Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Amigo do papai

Autor: Lolitinha
Categoria: Heterossexual
Data: 30/01/2005 17:58:56
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Quando era menor, tinha lá meus 15 anos, comecei a notar que causava certo interesse nos homens, mas nada que não fosse excitação momentânea e pronto .

Um amigo meu, disse que eu com meu ar inocente e angelical, fazia os homens delirarem, pois eu já tinha feito isso com ele . Certa vez, estávamos na sorveteria, não havia nenhuma cadeira para eu me sentar, inocentemente sentei em seu colo ; só que sabia que tapava a visão dele, então abri as pernas dele e me acomodei no meio delas . De imediato senti alguma coisa me cutucar, ele se esfregou em mim, mas sabendo que eu era sua melhor amiga, não quis Ter um contato mais intimo comigo, então se levantou e me deixou sentada sozinha .

Mas bem, não é sobre isso que quero falar .

Meu pai é um homem jovem, sendo assim, tem mais intimidade com os rapazes jovens do banco onde trabalha . Ocupa uma posição, digamos que alta, pois nunca ouvi dizer que alguém com menor idade que a dele pudesse alcançar uma posição como a dele e ainda Ter respeito dos colegas de trabalho .

Certa vez, papai disse que teria um jantar de comemoração pelo aniversario dele, os rapazes do banco deram idéia de fazerem em um salão, mas papai não quis, disse que nossa casa tinha espaço suficiente para darmos uma festa . Mamãe obedeceu, e pediu para que eu a ajudasse, cuidasse pelo menos das musicas que seriam tocadas no jantar . Eu estava entediada, mas coo recusar, meu pai fazia todos os meus caprichos, então desta vez teria que ceder . Pois bem, para que ninguém me atormentasse disse a mamãe que desta vez eu tocaria no piano o que ela quisesse . Escolhemos Vivaldi e Chopin .

No dia até que tentei não ficar em casa, mas mamãe não me deu sossego, por fim, escolhi um vestido rosa de cetim, de alçinhas, que querendo ou não, realçava meus seios e meu colo de porcelana, sandálias prateadas e deixei meus cabelos loiros soltos . Na boca, apenas um gloss, e nada mais, duas borrifadas de perfume e eu estava pronta .

E conversa vai de um lado, vem de outro . “ Nossa, mas que graça de menina, até toca piano ...” . Meu pai ouviu elogios assim por muito tempo . Eu os ouvia . Mas notei que de longe, um rapaz, de estatura média, rostinho de bebe, pele rosadinha e lisinha, cílios pretos longos e olhos estonteantemente verdes, mais claros eu os meus, não tirou os olhos de mim o tempo todo, vez ou outra tomava alguma coisa, mas sempre me olhando, eu com minha timidez, sempre abaixava os olhos, me concentrava nas teclas do piano, e tocava, tocava para relaxar . Pra mim, ele não passava de um filho de qualquer um daqueles amigos do papai, que em breve estariam bêbados, porém ...

Fomos jantar, jantei, pedi licença, nem quis sobremesa e sai, fui para o piano . Me lembro que tocava a sonata patética quando ouvi passos vindos até o saguão .

- Linda musica, aliás, você é linda demais .

- Chama-se sonata patética, e realmente é linda mesmo, minha favorita .

E continuei tocando .

- Meu nome é Vinícius, trabalho com seu pai .

Nesse momento, as palavras trabalho com seu pai me impactaram, então ele não era um moleque mimado como eu pensava .

- Não quer ir dar uma volta ?

Parei, por fim aceitei . Timidamente aceitei .

Andamos até a portaria do condomínio, porém, voltamos e nos sentamos em uma pracinha que existe lá, está mais para bosque do que para praça .

Ele me colocou sentada sobre seu colo, vestia uma calça social preta, o tecido, não sei dizer qual era, mas sentia que alguma coisa crescia ali dentro . Meu vestidinho fino era leve demais, sentia qualquer coisa que me tocasse, ainda mais algo que me cutucava .

Me beijava, delicadamente passava as mãos sobre meus seios fartos para alguém da minha idade, aos poucos isso foi se tornando selvagem, com uma mão quase arrancava minha roupa, e com a outra procurava a rachinha da minha bucetinha .

- Você está sem calcinha ? – perguntou ele quase em um sussurro .

- Estou, ela marca o vestido e fica feio .

