Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Esposa Gostosa, Amigo Tarado.

Autor: Nil
Categoria: Heterossexual
Data: 19/03/2005 10:13:14
Nota -
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é Nil e da minha esposa é Rose, somos casados há 15 anos, ambos com 37 anos, temos um filho de 14 anos, a Rose tem 1,58 cm, pesa 58 kg, é morena clara, tem cabelos aloirados, seios médios, muito simpática e adora uma boa amizade, eu tenho 1,65 cm, 67 kg, moreno claro, também simpático e no tocante a amizade gosto muito de fazer, a Rose é uma mulher espetacular nos damos muito bem em todos os sentidos e quando o assunto é sexo ela domina muito bem, ela adora um boa transa, diz sempre que não consegue viver sem um bom Cacete na sua gostosa buceta, eu sempre digo a ela que se ela não existisse tínhamos de qualquer forma inventá-la. Como nós já havíamos vivido a nossa primeira experiência no ménage-a-trois e tinha sido muito gratificante apesar da inexperiência, resolvemos realizar outra gostosa fantasia, eu tinha adorado vê-la transando com outro homem e ela mais ainda. Decidimos que iríamos buscar uma nova pessoa do nosso agrado para e realização de mais uma fantasia, com o passar do tempo lembramos de um amigo da Rose de nome José que tinha estudado com ela tinha ficado uma grande amizade, eu também o tinha conhecido era um belo rapaz, muito educado, também com a nossa idade, branco, cabelos lisos e muito simpático, deveria ter 1,70 m, e talvez pesasse uns 70 kg, muito comunicativo e espontâneo. A Rose contava que todas as vezes que se encontravam ele fazia mil e um elogios a ela, dizia que ela estava muito linda e muito gostosa, ela simplesmente agradecia e continuava a sua caminhada. Eu adorava quando ela chegava em casa e me contava a abordagem feita pelo nosso amigo, sabia que José tinha um grande desejo na Rose. Numa noite transamos e eu perguntei pra Rose quem ela gostaria que também estivesse em nossa cama naquele momento se deliciando com sua linda bucetinha, ela disse-me que queria o José. Um dia o encontramos em uma balada, batemos um papo e anotamos o seu celular e falamos que em breve iríamos convidá-lo para uma grande noitada, ele ficou muito feliz e disse que iria aguardar. Um dia resolvemos bolar um plano para seduzí-lo e numa sexta-feira, convidamos José para sair conosco, ele prontamente aceitou. Levamos o nosso amigo para um local bastante aconchegante, com som ao vivo, digno de uma bela conquista, pena que o local não era propício para uma deliciosa dança, pois Rose estava ansiosíssima para arrastá-lo pro salão e ser bastante apertada, possivelmente o nosso amigo iria dar-lhe uma bela cantada, pois, nessa noite a Rose trajava uma calça Jeans bem colada ao corpo mostrando as suas formas, uma blusa preta de mangas longas com um belo decote, onde surgia parte dos seus belos seios dando a impressão que os mesmos eram siliconados, o que mais uma vez chamou a atenção do nosso convidado que não tirava os olhos daquele decote, conversamos muito, mas, eu não me sentia a vontade para tocar no assunto, no entanto, nosso amigo com certeza iria perceber que Rose estava querendo algo mais com ele. Brindamos nosso encontro, e por volta de 01:00 hora, resolvemos deixar o local, e realmente o nosso amigo parecia ler os nossos pensamentos com relação as nossas intenções e isso muito nos ajudou (talvez tenha lido primeiro o tesão, o desejo e a vontade de tê-lo estampado no rosto de Rose), pois quando eu perguntei para onde iríamos, ele simplesmente disse: -Vou para onde vocês me levarem. Eu estava um pouco nervoso, sabia que a Rose também estava, apesar de já termos realizado a primeira vez, aquela situação com o nosso amigo era diferente, liguei o som colocando uma música bem suave para relaxar, comecei a dirigir por um local bastante iluminado aonde se concentra a maioria dos motéis da nossa Cidade, passamos por um e nada, quando iniciamos passar pelo segundo, nosso amigo mais uma vez nos impulsionando para aquele ninho de amor nos dando também aquele gostoso empurrão, disse: -Esse motel é maravilhoso o primeiro e o último quarto é muito aconchegante, neste momento eu gelei, não sei o que a Rose sentiu, então, tivemos