Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A GOSTOSA DA GIOVANNA GOZOU NOVE VEZES NO MEU CACETE CABEÇUDO

Autor: Paulo Campinas
Categoria: Grupal
Data: 26/08/2005 08:21:26
Nota 6.67
Assuntos: Grupal
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sempre viajo para o Circuito das Águas Paulista e fico hospedado no hotéis da região. Sempre que possível próximo ao local onde vou trabalhar. Há pouco tempo sai de viagem em uma terça feira e ia ficar até sexta a trabalho. Fiquei em um hotel super gostoso, afastado um pouco do centro da cidade (ja fiquei outras duas vezes nesse mesmo local). O hotel estava com poucos hóspedes, e com isso, bem vazio.Do jeito que gosto. Cheguei ja eram quase umas 4 horas da tarde, dei entrada na recepção e disse que por volta das 6 horas da tarde queria tomar uma sauna. Normalmente eles pedem para avisar para que possam ligar a sauna com antecedência. Subi para minha suíte, descansei um pouco e quando faltava 15 minutos para as 6, desci. A sauna do hotel ficava ao lado da piscina onde aproveitei dei um mergulho e entrei na sauna, coisa que adoro fazer. Logo estava bem tranqüilo aproveitando o calor da sauna úmida, com aquele cheirinho de eucalipto super gostoso, o ambiente todo embaçado e suando por todos os poros. Apos uns 15 minutos entrou um casal que também estava hospedado no hotel. Deveriam ter uns 25 anos ambos. Ela uma mulher linda, loira, cabelos curtos, deveria pesar no máximo 55 quilos e estava enrolada em uma toalha (da cintura pra baixo). Deveriam ter também passado na piscina, pois os dois estavam ainda molhados. Entraram sem falar nada e então o Bruno, o marido, sentou-se próximo de onde estava pois o ambiente era bem pequeno. A Giovanna então tirou a toalha que envolvia e deitou ao lado do Bruno e colocou a cabeça em seu colo. Quando vi aquele corpo maravilhoso quase fui as estrelas. O cacete na sunga ficou duro na hora. Que mulher maravilhosa era a Giovanna. Um par de coxas que põe no chinelo muitas modelos que tem por ai. No umbigo brilhava em meio as brumas, um reluzente piercing. Será que ela não tinha mais nenhum em algum outro lugar, fantasiava. Meio sem jeito com o cacete quase estourando na sunga, me curvei um pouco para frente para dar uma disfarçada e com os braços cruzados conseguir cobrir o meu cacete duro. Somente nós três dentro da sauna o Bruno logo puxou conversa: - Muito boa essa sauna, heim? Bem quente! Concordei com ele e então ele me contou que estavam no hotel desde domingo e que iriam passar a semana toda para descansar. Eram de São Paulo e tiraram uma semana de férias. Começamos a bater um papo animado e enquanto a gente conversava as vezes olhava o corpo da maravilhosa Giovanna que continuava deitada (e também já suando). Bruno disse que sempre ficavam naquele hotel pois ali era um dos únicos lugares que conseguiam descansar bastante. No meio do bate papo gostoso, ficava o tempo todo tentando esconder minha "mala" que ainda teimava em continuar dura como uma pedra. Teve um momento que resolvi encostar na parede da sauna e então o Bruno pode ver o 'volume' que fazia na minha sunga. Assim que ele bateu os olhos na ferramenta deu um leve sorriso. Também retribui o sorriso e continuamos ali conversando. Depois de uns 5 minutos a Giovanna se levantou e então me curvei de novo para disfarçar a 'mala' e ela disse que ia tomar uma ducha e ja voltava. Assim que ela ficou de costas para mim quase fiquei maluco. Que bunda MARAVILHOSA!!! Sem muita cerimônia, com dois dedos deu uma ajeitadinha no biquíni que entrava na bunda, deu um beijinho no Bruno e saiu. Ficamos eu e o Bruno ali dentro. Na maior tranquilidade, em meio a um sorriso maroto, disse: - Belo cacete, heim?? Vi que ficou bem excitado com minha esposa. Ela é gostosa, não é mesmo?! Confirmei que sim e nisso dei uma puxada na sunga e meu 20 cm, super cabeçudo saltou para fora. E disse logo ao Bruno: - Será que ela vai gostar? E guardei rapidinho novamente com medo de alguém entrar. Ele deu uma risada e falou: - Quer meter nela?? Concordei imediatamente. - Então continue aqui na sauna que vou montar um esquema, ok - disse. Nisso a Giovanna entrou. Deu um sorriso para o Bruno e outro para mim e sentou ao lado do marido.

