Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

conhecendo o titio

Autor: jesse boina
Categoria: Homossexual
Data: 11/04/2006 19:53:20
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Hoje finalmente criei coragem para relatar o que aconteceu comigo quando eu tinha 18 para 20 anos (hoje estou com 26), em Vitória do ES. Morava com meus pais, uma família de classe média alta, numa casa bonita, em um bairro nobre de Vitória, tinha uma suíte grande, com todo conforto, só para mim.. Sempre gostei de mulheres e tinha sempre uma namoradinha que ia estudar na minha casa e era bem gostoso nosso estudo. Um belo dia, minha mãe disse que queria conversar sério comigo. Sentamos então na sala e ela me disse que seu irmão caçula de 21 anos que morava no interior de Minas Gerais tinha resolvido estudar em Vitória e que havia lhe perguntado se poderia passar um tempo em nossa casa até que se organiza-se com aluguel de apartamento mobílias etc. e a conversa comigo girava sobre o questionamento se haveria algum problema em eu dividir temporariamente minha suíte com ele. Na realidade, eu nem conhecia direito esse meu tio pois, não o via desde que eu tinha 10 anos. Fiquei meio puto da vida, com a possibilidade de alguém entrar no meu pequeno mundo. Mas não tinha como dizer não, para minha mãe. E lá veio o meu tio, de mala e cuia para nossa casa, mas precisamente para o meu quarto. Minha cama na a realidade era uma bi-cama, não havendo assim, nenhum acréscimo na mobília. Nessa época eu estava fazendo cursinho para vestibular de medicina e estudava bastante. Minha mãe foi a rodoviária a 7(sete) horas da manhã pegar o meu tio (seu nome é Wilson) . Fui de carona com ela até minha escola que ficava no caminho. Só voltei para casa por volta do 12:00, mas não encontrei meu tio que tinha saído para resolver uns problemas. Tomei um banho, almocei e subi para o meu quarto. Como estava bastante calor liguei o ar condicionado, tirei minha roupa, ficando só de cueca bem pequena, e me deitei de bruços. Tinha que acordar às 14:00 horas para estudar. Acordei às 14;30 com frio, peguei um lençol, me cobri e voltei preguiçosamente a dormir, deixando o estudo para outra hora. Passado algum tempo, acordo com o barulho de alguém entrando no quarto e indo para o banheiro, como estava meio puto não estava a fim de falar com ninguém, principalmente com o meu tio. Assim sendo, fiquei acordado mas com os olhos fechados. Ouvi barulho da água caindo do chuveiro, tio Wilson estava tomando banho. Após alguns minutos a água parou de cair e tio Wilson saiu do banheiro. Disfarçadamente abri um olho para vê-lo. Ele tinha 1,80 de altura, com um lindo corpo sarado, estava envolto numa pequena toalha que deixava a mostra grande parte de suas coxas bem torneadas e musculosas. Ele veio andando em minha direção, aproximou-se bem devagar e com um toque sutil começou retirar o lençol que estava sobre mim. Eu mantive os olhos fechados e fiquei bem quieto como se estivesse em um sono profundo. Ele retirou todo o lençol e de repente ficou passando a mão na minha bunda. Fiquei todo arrepiado e não foi pelo frio; uma onda elétrica percorreu todo o meu corpo. Minha vontade era levantar e dar uma porrada nele,; Que diabos ele queria comigo?- não me conhecia direito, qual era a dele? Me contorci na cama de modo que pudesse abrir um olho sem que ele percebesse, para eu ver qual era a dele? Rapidamente, ele se afastou e se encaminhou para outra cama, sentando-se com as pernas abertas e começou a pentear os cabelos. Ele estava só de toalha e na posição que estava dava para eu ver suas partes intimas. Ele abriu mais a toalha e começou a acariciar seu cacete que ficou enorme. Confesso que nunca tinha visto uma ferramenta tão grande. Eu estava bastante confuso, nunca tinha me acontecido algo parecido e eu não sabia como agir. Fiquei quieto aguardando os acontecimentos. Ele começou