Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Tesão por um negro

Autor: Nandinha
Categoria: Heterossexual
Data: 03/10/2006 11:56:52
Nota 8.14
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu noivo é fanático por futebol e para ele era quase sagrado acompanhar sua equipe cada vez que joga em nossa cidade.

Em outras ocasiões ele havia pedido para acompanha-lo, porém sempre achava uma desculpa perfeita para não fazê-lo, pois morria de tédio ao ver 22 homens correndo atrás de uma bola, además e para satisfazê-lo esse dia resolvi aceitar.

O transcurso da partida foi tal como eu havia imaginado, só alterado por um gol da equipe local, que despertou entusiasmo de todos torcedores, incluindo claro meu noivo que me explicou que com essa vitória sua equipe passava a outra fase do campeonato.

Estávamos na entrada dos vestiários, todos exaltados, foi quando o vi, era o único que se mostrava sereno, se aproximava caminhando, sua imponente figura o diferenciava do restante do grupo, deveria medir mais de 1:90 cm. de altura e não tinha mais que 28 anos e justo quando passou por mim, tirou sua camiseta e pude comprovar um maravilhoso corpo, o mais lindo que havia visto, nunca havia me sentido atraida por um negro, apesar de minhas amigas dizer maravilhas sobre eles.

Tinha a cabeça raspada por completo o que dava um toque mais exótico, seu torax mostrava todo o trabalho fisico que realizava para desempenhar sua função como zagueira do time, suas pernas e seus braços eram musculosos.

Pois bem, não pude tira-lo da cabeça,, naquela noite na intimidade de meu quarto, não tive outro jeito, me masturbei sonhando com a imagem daquele enorme homem me penetrando sem piedade, definitivamente aquilo tornou-se obsessão, para mim era o homem ideal.

Discretamente pude saber por meu noivo, que seu nome era Gabriel, nome de anjo, anjo negro, era casado, mas sua espôsa ainda não havia vindo morar na cidade.

Um dia me propús a aborda-lo, me vesti de maneira sugestiva com uma mini saia, realçando meu corpo, que modéstia parte o mantenho bem cuidado.

Esse dia deixei meus cabelos soltos caindo sensualmente sobre meus ombros, estava com a idêia fixa que desse dia ele não escaparia e prevendo o que poderia acontecer pedi um táxi e deixei meu automóvel em casa.

Ao ver seu carro estacionado frente a uma lanchonete, pude comprovar que ele se encontrava ali, meu coração palpitou fora do normal ao vê-lo sentado com um copo de cerveja na mão.

Estava com uma camisa que deixava perceber sua magnifica anatomia, sentei-me de frente a ele e pedi uma bebida e comecei a devora-lo com os olhos de maneira sensual esperando que ele fixasse em mim.

Somente o pensamento de estar prestes a trair meu noivo e também se algum amigo dele me visse ali flertando aquele macho delicioso me deixava mais excitada, os liquidos vaginais começavam a querer molhar minha tanguinha.

Nossos olhares se cruzaram, sorri para ele, veio até onde eu estava e pediu permissão para sentar-se a meu lado, que era exatamente o que eu estava esperando.

Começamos conversando sobre temas banais, o fiz crer que não sabia quem era ele, sem que suspeitasse as vezes que em meus pensamentos fiz amor com ele de maneira desenfreada.

Me pediu que dançasse com ele e não demorei um minuto em aceita-lo, passou sua mão por minha cintura e nossos corpos colaram, pude perceber por meu instinto que estava frente a um animal sexual.

Sua proximidade me excitava de tal maneira que com todas minhas forças desejei que possuisse meu corpo, sua pélvis estava pregada a meu corpo, pude perceber como seu "tronco" queria sair de sua roupa e transpassar minha tanga e devorar-me.

Não suportando mais, lhe pedi quase suplicando que fossemos a um local mais tranquilo onde poderiamos ficar sem sermos atrapalhados, saimos rapidamente rumo a seu apartamento, a brisa que entrava pela janela de seu carro ocasionavam muito prazer quando Gabriel introduzia seu grosso e negro dedo por minha buceta, que destilava grande quantidade de liquido, por minha vez colocava a mão em seu pau, massageando sobre sua calça tentando adivinhar sua dimensão.

Quando chegamos ao estacionamento no subsolo de seu edificio, abri o ziper de sua calça liberando aquela massa de carne negra que estava ansiosa por conhecer, a surprêsa foi maiúscula, em meus sonhos imaginava aquela barra em meu ventre, mas nunca poderia imaginar tão grande e grosso, não resisti mais e me esforçando o coloquei na boca como se fosse a última coisa que fizera em minha vida.

Sentia o calor daquele tronco em minha cavidade bucal, enquanto isso, tentava afundar o mais profundo sua ferramenta em minha boca, seu dedo continuava massageando minha buceta provocando um prazer que jamais imaginei sentir.