A sauna onde estávamos ficava em um local bem reservado e qualquer pessoa que chegava teria que passar por uma porta antes de entrar na sauna. Quem estava dentro fazendo sauna dava para ouvir o abrir da porta. O dois estavam um ao lado do outro e eu bem perto do Bruno. Nisso Bruno a abraça, meio de lado, e da um beijo na boca dela. Conversavam um pouquinho, se beijavam. Ouço algumas risadinhas e cochicho no pé do ouvido e novamente ele a beija. Agora um beijo mais prolongado. Enquanto Bruno a beijava, lentamente foi deitando seu corpo no lugar onde estavam sentados. Ela meio que deitada, agora com as pernas voltadas para meu lado e então pude ver por cima do maiô o 'rachinha' maravilhoso que tinha entre as pernas. Hummmm ... como era gostosa aquela mulher! O pau ficou já latejava de tesão e quase estourava a sunga. E Bruno dava um 'amasso' gostoso e cinematográfico na esposa na minha frente (ela parecia gostar). Não sei foi alucinação mas tinha hora que parecia que sua xaninha dava umas 'piscadinhas' para mim. Estava ficando maluco em ver aquela cena. Assistindo de camarote tudo aquilo. Bruno sabia que estava logo atrás dele e sabia que as pernas da esposa estava na minha direção. Acho que para me provocar ainda mais, desceu a mão esquerda em direção ao biquini da Giovanna e massageava sua xaninha por sima do maiô. De repente deu uma puxadinha no biquíni para que pudesse ver a xaninha rosada da esposa. Ela parecia entender qual a sua intenção e abriu um pouco a perna direita para que pudesse ficar ainda mais a mostra sua suculenta buceta. Assim que vi a xaninha da gata fui ao céu: m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a-!! Era quase totalmente lisinha, somente com um fiozinho de pêlos na parte superior. O clitóris era sobresalente e notei que tbem latejava de tesão. Nisso o Bruno já desceu e meteu a língua dentro dela que nesse momento já começava a gemer gostoso. Eu, encostado na parece, já puxei o cacete pra fora, arregacei bem para que ficasse bem ereto e falei pra Giovanna: Quer ele todinho para você. Ela ainda meio em êxtase com as chupadas que o marido dava, balançou a cabeça em sinal de positivo, passando a língua por entre os lábios. Ela em meio ao êxtase sem fim, me chamou para perto dela. Fui, arregacei o cacete na direção de seu rosto e então ela abocanhou meu cacete e começou a mamá-lo como um bezerrinha esfomeada. Chupava meu pinto com maestria, enquanto tinha a buceta chupada pelo marido. Somente a cabeça do meu pau (que é bem cabeçudo) enchia a boca da gata. Bruno de vez em quando olhava pra cima e via sua querida esposinha tendo a garganta ‘estuprada’ pelo meu cacete sedento e voraz. Quando estávamos no auge dentro da sauna, quase gozando, ouvimos um barulho de porta se abrir. Meio assustados, voltamos rapidamente em nossas posições anteriores como se nada tivesse acontecido, esperando que a porta da sauna se abrisse. Mas nada. Só ouvimos o barulho do chuveiro e depois de alguns minutos foi desligado. E a porta se abriu novamente. Alguém deve ter entrado apenas para tomar um ducha. O clímax naquele momento ficou meio complicado e então o Bruno propôs que subíssemos para sua suíte. A Giovanna também convidou: - Vamos lá na minha suíte, Paulo. Quero ver esse teu cabeçudo gostoso arregaçando minha buceta, quero ele todinho dentro de mim! – disse com ar malicioso. O pau endureceu de novo na hora. Então saímos. Eles subiram primeiro e eu disse que iria apenas tomar um banho no meu apartamento e colocar um agasalho pois estava começando a esfriar. Também aproveitei e peguei camisinhas e lubrificante que sempre tenho dentro do carro.

A suite do Bruno e da Giovanna ficavam no andar de cima do meu e nesses dois andares me parece que estavamos somente nós. O hotel estava muito vazio e se tivessemos a fantasia de transar até na escadaria, acredito que daria devido ao sossego que estava. Depois de aproximadamente uma hora sai de minha suite e subi as escadas em diração a suite deles. Bati na porta e o Bruno veio atender. Assim que abriu a porta já me mandou entrar rapidinho. A temperatura começava a despesncar e olhei na cama e lá estava a maravilhosa Giovanna debaixo de alguns cobertores, 'encorujadinha'. Deu um sorriso pra mim e disse em tom provocativo: vem cá cavalo! Vou te dar algo que voce vai amar.