a bater uma punheta olhando para minha bunda. Meu corpo também era muito bonito e minha bunda era bem volumosa. Não sei como explicar mas meu pau começou a subir de forma descontrolada e eu estava tomado por um tesão que nunca tinha me ocorrido. Meus relacionamentos sempre foram com mulheres  e eu era bom nisso- de repente, me vejo excitado numa situação que segundo minha condição de macho não deveria acontecer. Meu tio acabou gozando, ali mesmo sujando a toalha e o chão. Ele foi ao banheiro, voltando com uma porção de papel higiênico para limpar o chão e retornou ao banheiro, rapidamente vestiu uma roupa e saiu quase correndo. Eu aproveitei e me levantei. Meu pau saía da cueca de tão grande e duro que estava. Entrei no banheiro e bati uma punheta bem gostosa, só que pela primeira vez na minha vida, meu pensamento era para um membro viril de um homem e que com certeza uma das coisas mas bonitas que eu tinha visto. Essa constatação me fez gelar, eu admirando em cacete. Fiquei com raiva de mim mesmo ao invés de ficar com raiva de tio Wilson. Tentei sentar para estudar, mas não consegui. Meu Deus! O que realmente estava acontecendo comigo? A tarde passou e veio a noite e com ela, o retorno do meu tio. Estava lanchando na copa quando ele entrou com minha mãe que o re-apresentou pois, como falei, a muito tempo eu não o via. Ele estendeu a mão para mim e simultaneamente me puxou para um abraço o qual retribui com o coração de forma acelerada. Ele estava com um perfume gostoso e eu mais uma vez fiquei sem saber o sentimento que estava me envolvendo. Após o lanche, fomos para sala ver um pouco de televisão. Minha mãe, que deveria estar com bastante saudades dele, começou a conversar só com ele. Volta e meia eu olhava para ele e percebia que ele estava olhando para mim. Em uma dessas olhadas nossos olhos se encontraram, e eu abaixei a cabeça sendo que uma força estranha me fez olhar para seu cacete; ele estava duro e fazia um volume enorme. Inventei uma desculpa qualquer e subi para o meu quarto. Tomei um banho frio para aliviar as idéias mas, não adiantou muito, não conseguia parar de pensar no corpo de meu tio e principalmente daquele lindo membro. Deitei, com as luzes acesas, da mesma forma que depois do almoço, só com algumas pequenas diferenças, pois passei um óleo de amêndoas com um perfume maravilhoso na minha bunda e no meu cuzinho, que sinceramente era totalmente virgem e fiquei deitado de uma forma tal que, se ele tirasse o meu lençol poderia ver o meu cuzinho que, mesmo eu não querendo acreditar sonhava em ser tocado ou algo mais. Mesmo com os pensamentos a mil por hora, consegui relaxar e cochilar.Decorridos 1 hora e meia, mais ou menos, acordo com o barulho de alguém usando o banheiro; era ele. Meu coração parecia que ia disparar e meu cacete começou a crescer, eu estava literalmente fora de controle. Meu Deus, pensava eu, que vai acontecer? Ele saiu do banheiro só de cuecas, olhou para mim e, para surpresa e decepção minha, apagou a luz do teto, sentou-se na cama, acendeu a luz da cabeceira, pegou um livro e começou a ler. Uma sensação diferente tomou conta de mim. Que bom que nada aconteceu, talvez se tivesse acontecido eu me arrependeria e não saberia conviver com essa situação mas, por outro lado estava triste por nada ter acontecido- o certo é que na realidade eu não sabia o que pensar. A luz de cabeceira da cama dele iluminava todo o seu corpo, o qual fiquei admirando por longo tempo. De repente ele para de ler o livro enfia a mão na cueca e tira aquele lindo monumento e passa a acaricia-lo. De grande, passou a ficar enorme; que visão linda. Ele virou a cabeça em minha direção, mas por certo não estava me vendo bem pois eu estava no escuro. Então aconteceu. Ele se levantou, tirou totalmente a cueca, acendeu a luz do teto e veio andando na minha direção e, como eu havia sonhado, foi retirando o lençol e