Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Bolinada pelo priminho da minha amiga

Categoria: Heterossexual
Data: 09/07/2006 02:20:32
Última revisão: 25/09/2008 19:26:54
Nota 8.09
Assuntos: Heterossexual

(Se quiser ver minhas fotos e ver mais contos visite meu blog casadapopozuda.blogspot.com)

Para quem já leu meus contos anteriores "Casada popozuda currada por dois garotos - Parte 1,2 e 3", irá conhecer através deste conto como surgiu minha tara por garotos e jovens rapazes.

Quando era mais jovem, tinha na época 20 anos, sempre fui muito namoradeira. Eu era do tipo safada (aliás ainda sou), que namorava com um mas saia com outros, mas sempre fazendo-se passar por garota séria. Fazia faculdade na época e tinha um namorado, além de vários casos paralelos, não só na faculdade, como em outros lugares. Sempre fui tarada, desde que perdi a virgindade com meus 15 anos nunca mais deixei de fazer sexo e as mais diversas formas de sacanagens, seja somente com um cara, sejam com vários ao mesmo tempo.

Durante um determinado feriado prolongado, fui convidada a ir para um sítio da família de uma grande amiga da faculdade. Como na época estava meio brigada com meu namorado resolvi aceitar e fomos eu, minha amiga, sua prima e o restante de sua família, composta por seus pais, seu irmão mais novo e um primo deste.

Iríamos ficar cerca de 4 dias no sítio, o que cairia bem para eu tentar esquecer meu namorado, a faculdade e demais problemas.

Era um sítio bonito, com muito verde, árvores frutíferas para todo lado, piscina, diversos tipos de recreação, além da casa bem espaçosa e com vários quartos. Na divisão dos quartos ficaram minha amiga e sua prima juntas e fiquei num quarto somente para mim.

No dia seguinte ao da chegada, tomamos um belo café da manhã e fomos as três para um belo banho de sol na piscina. Depois de um tempo chegaram os dois meninos correndo e pulando na piscina espalhando água para todos os lados. Eles tinham 15 anos e eram completamente ativos como todo garoto dessa idade. Na espreguiçadeira, deitada completamente de bruços, pude notar que o primo da minha amiga estava discretamente me secando. Como eu estava de óculos escuros, ele não percebeu, mas eu o via olhando discretamente para minha bunda (que aliás era bem chamativa, modestamente falando). Depois de algum tempo torrando ao sol, resolvemos entrar na piscina. Como é refrescante entrar numa piscina depois de um banho de sol.

Os dois garotos que brincavam de bola dentro da água, pediram para brincarmos com eles de bobinho. Ficamos então nós três em volta dos garotos e ficávamos jogando a bola de uma para a outra, e eles tentavam agarrá-la. Notei que o priminho safado, sempre ficava bem próximo a mim e quando eu agarrava a bola ele sempre fazia de tudo para pegar no meu braço ou na minha mão (Para quem leu os contos anteriores, pode ver de onde tirei a idéia da brincadeira com a bola na piscina). Minha vez de ser o bobinho, fui para o meio da piscina e como o nome da brincadeira, fiquei feito boba tentando pegar a bola. Até que o priminho safado a agarrou e ficou com ela por um tempo vendo para quem ele jogaria. Como era mais alta que ele (Tenho 1,70 de altura e na época uns 60 kg) fui para cima dele para impedir que ele a jogasse para alguém. Me joguei praticamente para cima dele mas o danado conseguiu passar a bola. No que me joguei nele meus peitos se encostaram nele e pude perceber que ele ficou constrangido. Achei tão bonitinho. Depois disso fazia de tudo para me encontar nele, onde teve até um momento em que fiquei de costas para ele e fiz questão de encostar minha bunda contra seu corpinho. Ele ficava constrangido mas percebi que adorava.

O dia passou rápido e logo anoiteceu. Depois do jantar e de muito bate-papo, fomos todos dormir tarde da noite. Dei boa noite para as meninas e fui para meu quarto. Já no quarto, coloquei uma camisola e antes de dormir fui para o banheiro escovar meus dentes. Saindo do banheiro, vi o priminho safado de minha amiga indo dormir e o desejei boa noite, dando um beijinho em seu rosto. Ficou todo sem jeito, mas com um sorriso enorme.

Lembro muito bem daquela noite. Como tenho sono leve, ainda mais na casa de estranhos, qualquer barulho já me acordava. Lembro que estava dormindo profundamente, quando acordei com um leve barulho da maçaneta da porta se abrindo. Como era uma época muito quente, dormíamos todos com as janelas abertas, deixando entrar a luz do luar. Sem me mexer e fingindo estar dormindo profundamente, pude notar que era o safadinho. Pensei, vamos ver até onde ele vai chegar. Ele foi silenciosamente entrando no quarto e fechando a porta. Andou até minha cama e parou diante de mim para se certificar de que eu estava dormindo. Comecei a respirar mais fundo para dar a impressão de sono pesado e então ele se abaixou e ficando agaixado tentava ver meu corpo por debaixo dos lençóis. Ele então levantou um pouco o lençol na altura da minha perna e ficou admirando meu corpo. Pude notar que enquanto ele apreciava a visão ao mesmo tempo tocava uma punheta discretamente. Aquilo foi me deixando com um tesão tão intenso, que me deu vontade de agarrar o garoto e transar com ele ali mesmo. Mas estava na casa da minha amiga e ele era primo dela, além de ser um garotinho, portanto não poderia fazer isso. Mas se eu não posso fazer isso, pelo menos vou fazer a felicidade dele. Num certo momento, ainda fingindo que estava dormindo, virei de bruços e puxei o lençol de modo que a parte de baixo ficasse descoberta. Quando me virei, percebi que ele levou um tremendo susto, e se abaixo ficando quase debaixo da cama. Mas quando ele se ergueu e me viu naquela posição, dava para ouvir sua respiração mais ofegante. Como eu estava com uma camisola um pouco curta, provavelmente ele tinha uma visão de toda a extensão das minhas pernas e poderia ver todo o contorno da minha bunda, por sob a camisola. Sem querer ele soltou um quase inaudível "nooossa". Ficou um tempo admirando meu corpo, quando senti que seus dedos estavam levantando delicadamente minha camisola. Foi quando eu ouço um quase gemido e a respiração ainda mais ofegante. Provavelmente ele tinha acabado de gozar. O safadinho abaixou minha camisola lentamente e saiu do quarto de fininho. Comecei a rir da situação mas ao mesmo tempo aquilo tinha me deixado com um tesão enorme, me obrigando a uma masturbação.

Acordei mais tarde que de costume devido a noite intensa, e as meninas que já tinham tomado sol, estavam preparando o almoço. Me ofereci para ajudar mas como recusaram fui para a piscina, onde os garotos e o pai de minha amiga se encontravam. Cumprimentei a todos, mas o safadinho respondeu sem olhar nos meus olhos. Acho que era devido ao sentimento de culpa pela noite anterior. Me deitei na espreguiçadeira e logo o pai da minha amiga me perguntou se havia dormido bem. Falei que dormi como uma pedra, e que devido ao sono pesado que possuia, poderia ter um terremoto que eu não acordaria. Percebi que o safadinho tinha ouvido a conversa e quase que senti um alívio de sua parte. O senhor então se levantou e nos deixou indo em direção à casa. Logo depois entrei na piscina, onde se encontravam os garotos e comecei a brincar com eles de bola. O safadinho não desgrudava de mim, onde eu ia ele vinha atrás. Num certo momento em que eu pulei para pegar a bola, ele logo atrás de mim, foi de encontro a ela também, e assim que peguei a bola ele "sem querer" passou a mão na minha bunda. Foi uma passada rápida, mas suficiente para deixá-lo com aquela sensação de culpa novamente. Com a maior naturalidade, fingi que não tinha acontecido nada e continuei a brincar com eles. Passamos a brincar de mergulho, onde tínhamos que passar por debaixo da perna de alguém. Me ofereci para ser a barreira de pernas. Começaram a passar por debaixo das minhas pernas quase sem relar em mim, foi quando o safadinho que vinha por trás de mim, deu um mergulho e eu propositalmente fechei as pernas para não deixar ele passar. Ele bateu com a cabeça nas minhas pernas e no susto, com as mãos segurou na minha bunda. Logo que saiu da água me pediu desculpas, foi quando falei que tinha feito aquilo de propósito só de brincadeira. Rimos os dois, mas com certeza ele riu muito mais.