a certeza de que a nossa próxima parada seria num gostoso quarto de motel, continuei dirigindo, fiz o contorno e tomei uma decisão, se era aquilo que queríamos, íamos ter. Quando peguei novamente a pista dos motéis, olhei para o nosso amigo que estava sentado no banco de trás e perguntei: -Você está preparado para viver uma grande aventura com a gente? Ele simplesmente disse: -Estou prontíssimo, pode tocar o barco, continuei e no motel em que ele tinha sugerido anteriormente eu entrei, pedi para que ele indicasse um dos quartos, ele indicou e nós entramos. Quando entramos me dirigi ao banheiro, quando retornei encontrei os dois no maior amasso, nosso amigo e Rose estavam envolvidos num beijo, percebi suas mãos percorrendo o corpo da minha adorada esposa, neste momento nosso amigo sentindo a minha presença se afasta um pouco da Rose, digo para o mesmo ficar a vontade que poderia continuar com o que estava fazendo, ele então se aproxima e novamente a beija, em seguida começa a tirar a sua roupa, iniciando pela a blusa, fazendo saltar na sua frente seus lindos seios, que encantado começa a sugá-los, mamando sem parar, neste momento vejo que a Rose fecha os olhos curtindo aquele deliciosa chupada, mesmo mamando nela ele vai soltando a calça JEANS, deixando-a só com uma minúscula calcinha cobrindo seu corpo, a Rose pede para ir ao banheiro, passa por mim e dar um belo sorriso, retorna e encontra nosso amigo José deitado na cama só de cueca e já demonstrava que estava com muita tara na Rose, pois, era visível o volume que formava entre as suas pernas, ela se deita ao seu lado enrolada numa toalha, nosso amigo a recebe com muito carinho e a puxa a seu encontro colando o seu corpo no dela, fazendo com que a toalha se abra um pouco e exponha aos seus olhos um lindo par de coxas, que ele já coloca a sua mão em cima e em seguida começa a beijá-la, que é retribuído por Rose, um beijo digno de um grande romance, até porque nosso amigo já a desejava muito e a sua oportunidade chegou, quanto a Rose ela também o desejava e aquela oportunidade seria impar, nosso amigo começou a acariciar o seu corpo, retirando a toalha e surgindo na sua frente o seu lindo corpo só de calcinha, ele acariciava os seios e passou a sugá-lo apertando-o e dando pequenas mordidinhas, eu olhava para Rose e percebia através do seu semblante que ela estava adorando ser tocada por aquele macho, seus olhos estavam fechados, talvez ela achasse que aquele momento era um sonho, ela tocava a cabeça daquele macho como que forçando ele a continuar lhe sugando bem gostoso. Nosso amigo José foi beijando e acariciando todo o seu corpo, passando pela barriguinha até encontrar a gruta do prazer, coberta por uma pequena pecinha, ele suavemente vai retirando e a deixa totalmente peladinha na sua frente, afasta suas lindas pernas e se depara com uma bucetinha cheirosa de poucos pêlos, concentrando-se uma pequena camada na parte superior e uma pequena camada nas laterais, mais precisamente nos grandes lábios, fazendo com que a nossa visão brilhe ao se deparar com tão perfeita obra-prima, percebi que o nosso amigo ficou encantado com os cuidados que Rose dava nesta parte do seu corpo, ele abriu suas pernas e começou a beijar sua bucetinha, percorria toda a racha e só então começou a passar a língua, a Rose quando sentiu as primeiras linguadas começou a se mexer e passava as mãos pelos seios, nosso amigo aprofundava cada vez mais a língua naquela racha gostosa e Rose continuava rebolando, ela nada dizia, mas, pela a expressão do seu corpo ela dizia tudo, o corpo da Rose naquele momento já estava pegando fogo, ela pegava na minha mão e apertava. Perguntei a ela se estava gostando, ela disse que estava ótimo que a língua de nosso amigo era uma delicia lhe chupando. Perguntei pra ela o que ela queria, ela disse bem no meu ouvido que queria aquele macho só pra ela e que naquele momento ela queria ele em cima dela, porque ela estava adorando as carícias dele, nesse instante nosso amigo se levanta e retira a sua cueca é quando tanto eu quanto Rose vemos o seu Cacete totalmente duro, não era grande no tamanho, mas, uma grossura considerável que ela adorou e se direciona bem próximo