acho que ficou admirando com o que via, pois, por certo, não imaginava o que estava vendo, eu totalmente nu. Acho que isso foi o cartão verde que ele esperava. Ajoelhou-se ao lado da cama e começou a acariciar minha bunda, primeiro com as mãos e depois começou a beija-la, com as duas mãos abriu minhas nádegas e passou a enfiar a língua no meu cu. Eu entrei em parafuso, sem falar nada e continuando a fingir que estava dormindo, fui facilitando ao máximo levantando minha bunda, para que cada vez mais ele enfiasse a língua no meu cu. Não dava mais para não participar. Apoiado nos braços fui ficando de quatro e abrindo mais ainda as pernas. Titio subiu na cama e começou a pincelar meu cuzinho com aquele cacete maravilhoso. Apesar de estar lubrificado com óleo de amêndoa, eu não imaginava como ia agüentar entrar aquela maravilha em mim, e isso me assustava um pouco. Titio me abraçava pela cintura e começou a beijar minhas costas, me provocando uma onda de arrepios, foi a te meu pescoço e orelhas, era indescritível o que eu sentia. Eu tremia dos pés a cabeça. Percebendo isso ele saiu de trás de mim virou meu sentou-se do meu lado pegou meu rosto e me beijou suavemente na boca e foi aumentando até que me beijava de forma frenética. Parou por um minuto e perguntou se tudo estava bem? Respondi com um aceno afirmativo da cabeça, pois as palavras não saiam de minha boca tamanha a minha excitação. Com as duas mãos no meu rosto foi abaixando minha cabeça até que meus lábios tocassem o seu cacete cuja cabeça brilhava. O perfume que exalava dele era maravilhoso uma fragrância suave misturada com um perfume de sexo indescritível. Com os olhos fechados beijei carinhosamente a cabeça daquele monumento de prazer e aos pouco fui abocanhando, até que, pela primeira vez na minha vida, eu mamava um cacete. E como era gostoso. Titio pegou minha cabeça e fez um vai-e-vem maravilhoso na minha boca. Em alguns minutos sinto um jato de porra quente enchendo minha boca, não sabia o que fazer, e não tive outra solução a não ser engolir todo o seu esperma. A principio não gostei  mas depois achei maravilhoso e sugava com violência querendo mais e mais. Eu estava muito excitado ainda, percebendo isso titio me deitou de costas, pegou meu cacete e começou a punhetá-lo como se quisesse me recompensar pelo que eu tinha lhe proporcionado. De repente foi beijando meu corpo até meu cacete e começou a chupa-lo com maestria; isso me levou a loucura. O pau de Titio voltou a ficar duro e ele falou que era ora de comer meu cuzinho. Falei que seu cacete era muito grande e meu cuzunho era virgem e que eu estava com medo de doer muito. Ele falou para eu não me preocupar que ele não iria me machucar. Ele pediu o frasco de óleo de amêndoa que eu tinha usado e começou a passa-lo no meu cuzinho e no cacete dele. Ele se posicionou atrás de mim e começou a enfiar um dedo no meu cu; que gostoso, depois colocou dois e foi massageando até que ficou lubrificado e mais aberto. Então ele pegou seu cacete e começou a coloca-lo no meu cuzinho. Aos poucos fui sentindo que começava a entrar, para ajudar eu procurava abri-lo com as duas mãos nas nádegas e senti que a cabeça entrou uma sensação maravilhosa envolveu todo o meu ser, comecei a rebolar enquanto era invadida por aquele imenso membro de repente senti que tudo estava dentro de mim e então titio começou com um vai-e-vem ele anunciou que ia gozar de novo e pegou meu pau e começou a bater uma punheta, pois até então eu não tinha gozado, em poucos instantes gozamos juntinhos e foi a coisa mais maravilhosa que já aconteceu comigo. Caímos na cama abraçados e dormimos um sono maravilhoso. Agora eu conhecia muito bem meu Titio maravilhoso. Depois eu conto mais. Se alguém quiser manter contato escreva: e-mail: [email protected]

E-mail= [email protected]

Comentários

Carlos
17/04/2006 09:40:12
Meu pau está todo melecado de tesão.
