe pelada putona do cuzao e budona so de vistido ruivawww.seduçao e satisfaçao porno incesto italianoxvıdeo novınha gozando muıtonovinha do priquito ruivo contosnovinhos chinêses comendo cadela zoofiliahistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginalcontos eroticos entre jovens irmaos gemeoscontos eroticos dei para um vizinho de iptingadoce nanda parte IV contos eroticoszoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiaX video comendo ninazinha menor 18gostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porracontoprimeirafodapegou fogo no travesseiro da atrisContos mesmo depois de casada meu primo me enrabouContos de incestos mamae brinca de lutar com filho ele fica com tesao