Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Brincadeira de criança, como é bom como é bom

Autor: Bill
Categoria: Heterossexual
Data: 21/01/2007 15:18:19
Nota 5.75
Assuntos: Heterossexual

Me chamo Bill e gosto muito da minha vida agitada aqui em SP pois na hora que é necessário relaxar, você sempre tem uma linda ou duas ou três lindas companias para ajudar. Vou relatar o que aconteceu comigo e que várias pessoas devem ter muito tesão : comer a irmãzinha da namorada. Sempre a gostosinha da cunhadinha. Conheci minha atual namorada apresentada por um grande amigo meu. Nos demos muito bem e sempre que eu tinha oportunidade ficava sozinho com ela para enche-la de beijos. A nossa afinidade era tanta que em menos de uma semana fomos para um Motel e passamos a noite inteira, depois do café da manhã, depois da hora do almoço e mais uma noite no Motel fazendo muito amor. Só que para minha decepção, ela não curtia sexo anal e como meu cacete era muito grande ela tinha muito medo de ficar machucada.Já que não gostava de dar o seu cuzinho para mim, aproveitava e metia muito em sua buceta pequena e gostosa. Fui apresentado para os pais dela e conheci a sua irmãzinha. Que irmã. Morena, cabelos longos e pretos ( crina de uma CAVALA ), uma boca que podia engolir tranquilamente meu pinto, seios médios para grande.Não enpinados, mas duros,macios, cheios e gostosos. E também notei a sua bela bunda e coxas bem grossas. Um colírio para o Bill Jr. que já estava duro. Beije-la e fiz questão de beijar bem juntinho para sentir seu cheiro de fêmea e ela sentir o volume que lhe esperava. Um dia fomos para casa do tio dela no Litoral. Eu, minha namorada, sua gostosa irmã ( ela tinha 18 anos ) e os pais. Uma bonita casa, que também tinha uma bela piscina. Chegando lá o calor estava muito forte e então eu e minha namorada fomos para a piscina. Só estavamos e tentei agarrar minha namorada para darmos uma rapidinha na piscina e ela não queria. Pensei, depois que eu traço outras garotas não sabe o por que. Daqui a 20 minutos, chega a sua irmãzinha com um biquine de amarrar que deixaria qualquer um doido. Meu Bill Jr. ficou duro e quase perdi um short de banho. Tentei esconder e pedi para minha namorada pegar uma bebida na cozinha para nós. Enquanto minha namorada foi pegar algo na cozinha, sua irmãzinha acabou de mergulhar na piscina. Parecia uma sereia e disse para ela que seu biquine estava caindo e sem deixar ela ver já me prontifiquei a ajudar. Pedi para ela ficar de costas para mim e enquanto amarrava seu biquine, encostei em sua macia bunda, bem no meio dela, meu pinto duro. Ela saiu um pouco mas pedi para ela não se mexer e encostei ele que ja estava latejando e bombando. Louco para comer aquela bunda não me importei muito com as pessoas em volta e enrolei o que pude para manter ela bem grudada em minha pica. Falei que ia conserta a parte de baixo também e comecei a acariciar sua bunda bem devagar. Antes que ela reagisse, minha língua percorreu seu pescoço causando um arrepio no corpo inteiro e puxei seu biquine para cima como um fio dental mostrando a marca gostosa de praia. Ela fechou os olhos e minha mão já alcançava sua xaninha quente e volumosa. Infelizmente escutei minha namorada chegando e tive que parar. Sem antes dar um beijo da irmãzinha gostosa. Que boca e que língua. Imaginei aquela boca engolindo minha rola e minha porra. Ela saiu alegre e fiquei na piscina curtindo minha aventura. Na mesma noite, minha namorada estava cansada e foi dormir mais cedo. Como a noite estava quente, fui até a piscina e fiz uma cuba-libre. Depois chegou a irmãzinha que vou chamar de Cris. Ela estava com um camisão branco e chamei ela para vir perto de mim. Quando