Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MEU CÃO SUPER DOTADO

Autor: Paty
Categoria: Zoofilia
Data: 04/11/2005 22:05:16
Nota 10.00
Assuntos: Zoofilia
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

MEU CÃO SUPER DOTADO

Esta historia que vou contar é uma historia verdadeira, é um relato que aconteceu comigo e que nunca vou me esquecer. Meu nome é Patricia, mas todos me chamam de Paty. Eu sou loira, tenho olhos verdes, tenho 1,73 de altura e tenho 20 anos. O fato aconteceu quando eu tinha 15 anos. Eu era uma garota inocente. Meu irmão, mais velho quase 04 anos do que eu, tinha um cão que se chamava Sadam e ele era da raça dog-alemão. Meu irmão ganhou ele já quase grande (8 meses) e quando ele trouxe o cachorro para casa, minha mãe não tinha concordado, porém depois viu que não tinha jeito, deixou o cão ficar em nossa casa. Meu irmão sempre cuidava muito bem do seu cão, mas como ele era enorme, sempre pedia a minha ajuda para dar banho em Sadam. Ele segurava o dog enquanto eu o ensaboava e lavava. No começo eu não tinha nenhuma intenção ou qualquer maldade, mas depois de uns meses comecei a reparar algo nele que não era normal, ou seja, o tamanho do penis dele, pois realmente era descomunal. Passei a consultar sites de zoofilia e depois de ver muitas fotos na Internet de mulheres que transavam com animais, fiquei meio curiosa e resolvi querer tocar o pau de Sadam. Aquela idéia não saia de minha cabeça. Eu era muito pura na época e ainda era virgem e muito inocente. Mas depois de observar aquela imensa vara que ele tinha, comecei a sentir um calor sobre meu corpo e minha xota estava ficando úmida e trêmula a cada toque que eu dava em sua vara quando eu ficava sozinha alguns momentos com ele. Depois eu ia para o banheiro ou me trancava no quarto para me masturbar, massageando meu grelinho até gozar, pensando naquela vara dentro de mim. Comecei a bolar um plano de fazer uma sacanagem com o dog quando meus pais e meu irmão não estivessem em casa. Esperei quase uns 03 meses, até que meus pais foram viajar para aproveitar as férias de trabalho e iriam ficar fora por uma semana. Como meu irmão tinha uma namorada e muitas vezes ele dormia na casa dela, agora seria fácil ficar sozinha com Sadam. Foi num sábado que tudo aconteceu. Eu estava ansiosa, pois logo que meu irmão saiu e disse que iria voltar só no outro dia, não perdi tempo. Finalmente eu estava sozinha com o dog. Chamei Sadam para dentro de casa que olhou feliz para mim abanando o seu rabo, já prevendo o que estava para acontecer. Tranquei a casa toda, liguei para os meus pais só para confirmar que eles não iriam voltar. Eu estava bem tesuda com os biquinhos do seio bem durinhos. Tirei quase toda roupa ficando apenas de calcinha e sentia meu coração acelerado de tanto tesão. Sadam que estava me observando no quarto, ele começou a ficar exitado e começou a pular em mim. Então resolvi levá-lo ao banheiro da suite e para dar um banho nele antes de brincar com ele. Então quando eu estava lavando e dando banho nele, ficava dando toques de leve em sua vara e olhava para ver o que ia acontecer e percebi que quando ficava tocando sua vara para frente e para trás sua vara aumentava de tamanho e então segurei seu pinto fazendo movimentos de punheta mais rápido e vi sua vara ficar enorme quase toda para fora. Então não agüentei de tesão e fui dar uma chupada gostosa naquele pau gigantesco. Como nunca tinha feito aquilo antes, achei meio estranho. Eu estava muito excitada e não conseguia mais parar. Minha xota estava ensopada e latejando, pedindo para que aquela pica vermelha, cheia de veias e monstruosa penetrasse naquela xoxota virgem. Terminamos o banho e o enxuguei com uma toalha grossa e coloquei um meião nas patas dianteiras dele para não me arranhar. Eu fui para o quarto e sentei na minha cama esperando por Sadam. Comecei a me masturbar