Punheteiro
12/04/2006 15:33:20
adorei o conto quem sabe eu nao pósso pazer o papel de seu titio agora
Josh
12/04/2006 10:10:56
Escelente conto!
Penélope
11/04/2006 22:11:45
Tu é gay... tu é gay que eu sei.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


meu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosadengosa do maridinhoporno com vizinha que chega de.mudança coroaporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedeletitia sacana estourando a fimose do sobrinhocuiadia fudedo de xortiu curtoensopando o cuzinho com gelIncesto do cu desde pequenofilha adotiva safada com mae e pai contosvídeo de putaria as baixinha índia gostosa pronto para tocar de ouvidoenfiar mangueirá liguada no cu da guarotasanba porno que espetaculo de vizinha queredo pau vou fude mais elacontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksacontos de sexo depilando a sogragostosa decha erick gozar em sua buceta pornodoidoCaralhudos na bucetinha virgemver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadanovįnha do sexo anal tuCONTOS EROTICOS DE JARDINEIRO PIROCUDO COM MAE E FILHASVaqueiro fazendo sexo com a plaquinhaporno metendo de levinho atrasporno jaritaca pau grande traiporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadoconto sou crente casada carente provocando os pedreiroPornopiroconavideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhoconto erotico "padre não é homem"botando na buceta pela beradinha do shortemulher cagando enquanto dava a bucetacontos porque virei crossdressingnovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidocontos eróticos sobre cunhadabucetudaxota molhada escutando o barulho do tesaosou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contosdei a buceta na bicicleta contos eroticoschupando a rola do primo devagarindoirmão pauzudo fudendo a irmazinha mignon carolzinha santos trepano no churrascoxexeca mais gtz e peludinhahistórias eroticas os flintstones sr pedreiraBrotheragem - Segunda Temporada - 8conto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicocontos sinhozinho mamou meu grelinhoComtoseroticos cegredoporno sobria vai vizitar tio e esrrupadaporno com mãe e filha bucetudas de guaianazespai tem pauzao descomunnal e soca tudo no cusiho da filha gostozinhacontos eróticos peguei minha esposa com um travestipedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gayssexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoBlog atualizado da casa dos contos eroticos paguei ´pra deflorar a filha do caseiroporno mae tepa com namorada filha com a filha pezeteEdgar um velho casado com uma gordinha de 24 anos metendo gostosoxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duroconto erotico proibido pra mim hector e sophiehomen ve a visinha no banheiro fica louco porno doidocontos eróticos surpenatural incestoconto erótico flagrei minha mãe chifrando meu pai e ela me humilhou muitocasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosxvideo Comendo a Mulher do Meu Tio Cielyguris metendoxsvideo relatos com fotos e filmes tio taradao de 30cm de rola arrombando subrinha safadafui brincar com meu cao e fui enrrabada contopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhavelho pauzudo machuca a casada a forcacontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhameu filho adora analAbusada de calça leguecontos sinhozinho mamou meu grelinhocontos de sexo selvagemcom velhosvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaconto porno lesbico praticando scatcontos as calcinhas da minha sobrinha branquinhaconto comi a tia coroa peidorreiracontos de sexo com meu pai metiii vaii issorevista private relatosmeu amante haitiano tem pau muito grosso e gostosoTitio gozando nas minhas tetinhas contos eróticostravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamacontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casaporno tia se destraiu e sobrinha ninfeta chupou o seu maridocoroa chora pos uma foda cm garotao xxvideos menorvídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicaprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulhergozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabagozei na boca no caminhaocontos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por trasgozda de mjlher cue gorra lonjelesbica adora colocar omega grelo de buceta com fosse pirucontos emprestei minha irma por cem reais pra um taradoestourando com o cu da amadora e ela cagando no paume fode seu desgraçadoesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornogozada de mule napica pornodi dicavalo