dela e coloca bem ao alcance de suas mãos, ela sente a grossura e o pulsar daquele membro, ela sabe que tem que retribuir as caricias que sentiu, ela acaricia e dar um gostoso beijo na glande em seguida abre a sua boquinha e começa a chupar, nesse momento percebo que o nosso amigo respira fundo sentindo cada lambida daquela boca, Rose à medida que vai chupando aquele Cacete também inicia uma suave punheta, o seu dedo percorre a sua bucetinha, ele sabia como dá um bom trato naquela gostosa mulher, ele sabia fazê-la sentir todos os prazeres proporcionados por ele, e que sabia que a Rose era uma mulher diferente, sabia o quanto havia esperado por este momento, quem sabe até ter batido algumas punhetas pensando nela, ele não tinha pressa para fazê-la mais feliz, ela continuava se mexendo, então ele sentiu que era chegado a hora da Rose sentir no meio das suas lindas pernas, bem na sua doce bucetinha o seu Cacete duro, ele se direciona para as suas pernas se encaixando entre elas começa a massagear sua bucetinha, eu estava ali a poucos cm e via aquele grosso Cacete percorrendo os grandes e pequenos lábios da bucetinha da minha esposa, eu estava gostando de ver aquela cena, de repente eu vejo a cabeça sumir racha adentro, a Rose respira fundo, demonstrando todo o seu desejo por aquele macho, ela sente o nosso grande desejo se concretizando, e abre mais as pernas para facilitar aquela invasão, percebo que ela joga o quadril para trás para que toda a penetração se conclua, em seguida vejo nosso amigo encostar os seus pêlos pubianos nos pêlos da Rose, ou melhor, todo o Cacete já está dentro da bucetinha dela, ela faz uma carinha de felicidade e começa a rebolar, nosso amigo José agora se deita por cima dela sempre metendo e tirando bem gostoso, ele cada vez mais acelera na metida e Rose adora, pois, suas pernas entrelaça uma na outra por cima das nádegas do nosso amigo. Aproximo-me novamente querendo saber se ela estar gostando, ela diz que sim, que está adorando foder com ele, que ele é muito gostoso, que a sua bucetinha está em chamas, engolindo o Cacete daquele macho. Neste momento ela pede pra ele meter mais forte que ela vai gozar, nosso amigo acelera seu ritmo e ouço uma vozinha bem espremida da Rose dizendo que vai gozar, de repente vem uma voz mais forte dizendo que estar gozando.... e no momento do orgasmo solta vários deliciosos gritos de desejos e de tesão e puxa nosso amigo cada vez mais para próximo de seu corpo e ele fica maravilhado vendo-a gozar no seu Cacete. Nosso amigo continua metendo na Rose, ele ainda não gozou, ele se levanta um pouco e percebo que Rose está de olhos fechados relaxando de uma gozada espetacular, ela abre os olhos e olhando-me começa a sorrir, percebo que ela estava adorando as contínuas estocadas que o nosso amigo dava na sua xana. Nosso amigo se levanta um pouco e percebo que seu Cacete continua duro entrando e saindo da bucetinha de Rose, ele parece não ter pressa para encerrar aquela transa, fico bem pertinho de Rose e novamente pergunto se ela estar bem, ela diz que sim, pergunto se ela quer parar um pouquinho, ela me diz que não, que esta adorando sentir aquele corpo quente bem juntinho do dela, começo a beijá-la enquanto nosso amigo continua metendo sem parar, de repente, percebo que a sua respiração começa a acelerar e ela começa a gemer baixinho, ela está iniciando uma nova sensação de prazer, nesse instante eu me afasto para deixar os dois mais à vontade. Em seguida nosso amigo fala algo em seu ouvido e se deita na cama expondo o seu mastro totalmente duro para a minha gatinha que rapidamente parte pra cima dele e vejo suavemente ela sentando e engolindo todo o Cacete do nosso amigo e inicia uma deliciosa cavalgada sentando e levantando, fico fascinado com aquela cena, nosso amigo a deita em cima do seu corpo e começa a sugar seus seios, em seguida coloca suas mãos em seu bumbum, e numa cadência mais acelerada se encaixa na sua bucetinha e novamente a Rose não resiste, mais uma vez anuncia que vai gozar, nosso amigo mete mais rápido e Rose explode em mais um orgasmo alucinante, gritando como sempre faz quando está gozando bem gostoso até relaxar por completo em cima do nosso