com o dedo. Eu ainda estava de calcinha que estava bem úmida com meu nectar. O dog subiu na cama e coloquei logo minha xota na cara do cachorro. Ele começou a me cheirar e a me lamber vigorosamente. Eu fiquei completamente maluca e alucinada de tanto tesão e como ele estava super-excitado, começou a fazer movimentos pelvicos de vai-e-vem, mas como eu estava sentada na cama, só estava sentido sua vara roçar na minha perna. Não tirei a calcinha, pois a minha idéia era somente fazer uma sacanagem bem gostosa com ele. No entanto, ao ver aquele pintão todo para fora, não resisti e então resolvi ficar de quatro e ele me agarrou com tanta força que não dava para me mexer. Ele ficou tentando estocar aquela imensa vara na minha xoxotinha, mas como eu estava de calcinha, eu achava que ele não conseguiria me penetrar, o que na verdade foi um tolo engano, pois a calcinha estava toda ensopada com meus fluidos e mais a saliva do dog. Na verdade aquela calcinha toda molhada passou a ser um fio dental torturante de tesão, pois a cada estocada que o pau dele dava no meu sexo, o tecido úmido da calcinha pressionava meu grelinho. Então fiquei doida e resolvi facilitar as coisas para ele. Puxei e estiquei a minha calcinha toda para o lado com a mão e nisso eu segurei aquele pinto grosso e guiei na direção do meu sexo. Ele foi rápido e preciso. Encravou sua imensa vara sobre minha vagina de tal forma que dei um grito de dor e prazer que acho que até os vizinhos escutaram. Ele penetrou aquela vara enorme na minha vagina. Os movimentos eram rápidos e frenéticos. Logo no início, comecei a chorar de dor, pois como não podia sair ou me movimentar, pois me segurava com muita força, comecei a gemer de dor e ele continuava a me estocar vigorosamente tudo no meu ser sem piedade como um verdadeiro macho. Senti que minha boceta começava a acomodar aquela pica descomunal e a dor se transformava numa sensação indescritível. Os orgasmos começaram a vir seguidamente e facilmente. Não sei quantos. Sentia o pau dele se dilatar dentro das minhas entranhas e sentindo algo maior inchar na entrada da minha xana. Não sei quanto tempo durou as estocadas. Neste momento os movimentos ficaram mais lentos e ele parou de bombar. O pau dele latejava dentro da minha boceta e comecei a sentir um jato forte lavando o meu utero. Sim, ele estava gozando dentro de mim e dava para sentir seu esperma quente jorrando em grande quantidade sem parar dentro de mim, escorrendo nas minhas pernas. Eu sentia minha boceta latejando e apertando aquele pau como se eu fosse uma cadela insaciável no cio. Desta vez o meu orgasmo veio com tanta intensidade que cheguei a perder os sentidos ficando desacordada. Depois de 20 minutos grudada naquela vara, ele retirou seu pau da minha vagina que estava com um rombo enorme que dava até para colocar uma mão lá dentro, pois aquela xota virgem se tornou uma xota de puta cheia de gozo de dog saindo de lá dentro, Comecei a ficar desesperada e com muita vergonha e nojo, pensando no que tinha feito, olhando minha vagina que estava toda aberta e dilatada e que não parava de escorrer esperma misturada com sangue do meu himen dilacerado pelo dog. Seu pau estava mais grande do que no começo da foda e tinha uma bola enorme na sua base quase do tamanho de uma laranja. Eu não acreditava que a minha xana tivesse acomodado toda aquele caralho. Fiquei perplexa e assustada, pois ele ainda me desejava de novo. Eu sai correndo envergonhada para o banheiro para tomar um banho e me lavar toda e deixei ele de vara dura lá no quarto. Foi o banho mais longo que já tomei. Mais de uma hora no chuveiro. Quando voltei ele estava lambendo sua vara que ainda estava dura. Eu estava me sentindo como uma puta, uma cadela da rua, toda fudida com muita dor no nas paredes do útero. Sua vara deixou minha bocetinha virgem com os lábios da vagina todo arregaçados.