Aos poucos, conforme nos beijamos, sentia que ele ia abrindo minha becetinha e colocando os dedos nela . Tinha poucos pelinhos e ele me chamava de Lolitinha, coisa que me chama até hoje .

- Vai com calma que eu ainda sou virgem .

Ele desacreditou, pensou que fosse joguete meu, mas não era .

Ele se recompôs, eu me recompus e fomos para casa, que ficava há uns dois quarteirões dali .

Chegamos, mamãe perguntou onde eu estava, e quando viu Vinícius perto de mim quase desconjurou .

- Eu fui mostrar a ele como nosso bairro é bonito mamãe, e ele cuidou bem de mim .

Ela acreditou, ou fingiu que acreditou e saiu de perto de nós, Nesse momento eu não queria mais tocar merda nenhuma, queria que ele me tocasse, mas a sala estava cheia .

Num colapso, peguei a mão dele e o conduzi até a área de serviço, sabia que ninguém ia lá, então poderíamos ficar a sós, se mamãe perguntasse onde estava, tinha ido molhar os pés na piscina, e ele estava no banheiro .

Ao chegarmos lá, ele me puxou, lambia e beijava meu pescoço, suas mãos experientes buscavam ora meus seios, apertando-os, ora minha xaninha, erguia meu vestido e a via . Com seus pelinhos loirinhos .

Minhas mãos tremiam, ele tirou pra fora aquele cacete, que não era pequeno, mas não grande, e levou minha mão delicada até ele, eu peguei, vi que enchia minha mão . Perguntei se tinha que por na boca, e ele me disse que eu poderia fazer o que quisesse . Timidamente coloquei na boca e comecei a chupar, como quem chupa um pirulitinho, só que aquele era grande e mais grosso, aos poucos fui me acostumando com aquela coisa que inchava na minha boca, de repente, alguma coisa meia acida lambuzou minha boca olhei para cima, e ele sorriu, disse que eu parecia uma criança melada de doce, meu sorriso meigo o fez disser isso muitas e muitas vezes . Depois, ele me colocou de pé, beijava minha boca ardentemente, enfiava a mão por dentro do meu vestidinho todo amassado, mexia nos biquinhos cor de rosa dos meus peitos, e com a outra, colocava os dedos em minha bucetinha .

- Nossa você está molhada demais . Posso meter agora ?

Aquilo me fez cair na real, estava eu ali, com um rapaz desconhecido até horas atras, querendo meter seu cacete em minha bucetinha que eu estava guardando para alguém especial, onde eu estaria vestida de branco o esperando .

Ele dizia isso e empurrava seu cacete portinha adentro da bucetinha, que cada vez mais cedia .

Em um ímpeto de loucura disse que queria ser diferente das outras meninas, queria levar por trás antes de se deliciarem com a minha xaninha . Ele me colocou de costas pra parede onde estávamos perto . Pediu para que eu afastasse as nádegas, eu obediente fiz o que ele mandava, ele cuspiu no pau, primeiro enfiou a cabeça, depois foi empurrando até estar todo dentro de mim, aos poucos, eu sentia um tesão ir me invadindo, minha becetinha queria aquilo também, e ele foi metendo, metendo e metendo, cada estocada maravilhosa, e o pior era que eu não podia gritar de prazer, então abafava e somente suspirava . As mãos dele, por dentro do meu vestidinho, passavam por meus peitos e beliscavam os biquinho . Vou gozar sussurrou ele .Sabia que não devia, mas banquei a puta safada, pedi para gozar dentro do meu cuzinho que pouco a pouco tinha as pregas rasgadas . e ele gozou dentro . Aquele jato de porra dava uma sensação tão boa . Virei de frente a ele, o beijei, desta vez eu era selvagem . Pedi para ele sentar em uma cadeira que estava perto da maquina de lavar, porém, fui a té a portinha que fechava a área de serviço, tranquei, tirei o vestido, fiquei nua total . De frente, sentei em cima do pau dele, com alguma dificuldade entrou, saia de vez em quando, mas eu me mexia, sabia que aquilo dava tesão a ele, e ele mamava em meus peitos, como uma criança .

Gozou mis uma vez .

De longe ouvia minha mãe me chamando, sai de cima dele, pedi que ele vestisse as calças, vesti meu vestido, ele subiu o zíper, e antes que eu não vise mais aquele pau, pelo menos naquela noite, umedeci os lábios com a língua e dei um beijinho naquele pau que agora não era rijo . ele subiu o zíper, voltei para a sala descomposta . Minha mãe perguntou onde eu estava, disse que simplesmente molhando os pés na piscina . Vinícius foi embora, e em outro conto conto como ele comeu minha xaninha .

