Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Continuo submisso a minha nega

Autor: submisso
Categoria: Heterossexual
Data: 11/08/2006 10:31:17
Nota 6.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuação do conto... Depois que minha nega passou a noite no motel com o Antonio, seu chefe, nossa vida se transformou. Ela começou a me humilhar cada vez mais, ela gostava da situação de me ter totalmente em suas mãos fazendo todas as suas vontades. O Antonio levava ela para casa dele e se divertia, e sempre me ligava para zoar com a minha cara, me humilhar. Certo dia ela chegou em casa do trabalho e disse: - Oi meu coninho, vai preparar um jantar bem gostoso que o Antonio vem aqui hoje, finalmente você vai me ver gozando num pau de verdade e vai ser na sua frente. Nisso ela sorriu e me deu um beijinho. Eu fiquei super excitado, ela então foi para o banho e eu fui fazer o jantar e depois desci para comprar vinho para os dois, quando eu voltei ela estava linda num vestido branco curto e colado no corpo, que eu dei para ela, estava sem sutiã e com uma calcinha minúscula, nos lábios um batom com brilho toda sorridente. Passado algum tempo a casa estava toda arrumada eu acendi velas e fui para perto dela para abraçá-la, mas ela me afastou e disse - Agora eu tenho dono esqueceu? Eu sou todinha do meu gostosão, mas vc vai ter um prêmio se comportar direitinho. Ela falava e ria da minha cara, meu tesão era enorme. Quando a campanhia tocou ela se levantou rapidamente para atender, era o Antonio, um homem alto, forte e bem vestido, ela abriu a porta e ele deu um beijo na boca dela de cinema, e eu atrás olhando, era a primeira vez que eu via os dois, foi diferente, senti tesão, mas me senti meio acuado diante daquele homem grande que minha mulher estava pendurada, ele passava a mão na bunda dela e abraçava forte, depois soltou a boca dela e começou a morder o pescoço, ela se contorcia nos braços dele, eles ficaram nessa amasso alguns minutos até se lembrarem da minha presença, então ela olhou para trás e disse para ele - Esse é meu corninho manso. Eu estiquei a mão para ele só que ele nem se mexeu ai ela riu e disse - Esse é seu novo dono meu corninho, ele nunca vai pegar na sua mão, vc é um covarde e ele não gosta de covardes. Eles começaram a rir, eu fiquei meio sem jeito, mas com muito tesão naquela situação, minha mulher abraçada com outro homem e rindo de mim, quando ela olhou para mim e disse - Corno ajoelha e beija os pés dele! Ela falou em tom autoritário e ele ficou me olhando serio, eu não acreditava que aquilo estava acontecendo, daí ele gritou - ajoelha seu cuzão, seu merda, beija meus pés. Eu estava prestes a dar um passo importante se eu beijasse seu pé não teria volta teria que ser um submisso para sempre, mas eu sentia muito tesão em ser humilhado, então abaixei e beijei seu sapato, eles deram uma forte gargalhada e se beijaram, ela esticou o pé e beijei também e fiquei alternando entre o pé dele e o dela enquanto se amassavam, ela pegava no pau dele e ele abaixou a alcinha do vestido e começou a chupar os seios dela, ficaram nesse sarro por algum tempo e me mandaram sair de perto deles e preparar a mesa, ela ficou ajoelhada e chupando o pau dele, ele só com o pau para fora e segurando na cabeça dela de olhos fechados eu queria me masturbar mas fui pra sala de jantar, quando estava tudo pronto eu chamei eles e os servi, coloquei vinho em suas taças eles sorriam e se divertiam eu fiquei na sala, depois de algum tempo eles vieram para sala e começaram a dançar e eu sentado no sofá, eles se amassavam e se chupavam ele foi tirando a roupa e quando ele tirou a camisa ela começou a beijar seu tórax a lamber sua barriga às vezes ela olhava para mim com cara de safada e eu comecei a me masturbar, então ele disse - Ei otário tira a roupa dela para mim, eu obedeci e comecei a tirar seu vestido e seus seios grandes saltaram para frente, ele os chupou e apertava a bunda dela, depois ele pegou ela no colo e levou para o quarto, eu fui atrás ele deitou ela na cama e começou a chupar sua xana, ela se contorcia, ele enfiou um dedo no cuzinho dela e ela começou a gemer, ele foi subindo e enfiou o pau na buceta dela, ela se arreganhou toda e ele começou a meter com