Levei Sadam para fora de casa com ódio dele e o tranquei no canil.

Mas depois, no outro dia, depois de eu entrar em sites de de zoofilia, o desejo voltou de novo e novamente nos trancamos dentro de casa e fizemos sexo animal no domingo.

Hoje, depois de algum tempo, quase cinco anos, esta forma de sexo se tornou um vício para mim e não consigo mais parar. Eu tive alguns namorados. Mas eu prefiro transar com Sadam do qualquer outro homem. Ele é bem dotado, mais 21 cm de pica, pois eu mesmo medi. Meu irmão me deu ele e hoje moro sozinha com ele num apartamento . Nos somos amantes calorosos e quase transamos todos os dias no quarto de empregada que é nos fundos do apartamento e não tem janela para a vizinhança não escutar meus gritos apaixonados. As vezes eu queria parar de praticar esta forma sexo e ser uma pessoa normal, sendo que até pensei em procurar uma ajuda psicologica. Caso alguem tenha tido este tipo de problema e conseguiu largar este vício, favor deixar o seu e-mail.

Por favor, me ajudem, eu estou viciada na pica de Sadam...

Comentários

14/03/2018 06:44:21
Gata estou aqui mais uma vez lendo seu conto gostaria de vêr pelo menos uma foto quem sabe mostrando para minha mulher ela topa bjs cada dia fico com mais vontade de ver minha mulher igual a vc iria ir a loucura bjs manda fotos de vc segurando o pau dele [email protected]
21/12/2016 09:10:37
Pat não se preocupe com certeza iria adorar ter uma namorada ou mulher que gostace de zoofilia tenho um cão pastor ainda virgem sou casado e já consegui fazer minha esposa deixar que ele lembece sua bucetinha fiquei louco de tesão adorei mas ela não deixa ele penetra nela iria a loucura sinto muito prazer com essa cena gostaria de ser seu amigo e presencia uma cena dessas moro em são Paulo capital próximo metrô Tucuruvi se quiser um amigo para desabafar vc pode conta com migo já não sou nenhum adolescente já tenho 51 anos e sou casado e adoro uma boa sacanagem entre em contato passa seu wtsap para mim [email protected] bjs e continui vc não está fazendo nada de errado adoraria que minha mulher gostase de cão igual a vc bjs
28/04/2012 11:05:00
Você não tem que largar o vício, apenas tem que encontrar alguém que goste e compartilhe isso com vc. Se quiser conversar sobre o assunto, manda um mail: [email protected] alguma experiência que posso compartilhar.
10/12/2010 20:59:07
ola,me chamo rebeca,faz mais ou menos um mes que me iniciei na zoofilia,confesso que é mto gostoso,pratiquei com um cão de minha prima,um RUSK SIBERIANO,uma delicia de cão,procuro amizades com mulheres zoofilia me add no msn e [email protected] bjus me add e eu conto minha experiência como foi e ate posso ensinar tambem!!!
21/11/2010 17:01:45
Ola mulheres,eu me chamo jessica,sou zoofilia assumida.adoro sexo com cães,quem se interessar em tranzar com um cão,entreem contato comigo,eu posso ajudar como tranzar com um cão do começo ao fim,é mto bom,so quem ja provou,sabe o quanto é bom,meu orkut e [email protected] dispenso curiosos no assunto,bjus mulherada zoofilia
11/10/2009 13:01:42
voce é louquinha mas foi bom ler seu conto
14/01/2009 11:52:03
Gatinha eu adorei seu conto, eu adoro este tipo de conto....As vezes pego filmes de zoofilia, adoro ver a mistura da irracionalidade do animal, com o tesão da mulher, é uma visão, magnifica....adoro ver... me escreva vamos conversar....grande bjo [email protected] ah dei 10 para o conto
22/11/2008 23:10:55
sou doida para dar o cuzinho para um bem dotado meu email [email protected]
04/06/2008 13:06:54
olha...é encantador e maravilhoso este tipo de transa...só que fez sente como é uma delicia..Eu e minha esposa transamos a muitos anos com cachorros...Tenho muitas fotos dela metendo gostosos e um dvd em que ela transa com nossos dois cães.Tanto o dvd e as fotos eu troco tá bem..se desejar me escrever é...Caixa postal 45 Ferraz de Vasc, SP..cep...Frank
31/05/2008 01:20:04
se voces curtem eu tenho lugar e 5doog na maior discrissacao n.e_mail [email protected]
30/12/2007 21:09:56
