Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Quase meu marido me pega com o outro na nossa cama.

Categoria: Heterossexual
Data: 17/07/2006 00:25:16
Nota 8.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quase meu marido me pega com o outro na nossa cama.

Eu estava com ele na cama do meu quarto, eu de calcinha e sutiã lilás e ele com uma cueca apertada exibindo todo o volume que havia por baixo, era grande e eu gostava do que estava vendo... Se uma mulher disser que não gosta com certeza esta mentindo ou é frigida. Mesmo por que prazer e um pouco de dor é uma mistura perfeita.

Nossas roupas jogadas no chão e a gente pulando em cima da cama simulando uma guerra de travesseiros. __vou te tirar sua calcinha com os dentes. Eu batendo com o meu travesseiro no dele “não, não vai!”

__Vou sim você é mais fraca do que eu. “Sou putinha, mas antes você tem que casar... risos”.

Ele era um belo exemplar de homem mais de 1,80mts, moreno claro, ombros largos e fortes, as coxas grossas e nenhuma barriga e principalmente aquele cacete grande grosso e viril que parecia por baixo da cueca, perto dele ficava pequenina, era os peitos e a bunda que sobressaia nos meus 1,60mts.

Conheci-o pela net numa sala de bate-papo, trocamos email, depois telefonemas. até que fiz o convite:__Por que você não vem hoje aqui quero cuidar de você te dar papinha e te por pra nana ...risos.

__E teu marido?

__ Ta viajando só chega amanhã.

Fui com meu carro pegá-lo...Assim que entramos em casa já começou me pegar, me enlaçava e me beijava eu tentando me desvencilhar, mas arrastando-o para o quarto... Jogo-me de costa sobre a cama arrastando ele comigo, enlaço-o pelo pescoço e nos beijamos demoradamente, o doce sabor de seu beijo e o cheiro de homem me inebria.___ quer dizer que vou te comer na cama que você dorme com o corninho. Não respondi. As roupas no chão os dois no meio do quarto, enlaçada no se pescoço pulo e prendo ele com as pernas na altura da cintura.__você vai me fazer feliz não vai? Não responde, apenas me beija e anda contra uma das paredes do quarto, minhas costas se encontra com a parede gelada, minha pernas escorrega pelo seu corpo até me apoiar no chão. Suas mãos forte prende minhas mãos contra parede, enquanto luto para sair roça seu pau contra meu corpo, procura minha boca para beijar, mas não deixo viro o rosto para um lado e para o outro sempre lutando, como não consegue procura meu pescoço e deixa uma enorme chupada, morde minha orelha e assopra fazendo eu me arrepiar toda, tenta chupar os seios mais sua altura não permitia me segurar e chupar ao mesmo tempo.__ Sabe que eu vou te comer a noite toda, não sabe “seeei” tua bucetinha, teu cuzinho, vou gozar na tua boca, Não sabe “seeei” você quer? “Queeero! Quero tudo que você pode me dar”

Relaxou um pouco, corri para a cama e peguei o travesseiro ele veio atrás e pegou o outro foi ai que a guerra de travesseiros começou!

Ele deitado na cama com as mãos espaldadas na nuca, apreciando eu de pé aos seus pés, me rebolando enquanto tirava as calcinhas, deixando que apreciasse as marca do biquíni no meu corpo, expulsando meus seios do sutiã com as mãos deixando amostra meus bicos entontecidos centro de minhas aureolas róseas, Jogando meus cabelos para trás e pronta para me deitar sobre aquele corpo másculo. Nesse momento escuto a chave na porta... Levo um baita susto, de imediato levo o dedo a boca e faço sinal de silencio, pulo da cama e as pressas passo a mão na camisola e me visto saindo pela porta do quarto, deixando ele deitado um pouco assustado. Ainda encontro meu marido no corredor que da para os quartos terminando de amarrar a camisola na cintura._ Você a esta hora, não vinha só amanhã!? Um beijo rápido na boca.__A reunião foi cancelada. Tentando passar por mim e ir para o quarto. Coloquei-me a sua frente. __ Não vai. Minha voz sai assustada, baixa e rouca.___Porque?

___ Não ponha nosso casamento em risco, vai até a sala e me espere. Com o olhar desconfiado olhou para a porta do quarto e voltou para sala, sentou no sofá com sua pasta executiva no colo e lá ficou.

Saímos os dois pela porta dos fundos para pegar meu carro, mas antes mais seguro e enquanto nos trocávamos fez eu dar uma chupadinha rápida no seu pau, tipo coisa de macho.

___ Vou te deixar na rodoviária e voltar rapidinha para casa.

___ E me deixar no sufoco? Nãooo! Entre no primeiro motel.

___ As coisas lá em casa vão ficar pretas, talvez meu casamento já tenha ido pro brejo. Suas mãos entraram por dentro de minha saia chegaram até a buceta, ao mesmo tempo em que dirigia abria mais as pernas separando os joelhos seus dedos afastavam minha calcinha e penetravam fundo na minha bucetinha... Sem poder continuar dirigindo parei no acostamento, abri ainda mais as pernas, joguei minha cabeça para trás e meu quadril avança em direção aos dedos dele que a essa altura já eram dois dedos me penetrando pedi o terceiro enquanto gemia... ___Isso enfia o outro... Ai que gostoso! Dobrou-se sobre o assento para alcançar o minha boca com seus lábios, procuro seu pau já para fora e punheto ele gostoso, me pega pela nuca e com um movimento brusco puxa meu rosto de encontro a seu pau.___Chupa! Dentro da boca só cabe aquela cabeça saborosa o resto do pênis punheto com as mãos.___ Ahhh! Puta vadia como você é gostosa! Seu pau começa a pulsar, sinto que vai gosar ...prende minha cabeça para não deixar seu pau escapar da minha boca.___ Engula tudo, não quero sujar as calças sua biscate, vagabunda, faz por merecer esse pau... Seu gozo vem em jatos batendo fundo em minha garganta. Engulo o leite e limpo todo seu pau com a língua. Adoro quando você me chama por todos esses nome, fico louquinha! Viu não sujou as calças nenhuma gota, bebi tudo...Não vou deixar de provar aquele pau passo por cima do banco e sento sobre ele “face a face” rebolo sobre seu pau que começa a ganhar vida novamente, duro tenta enterrar minha calcinha para o fundo da buceta o que consegue em parte, até estourar minha calcinha e penetrar de uma vez só, grito de dor... Seu pau bateu no fundo do útero._Quer que eu tire?___ Não só fique quietinho deixe me acostumar.Naquele momento saiu lagrimas dos meus olhos, aos pouco comecei a me mexer sobre aquele cacete, suas mãos apertava meus seios e sua boca os chupava ora um ora o outro mordia os biquinhos deliciosamente. Era eu que me movia subindo e descendo sobre aquele cacete, o carro balançava e rangia alto em compasso com meus movimentos Também sabia xingar: __ Mete seu corno! Me fode seu viado! Deixa seu leitinho lá no fundo! Aiiiiii to gozando!!!!! Você é muito gostoso! Hummmm!!!___ Mais que seu marido?Sim, continua aiiii!!! Cai sobre seu ombro e relaxei.

___ Quero seu cu.

___ Será que agüento? Aqui dentro mal dá pra se mexer.

Saímos do carro, me debruçou sobre o capô, pediu que eu abrisse bem as pernas levantou a saia, eu apreensiva e ansiosa olhava para trás acompanhando tudo, vi quando cuspio no pau e com os polegares abriu minha bunda, com a ponta do cacete forçou meu buraquinho, um pouco mais de força a cabeça passou, dei um gritinho e ele parou.Aquele foi um momento em que ele usou ternura, mostrou carinho por mim, disse que eu era bonita, que meu corpo era lindo, que queria ficar para sempre comigo, que seria fácil amar uma mulher como eu. Quando dei por mim seu pau estava todo dentro e ele bombando.Fui a primeira a quebrar o romantismo.___mete na sua vadia, mostra que é homem e me arregaça Aiiiii!!! Hummmm gostoso! Meu macho não quero te largar nunca. Ele começou a tremer e depositar sua porra dentro de mim. Quando tirou ela pingava do meu cuzinho...

Quando cheguei ele ainda estava sentado no sofá, arrisquei agir como se nada tivesse acontecido.____ Vou tomar um banho e depois preparo seu jantar.

Ficamos frente a frente no jantar... Nenhuma palavra!Lavei a louça ele já estava deitado, quando pelada deitei ao seu lado se virou e colou seu corpo ao meu me abraçando pela cintura, meus pensamentos corriam solto: Será que ele sabe?...Será que ele é daqueles que gosta de ser corno? Seria legal, teria liberdade total. Se gosta terá coragem de se abrir? Ou eu devo forçá-lo? Merda!! Eu com medo e ele também, vamos ficar nisso por quanto tempo?

Comentários

12/05/2009 15:53:06
MUITO BOMMM....ADREI ESTOU EXITADO
06/10/2008 07:43:32
ta bom vc acredita em papai noel ? o marido chega ela manda esperar na sala ela sai pelos fundos e ainda vai dar ? e o marido na sala ? leio esses contos a pouco tempo e esse foi o pior q li ate agora
fernando
18/07/2006 23:08:56
Estou morando perto de S. Carlos......
Flavio
18/07/2006 12:56:00
Pela imaginação nota 7. Pelo conto nota 1. Muito fraco.
maestro
18/07/2006 02:44:58
Ai o cara é daqueles que prefere |Dividir um filé com os amigos que comer uma carne de pescoço sozinho
solteiro
18/07/2006 01:02:23
voce deve ser muito gostosa mesmo para seu marido engolir sem perguntar pois se não perguntou é porque sabe e não quer perder sua xana, não quer dar uma surra de buceta em mim tambem [email protected]
Casada Timida
17/07/2006 13:33:14
É sempre assim, queimar o sofá em que ela dormiu com outro não vai fazer o chifre desaparecer, desconfio daqueles que esbravejam arrotando machismo.
Carlos
17/07/2006 13:06:52
Muito bom seu conto...vai levar um ZERO bem do tamanho de sua imaginação péssima...
Dan
17/07/2006 11:51:25
Pra variar, fazendo os outros perder tempo c essa palhaçada. E eu não dou nota pra porcaria.
Renato
17/07/2006 11:40:55
delicia heim.. Adoro mulher vagabunda, e marido corno conformado... será que ele gosta de ver a mulher dele ser comida na frente dele tbm !!! chupada na sua buceta
Branco
17/07/2006 11:32:12
Não liga para os comentários do Sergio-DF acima, este cara parece que andar sempre de mal com a vida, acho até que no fundo ele é um frustado, porque não consegue realizar nem fantasias, quanto mais o real. Valeu teu conto é bom.
Sergio-DF
17/07/2006 09:36:13
Minha querida "Casada Tímida", já comentei alguns contos seus, na maioria foram bons, mas porra, nesse vc extrapolou o limite do absurdo, isso não é um marido é um banana, um Zé ninguem, só serve para pagar as contas, como sei que isso tudo é mentira vou dar um desconto para vc.."NOTA 1"..
17/07/2006 01:00:13
Bom.. se quer saber, aqui vai um conselho.. NUNCA, NUNCA FALE NADA PRA ELE.. enquanto puder negar negue... vai ser melhor assim, to dizendo de experiencia..... adorei seu conto muito boom..bjusx
Hugo
17/07/2006 00:57:31
Viajou pra caramba!!!! NOTA ZERO.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Pensei em convidar para uma grande mulher transando com buceta grande mulherquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delasvideos de porno doido com coisas indessemtecontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramvideo eróticospapai me ensinando tudotemto core mais eu pegeibrasilera xvideocontos eroticos com policial civil experientequero ver sexo com patroa lesbica seduzimdo sua enpregada e fazendo sabao com ela no aeu quartohobby tocar punheta saradocorno manso otario contosRelato de cornos submissonovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornonovinho lendo no park louco de tezao por um homem forte gostoso e peludocontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksacasa dos contos zoofilia com viralatasO Ativão do Morro 2 - Casa dos Contoscontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladavídeo de moleque pequenininho trancadinho batendo p****** sexodogs adestrado para zoofiliasexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abrinovinfa da buceta grande carnudasvou contar como viciei minha cadelinha video comi sua buceta e seu cu acachorra avisiodar e coçar e so começar contos eroticosXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diasmeu sogro meu donofiume porno brasilerominha mulher resolveu comer meu cusadomasoquismo p*** relinchando analPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosentiadinha ficou babedol transeimenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornoconto cumendo irmao de pau cabecudo irma. virgemminha esposa dis q ta gosano filme pornocontos eroticos dei a bundinha por balasimpressando gostosa na parede porno doido analLolytaputynha vadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosconto erótico não mexa nas calcinhas da mamãe part5meu irmão me viciou em chupar pau conto gaybaixar pornô sogro ditas com novinhas greludasgta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontos eroticos coroa casada bancaria viajo a trabalho e traiu pela primeira vezlindo homemcoxa grossa dando pornocasa dos contos zoofilia com viralatasfilho secava tanto a mae que ela resolveu. provocar ele pornover uma crente casada casano um pauzudo pra dar o cujovens de calcoes subidos mostram as nagedas porno videoscontos eróticos publicadosporno.padrasto.esculacha.panteras.xxatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitoporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anussexo fiocado paicontos incesto mae gtsXVídeos gay com truculência[email protected]vídeo pornô máximo eletrizante que arrombaconto erotico bacanal bucetaconto eroticos esposa era certinhaquero ver gatinhas novinhas na academia só mostrando e transando bichão p*********Contos eroticos gay chule do meu cunhadoConto erotico scat adoro ver a mulher peidandoFoto de pika pulhetando minha filhinha na punheta contosContos Gays Sobre Valentoes : Casa Dos Contosir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamtechupando buseta labefo pasda mso bocsRelato de cornos submissode menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezatransei com minha irmapornografia.manzorrascontos erotico meu filho me bateu e botou moralflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contoscache:http://zdorovsreda.ru/perfil/117617