amigo. Ela relaxa um pouco em cima daquele macho e depois cai para o lado e mais uma vez percebo que nosso amigo não tinha gozado, pois o seu Cacete continuava duro. Aproximo-me da Rose e fico bem pertinho dela, querendo saber como ela está, me diz que está ótima, ela pergunta se eu estou bem, lhe digo que não poderia está melhor, que estava me sentindo o marido mais feliz do mundo, pois estava adorando vê-la transando com nosso amigo, lhe dou um beijo bem gostoso. Nosso amigo continua deitado ao nosso lado vendo os carinhos que eu estava dispensando a minha esposa e permanece alisando o seu instrumento de trabalho, ele se aproxima e suavemente passa a acariciar a Rose, compartilhando conosco daquela felicidade. Após um delicioso descanso Rose se levante e vai ao banheiro, se refresca com uma água gostossissima, após alguns minutos nosso amigo se direciona para o banheiro para também se refrescar, eu permaneço na cama tomando uma cerveja ouvindo a água cair e os dois conversando e fico imaginando o que eles estavam fazendo, de repente percebo que a água foi desligada e o silêncio tomou conta do ambiente, suavemente caminho em direção ao banheiro, ao chegar na porta vejo uma bela cena digna dos melhores filmes pornôs, Rose estava ajoelhada com o Cacete do nosso amigo todinho na boca, ela tentava engolir, mas devido à grossura só conseguia introduzir metade, ela acariciava e percorria com a língua toda a extensão daquele Cacete, proporcionando aquele macho uma deliciosa sensação de prazer, provavelmente nunca antes sentido, em seguida ele a levanta virando-a de costas para ele, e mais uma vez introduz seu Cacete na bucetinha de Rose, amigos eu fiquei impressionado com minha esposa, pois, ela estava diante de um exímio fudedor, juro a vocês que desconhecia esse lado dela, é claro que as nossas transas são ótimas ela nunca reclamou de nada, mas foi muito bom saber que as mulheres, em especial a minha são verdadeiros vulcões em erupções, se elas tiverem a oportunidade de expor suas taras e desejos elas dão verdadeiras aulas de sensualidade, prazer e muita disposição para amar e serem amadas, pois, o sexo está no sangue e na alma de nossas mulheres. A Rose não demonstrava cansaço, ela estava adorando ser fodida por aquele macho que estava lhe proporcionado um orgasmo atrás do outro, nosso amigo parecia uma máquina de sexo, não conseguia gozar, pensei comigo daqui a pouco a Rose vai aloprar de tanto meter, mas, estava enganado. Nosso amigo continuou metendo, era gostoso ver aquele Cacete entrando e saindo da bucetinha da minha esposa, era gostoso ver o seu rosto de felicidade por estar tendo a oportunidade de fuder com outro macho que ela acha o maior tesão e mais uma vez ela anunciou que ia gozar, neste momento eu tive que segurá-la com medo dela cair, e mais uma vez ela gozou no Cacete do nosso amigo, em seguida fomos nos tês para a cama, lá ela deitou-se de bruço deixando suas pernas entreabertas, para um suave descanso, nosso amigo vendo aquela bucetinha exposta na sua frente não resistiu e a penetrou novamente e após várias metidas na mesma posição, a Rose mais uma vez anunciou que ia gozar e gozou aos berros para a felicidade de macho que lhe proporcionava aquele momento de muito prazer. Neste momento ouvimos quando José também anunciava que ia gozar e tirando o Cacete daquela gruta quentinha, despejou toda a sua porra no bumbum de Rose. Amigos, depois deste suave descanso olhei no relógio e percebi que a Rose estava transando com o José precisamente duas horas sem tirar o Cacete da Bucetinha, como já estava para amanhecer nos vestimos e saímos, deixamos nosso amigo em casa, agradecemos pelo linda noitada. Em casa perguntei pra Rose como ela tinha agüentado duas horas de transa com nosso amigo praticamente sem tirar o pau de dentro, ela disse-me que depois da segunda gozada sentiu um pouco de cansaço, mas como estava diante de um belo macho e que eu tinha despertado de dentro dela um tesão delicioso por ele, todo o cansaço sumiu. Bem agora é só dormir para recuperarmos as energias gastas. Um abraço a todos. Nil e Rose. E-mail: [email protected]

Comentários

Igor
08/06/2005 17:26:54
corno com orgulho? AHuhauA Chifrudo!
Igor
08/06/2005 17:26:54
corno com orgulho? AHuhauA Chifrudo!
Igor
08/06/2005 17:26:43
corno com orgulho? AHuhauA Chifrudo!
pedro
04/04/2005 14:09:09
gostei. se vc tem msn e webcam, adorava ver se sua esposa é asim tao gostosa pedro
Eu
01/04/2005 13:12:09
tb. quero
Comedor de corno
19/03/2005 15:36:09
Seu chifrudo babaca, não deu o rabo pro cara também não?
zefinho
19/03/2005 14:05:35
vc é é muito corno
ANONIMA
19/03/2005 13:00:05
OI GENTE, TENHO UM AMIGO QUE SEMPRE SAIMOS ELE TEM 39ANOS, NOS TRANSAMOS POR DUAS HORAS E ELE SEMPRE ERETO, EU ADORO ISSO

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


adorei picao do papai na minha bucetinhavídeo de sexo amador brasileiro de Osasco Eloisa oliveira dando o cu para doismulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porraNovinhas fazendo safsdesas na sala de aula100 foto de mulher em fiado a mao na bucetacontos eróticos transformação marquinha biquíninovinho.geminho..de.pau.durotransas em araruamagang gang varios machos da familia italiana fodendo minha filha putaCorno humilhado na lua de melNiely mostrando a b***** raspadinhacasa dos contos eroticos/julianamenina muito novinha vai assistir filme porno com seu irmão caralhudo e acaba deixando ele tirar sangue de sua inocente bucetinhaMEU PRIMO COMEDOR ME OBRIGOU A MOSTRAR MINHA ESPOSA RABUDAencoxada bem arroxadafilha minha femea contocontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemcontos desvirginando a mulher do cornodei pro técnico pornoponto não. quebrau. cabaso da vigecontos.porno gay um.namoro americano cap 29video novinha diz tio deixa eu chupar teu pirulito cabeçudoquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidassadomasoquismo p*** relinchando analanal maduras criadas viuvasContos eroticos gay emgrachante onfacontos eroticos de trepadas com tias sacanascontos eriticos minha sogra levo ninha rola grandeputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularhomens com rolas veiúdas transandocontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaencubado flagrado dando o cu dabuceta das gostosa da novela das 9:00contos eróticos minha mãe parte 4Conto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudofotos de bucetas beiçudas pono doidoevangelicas na zoofilia com cachorroO vizinho safado do 205novinhas.abrir.buzentacontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betopornomulher so de fio dental fininhafilme de zoofilia sofia nozo eterradoassitir vidio de porno os mecanicos me arrobaramtrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponoporno duas amiga core do pau cabesudomarisa chupando meu paufazendo empregada gozarsolandoa bucetinha virgem da gatinha cm o picameus amigos me comiamFui encoxada e iniciada por um roludo porno duas amiga core do pau cabesudoconto erotico luciene crentebonecadoprazevideos de bucetas intaladas na rola grossaelicarlos2010baxinha cochuda casada vingando xvideosrevista private relatosmulher com priquito grande fazendo sexo com Renata tudo mudassebicho preguiça fudendo zoofiliaimpressando gostosa na parede porno doido analpadrasto cavalocontos eróticos estupros varoa DEI PARA MEU FILHO NO SOFApersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornocontos e vidios homem casado na casa de massagem ė enrrabadocontos e videos de transando com as casadas com permissão do maridosinhazinha estrupada por escravos pornoRelatos de zoofilia cao estrupacrioula perdendo a virgindade de bruçoContos eroticos com donas de casa que foi arrombada pelo cunhado pirocudobiba boqueteras pornoimagm de sex filha qosano na cara do paiincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videospediu para fazer anal ,e cacou no paunao aguentoulambendo dedo com coco scat