Tarde da noite fui para a cama já imaginando que receberia novamente a visita furtiva do safadinho. Mas desta vez iria deixar ele mais louco ainda, iria ficar de bruços com o lençol cobrindo somente a parte de cima e com a camisola toda puxada para cima, deixando a mostra minha minúscula calcinha, daquelas bem finas que entram na bunda. Fiquei nesta posição por um bom tempo, até que ouço a maçaneta se abrindo. Era ele. Assim que ele me viu, quase deu para ouvir seu coração saindo pela boca. Fechou a porta rapidamente e em silencio foi de encontro até a cama. Dava para ouvi-lo batendo uma punheta para mim, e foi quando senti que ele sentou-se na borda da cama. Ficou ali parado somente batendo uma para mim. Ouvi sua respiração cada vez mais ofegante, quando de repente, sinto a mão dele passando bem devagar na minha bunda. Provavelmente o fez porque ouviu eu dizer na piscina que dormia pesado e que não acordava tão facilmente. Talvez isso tenha lhe dado coragem de ser mais ousado. Senti que ele passava a mão na minha bunda como quem sente medo, pois ele estava tremendo feito vara verde. Ele passava a mão em uma bunda e depois na outra bem devagar e carinhosamente. Eu já estava totalmente molhada. De repente ele tirou a mão. Pensei, será que já gozou? Para minha surpresa sinto sua boca beijando minhas bundas, bem devagar. Sentia sua língua percorrendo minha bunda até ir de encontro com a calcinha que estava enterrada no meu rabo. Depois de alguns minutos ele para. Provavelmente gozou. Saiu silenciosamente do quarto e lá vou eu de novo me masturbar.

Na última noite resolvi alternar a posição e fiquei de lado posicionada para a porta. Vestia uma camisola bem decotada deixando a mostra meus seios. Tenho seios médios, bem firmes, portanto irresistíveis a qualquer um. Como um reloginho, entrou quase que no mesmo horário das noites anteriores. Foi logo de cara passando a mão nos meus seios e logo depois começou a passar a língua nos meus bicos. Ai que delícia. Ele passava a língua e sugava delicadamente meus peitos. De repente, sinto seus dedinhos levantarem o lençol e tocarem minha buceta. Estava com a calcinha completamente molhada, mas como ele era inexperiente, provavelmente não sabia que eu estava com muito tesão e continuou a passar os dedos. O safado então foi para o outro lado da cama, e como eu estava de lado, foi de encontro com minha bunda. Acho que como era a última noite, ele queria provar de tudo. levantou delicadamente a parte do lençol que cobria minha bunda e se enfiou por debaixo. Comecou a lamber bem na racha da minha bunda de cima a baixo e de baixo para cima, por sobre a calcinha encravada. Sentia a linguinha dele passar perto da minha xana e por sobre meu cú. Eu mordia meus labios me contendo de tesão e apertava a borda da cama com as mãos para não me entregar. Após provavelmente ter chegado ao clímax, ele como sempre saiu de mansinho e eu como sempre tive que me contentar com uma bela siririca.

No último dia, me despedi de todos pois voltaria de carro com minha amiga enquanto que o restante iria no carro do pai dela. Me despedi normalmente de todos e no safadinho dei um beijo em seu rosto bem carinhoso, me retribuindo com um olhar de menino safado.

Voltei para casa pensando nele e na vontade que me deu de deixar ele me comer. Chegando em casa, liguei para meu namorado, fizemos as pazes e nos encontramos para fodermos como loucos.

A partir desse momento é que começou a minha tara por garotos e onde tempos depois consegui realizar minha fantasia. Mas isso já é outra história.

(Se quiser ver minhas fotos e ver mais contos visite meu blog casadapopozuda.blogspot.com)

Comentários

09/09/2011 22:21:41
nossa q isso adorei sua história temos mto q conversar. se vc tiver msn add ai: [email protected]
20/11/2009 16:29:54
muito gostoso
04/01/2009 11:12:05
Adorei.. Leia os meus contos também Na Casa dos Contos e em meu blog: casaispoint.blogspot.com. Beijo e espero por você. Podemos fazer uma troca de link dos blogs. Beijos
26/02/2008 16:17:11
oi esses moleques nãotem um cacete de 26 cm . como o moreno tem aqui. [email protected]
tuf
01/02/2008 16:53:29
gostei mim add no seu msn tenho 15 [email protected]
O Enfermeiro
21/07/2006 20:40:33
Olá popozuda, seu conto é realmente muito exitante e sensual, certamente você é uma mulher sem pudores o que aumenta mais a vontade de conhece-la melhor, não disse qual sua cidade mais gostaria muito de contacta-la. Caso não seja possivel, sou de Recife e deixo um beijo bem gostoso no seu popozão.
Andre
11/07/2006 11:12:42
Oi Tia eu sou Andre e eu adorei tudo que voce escreveu eu já li todas eu tenho 13 anos tambem :) ninguem gosta de fala cumigo disso se voce quise me bota no msn [email protected]
marquinho
10/07/2006 03:40:41
adorei seu conto tia, tenho 16 anos e adoraria perder a virginadade com alguem como vc caso c interesse, meu msn e email é [email protected] bju tia to esperando vc!!
ed
09/07/2006 22:06:20
êêêêê moleque de sorte hein,puta que pariu tô todo melado só de imaginar sua bundinha gostosa deitada de bruço,o meu cacete tá tão duro que chega a doer mas,não vamos ficar de blá,blá,blá.me adicione ao seu msn ([email protected])e vamos nos conhecer melhor.
marcelo
09/07/2006 18:15:03
Muito bom o seu conto, adorei, fiquei com muito tezão, e quero ti falar, que eu gostaria muito de poder ti realisar, as suas maiores, fantazias sexuais. Se vc entrar em contato comigo, tenho certeza, que vc não vai se arrepender. Sou moreno claro, um métro, e 73, cabelos pretos e 70 quilos, bonito, elegante, e muito cheiroso, e um pau muuuuuuuuito gostoso, e delicioso pra vc.Adoro mulheres casadas, e safadas, que gostem de dar, e quero ti realisar totalmente. pra vc falar comigo, o meu imail é: [email protected] o meu msn é: [email protected] escreva, e me adicione no msn, e vamos gosar muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu[email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos minha mae gravida do pedreiromobile zoofilia com cachora femiafragei milha mulhe comegaoConto incesto garota de 09 aninhos popozuda"meio abertinho" gay contofaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidocontos recentes de mulheres que descobriram que o marido queria ser corno e ainda gosta de um fio terrapadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentropornô mãe usina puheta mãocontos eroticos bucetinha apertadamulher adora ver o marido ser fudidoas mulheres mais tratante do pornô de fio dentalsaiti porno japobeisCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAdesde novinha ja fudiacontos eroticos anal ensinando a pilotar motocadelas casadoscontoszoofiliacontos de sexo depilando a sograconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissodvd porno vizinho come cu vizinha a forcadar e coçar e so começar contos eroticosconto erotico emprestei dinheiro a nora e ela pagou com a bucetafamilia surubaxxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaosexo gay chatagiando o primobaixa lourinha cafungada com o negaomulher casada trai seu marido e fode sem camisinha e leva gosada dentro da buceta e engravidaPeço assistir video pornografico quente ao vivo, de meter o pau fundo e brincar dentro da vagina, eu chupando outro pau bem gostoso, gemendo de prazer incansável,contos eróticos na famíliatio e sobrinhaCasa dos contos eróticos perfil pluto69Www.vidioerotico.deminas.geraís.com.cangapor hd pronxxvideo n paguei tive dar cu eterogaysexo deixando mae com bunda doendo contoloirinha perguntava se fodia gostoso xvideospai a morosa w filha adorada porno doidomarisa chupando meu pauporno com vizinha que chega de.mudança coroaincesto com meu vô contosmulhes fudedo deto do karo o cumostrando buceta po amigo pater uma xvidioconto erótico Dulce safadacontos eroticos gays nerd e o bad boyfodie cusao do meu entido bundao pornocontos meu genro tesudopastora bucetuda de fil dentalcontos eróticos gay cunete entre molequesenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioxvideo.bucetaoassitirconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeu50 tons de gizlekes cantando juntos no pornodoidoContos de incesto mãe e filhominha mulher resolveu comer meu cucontos eroticos comi a filha da minha inquilinafotos+de++buceta+com++calcinhame perdi no mato eles me encontraram e me fuderam pornocomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãoXvidio enfindo.o peconto erotico crente casada carente fica deslumbrada com tamanho rola de outrocontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãebucetuda xoxota acucaradavideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadaHOMENS BOMBADAO COM PENIS ACAVALADOS GOZANDO NA BOCA DE LOIRAS PORNOcornolandia contosvidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhaxoxotas gostosas morenas atirar espermaarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparcasada coroa video fotocorno secretoelicarlos2010punindo escrava sadomasoquismohomens chupando gksnariz de policial dando o priquito a outros policialContos eróticos mulher do pastor dominou e humilhou minha esposaNegrao fundeno com outro negraoarregasado a buceta com muita velocidadeporbo doido escrava cega afoga na bundacontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho delevideos porno varias duas amigas cagando juntas fala meu fioporno doido teste en cascavelvideo de mae assustada com o tamanho do cassete do filhovideo porno menina no colégio internato madre superiora vendoContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetaomotorista de onibus que molhou a buceta de tanto prazer em dirigircontos eroticos numa ilha desertacutucando buceta de cadela com dedo zoofiliaxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delagta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetapai fica pelado perto do seu filho lindo mundobichasarrando a bundinha da minha filinhacú do neltinho arrombado