Não levou 15 segundos e já estava totalmente pelado, com o mastro apontado pra cima e latejando de tesão. Pulei na cama e entrei de baixo dos cobertores com a Giovanna. Bruno sentou-se em um pequeno sofá que tinha ao lado da cama, se masturbando e ficava somente observando eu e a esposa, na altura do campeonato num delicioso amasso. Minha língua se entrelaçava com a da Giovanna e meu pinto e a buceta dela ficavam se esfregando por debaixo dos cobertores na posição papai mamãe. Quando senti que a gente ia engatar pra valer mesmo, ia enterrar meu cacete dentro da pequena Giovanna, pedi ao Bruno que pegasse as camisinhas que estavam no bolso da calça. Rapidamente o Bruno me entregou as camisinhas e também alguns sachês de lubrificante. Tirei uma rapidinha e coloquei com todo o cuidado no cacete, que naquele momento já ‘chorava’ bastante. Passei o lubrificante na cabeça do pau, a Giovanna também pediu um pouco para passar na buceta e feito isso, entrei novamente debaixo do cobertor e então comecei a entrar dentro dela, na posição que estávamos anteriormente – papai e mamãe. Assim que a cabeça entrou com dificuldade ela deu um grito. Mas senti que era um grito de prazer pois em seguida ele pedia pra enterrar todo meu cacete dentro dela: - Mete, Paulo, mete gostoso! Arregaça a minha buceta, .... dizia entre gemidos. Não demorou muito e ela já estava com as pernas cruzadas em minhas costas e já meu pinto já estava inteirinho dentro de seu útero. Somente as bolas batiam freneticamente em seu cuzinho. Bruno no sofá não conseguia ver nada e então ele se levantou, veio perto de nós e perguntou: - Deixa eu filmar vocês dois? Concordei que sim desde que não aparecesse meu rosto. Então ele foi no armário, pegou uma pequena câmera dentro de uma maleta e voltou para perto de nós que metíamos gostoso. Tiramos os cobertores e ficamos somente com o edredon para cobri nossos rostos. Somente nossos sexos ficaram expostos, metendo como loucos para deleite do marido cinegrafista. Como sabia que o Bruno já tinha começado a filmar peguei a Giovanna pra valer. Metia freneticamente em sua buceta e ela gozava seguidamente. Não demorou muito também gozei gostoso. Sai de cima da minha fêmea por uns dois minutos, dei uma respirada e então a gata pegou uma nova camisinha e veio colocar no meu cacete. Deu uma mamada gostoso e depois colocou outro tanto de lubrificante e então veio por cima e encaixou sua gruta apertada no meu pau. Conforme ela ia descendo dava leves ‘mordidinhas’ com a buceta na cabeça do meu cacete. Quando ela encaixou toda a sua xaninha melada na minha vara, abracei-a bem junto ao meu corpo, com minhas duas pernas, travava as delas, deixando as bem abertas. Pedi para o Bruno focar a filmadora bem no meu cacete e na buceta da Giovanna pois agora ela iria meter pra valer. Quando estava tudo pronto comecei a estocar por baixo. Giovanna já dava uns gritinhos de prazer e isso me animava ainda mais. Então comecei a estocar freneticamente. Senti a gata gozar gostoso. Continuei estocando a xaninha depilada dela pra valer e Giovanna já gozava mais uma vez. E o Bruno filmava tudo. Quando a Giovanna ia gozar de novo senti um cacete por trás entrando na buceta da Giovanna junto com o meu. A Giovana em meio a sussuros de prazer, dizia: dois pintos na minha buceta!! Isso é um sonho!! O Bruno não tinha agüentado somente assistir e entrou na cena pra participar. Mas ele não conseguiu ficar um minuto e o gozo veio. Sua porra espirrou pra todo lado, tão excitado que estava. A Giovanna na cama, meio ‘desmaiada’ tentava recuperar o fôlego depois daquela metida cinematográfica. Na primeira noite ela gozou nove veze sno mue cacete cabeçudo. Uma loucura!! Metemos as três noites que fiquei no hotel. Na ultima noite quanto metia nela de 4 tentei enfiar meu cacete em seu cuzinho mas o Bruno não deixou. Ela bem que até estava gostando da idéia mas o marido achou que talvez pudesse machucá-la. Não me importei pois nunca nenhuma gata topou fazer anal comigo mesmo. Depois desse encontro saímos mais umas duas vezes e nunca mais fizemos contato. Porem acredito que tenha sido uma experiência super gostosa para todos. Pelo menos foi o que eles me disseram e que também pude sentir.

Mulheres e Casais interessados em um encontro real comigo, ou mesmo uma amizade sadia e duradoura, estarei a disposição, tanto em Campinas como no Circuito das Águas (quando viajar para lá). Sou bonito, educado, nível universitário, super discreto e sei respeitar os limites propostos. Tenho 40 anos, porém muito fogoso e tarado, 80 kg bem dist., 1,75 altura. Sou casado e em Campinas somente posso ir a encontros durante a semana. Tenho um dote super gostoso de 20 cm. bem cabeçudo (tenho fotos que posso enviar para comprovação, sem qualquer compromisso). Interessante lembrar que pretendo me relacionar apenas com pessoas maiores de idade e acima de tudo responsáveis e que sabem o que quer. Descarto drogas, bebidas (em excesso), falta de higiene e esquisitices. Interessados (as) escrevam e vamos realizar nossas fantasias juntos.