ela chegou perto senti o cheiro de fêmea doida para ser possuida, mais fiquei frio. Ofereci a Cuba-Libre e começamos a conversar. Na brincadeira eu peguei ela no colo, com camisa e tudo e se jogamos na piscina. Quando ela subio, que tesão de visão, a camisa ficou toda transparente e ela estava sem sutiã. Pude curtir a camisa transparente e seus bicos duros e gostosos. Cheguei perto dela abracei e beijei gostosamente a sua boca. Minha mão já esperta, começou a desamarrar a parte de baixo de seu biquini e comecei a alisar sua bundinha gostosa. Ela suspirou como uma gatinha manhosa e logo minha mão foi parar na sua grutinha que de pequena não tinha nada. Uma gruta gostosa, quente e bem macia. Bem peludinha, mas não em exagerado. Minha mão segurou firmemente sua bucetinha e minha boca percorria seu pescoço. Toquei com os dedos seus lábios vaginais e enfiei um dedo buceta a dentro. A Cris gemeu gostosamente abrindo mais suas pernas. Meu dedo demorou para entrar em sua bucetinha, mais senti todos os musculos quentes de sua buceta mordendo meu dedo. Não aguentei e peguei na mão dela,saímos cuidadosamente da piscina e fomos para a casa do caseiro, onde era novinha e ninguém estava ocupando. Que visão e que tesão vendo ela ir em direção da cama, com a camisa molhada e pegada no corpo mostrando a sua tentadora bunda com aquela marquinha maravilhosa. Vim por traz dela e ajudei a tirar sua camisa molhada frente a um espelho. Ela estava todinha para mim. Meu cacete rasgava o calção de tanto tesão. Beijei seu ouvido e desci pelo seu pescoço. Ela estava arrepiada e pedi para ela tirar meu short de banho. Ela ajoelho-se ficando com sua boca na frente da minha rola, e carinhosamente tirou meu short e o cacete duro e vermelho apareceu na frente dela. Tirou meu short até o final e carinhosamente acaricio meu cacete pegando-o com suas mãos macias. Começou a fazer um vai-vém com as mãos me deixando louco e coloquei as minhas mão em volta de sua cabeça e puxei ela delicadamente em direção do meu cacete. Que delírio !!! Ela beijou a cabeça do meu cacete e com a sua língua habilidosa começou a percorrer meus 23 cm de cima a baixo. Antes de ela engolir ele por inteiro, eu a levantei e coloquei carinhosamente na cama. Fiquei por baixo e pedi para ela descer com sua linda buceta na minha boca. Ela fez e senti o gosto de sua buceta quente e deliciosamente sacana. Abri com minha mão sua xoxota, deixando ela totalmente escancarada e comecei a lamber e a sugar carinhosamente aquela coisinha deliciosa. Ela rebolava em minha boca e logo ela já estava berrando e gozando. Que sabor divino. Continuei sugando aquela preciosidade e ela desceu e abocanhou meu pinto. De uma só vez o engoliu até a metade, me fazendo enlouquecer de tesão. Paralelo a sugar sua xoxota enfiei um dedo na sua buceta e depois de lubrificado enfiei o mesmo no seu botão rosa e coloquei outro em sua buceta. Ela deu um soluço e rebolou em meus dedos. Senti ela gozar de novo e mais intensamente. Pensei "Safadinha, deve adorar levar uma piroca no cú e outra na buceta ao mesmo tempo ". Ela estava louquinha e senti que tudo que pedisse ela fazeria com muito prazer. Comecei a acelerar os movimento de vai-vém e la dengosamente pediu para meter em sua bucetinha. Ela dizia : "Hum que delícia ... Mete gostoso ... Mete em sua cunhadinha ... Faz como você faz com minha irmã .. " . Sem sair de cima ela sentou em minha rola de costas para mim. Colocou a cabeça em sua xota e forçou para ele entrar. Apesar de lubrificada, ela resistia a penetração, deixando ela mais louca ainda. Meu cacete é grosso e sei usá-lo bem. Tirei ela de cima e coloquei de costas para a cama, na posição papai e mamãe e coloquei ele na porta de