Confesso, que fiquei excitado ao ler sua história, terminei de ler batendo uma deliciosa punheta. por favor me escreve [email protected] ou [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno socorro meu genro fode malxvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandocontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negroasisti filme de porno de graca e sem se escreververCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAmohamed elatar punhetandocuzao areganhado p cavaloxvideo empurrando e gozando topado ate o talochupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindoacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarcontos heroticos cao doidao para chupar a donaBrotheragem - Segunda Temporada - 8contossou safado como minha maeporno so vidio reral tiramo a vingidademulhe trazando com dois hemvidio mae putona se assusta quanto ve que o filho gosou dentro sem camisinhapadrasto enteada falei de sexo brasileirovvgg sexovídeo de sexo de Osasco heloisa dando o cu para doisfilha assiste porno no quarto e mae e comida por outro e mae escuta barulho estranho e vai ver o que e e ve a filha se masturbandocontos eroticos a amiga da minha irma rabudacontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachaMais carentes enrabadas por filhoesposa se acanha com punheta corno sexorelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntopesquisar por mega dotado peguei meu irmao gay e minha irma virgem fudendo nao aguemtei cumi os doisconto meu marido virou minha putaempreggadas tesudas escitando patrao no youtubeaproveitando que o seu irmao nao ta em casa e dando assistencia pra cunhada video pornovideos pornos gratis mae pede pra filho traser a toalha e filho nao perdoaCasa dos Contos Eróticos sogra gritou chorou e pegou na pica do genroa empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casabaixar jogos de Ferrari deixando o rapaz tirar o sutiã dela para mamar nos peitosFelipe e Guilherme- Amor em londresviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durohttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhaenteada flagra transa de adoria participarcangapor hd pronbigodinho do ritler videos pornoRelatoa erodico de geyse arruda contando como.perdeu a vingidade do.buceta e do.cuzinhoconto incesto minha irmãzinha adolecente andando encasa com essa roupinha nao da para resistianita mulher do corno do maranhaomanual de corno manso gatobommulher levanta o vedtido e leva rola na bundamulher.cal.fiudentaller relatos d velhos d pau gigantes q arrombaram asmulheresnegao fodefo cu forcanegao fodefo cu forcaPrefeito Sandy crentinha s***** metendoCapítulo 2 segunda temporada contos erótico sempre te quismulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornovideos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeivadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosencoxando rabuda no trem casa dos contosconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oradespedida de solteiras com/mulheres casadas q se entregarao a putariahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhernegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elabati punheta num desconhecido no onibus contosComo perder o bv comendo o vomito e cagando no ventiladorcontos eroticos cu apertado.da maeXvideos com icrivel ruguide menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezaComendo a garotinha contos eriticomulher gostosa dando para novinho cheia de tesao em sua casonaBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultaAssuntos:lesbica contos eroticos patroa com sua cinta de consolo tirou a virgindade da buceta e do cu da sua empregadaContos eróticos de incesto entre familias aonde todos mamam e foden em todas as posiçoes possiveis e de todo o jeito em orgiasMinha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticowwwxxvideo filhinha meche o bumbumconto erótico buceta azedinhaContos de meninas ki deu abuceta pra uns velhos tarado pau enormesnovinha dando pauzudi com cazelinaporno gozando na bouca da filinha que dormiaEu Queria arranjar uma queria que passasse um filme para mim né e mulher pelada para mim entendeuContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhanovinho vendo o roludo pela janela e ficando louco