Beijos e Abraços

Paulo Campinas

[email protected]

Comentários

09/08/2009 10:37:44
muito bom ostei vocês são demais que beleza,, ronaldo brilha muito no corintias
02/07/2009 16:18:57
Esta história tá parecendo uma grande mentira. Eu já comi a mulher de meu amigo, com ele olhando. Eu também nunca deixaria minha mulher trepar com outro homem. Quem deixa é porque é um grande bicha enrustido, que depois vai lamber a mulher pra sentir a porra de outro homem.
12/09/2008 01:08:45
Não me entra na cabeça um marido corno vendo sua esposa sendo fodida por outro homem a ainda por cima filmar a foda. Talvez seja careta mas nunca que deixaria minha esposa meter com outro na minha frente ou não. A primeira coisa que faria é comer o cú dela sem dó e depois meter o pé na bunda para sempre. O cara, dar um murro bem dado na cara e mandar sumir.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos gay Mandou eu esperar vestido de putinhacarolzinha baixinha gostoza trepanoPapai rasgou minha bucetinha ainda menina contos de incestofoda insana com cunhadavou te arregaçar vagabunda, grita vadia, tô te arrombando cadelaxv.ogenrro.cl.endo.asograchupeicontospersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornonegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhoincesto com meu vô contosmarido e mulher tomando banho na praia mulher veio um negão bem dotado e sai Escondidinho para dar uma com negãocontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delameninas que amolece as pernas quando o pau entra na bucetinha delascomedo novınha a forcaenfiando o dedo na cabacinha delacontos de sogro metendo pau na noravideos gratisminha esposa virou putinha dos meus amigoscontos lactofilia com fotos ou videoa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elevideos porno de casadas que escreve na bunda corno felis e fodi muntoporno serena ali ta doendoSobrinhas safadas relatos atuaisUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contospornofamilhasacanaabusada cruelmente por um negro roludo pornolesbicas se vingando da rivalpornô b***** grilada da novinhamulhe trazando com dois hempausudo de 25cm come minha esposa gostosa e gosa nela pro corno verarrobadapoumponecontos autorizei minha esposa para fuder com outrosmulhe trazando com dois hemcontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homenscontos erotico chantagiei e depilei minha sografiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosxvidio mulheris gostosas trocando obiquinho de banho no banheiroporno novinha foi cariciada na escola contosenfiar mangueirá liguada no cu da guarotasogras com genrosbucetastem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularutimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandodoce nanda parte cinco contos eroticoscontos de viadinho dr calsinhahttp: // venus. workupload. com/ image/Siu76V3Uconto porno lesbico praticando scatwww delexvidio comcomi minha cadelaXxvidii ela vai toma ni cuxvideos sogras de pernas abertas em frente dos genrospornô em Carmo da Cachoeira na ruacontoseroticoss xvideos5quero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simde bruços sinto a cabeca entrando com forca no meu cuzinhoconto erotico um desconhecido tirou o meu cabaco na vespera do meu cassmento"tesão e perigo em alto mar"porno abordado da égua rapazContos eroticos dormindo,contos gay Mandou eu esperar vestido de putinhaporno mae gotosa madura sedente de amor ai pirocaoaluno fodendo professor de educacao fisica gay animadopornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormirloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deuquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemMamilos deliciosos recebendo cocegas e axilasfazendo empregada gozara cordei com meu irmão inchendo minha buceta de porrarelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntomulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornoconto gay minha tia me transformou em sua empregadinhasou sexo com travesti 2 metrossou sexo com travesti 2 metrossou puto e quero comedor em esteio rscontos eroticos novinha fui bem fodida que até choreicontos eroticos feminizaçao do garotinho maebundas que mexem em cima do caralhotem muito casal que que quer gozados obedeçam e depois eles acabam se entendendopirulito do titio contos inocenteContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando no pauzaos dos seus filhos e de mais cinco negao em um gang bangconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticontos eroticos inicio na infancia xantageada e abusada Pelo negaoxisvidio amadores de auguen metendo a forçamamei contoscontos primeiro menage rolou ate dpconto erótico menina timida mas cai de boca no pau tão novinha e peitudao pau do meu marido grande23cm e toda hr que fazer sexocontos provoquei papai pauzudopornodoidocoroa deitad na cama so de calcihacafajeste chupando grelo grande avantajadohistoria de mulheres casadas que fazem dupla penetraçao e foram descobertaspunheta na infancia com amigoporno doido faxineira obedientewww.negao metie na velha porno.comenfiou a sonda contos eróticosconto novinha no celeiro zoofiliapauzudo passando a vara no menino