Beijos e chupadas nos paus dos homens que

lerem o conto .

Comentários

Adaylton
02/06/2006 01:55:37
Isto foi loucura! Vou pensar se acredito ou não no seu relato, pois, todos os outros que lí tem uma semelhança incrível.
mauro
10/10/2005 19:13:27
Morro de tesão por lolitinhas novinhas adoro chupar suas xoxotinhas. Como faço para chupar a sua xoxotinha?
10/10/2005 19:09:13
ki delicia vc deve ser adoraria lhe chupar todinha sua xaninha até vc gozar.
leo
01/02/2005 12:35:14
adoro garotas novas! como vc experientes e safadas!PArabéns e aproveite mais!
dias
30/01/2005 22:55:27
Para uma ninfeta de 15 anos vc deveria ou deve ser bem gostosinha mesmo, que tal fazer uma peta para mim.
---
30/01/2005 22:45:03
tu deve ser gostoza pra kcet eu quero esse bejo
=)
30/01/2005 20:50:00
bem excitante....adorei...adoraria ter algo com vc

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


familia sacana tufoscontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadoGozei na buceta da crente velha contoscontos eróticos transformação marquinha biquínimulhereres evanjelicas peludas porno caseinossa to preocupado comeu a mulher do meu amigo e ela ingravidou vidio pornocontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossavontade dechuar bucetaxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobobocete nu travetiaporno clAsSico primeira vez de um molequemacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracocontos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todaxxx carariu grandiquero ver 100 foto de morena cavala e coroa deitada na cama pelada com as perna aberta e segurando ho calcanharisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosovenho a fuder cu a venhaNem respondi e fui metendo naquela bucetinha encharcada, até sentir meu pau tocar o fundo, quando ela soltou um gemido alto e gostoso.homens chupando gksdei o cu e a buceta pro meu primo e me arrependiFamília Sacana Tufos -comendo as irmãs safadinhasquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delasa mulher e amante apertalas bolas pornoconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissorelato abuso comeu meu cuvidio disexe porno yotubeSanto Anjo conto eroticocontos primeiro menage rolou ate dpdemorou mas minha esposa aceitou e aproveitouconto erotico dei pro meu genrorelatos eróticos: minha esposa ficou grávida durante assaltoVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazeras coroa que fumo um maço de cigarro pornôcontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tiomulher trasando cem saber com oltroConto gay viagem Onibus leitocontos sexo duas meninas.me xuparam acampamentocontos eróticos loba adoro inversãoContos eróticos entre marido e mulher que se reconciliaramvelhas loucas do hospício dando o cu gostosotemto core mais eu pegeibrasilera xvideovideo porno vovô descobre que a netinha tem o clitoris grandemulheres de corno manso sem o biquininhoanal normalistavídeo dos anjos guerreiros vídeos pornô sem jeito malpornografia.manzorrassanporno irma louca pra da o cu pro irmao provoca ele ate ele come cu delacontos eroticos ganhei um boquete no pokersexo novos banho conhadas nuas"atolado no meu cuzinho"filha minha femea contoAmigas safadas e putas relatos eroticosconto hetero dos pentelhos raspadoPadrastro fódendo o çuler conto erotico de deficienteempresários do pau grande transando com homens mais lindo do mundo e musculosos e gostosos na pisina mete o pau grande que sai sangue misturado com gala gostosasIncesto- Irmão brutamontes se apaixona loucamente pelo irmãozinho gay casadoscontosconto erotico pau pequenoconto em casa neste frio minha boceta pede pica paicontos sexo duas meninas.me xuparam acampamentofodendo com maxima velocidade e sem piedade pornocontos eroticos pegando minha tia gravidasexo mulheres 80klshomens maduros de barba peladosporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariacache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho baixinha chupadora de espermacoloquei duas bolinhas de golfe na bucetaporno levei um amigo pra minha casa ele ficava elaincesto com meu vô contosgranfina brasileira sequestrada e fode e gozacontos me comeu a força e eu gosteicontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca eleVirgindade anal incesto Desde pequena Contopadrasto enteada falei de sexo brasileirodeixou a irma com a buceta pingandocontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãexvídeos i****** filho tenta fudera mãe e ela não quer dar mas acaba conseguindocontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhacontos de sexo depilada na praia