Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Mamãe na vara 2

Autor: curioso12
Categoria: Heterossexual
Data: 31/05/2005 14:32:16
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Permaneci um bom tempo prostado aolado de minha mãe, que deitada de bunda para cima, toda lambuzada com a minha porra precoce me olhava como sentindo toda a minha decepção. Então ela falou: - Meu querido não fique triste, não desanime, descansa um pouco, relaxe bem, que daqui alguns minutos eu me encarrego de endurecer novamente esse picão e deixo tentar novamente e você poderá comer o meu cuzinho: falando isso ela passou uma das mãos por toda aquela porra, espalhando-a por toda o seu bundão, lambuzando todos seus dedos e, então, um a um colocou em sua boca chupando como se fosse um picolé; - Vamos para a saleta para continuarmos a ver o filminho, assim seu páu fica duro mais depressa e a gente tenta lá mesmo uma nova investida. Não sabia, surpreso que estava, como agradecer as palavras de ânimo de minha mãe e fomos, então, para a salete onde, ainda rolavam cenas de tremendas enrabações. Minha mãe foi, então, se lavar e eu fiquei vendo o filminho, mexendo no meu páu para ver se o reanimava, pensando somente na bunda de minha mãe; minutos depois ela retornou, trajano apenas uma camiseta transparente sobre o seu corpo nú, com os cabelos molhados e exalando um delicioso perfume. - Querido tomei um banho gostoso, lavei o meu rabo e estou fresquinha para o sacrifício e prometo que vou colaborar com todas as minhas forças; trouxe a vaselina, como está este pirocão? já está bem durinho, não? Então ela virou de costas para mim, que estava sentado no sofá, quase encostando o seu bundão no meu rosto e levantando um pouco a camiseta esfregou-o na minha cara e falou: - Meu cuzinho está pronto, é só passar vaselina no puto e podemos recomeçar a nossa jornada. Num ímpeto abracei com força aquele rabão e as minhas mãos pousaram sobre sua xoxota e começaram a masturba-la e ao mesmo tempo enfiei o meu nariz e minha boca no seu rêgo perfumado e minha língua começou uma avalanche de lambidas e chupadas no seu cuzinho; a essa altura meu caralho já estava em ponto de bala. - Meu filho você me deixa louca de tesão,, vamos passe logo a vaselina para começãrmos a penetração; e dizendo isso tirou a camiseta por sobre sua cabeça, ficando novamente inteiramente núa. Lambuzei todo seu cuzinho, me levantei e a coloquei na beira do sofá, recostando as suas costas no fundo e abrindo bem as sua pernas, de tal forma a sua buceta ficar totalmente exposta; aloelhei-me, então, entre suas coxas e disse: - Antes vou dar uma chupadinha, para que sua xoxota fique bastante molhadinha e enseguida vou dar uma enfiada nela com meu cacete para lubrifica-lo. Depois de alguns minutos de chupação, levantei-me e enfiei o pirú naquela xana molhada e comecei uma breve foda, pois logo minha mãe me interrompeu falando: - Querido vamos ao que interessa, pois eu já estou em ponto de ter orgasmo, você gozou há pouco, mas eu não. Sabendo que toda essa preparação era necessária para a minha mãe suportar melhor as dores do rompimento de se cú, levantei-me e procurei posiciona-la para uma investida ideal: virei-a de costas para mim e fiz ela ajoelhar no chão, junto ao sofá,e dobrada sobre este deitava sua cabeça, de modo a ficar bastante confortável; com as minhas mãos separei as suas coxas e como, antes, fi-la abrir as suas nádegas com suas mãos, de modo que novamente aquele cuzinho se mostrava inteiramnete ao meu dispor; espalhei, então, toda vaselina que lá tinha colocado e comecei uma massagem preparatória, enfiando um dedo, depois dois e até três, de formas a abrir bem para passagem do meu pirú; a essa altura minha mãe saltava seguidos gemidos e gritinhos de prazer e pedia para eu por logo a minha pica no seu cú; posicionando-me convenientemente, coloquei a cabeça do caralho na entrada de seu cuzinho e comecei a empurra-la, lenta e delicadamente, de modo a não machucar muito; sentí,então, que ela foi entrando e quando toda a cabeça do sacana já tinha entrado perguntei: - Está doendo mamãe? - Sim meu filho, bastante, mas continua que eu vou aguentar. - Dói um pouco, mas depois de entrar tudo vai ser gostoso você verá,disse para tentar anima-la. Dizendo isso, forcei de novo o puto que foi entrando, com mais facilidade, mas minha mãe soltou um grito e exclamou: - Está doendo muito, por favor meu filho pare e tira essa porra de dentro de meu cú. Mas eu estava completamente tresloucado e não queria mais uma vez fracassar, então, num gesto impensado dei uma forte estocada de tal forma que meu caralho entrou de uma vez só até os meus colhões quando, então, minha mãe soltou um berro alucinante e entre lágrimas exclamou: - Porra! você está me rasgando toda, pare que eu não aguento. - Pronto, mamãe, já passou, já entrou tudo, agora é esperar um pouco e depois vamos aproveitar esta conquista e você vai ver como é gostoso. Fiquei alguns minutos parado e depois, lentamente procurei movimentar o meu pirú num movimento de vai e vem, embora minha mãe, ainda, mostrasse uma reação negativa; levei, então, minhas mãos a frente de seu corpo e segurei os seus peitose comecei uma série de carinhos, beijando sua nuca, seus ouvidos, suas costas e abixando uma das mãos alcancei sua buceta e massageei seu grêlo, de modo a excitar minha mãe. - Então, tá melhor agora? perguntei com minha boca colada em seu ouvido, que aproveitava para enfiar a línbua dentro dele. - Está meu filho; agora passou a dor, pode mexer mais um pouco. Fui aumentando o movimento do meu páu e tirando a minha mão de sua buceta pedí dentro do seu ouvido: - Masturbe você com sua mão o seu grêlo e mexe com sua bunda, procurando acompanhar o movimento do meu caralho, que logo,logo, você estará no ponto; - Sim meu senhor! disse brincando mais animadinha e com um movimeto da cabeça procurou olhar para seu cú e exclamou: - Eu não posso acreditar que este monte de carne esteja todo dentro do meu cuzinho. E mexendo sua bunda ao mesmo tempo que masturbava seu grêlo continuou: - Você tinha razão, doeu muito no início, mas agora está muito gostoso; vamos mexe mais forte, enfia tudo, me faz me sentir uma puta, igual as do filminho; e você meu filho está gostando? - Estou nas núvens, parece um sonho, estou no céu, daqui a pouco vou gozar dentro do seu cú. - Então, continuou ela, pare um pouco, que eu quero gozar com você, estou delirando por ter conseguido dar o cú pra você, sussurre no meu ouvido palavrões, me xinga de sua puta, de galinha, de chupadora de tudo que você quizer. Então sussurrei; - Mamãe, eu sempre fui tarado pelo seu bundãoe o meu maior desjo era comer esse cuzinho maravilhoso; daria tudo pra enraba-la, dinheiro, qualquer cois, daria até meu rabo pra você em troca, mas você me deu de graça, por amor: você agora é minha putinha enrabada e eu vou sempre querer comer seu cú, minha chupadora, minha peituda, bocetuda e minha putona do caralho. Notava qque minha mãe se deleitava toda e entre suspiros e gemidos, gaguejou: - Acelera meu filho, qque eu, não acredito, vou gozar tomando no cú. Mexendo fortemente sua bunda, de tal forma a empurrar meu caralho bem pra dentro do seu cú não aguentou mais e berrou: - PUTA QUE TE PARIU! não acredito estou gozando pelo cú, que maravilha, goza também, meu fulho, solta toda sua dentro do meu cuzinho; CARALHO! Acho que vou gozar uma segunda vez, mexe mais, mais forte, empurra tudo. Então, como numa explosão, que me parecia ouviar o repicar de sinos, o estouro de bombas e o repicar de fogos de artifícios, também, gozei soltando uma quantidade enorme de porra dentro daquele rabo e minha mãe continuava a gritar: PUTA QUE PARIU! ESTOU GOZANDO ! cARALHO! PUTA MERDA! É MUITO BOM! MEU CÚ ESTÁ TODO ESPORRADO! Obrigada meu filho, agora vou querer sempre tomar no cú, é muito bom!

E-mail= [email protected]

Comentários

06/08/2009 18:37:32
o coisa boa em so
baiano
07/06/2005 14:16:35
A historia em si é boa mas a narração é fraca.
GGGMC
31/05/2005 22:00:12
Nada a ver seu texto idiota sem coisas eróticas!!!!!!!!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


home filma mulhe no oinibocomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasseduzida por um estranho contos pornocontoswww.eroticos na festacontos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosoVer contos eroticos de pai comendo a buceta virger da filhaMe manda o vídeo pornô Adão de armas sedosa só gosta de dar a homem bem dotadoa mulher e amante apertalas bolas pornolindas foto d moreninha gostosa nua peitinhno bucetinharelatosacanaxvideos gata novinha virgem perdendo a virgindade .sai pra ir na igreja e acabou indo foder no.motel levantou a saia cunprida e gozo gostosofime porno pai infindo a mão no cu da filhaeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkcontos eroticos uma doce de cunhadaminha mae me iniciou na zoofiliacontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindoMenina adora a porra do irmozinho contoseroticosrelatos.picantes arebentou cabaco da novinha com muito choro pau grandeminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidaSuper menininhas em contos eroticos 2017 da cidade de campinas gratiscontos lesbicos e penitencia no conventocontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaaabusada cruelmente por um negro roludo pornoporno doido so chupança de buceta. com muita fomeporno de ananotacadelas bucerudas fudendo no cioesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhcoroas homens defloração vaginal relatosdei o cu video para o time inteiro de futebolcontos de zoofilia com pai e filhinhafilme porno "a primeira vez ninguem esqueçe"e já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoravarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetacontos evangelica quarentona goza gostosoconto xota formigando paiWww.vedio.porno.casais revisão de Santa CatarinamIMinha esposa centou no colo de outro cera que eu sou corno manssoxxvido apontei sevageCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contosestrupicio .pornoCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornodebbrasil pornopausudo de 25cm come minha esposa gostosa e gosa nela pro corno vermae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choramelhoor jeito para chupar um cuzinho pornoContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiacontos eróticos xingando quando era enrabadaFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASmamaezinha como vc é taradaxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhosogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhavisando dentro da bucetasmeninas que gota de gozada na boca pornoxevideo mulher dormido e rola entrandomúsica de Tierry E aí parceiro que como você é o meu desejo te chatear o seu prazer escravo dos seus beijos Ai como eu quero te agarrarincesto encostando a rola no priquito da irmazinha de per no quardonovinhos na academia recebendo massagem fudendo chupando levando gozada na boca e no cu pra porra ficar escorrendofilha um dia essa buceta vai ser minhacontos erticos luferfazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticosele a enrabala e ela a cagar.se pornoXVídeo pornô das Panteras trepando só com os irmãos ocupar esse corpinhoa vida de um mauricinho apaixonadoconto corno diamanteneta sentindo opau du avo durocontos eroticos Robertame perdi no mato eles me encontraram e me fuderam pornoXvideo mobile Filha tem buceta pilucontoseróticospublicadosemcontos pornos cuidei de mamaecomendo o cu da irmaue estava dormindo