Em seu precioso pau comecei a sentir um sabor salgado de seus liquidos pré-seminais junto com um odor de macho que saia de seus testículos, me enlouqueciam.

Ele segurou minha cabeça com uma caricia indicando que estava próximo a derramar em minha boca e queria que a primeira ejaculada queria em minha gruta, subimos a seu apartamento, no elevador nos beijamos de maneira apaixonada, repetindo a cada segundo como eu era bela.

Ao cruzar a porta senti que sua excitação explodia em seus poros, com um frenético abraço me jogou sobre sua cama e continuou beijando, senti sua lingua percorrer sem pudor cada centímetro de meu corpo e chegar até os pontos mais intimos de meu ser, dedicou uma especial atenção em meus seios com seus lábios negros.

Nunca me havia sentido tão desejada e o calor que se desprendia de seu ser me agasalhava, sentindo essa paixão e energia de seus ancestrais africanos, foi assim que cheguei a meu primeiro orgasmo.

Comecei então a despi-lo, quase que arrancando tirei sua camisa, beijei seu tórax, abdomen, sua cueca era branca contrastando com sua pele negra, epla parte superior saia a cabeça daquele enorme animal e após saca-lo para fora pude apreciar agora sim em toda sua dimensão o cacete que marcaria minha vida, devia medir de 22 a 25 cms, e sua grossura provocava mêdo, ele percebeu e para tranquilizar-me me disse que iria lubrificar bem, não queria me machucar.

Procedi a metê-lo novamente aquele monstro em minha boca, fazendo-o ofegar de prazer, quando passava suavemente minha lingua por sua cabeça descoberto de cor marron e por suas bolas ele gemia mais e mais alto.

Supliquei que me penetrasse rápido e sem contemplação, pois minha buceta a essa altura pedia atenção daquela majestosa pica, começou a me provocar e castigar introduzindo só alguns centimetros não ouvindo minhas suplicas.

Depois de um tempo onde eu não aguentava mais, de um só golpe enterrou, fazendo eu gritar de dor, ele se manteve quieto, sem mover-se até eu me acostumar, ao sentir que a dor inicial se foi, começou a bombar de maneira selvagem, eu lhe pedia mais e mais, que me fizesse feliz por aquela noite, não demorei e senti que estava chegando a meu segundo orgasmo, sentia sua cabeça cutucando o mais profundo de minhas entranhas, estava acabando comigo, no entanto ele não de deteve ante a minha reação orgasmática, pelo contrário fez com que aumentasse suas investidas, senti uma violenta descarga de seu leite me inundando por dentro, nunca havia visto um homem com uma reação de prazer tão forte como ele, foi espetacular.

Descansamos, eu recostada em seu forte peito, ele me acariciando os cabelos e repetindo como foi delicioso me penetrar, era uma pessoa que além de ter um fisico invejável, era dôce e carinhoso, dormimos abraçados.

Pela manhã quando senti os primeiros raios de sol, despertei e o vi dormindo como um felino, tão sensual e com sua ferramenta em repouso, porém provocativa, decidi não deixar as coisas assim e convoquei-me a tarefa de levantar novamente aquele objeto de prazer, passei a lingua e logo abocanhei, em segundos o tinha enorme e grosso, subi sobre ele e o introduzi, meus movimentos desenfreados fizeram com que ele despertara e agarrando-me pela cintura me auxiliava nos movimentos de cavalgada.

Tinha ele inteiro dentro de mim e o som que provocava o roçar de minha bunda em seus bestiais ovos fez com que eu caisse nos braços de meu amante negro. Ele não foi condescendente desta vez e com um movimento rápido me colocou de quatro para cravar seu pau em minha buceta como se eu fosse uma cadela.

A cena tinha uma edição nova, na noite passada não havia reparado um enorme espelho na parede que reproduzia a imagem excitante de um negro enterrando seu enorme cacete um uma buceta branquinha.

Minha excitação aumentava cada vez mais e lhe pedi que queria que seu leite que estava para vir fosse despejado em minha boca, excitado pela ordem que lhe dei, aumentou as estocadas anunciou que iria gozar e retirando de minha gruta, enfiou em minha boca e eu evitando que se perdesse uma gôta sequer desse liquido tanto desejado, abocanhei o mais fundo possivel e aos poucos comecei a senti-lo derramando em minha garganta,a primeira ejaculada molhou minha lingua, mas as outras três molhou-a por completo.

Nesse dia fiz realidade uma fantasia, desde essa ocasião continuamos nossa relação de maneira clandestina, não terminei por meu noivo, até que Gabriel foi contratado por um time de outra cidade.

