Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O espião

Autor: brazâo
Categoria: Heterossexual
Data: 26/10/2006 10:20:58
Nota 6.33
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O espião

Sou uma mulher casada, mas infelizmente meu casamento não ia indo muito bem, aliás como ainda não vai, principalmente no assunto sexo, o que acabou me levando a dar uma “escapulida” a pouco tempo atrás com um amigo de meu marido, bem mais velho que eu.

Esse relacionamento teve fim quando alguém ligou pra casa da minha sogra e contou tudo, meu casamento quase foi abaixo e apesar da insistência do meu amante em continuar se encontrando comigo, achei que estava muito perigoso e o abandonei.

Um dia,chegando ao meu condomínio, o porteiro me entregou uma correspondência sem remetente, o que me deixou muito curiosa. Chegando em casa, meu sangue gelou ao tomar conhecimento de seu teor:

SILVIA SUA PUTA SEM VERGONHA ESTOU TE ESCREVENDO ESSE BILHETINHO PARA VOCE VER QUE NÃO ESTOU BRINCANDO QUANDO DISSE QUE SEI DO SEU CASO COM O ADEMAR COLEGA DO SEU MARIDO DESDE QUANDO VOCES MORAVAM EM VITORIA VOCE É MUITO RAMPEIRA FICAR TRAINDO SEU MARIDO COM UM SUJEITO MAIS VELHO DO QUE ELE MAS SE O SEU PROBLEMA É FALTA DE PIRU VOU RESOLVER DO MEU JEITO VOCE VAI TER QUE SE ENCONTRAR COMIGO AS TRES HORAS DA TARDE NO PARQUE MOSCOSO DO LADO DA CASA DO ADUBO TEM UM PUTEIRO CHAMADO DORMITORIO CONTINENTAL E LÁ VOCE VAI SUBIR COMIGO PARA MIM COMER O SEU CU DE VAGABUNDA QUE VOCE É VOU PAGAR UMA DAS PUTA QUE TRABALHA NO PUTEIRO PRA ELA VER EU COMENDO SUA BUNDA E DEPOIS TE DIZER SE VOCE É BUNDEIRA MESMO VOU ENFIAR MEU CACETÃO QUE É BEM GROSSO E COMPRIDO NESSA SUA BUNDINHA GOSTOSA E VOCE VAI TER QUE AGUENTAR ATÉ O SACO PODE GEMER PODE GRITAR MAS SEM RECLAMAR EU VOU FUDER SEU CÚ ATÉ SANGRAR PRA VOCE SENTIR MINHA PORRA ESCORRENDO PELA SUA PERNA PORQUE VOCE É MAIS PUTA QUE QUALQUER PROSTITUTA QUE DÁ A BUCETA POR DINHEIRO VOCE DÁ PARA OUTRO HOMEM CASADO QUE VIVE INDO NA SUA CASA NA CARA DO CORNO SEU MARIDO E DE GRAÇA VAMOS MARCAR O DIA DE EU TE ENRABAR O LOCAL É ESSE MESMO E A HORA TEM QUE SER TRES HORAS DA TARDE PORQUE QUERO VER SEU CU ABRIR COM A LUZ DO DIA NA FRENTE DE UMA PUTA VELHA PRA SER TESTEMUNHA DA SUA ENRABADA SE VOCE NÃO FIZER ISSO EU CONTO TUDO PRO SEU MARIDO DE QUANTO TEMPO ELE VEM LEVANDO CHIFRE TENHO PROVA DE TUDO QUE FALO TENHO FOTO DE VOCE E SEU AMANTE EM MAIS DE UM LOCAL DIFERENTE GOSTEI DO SEU JEITINHO DE PUTINHA ALOPRADA E AGORA SE NÃO FIZER O QUE EU MANDAR DO JEITINHO QUE EU QUERO VOU JOGAR A MERDA NO VENTILADOR PREPERA BEM SEU CUZINHO PORQUE MEU CACETE VAI TE ASSUSTAR VOCE NÃO VAI SER A PRIMEIRA JÁ ESTOUREI MUITA PREGA DE MULHER CASADA NA MINHA PROFISSÃO JÁ QUE VOCE NÃO QUIZ CONVERSAR ESPERO QUE SEU MARIDO NÃO LEIA ANTES DE VOCE PORQUE TO DOIDO PRA TE ENRABAR ATÉ LÁ