força, ela começou a fazer o sinal dos cornos para mim e me mandou chegar mais perto eu fui e ela enfeitou minha testa com o chifrinho, ele em empurrou e disse - Essa cama é minha seu otário, sai já daqui. e sai ele virou ela de quatro e começou meter e bater na bunda dela, ela gritava - Isso é que é homem, bate com força, me fode, trata que nem puta, viu corno, como se faz? ai ai ai ai que gostoso, mete gostoso mete. Ele estocava com força e segurava ela pelas ancas, depois ele deitou embaixo dela e ela sentou na sua vara enorme e começou a cavalgar, ela subia e descia com força, aquele bundão balançando eu gozei, eles viram e riram, ele chupava os seios dela e baita na bunda e ela gemia, aí ela não agüentou e gozou em cima dele, ela quase desmaiou soltou o corpo nele que ficou metendo devagar, depois ele tirou ela de cima de dele, deitou ela de bruços e enfiou a pica nela começou bombar, ela olhou para trás e disse seu premio está quase pronto corninho do jeito que eu prometi, ele começou a gemer alto e ela a gritar - Obrigado corno, obrigado por ser assim tão manso tão covarde, tão cuzão, ai ele começou a gozar e tremer, ele gozou dentro e fora tirou o pau e lambuzou toda aquela bunda negra maravilhosa, e caiu de lado suado, ela também toda suada me chamou e disse vem pegar sue premio corno, eu entendi o recado e caí de boca na bunda dela cheia de porra quente, lambi tudo, nisso ele foi para cima dela e deu o pau para ela chupar, enquanto eu chupava buceta dela cheia de porra ela chupava o pau dele que já estava pronto para outra, ele me mandou sair e dormir na sala que agora ele queria ela sem minha presença - ela disse - Sai corno, vai dormir no chão e gozar na mão que ele vai gozar na minha buceta, seu otario, eles riram e eu saí. Depois eles ficaram a noite inteira metendo e ele foi embora de manhã, depois vivemos outras aventuras que eu conto em outra oportunidade.

Comentários

31/10/2015 12:59:55
Tesão
matuto
11/08/2006 14:11:40
quanta impocresia, fico embabacado só de lê algumas criticas e respostas, porra quanta merda.
Sergio-DF
11/08/2006 14:05:53
Cara, como vc é ridículo, PUTA QUE PARIU...
Biscui
11/08/2006 14:03:27
Como vcs são estressados... Acho que precisam gozar pra aliviar toda essa tensão...
Dr. Alexandre
11/08/2006 13:55:44
Tudo bem, já que ofensa é somente a lingua que vcs entendem, não custa nada rastrear a URL e processa-los, é muito simples, se for de Lan House seus nomes estão registrados no horário, se for de casa seu equipamento está no registro de URL e se for uma empresa será ainda mais facil porque a URL tem registro individual por funcionario. Boa sorte
Carlos
11/08/2006 13:22:42
Seu bósta "Dr.Alexandre"... é muito simples, seu viado, corno do caralho, se você não está preparado para ouvir as verdades sobre essa mérda que você insiste em chamar de conto, faça uma gentileza, como eu já disse acima, não escreva mais nada aqui não...porque todas as vezes que você escrever esse tipo de cornice, boiolice, viadice, seu lá o que, coisa que só você entende e conhece bem, todas as vezes eu vou lhe dar nota zero, porque para mim é o que você merece!!! Ninguém tem culpa se você se doeu com as verdades que foram comentadas aqui, como você expôs o seu lado ridículo, queria ouvir e ler o que??? Quanto à você denunciar ao administrador do site, fique a vontade imbecil, não vou nem dormir e nem meter em minha companheira hoje pensando nisso, com medo de você...idiota!!! E mais uma coisinha: VAI TOMAR NO CENTRO DE SEU CÚ, seu viadinho, bichinha louca, corninho do caralho!!!
Sergio-DF
11/08/2006 11:52:04
Meu caro "Dr. Alexandre", vc deveria primeiro observar que o autor do conto se diz ser o "submisso", portanto não faz nenhuma menção a vc, se o conto é seu, na proxima vez se identifique melhor, agora como vc mesmo falou, esse ótimo site é um espaço livre para as pessoas expressarem e compartilharem suas aventuras, fantasias e vontades, como tambem o site nos da o direito de comentar e expressar nossa opnião sobre o que aqui é relatado, portanto meu caro, se vc não quer ser ofendido ou insultado é muito simples, não manda mais essas suas merdas de conto que seria um favor...VAI TOMAR NO CÚ mais uma vez Dr. Corno Boiola da Bunda Mole...MAIS UM "0" PRA VC.