Desde esse dia despertaram em mim 2 paixões:

Pelo futebol, a tal ponto que sou eu quem pede a meu noivo que me leve ao estádio e a paixão e desejo pelos homens negros

Comentários

05/07/2014 18:08:48
Não fosse alguns erros de digitação, levava dez.
07/07/2013 14:55:02
quero te fuder tambem gostosa me add [email protected] face hotmail e skype
16/10/2009 16:32:13
Gatinha, adorei o seu conto, quando vier aquí para a Bahia me procure que poderemos nos divertir muito...
19/01/2007 01:04:32
Branca.. nao tem como te ajudar na senha.. pois voce nao deixou contato algum.... mas com certeza vc esta fazendo algo errado, pois nao precisa de trocar senha sempre nao...bjusx
11/10/2006 15:05:16
bom conto linda...também já fui arrombada por um negro, até tenho um conto sobre isso...bjinhos
04/10/2006 10:15:24
Isto sim,e um conto!Espectaculo!!!!
03/10/2006 20:32:46
nossa... fiquei até com calor.... sou ksada com um negão.. sei exatamente o q vc sta falandodorei
03/10/2006 17:12:28
Seu conto é muito bom,gostei muito.Foi super detalhado,e muito bem contado.Valeu!
03/10/2006 16:51:43
Gente; eu sou obrigada a concordar com todos comentários feitos acima, não despenso em momento algum uma pele negra, pois, eu vou contar para vocês uma coisa; é de tirar o fôlego.
03/10/2006 15:16:01
é amor é sempre nessa s horas que encontramos o que menos esperamos.. tá vendo se v c não fosse ao futebol não iria encontrar o seu negro... que bom que vc gostou a minha raça agradece.. beijos na sua boca delicia
03/10/2006 15:09:47
o seu conto, foi muito excitante, bem relatado... se tu o que tu contou, for verdade, parabéns...
03/10/2006 14:20:03
Muito bom o conto e nota 10.
03/10/2006 13:45:07
Branca sinta saudade não, eu, to, aqui é só chamar.
03/10/2006 12:12:51
Bom conto. É bem possível de ter acontecido. Já tive um namorado negro e ele realmente era uma máquina de fazer sexo. Tenho saudade até hoje.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


historias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherdeseeo amanentando o filho contos sexxivideo homem cumendo veadando a boceta pro namoradoprimeira vez novomulher novinha transando com jumento jumento emocionada com cocovídeo da Sarinha do homem lambendo pequena mulher a mulher lambendo o pau do homemminha mulher domestica comida pelo cacetudomulher de corno lavano carromeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machocontos eróticos de mulheres que foram f***** por bem dotados na grossura de caramba sua b***** arrombadabuseta.daclaudia.ranharcontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadepornô doido de cetona de mini saia sem calcinha sentando na rolacontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cusogra conta em conto erótico como bateu uma punheta no genro de pau grande e grossocomendo a sogra tatiane bem gostosoconto erotico pedreiro maurocontos eróticos gay ESCRAVO DO MACONHEIROpassando oleo sabor morango e fazendo boquetixvideo contos sexual espiando atras da portahomenzão da porra xvideo gayvideo belmiro o caseiro caralhudoliberei minha filha pro meu amante tirou o cabacinho contosDormindo e pai comendoxx.commulher cagando enquanto dava a bucetadeflorador de gatinhas taradascontos saunas velhos chubbys gaysver videode mulher. gozando nno pinto bem grossodepositando esperma na buceta a forçavídeo pornô da negra olho torto sentando na pica e virando os olhos com tesãoad bucetad mais petfeitas do mundovideo de sexo levei gaia e chamei minha amiga e dois amigo pra fazer sexo gostozoretribuindo o favor para a mae passando gel no seu cu contos eroticosmeu amante haitiano tem pau muito grosso e gostosocachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiacontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadohomemfudendooltrocontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigasminha irma chorou quando tirei seu cabacinhovideos pornò homem chupando gostosòconto erotico gay colega de quartocontos incestos mãe mais lidos 2017mostrando abuçeta pedindo para alguém comerxortinhodedormirvelhocasadacornoporno provisional com casal apaixonadosmulher levanta profunda fazendo corda no pirocaocontos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosoencoxando rabuda no trem casa dos contosnegao me enrabando[email protected]aninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossassistir vídeo pornô anal de sogra com genro gravado em Ribeirão preto d*********Mania de fica pelada acabei dando pro meu pailoiras gostosas com abuçeta bigodinhocontos de crossdresser forçadocontos eróticos sinhozinho comendo negrasWww.mulheresemaridoscornos/porno enrabada pelo negao contosuma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôas coxas da minha mâe contos eroticoscasa dos contos eróticos dei para meu filhofotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetaconto erótico de mendingoatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitoneta sentindo opau du avo duromeu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cuprofessora safada falando putaria pro donzelotarado estorando boi no mato xvidio.comnovos Contos erodicos de tulavideos porno insetos entre filho fodendo mae prensadacontos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentoscasetudo comendo cadela no ciovideos gratis porno para ver agora mulheres levando encoxada no onibus ficou louca de tesao e levou o cara pra cadavideospornobrasileiroscom famíliaconto xota formigando pai