sua peludinha buceta. Abri suas pernas e pincelei meu cacete em sua xoxota. Ela mordeu a boca e gemeu e forcei a entrada de sua preciosa. O meu cacete começou a deslizar para dentro de sua buceta e senti a úmida e quente xoxota envolvendo lentamente meu caralho. Que tesão ... Ela gemeu e agarrou minhas costas forçando uma penetração rápida e ela gozou. Senti ela toda lubrificada e sua buceta pulsante engoliu toda minha rola,ficando minhas bolas sendo acariciadas pela sua linda penugem. Quando terminei a penetração a danada gozou de novo. E carinhosamente entrava e saía de sua linda e melada buceta. Via meu pinto todo branco com o gozo dessa danadinha. Enquanto metia gostosamente em sua gulosa e apertada buceta, beijava sua boca que não conseguia ficar fechada de tanto gemer. Beijei e suguei carinhosamente seus peitos deixando ela mais louca ainda. E com bastante malabarismo, metia em sua tesuda buceta, sugava seus peitos e minha mão livre enviava um dedo em seu rosado cuzinho. Ela não aguentou e gemia cada vez mais alto e sendo totalmente dominada por mim gozava muito. Eu estava a ponto de gozar e queria gozar tudo dentro de sua buceta,mais pensei nas consequencias. Tirei o pinto de sua buceta, ela não queria deixar e ordenei que ele o sugasse. Ela estava tão louca que chupava freneticamente meu cacete me deixando cada vez mais no ponto. Pensei que ela ia tirar para eu gozar na cama, mais ela não deixou e gozei fazendo ela engasgar de tanta porra que soltei inundando sua boca. Seu rosto ficou cheio de porra branca. E ela sugava meu cacete até não sobrar mais uma gota. Ela foi se lavar e não perdi tempo. Peguei o sabonete que estava no banheiro e coloquei perto da cama. Tinha que fazer isso, pois o meu cacete é muito grande mesmo para aquela potranca. Ficamos conversando sobre nossa loucura e ela estava se sentindo com um pouco de culpa que logo convenci ela ao contrário fazendo ela chupar meu cacete. Ela não se fez de rogada e começou a chupar gostosamente e ele que não é fraco, cresceu e ela vibrou com isso. Coloquei ela por cima e suguei sua buceta. Comecei a dedicar mais no cuzinho pequeno dela, a pincelar minha língua e já enfiar um dedo naquele apertado botão. Ela começou a sugar mais rápido meu cacete e senti sua vulva gozar.Enfiei dois dedos em seu cú e ela rebolava pedindo para ser possuida de novo pela sua xoxotinha. Coloquei ela de quatro abri bem sua linda bundinha, mostrando-me toda sua buceta e cuzinho delicioso. Vibrei com a imagem, ela toda a minha disposição como desejei. Passei o sabonete no seu cuzinho deixando ele todo aberto e bem fácil penetração. Ela se fez de difícil, não querendo dar o seu botãozinho para mim e então agarrei ela pelo seu cabelos longos, forcei a entrada de seu cuzinho. Tive resistência, mas não desisti. Que delícia descabaçar um cuzinho. Ela gemeu e ví pelo espelho no meio de suas coxas, o branco do seu gozo. A cabeça de minha pica entrou, ela gemeu e gozou. Empinou mais sua bundinha e eu abri mais ainda. O danado entrou descabaçando o cuzinho da Cris. Quando ele entrou por completo ela ficou alucinada. Senti seu cuzinho morder deliciosamente meu cacete que lentamente entrava e saía de seu delicioso cuzinho. Comecei a bolinar seus peitos e minha mão estava em cheio em sua buceta. Aumentei o rítmo do vai-vem fodendo ela como deve ser fodida uma cavala como ela. Com carinho e com firmeza. Ela estava fora de sí e gozou de novo e sem parar. Então com o cú já todo descabaçado, comecei a variar. Cinco metidas na buceta e cinco no cuzinho apertado e maravilhoso. Eu estava louco de tesão e ela gozava e pedia para não parar. Não aguentei e gozei toda a minha porra no seu botão cor-de-rosa bem descabaçado.

E-mail= [email protected]

Comentários

20/06/2016 10:39:40
Muita fantasia. E os pais onde estavam que não viram nada? E na piscina as pessoas não perceberam nada ? Muita controvérsia!
21/01/2007 22:16:05
mandou bem cara essa foi muito boa!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casavideo de sexo a três homen comendo aboceta e a outra enfiando uma pica de burracha emessa no cu delatirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasQuerido lavei a conaporno esposa de short curtinha na cozinhagta v a minha secretaria ta dando mole fizemos sexo no escritorioGozei na buceta da crente velha contosQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapbem quietinho cornitudefilho socando a piroca na mae idosacontos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradanegrinha achou que era facil dar o cú e chorou na piçaXVídeos de debulha serconovinhas ninfetas tao novas que nem peito tem aindafinha cendo bulinada por pai enquanto dorme no sono profundo xtubcarol celico fudendo putinhaconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matoContos estrupada no ginasio da escolaporno filme grande que demore😉😉arrmbei o cuda mamãe/videos pornocontos eróticos cantada na rua não resisti e traíporno vidio coroa tava emtertidaconto erotico gay vaquejada capcontos eróticos eu vi minha tia amamentandomulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cuvizinha lactante contoscontos lésbicas brigando reconciliaçãoajudinha da fucionaria do mercado xvideosvideo porno mae ve filho pelado e toma susto com tamanho do paujoelma da buceta enchada da o cu pro amigo do seu filho porno doideu minha prima e.seu poni dirou meu cabaço contoschamou a enfermeira pra cuidar do marido e flagrou trepadacontos eroticos comi a filha da minha inquilinaXVídeos as panteras entregador de gás aparentesadina pelada motado a busetaela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadeconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorvideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãofilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosacobtoseroticos uma pequena apostapeituda das tetas rosadas amamentandogostosas chupando barman na festavídeo de uma mulher é o cara para tirar a virgindade dela pegando ela pulsarelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudaconto erotico proibido pra mim hector e sophiedois gatoto tarado xvidioreymer ,eroticogangbang silvio santos porno doidowww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comxxvideo mae fazendo gimatica e filho comi elapau extraordinariamente grande e grosso gozando dentro e arrombando a bucetinha apertadinha da menina novinhaccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladacomtos papai me fez a pita do analcontos chantagiei a filha do pastorso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhanegao pega a loira gostosa de conchinha e corno adoracontos anal casal que gosta fazer anal cagandoo garotinho do semáforo contos eróticos reaisconto minha esposa no onibusconto erotico esposa liberadahttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691incesto lendo no colo do papaifeminização forçada contoshomens roludos e picudos nu de rondoniavideos de bucetas intaladas na rola grossaHOMENS BOMBADAO COM PENIS ACAVALADOS GOZANDO NA BOCA DE LOIRAS PORNOvídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidovídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicaFelipe e Guilherme- Amor em Londredmeu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimlesbicas se vingando da rivalf***** pelos peões da obra contos eróticos gaysvidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o taloconto erótico filha da madame sentou no meu colo e sentiu meu pau duroVideos de zoocadela no cio piroca nelatransa sexual sogente negras eu gosto porno gratissimpatia para virar corno mansosikis iremmecorno e engolidor de rola contocontos eroticos campingporno sogru peganu tu nora a forsacamadre simone que fuder caseiroxvıdeo novınha de bıquınıporno fodie minha entiada no cusaomorena cavala irresistivel não bater punhetavideo porno de menina que viu o caralho muito grande e nao quiz foder mas foi agarrada e enrrabada á forçao caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cucunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadocalça legui caladinha na casada xvideo