Dr. Alexandre
11/08/2006 11:29:03
Primeiro não entendi o que ocês procuram nesse site, segundo nem imagino porque se vocês não gostaram do primeiro porque leram o segundo, e ainda perderma tempo de analisar. Além do mais acredito que esse site é livre, onde podemos contar nossas experiências e isso não diz respeito a ninguém somente ao dono do site, limitem-se a condição de usuario e façam uma reclamação ao administrador do site, e imagino que vocês saibam que moramos num país democrático onde a expressão das idéias é livre. Antes de me ofender procurem cuidar da própria vida e não ler mais nem um conto meu, caso contrário se persistirem os insultos eu vou entrar em contato com a administração do site e tomas as devidas providências. Atenciosamente
Carlos
11/08/2006 11:14:01
Faça um favor para todos os homens que frequentam o site, se você curte e gosta de ser corno e viado, não escreva mais essas putas asneiras e idiotices suas não, senão todas as vezes vou entrar aqui e te mandar fazer a única, com toda certeza, a única coisa que você realmente sabe fazer e muito bem feita: VAI TOMAR NO CÚ!!!
Sergio-DF
11/08/2006 11:02:35
Cara, no outro conto vc disse que não consegui comer a sua mulher e começou a dividi-la, porra, mas agora vc além de dar a sua mulher para os outros ainda lambe a porra do cara, PUTA QUE PARIU, além de corno, bunda mole o cara é viadão....Não entendo que tipo de tesão é esse, o cara gostar de ser corno vendo a mulher dele fudendo com outro, ainda e compreenssível, mas o cara gostar de lamber a porra do outro, isso pra mim é inaceitável...VAI TOMAR NO CÚ..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


indo até ejacular até gozar gritando de tanto prazer XVídeos pornô pornô doido pornô iradoseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozirma fabiana de carinha de anjo coçando a xoxotacontos minha esposa agazalhou um pal enorme no raboso bucetinhas novinhas espetadas no pau duromacho cheira pica homem ensebadabuceta nua com pintei moicanoquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delascontos de sexo depilando a sogracorno porra ordenhA taca contomamãe+mamãe.papai++nuaWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picacontos sadomazoquismo estuproCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficaconto sexo cu por gustaminha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileirofui arrombadoempreggadas tesudas escitando patrao no youtubeconto porno me separei por causa da traicao da minha esposapornô caseiro da Mayara do colégiokid bengala buraco na paredeso sexo incesto mãe e filho contos ineditosSUPERDOTADO ARROMBANDO FALSA MAGRA NEGRA DO BUNDAO DORMIDO DE SHORTINHOcontos eróticos publicadoscornolandia barbara costa bucetacontos eroticos feminizaçao do garotinho maexvidio casada chupano o amigo do filho escondidoporno nao no cu nao e groso e conmprido aaaiii de vagametendo de lado e goasano na portinha da bucetaBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultaas penujinhas do pornoprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meuvidio de ponodoido tarado rasgando o cuzinho da maefiquei sozinha em casa com meu padrasto não resiste aquele pauzão enorme xvideos.com mobiletexto lindo pro namorado que patessa que foi eu que fizb****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôporno mulheres q bota sainhas curtinha para pega onibus lotado sopara ser fufidafilme porno esposa gosta de varios na frende do marido corno ela goza ate desmaia de tanto gozaXvideos batendo punhenta vendo gostosa de bucos na picinaporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradoconto erotico gay o policial e o garoto marrento #14vizinha fudendo na hora do almoçocontos sou um rainha do analContos.minha.sobrinha.não.tem.cabelo.na.buceta.mas.ja.quer.fuder.[email protected]gozada no cu com recuada gayguris metendoconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marradescobrindo o amor 74 dr romântico [email protected]Foda agressiva ponodoidotrês machos rasgando o c* da n***** pedindo mais v**** dupla 300 e relaxada aberta chupando sem parar na boca v****trai o meu maridovideos esposa gostando de ser bolinada corninhovídeo pornô de mulher arrotando dando para baixinhocontos eroticos titias putas sobrinhos roludosfilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossoxxvideo mae fazendo gimatica e filho comi elaXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelazoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamenteconto minha esposa no onibusconto erotico pegador popular da escola heteropornopaumostroquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca deleporno contos pelo zpzoofilia cachorro fica engatado na nistavou contar como viciei minha cadelinha video comi sua buceta e seu cu acachorra avisiomulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidocontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramcunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticos