Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Chantageada pelo titio 2

Autor: Pafer
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2005 09:17:27
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

meu nome é Suze e me pareço bastante com a Tiazinha porém com uns dois kg a mais.Continuando. Enquanto eu me recompunha, abotoando minha bluza e ajeitando a saia, a calcinha estava rasgada e no bolso do meu tio Rafer, o assento embaixo de mim estava molhado da saliva de meu tio e dos meus gozos!! Que boca, que língua!! E que gozo ele me deu!! Meu noivo Marcelo nunca me chupou tão produndamente como meu titio. O máximo que Marcelo tinha feito foi dar uns beijinhos nervosos, de como só cumprir obrigação, e mesmo assim não passou do meu monte-de-venus!! Agora eu sabia como uma mulher deve ser chupada! Como eu iria querer ser chupada!! Estávamos no Pajero do meu tio quando tudo aconteceu. Agora ele dirigia numa região onde tinha os melhores motéis da cidade, e entramos num. Antes de subirmos a escada para o quarto, tio Rafer mandou eu tirar a saia e subisse na frente! Por um breve momento me sentí humilhada por estar expondo minha bunda carnuda e bamboleante enquanto subia os degraus, mas também aquilo me excitava!!Sabendo que os olhos de tio Rafer me devoravam!! Sabia que ele iria me comer de todas as formas! Não de todas as formas. Como ele disse antes: minha bucetinha seria do meu noivo, o resto era dele!! Oh! De repente me toquei. Ele íria me enrabar!! Ía comer meu cuzinho!!Deixar meu anus larguinho!!Eu ía ser sodomizada pelo meu tio!!A expectativa era maior do que o medo de sentir dor. Eu também queria saber como era a sensação de uma rola dentro de mim, do meu reto, enluvando toda aquela rola!. Ainda mais a rolona do meu tio Rafer!! Qual seria a sensação de uma coisa cilindrica de musculo rijo, mas macio, deslizando suavemente da entrada do meu anus, com meu esfínceter apertando-o como uma boca, fazendo o percuso pelas paredes de tecido do túnel do meu reto até ele encostar a raiz do penis na minha bunda e depois fazer o caminho de volta, disparando mil vibrações por toda rede nervosa do meu tunel até a boquinha do meu anus!! Parei até de respirar e tive que me apoiar no corrimão!! Meu pré-gozo começava a escorrer por entre minhas coxas!! Tio Rafer percebendo e extasiado com minhas polpas douradas de praia, e o "v" branquinho onde não estava bronzeado, no alto e na confluencia dos bojos da minha bunda, colocou as duas mãos espalmadas em cada parte de minhas nádegas carnudas, separando-as e expondo meu cuzinho como um sol brilhante!! Então ele presta homenagem antes de deflorá-lo com o penis, ele o faz com a língua!! Tio Rafer beija, chupa, lambe e lambe! Tenta enfia a língua, mas eu não estou totalmente relaxada!! Ordenando delicadamente, para eu me tocar, acariciar meu grelinho e enfiar os dedos na minha alagada xaninha!!Ao mesmo tempo que faço isso, meu tio cola sua boca na entrada do meu cuzinho e o chupa como se estivesse fazendo isso com minha boca!! Ele pede que eu lhe dê os dedos da minha outra mão para ele chupá-los enquanto ele se levanta por trás de mim, e me pegando pelos cabelos vira meu rosto e me beija enfiando parte de sua língua em minha boca, que eu ávida, loucamente lhe chupo o resto da língua até sentí-la toda em minha boca quase me sufocando!! Enquanto me beija tio Rafer pega dois dos meus dedos que ele tinha chupado e direciona para a entrada do meu anelzinho!!Eu sabia que tinha de fazer!! Passei o dedo mais longo ao redor do meu anus acariciando-o e sentindo meu esfpinceter se contrair e relaxar simultaneamente!! Eu estava prestes a me deflorar o anus com meus dedos!! Não sei como descrever esta sensação de prazer físico e psicológico. Tio Rafer para me facilitar e sem deixar de me sugar a boca, me abre as nádegas e como um choque, não sei como, enfio metade de um dedo p´rá dentro do meu cuzinho e urro tão forte que nossas bocas se descolam e eu me curvo lançando minha bunda de encontro a virilha do tio RAfer!!Sem se mexer, meu tio põe dois de seus dedos em minha boca e manda eu salivá-los bastante!! Eu já prevejo o que vai acontecer!!Me extasio ante o pensamento de ter os dedos de tio Rafer acariciando meu reto aveludado!!Aveludado sim, pois eu já o sinto engulindo meu segundo dedo inteirinho!! Assim tenho meus dois dedos dentro da minha vagina, mais dois dentro do meu cuzinho e dois dedos do meu tio na minha boca!!Eu começo a me contorcer sinuosamente na expectativa dos dedos de tio Rafer invadirem minha bucetinha ou meu cuzinho!! Ele então tira os dedos de minha boca e a procura com sua boca colando seus lábios nos meus e vai baixando sua mão até minha bunda e qunado menciono de retirar meus dedos do meu cuzinho, ele segura minha mão lá e vagarosamente vai enfiando seu grosso dedo em meu anus!! Eu arregalo os olhos de espanto enquanto seu dedão vai abrindo espaço entre meus dedos alargando minha entrada do cuzinho!! Sinto aquela sensação de entupimento, mas saborosa! É como estivesse se aliviando da dor de barriga mas permanecendo como um nunca se acabar de uma coisa roliça que acaricia todo o feixe nervoso ao redor do tubo que vai acabar no anus!! Tio Rafer introduz o seu segundo dedão junto com os meus no meu entumecido anus!! Agora sinto algum leve esfacelamento da entradinha, mas não me incomodo. Sei que posso me dilatar ainda mais!! E lentamente meu tio começa um vai-vem em meu anus!! É como seus dois dedos junto com meus dois estivessem dançando uma lenta musica, fazendo movimentos contorcionistas, tendo meu reto à abraça-los!! Meus dedos dentro da minha xana sente essas contorções e começam a dançar também no ritmo!!Minha língua se enrosca na do meu tio embalada por esse ritmo lento que passados alguns minutos começam a se acelerar conduzidos pelos quatro dedos dentro de meu cuzinho!! Gozo!!Eu gozo e gozo!! Meu arfar é tão profundo que novamente descola minha boca da do meu tio Rafer!! Com a mão livre, meu tio consegue arrancar suas calças lançando seu caralhão prá fora, agarrando-o e fazendo o movimento masturbatório, que em segundos lança o primeiro jato de semem no ar!! Não me perguntem como, mas eu acho que faz parte de minha natureza em nunca deixar esperma se perder no espaço!! E como eu tinha as mãos ocupadas, me contorcí o máximo que pude e com ajuda de meu tio me segurando firmemente pelo anus, para eu não perder o equilíbrio, abocanhei aquela cabeça avermelhada do tamanho de uma bola de sinuca e a mamei como um bezerro faminto ( aqui no caso, uma bezerrinha )E meu tio se satisfez plenamente me deixando ir com minha boca gulosa até a metade de sua pirocona, gozando imensamente!! Ah!! Maravilha das maravilhas!! Eu era femea completa!! Eu sugava toda a essencia, não somente do meu tio, mas de um macho que me fazia descobrir meus prazeres por todo meu corpo!! Parte do esperma eu engulí, sem saber como e tendo uma amostra do sabor, outra parte vazava pelos meus lábios apertados em volta daquela tora, escorrendo pelos lados de minha boca e meu queixo!! Gentilmente, tio Rafer desliza prá fora da minha boca a sau rolona, enquanto limpa minha boca e meu queixo. E a mistura de esperma e saliva que ele tem na mão, ele a distribui em redor da cabeçorra que dentro de segundo estará se aconchegando dentro de meu cuzinho!!O quê faria voce, se tivesse uma sobrinha que é uma uvinha, com o corpinho da Kelly Key e cleptomaníaca? E se voce a pegasse em flagrante roubando numa joialheria de um amigo seu? Pois é, Suzana estava com as bandas de sua bunda espalmadas para os lados por suas mãos, com o busto meio apoiado na parede e uns dois degraus acima de mim, da escada do motel que eu a tinha obrigado a ir! Momentos antes eu tinha me esporrado e Suzy havia sugado o resto que ficou dentro de minha rola. Ordenei que ela cuspisse tudo na mão e lubrificasse aquele esplendido cuzinho!! O cenário estava pronto o defloramento anal de minha sobrinha!! Pegando minha rola e com quase metade prá fora de minha mão, comecei a esfregar por toda extensão de entre seus grandes lábios da xaninha até seu anelzinho enrrugado!! Suzy, com o rosto, ao mesmo tempo, de semblante humilhado e de femea descobrindo os prazeres do sexo, me olha suplicando para que eu parasse por alí, que ela me chuparia de novo, ou eu poderia esfregar minha rola entre o rego de sua polpuda nádegas!! Aquele rostinho lindo quase chorando, me olhando daquele jeito, me fez quae beijá-la, mas quando eu ví em volta de sua boquinha carnuda e parte do queixo com o brilho de meu esperma, eu recuei e parecendo durão, lhe respondí que ela chegaria inteira à sua lua-de-mel, dentro de quatro semanas! Ela fazia agora um olhar interrogativo, se fazendo de bobinha, me perguntou o quê ela poderia fazer para ninguém soubesse o que ela tinha feito e ao mesmo tempo seu noivo, Marcelo voltar a tê-la intacta!! Eu respondí forçando delicadamente a cabeça de minha rola nos lábios arredondados de seu anus. Suzy deu um suspiro longo e falou ao vento que ía doer! Eu perguntei se queria que eu parasse... e a denunciasse para meu amigo! Suzy mordendo o lábio inferior, largou uma das bandas de sua bundinha e empalmou minha rola e descaradamente, mas fingindo inocencia, iníciou seu anelzinho intumecido a engulir minha torona!! Suzy pressionou com mais firmeza, do que eu estava fazendo, a arroxeado glande para a boquinha de seu cuzinho, enquanto lentamente rebolava, e eu por meu lado ajudava empurrando minha vara até nós dois sentirmos o cuzinho se render, engulindo a cabeçorra. Suzy e eu paramos. Eu noto que ela faz uma carinha de dor. Eu lhe acaricio os longos cabelos cor de mel e o lado do pescoço, e lhe digo que apesar de tudo eu lhe amo, porque além de ser uma mulher lindíssima, era também muito honesta e que só estava naquela situação contra sua vontade. Ainda acariciando os cabelos, empurrando minha rola mais uns três centimetros prá dentro do cuzinho, agora guloso,sussurei bem perto de seu ouvidinho, que meu amor por ela ía além de meu controle e de meus escrupúlos e que ela me concedesse aquele momento de prazer e glória, que era ter parte de mim dentro dela! Suzana empurrou as nádegas para trás, engulindo o resto de minha rola com seu cuzinho faminto! Ela gemia feito doida! Ela sentia um poucoi de dor junto com mil choques de prazer cada vez que minha rolona deslizava pelos tecidos de seu canal anal!! Sua boca escancarda respirava e soprava, emitindo urros arrepiantes de prazer! Saliva escorria pelos cantos da boca assim como era lançada como esprei cada vez que ela urrava e urrava, até que disse que tudo aquilo era uma delícia!Eu sabia agora que a luxuria tomara parte inteiramente de Suzy agora!! Eu continuava acariciando-lhe os cabelos, e quando menos esperei, estava com a mão firmemente fechada em torno de um chumaço de cabelo de Suzy, trazendo-a de encontro a mim, enquanto com a outra mão agarrava sua anca, dando ritmo ao seu rebolado!! Suzy volta e meia exclamava:...que delícia!!...que delícia!!! Minha rola agora deslizava suavemente mas justa naquele lombinho espetacula, eu via suas nádegas bronzeadas tremerem e o pequeno triangulo pálido da sua pele acima da união das duas bandas da torneada bundinha de Suzy! Ele de repente deu uma paradinha, se afastou deixando uns dez centimetros de minha rola prá fora e foi voltando devagar até ter engulido tudo e dando umas fortes reboladas, soltou um grito mais alto que os outros e mais outro, e outro, mas agora não tão alto, e assim permaneceu gemendo baixinho! Suzy tinha obtido seu primeiro orgasmo anal, provido por mim seu tio e corneador de seu noivinho!! Eu próprio não sabia se já tinha gozado ou não, pois era muito prazer ininterrupto!

Comentários

21/07/2009 08:25:41
muito gostosso mesmo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgensdei a buceta pro borracheiro contos eroticosconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaoacarisiei a boceta da minha filhaPornopiroconaarrombadimhas ponoAdulta criando pentelho na bucetaContos erotico iseto tia e subrinhocontos lactofiliacontos eroticos entre jovens irmaos gemeosb***** com mais de um palmo de largura no XVídeoshistorias eroticas enteado bem dotado fudendo o cu vugem da madraataporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelxvideos gostosas esbugalhou os olhos quando o pau grande entrou tudo de uma vezMamilos deliciosos recebendo cocegas e axilasrolas grossas e veiudas fudendo as bucetinhas e cuzinhos das mulheres da favelarelato corno na casade swuingler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhoantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansoestrupei minha irma na cama do nossos paismulheres de 28 anos com muito tesão só puxa calcinha de lado pró kidbengala metecontos eu e meu irmao fudemos a mamãelesbicas praticantes de lactofilia xvideos hdefaç de pornAonde tu não me debruço no tapete XVídeosporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmaporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaNoca vi pau grosso filio vei mifuder na sala estoriaperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetaXvidio enfindo.o peEncoxada no transporte público contos eróticoconto eróticos de minha namorada deixa sua calcinha xeia de sebo na pia do banheirocontos heroticos cao doidao para chupar a donaquero ver madrasta chupa sua em teada dormindox vde porno rebolando de calca no pinto duro oroadestrador de escravasconto erotico gay gury chupador de dedocontos eróticos minha mãe parte 4minha esposa lavano abucetinhavidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paicontos eróticos bem depravado de bem picanteminha esposasuruba relatoporno de lingua dençendo a guelaputinha gostosa de blusinha regatinha e shortinho socado na ruaporno contos negao da mandiocadopei sobrinho contoscontos eróticos com pezinhos da tiaporno levou finha poamigofilha minha femea contoquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delascontos heroticos com fugitivosporno contos morando na casa do sogro bravocontos erodicos de primos sendo extrupado pelo lekFui encoxada e iniciada por um roludocotos eróticos patrao pau de asusta berei chorei griteixvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundocontos eroticos. bi femininoconto erotico fiz chantagem e comi o cu da minha maecontos de sinhazinha lesbica abusando de escravasexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôconto em casa neste frio minha boceta pede pica paiFoto picudo estotando a bucetinha da casadaporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porracomendo amiguinha da entiada de 15anoscontos de sexo depilada na praiamarido fazendo covardia com a buceta da esposacontos eróticos cantada na rua não resisti e traíraffa_ka maromba safadoquero ver fotos de buceta de saquinho de geladinhopica dura do peão de rodeioPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camaVídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôcontos eroticos arretando novinha na hora da janta na meaamolhe de bucetona do beici viradovídeo pornô com novinha com peitinho parecendo uma laranja metendo muitoContos gays vestido de mulher para o negro dotadoxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhafilhadorme.e.pai.enfrega.pica.na.buceta.delagaby de touros-rn transandoPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedomulher cor de jambo anal classico"meio abertinho" gay contomulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornocontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorsou safadinha adoro analcom p maninho casa dos contosforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastomorena linda tampa a boca do irmao e senta em sua rola enlouquecidaconto de como come meu maridorairodigoCamisinha atrapalha a tirar a virgindade