RICARDÃO

De imediato me bateu o desespero. Quem escreveu aquilo sabia realmente da minha vida íntima, e sinceramente não havia possibilidade de alguém saber tanto, a não ser meu próprio ex-amante. Convencida que era mais uma chantagem daquele filho da puta me pressionando a reatar nosso namoro, queimei aquela sacanagem e não dei importância ao fato, até que um dia alguém me telefonou para marcar o dia do encontro. Não sabia de quem era a voz, mas podia ser de qualquer pessoa a mando do meu ex-amante. Resolvi entrar no jogo para desvendar o caso, conhecia o local escolhido, uma área de atuação de prostitutas no centro de Vitória, e no dia marcado minha curiosidade me levou até lá.

Olhei para todos os homens e não vi meu ex-amante. “deve ser mesmo sacanagem dele...” pensei, mas de repente chega um homem feio, baixinho e careca, fumando um cigarro e sem se apresentar ordena:

Sobe a escada do dormitório, piranha, antes que o seu marido te veja no puteiro!

Não era o que eu esperava! Aquele homem estranho e feio não fazia nem um pouco meu tipo, e só pensando em sair dali dei uma de desentendida:

O senhor está falando comigo?

Nem resposta obtive. Bruscamente o homem me agarrou pelos longos cabelos negros e foi empurrando escada acima. Tentei debater mas o cara tinha braços fortes, gritei, mas ninguém que me escutava fazia nada. Deve ser normal as putas serem rebocadas assim naquele local... O puteiro fica no segundo andar e até chegar o desgraçado apertava com força minha bunda, mordia minha nuca e com um bafo horrível de cigarro dizia que ia “rasgar meu cusinho” e outras insanidades. O ambiente do puteiro é bem propício a esse tipo de gente: putas velhas e bêbadas riam escandalosamente em mesas sujas de madeira, algumas meninas mais novas eram agarradas tendo seus peitinhos sugados por homens inescrupulosos e o cheiro de cigarro e perfume barato era insuportável.

Ao sentar-mos em uma das mesinhas, o homem abriu sua bolsa e me mostrou suas provas: várias fotos minha com meu amante, em muitos lugares e situações como na praia e entrando no motel. Material altamente comprometedor. Fiquei atônita, como podia ser? Essa história de espião seria mesmo verdade? O fato é que o sujeito não tirava os olhos de meus seios cheios, chamou uma puta velha escandalosa e disse:

Olga, vamos lá pra você dar sua nota pra essa puta de condomínio...

Me agarrou pela cintura, tentei me soltar mas então agarrou novamente pelo cabelo e puxou. A dor me enfraqueceu, a puta velha ria e fui levada para um dos quartos. Era sujo, com uma cama de casal e a janela dava pra rua, estava aberta e na primeira oportunidade corri pra lá e gritei por socorro. Algumas pessoas me ouviram na rua e os homens apontavam e riam, enquanto as mulheres viravam o rosto com indignação.

O homem careca me deu uma bofetada na cara com força, senti o rosto queimar muito e ordenou que eu tirasse toda minha roupa se não quisesse apanhar mais. Assustada e indefesa, tremia de medo e fiz o que ele queria. Ao ver meu corpo nú, tirou também suas roupas, era feio e barrigudo, baixinho, mas tinha uma pica fora do normal, muito grossa e grande, parecia ter vida própria e apontava ameaçadoramente para mim. Me empurrou na cama suja e dura e me bateu com aquela superpica na cara, estava dura como pedra,eu sabia o que ia acontecer,só não sabia se iria aguentar tudo aquilo onde ele prometeu enfiar...

A puta que a tudo assistia mandou que ficasse de quatro e que se eu colaborasse até colocava um pouco de vasilina para me ajudar...

De quatro naquele ambiente imundo esperando a hora de ser enrabada por um estranho cheguei a pensar que estava sonhando, mas quando senti o dedo ossudo da velha enchendo meu cú de vasilina, voltei à realidade...

Agora eu assumo, Olga... - olhei para trás e vi o cafajeste com os olhos brilhando e a pica apontando para o teto.

Encostou a cabeçorra na entrada do meu cú que trancou (também pudera, com um pau desses qualquer cú trancava), o careca puxou meu cabelo de novo e me encheu a cara de tapas:

Relaxa o cú, vagabunda! Todo mundo sabe que você cansou de dar esse cú pro seu amante! Relaxa pra mim ou te estouro na porrada!

Vou relaxar seu moço... Não me bate não... Mas enfia devagarsinho...

Com dificuldade consegui colocar a cabeçorra pra dentro, me senti literalmente rasgada por aquele desconhecido feio e fedorento que empurrava no meu rabo um cilindro infinitamente maior que a abertura anal. Pela dor e a situação,senti lágrimas pelo rosto, a puta rindo, o cafajeste me enrabando e dizendo besteiras:

Vão vê se você é bundeira mesmo sua puta! Vou empurrar até o talo!

Após ouvir isso senti um imenso ardor na bunda. Levei a mão para sentir o que faltava da pica e só achei o saco do sujeito colado nas minhas ancas. Ele cumpriu a promessa e enfiou tudo mesmo!

Sente uma pica de verdade vagabunda! Rebola esse rabo pra mim fuder gostoso! - falava todo atolado no meu cú, quando começou a bater com força na minha bunda.

Eu já não tinha forças nem pra chorar. Estava desfalecida, totalmente entregue àquele homem que pelo cú me comia até a alma. Agarrou minha cintura e puxou para cima, para socar ainda mais no meu cusinho totalmente destruido. Socava agora com vontade, eu já nem sentia mais nada, apenas ouvia seus urros:

Toma no cú piranha! Vai mostrar esse cú arrombado pros seus machos, vagabunda! Vou gozar cadela, vira essa cara de safada pra mim esporrar anda!

Tirou o cacetão violentamente do meu rabo, virou meu rosto e gozou como um animal imensa quantidade de porra na minha cara, que me escorria pelo pescoço.

Com o pau ainda duro, mandou que eu limpasse com a boca, tentou enfiar a cabeçorra na minha boca mas não cabia, mesmo assim ordenou que eu lambesse aquele pau todo melado de porra, sangue e merda...

Limpa vagabunda! Você é muito boa de bunda, tem muito tempo que não comia um cusinho, é difícil achar mulher que encara...

Minhas pernas estavam totalmente bambas, senti um imenso “vago” na bunda e com a cara toda suja de suas imundices, o desgraçado ainda me fotografou.

Depois disso,vestiu suas roupas e sumiu do quarto e nunca mais o vi. A puta que assistiu a tudo me ajudou a me lavar e ma vestir, me conduzindo depois ao ponto de ônibus mais próximo. Me senti estuprada e nunca tive coragem de denunciar para não complicar ainda mais meu casamento. Pensei até em ir a um hospital avaliar o estrago, mas como sabia que meu marido nem ia perceber nada,já que não é chegado mesmo, fui pra casa toda arregaçada me curar sozinha.

Comentários

15/09/2008 23:24:45
Muito excitante.
15/09/2008 23:24:14
Muito excitante!
26/10/2006 13:12:58
Fantasiou muito Madalena. Este teu conto me tirou todo o tesão. Terrível!!!!!!!!!!.Zero.
26/10/2006 11:07:24
Se o seu casamento não era (ou é) grande coisa vc não deveria ter cedido a chantagem, foi pq queria ver qual era a do kra. Se deu mal, bem feito.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos no dia que dei minha buceta pra dois senhores no onibus,dupla penetracaopai mamou minha rola sexoconto12 mulheres se gozando muito asseste videoAE cristal de futibol Amador de Cristalinadois mordemdo e chupando forte a bucetaminha buceta seus retiradcontos eroticos negao pegando japonesacontos ineditos de sexo entre primas primos e tiascontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e decontos eroticos sou viciado num cuzinho de machoContos eroticos poderoso negaoprovoquei e ele me pegou a forca na rua!!contos eroticosmulher do bucetao paresendo uma jegonacontorcionista dilataçao anal pornoCharlene muito gostosa fode com negão dotadoContos eróticos titia chupa minha xaninhacontos.gozei como louca na pica do meu filhoContos eróticos titia chupa minha xaninhacasei com um velho brocha mas levo machos pra casa contos eroticosum uisque depois de um cigarro pornosexo em familìa safadao ver novinha de roupas curta e fica b punheta pensando nela e ela nao gostoufilme de sexo pura selvageria de chupar e chupar agressivo mesmovideo de um homen chupano a buceta da mulher a te dar istralosas coroas do rodeio no xividiomenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastoContos eroticos chotei na puca do meu padrasto parte1as baianas mais bucetudasnegrinha achou que era facil dar o cú e chorou na piçamulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileironovilhas darno o cu sexovidioporno casa sensacaoXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picaxvideos gay cu rasgadaivideo porno papai italiano comendo a filhinha italianinhaXvideos batendo punhenta vendo gostosa de bucos na picinacorno que gosta de ouvir da sua esposa como ela aguenta uma rola de25 cm no cucontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláhttp://gtavicity.ru/texto/2016101161transandp no presidio com a mainovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaimulher com bermudacurtinha paceando na ruaFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticosporno fodie minha entiada no cusaoseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhaponodoido pasado um tempo com minha primasmulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornotia de leg balacado as pernas abertas xv.oq e o liquido branco melecado q saio do xibiogostosas chupando barman na festacontos eroticos de mulher de manausfada do sexomulher deu o cu que choroencoxada na reiuniao pulitica lotada xvideoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhapeguei a minha sogra com u shortinho enterrado na bunda i comi u seu cu video pornoO Riquinho e o Favelado conto gaymenina mãeporno da parra doi caraNem respondi e fui metendo naquela bucetinha encharcada, até sentir meu pau tocar o fundo, quando ela soltou um gemido alto e gostoso.brincando escanchada contos pornoenfianp atr o talo no cuminha esposa me falou q quer sentir outro pau na sua bucetaconto erotico de irmao do meu colegar saradao mim comeu brutalmente gayExcitantes Contos Eroticos Contados Por Noivas pelos Seus Paes Padrinho Padre E Tios conto erótico gêmeas trail irmã com o namoradozoofilando puta gostosa fudendo com cavalo ater sair sangue com porra da bucetafizemos sexo bi com um estranho contohomem que fode muitohttps://www.yahoo.com/videos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudosmenage masculino contosporno gay de irmaos e primos quadruplocontos pornos estrupada pelo pai epela madrasta juntosMe chamo Carlos e sou casado com Márcia uma loirinha linda pequenina apenas 1,52m magrinha apenas 49kg contos eroticosx vidio porno pegui a mulhe casada de saia na festa puchei a calsinha comiContos lambendo chuleconto sou crente casada carente provocando os pedreiroxv minha tia tem abusetas graandenovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucopau mostro q gata nao aguenta e pede pra da um tempo pq sua buceta ta doendoimagem de prima novinha e pequena mostrando o priquitinho para o seu primo novinhodoce nanda parte cinco contos eroticosquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesão