Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Os Pedreiros e minhas Priminhas

Categoria: Heterossexual
Data: 18/02/2007 00:51:14
Nota 9.80
Assuntos: Heterossexual

Meu nome é João Pedro e tenho 25 anos, moro com meus tios e minhas duas primas Ana Lucia de 17 anos e Flávia de 19 anos, as duas são maravilhosas e nossa relação é ótima e nenhuma delas sabe o tesão que sinto por elas, mas quem se deu bem antes de mim foram os pedreiros da nossa casa. Deixe-me descrevê-las primeiro só pra vocês terem uma noção do que estou falando. Ana Lucia a mais nova tem 1,65 de altura e é magrinha, tem uns peitinhos deliciosos e uma bundinha mais deliciosa ainda, já a Flávia é um mulherão, é baixinha também, mas suas medidas são de impressionar, tem uma bunda no estilo Sheila Carvalho e os peitos do tamanho de uma pêra suculenta. Vamos a história. Tínhamos uma vida agitada de muito trabalho e estudo e só nos víamos a noite em casa, geralmente cruzava com elas saindo do banho só de calcinha e como moro a muito tempo com elas, me tratam como se eu fosse um irmão e isso me deixa puto. Bati muitas punhetas pensando em eu as comendo de diversas maneiras e posições. Um dia meu tio resolveu fazer uma cozinha e uma churrasqueira perto da piscina e contratou um pedreiro que morava no interior, por indicação de um amigo do trabalho dele, o mais velho era o Paulo e seu filho Alex que o ajudava, os pedreiros ficaram lá por uns três meses e logo no começo percebi que a Flávia tinha olhado diferente para o Paulo. No primeiro fim de semana que eles passaram conosco, minhas primas foram logo cedo pra piscina onde Paulo e Alex estavam trabalhando, como era de se esperar, não conseguiam tirar os olhos das meninas tomando sol. Flávia a mais safada, resolveu deixar seu biquíni bem enfiado na bundinha e deitou de brusso tirando a parte de cima do biquíni, coisa que a Ana Lucia mais conservadora não fez e ainda repreendeu sua irmã, mas no fundo eu sabia que ela queria fazer o mesmo. À noite após o jantar os pedreiros ficaram na sala vendo TV comigo e com meu tio e a Flávia desfilando de camisolinha pra todo lado, deixando o Paulo cada vez mais atiçado. Fomos todos nos deitar e Paulo e Alex foram pra casa da piscina, lugar onde eles dormiam. Foi aí que tudo começou, Como tinha acabado de me deitar ouvi passos saindo da casa e resolvi dar uma olhada, foi aí que vi o Paulo com a porta da casa da piscina aberta e a Flávia entrando sorrateiramente. Fiquei bem quieto e fui andando devagar até lá. Chegado fiquei perto da janela que dava pra ver tudo que estava acontecendo lá dentro e foi a melhor visão da minha vida, a Flávia dançava sensualmente e os dois pedreiros sentados em suas camas só babavam com seus pintos pra fora do calção e aos pouco minha priminha foi tirando a camisolinha de piu-piu que ela estava usando. Os dois pedreiros estavam a ponto de estourar e Paulo resolveu ir ajudar minha priminha, ele começou passando a mão nas pernas dela e foi subindo, ela não parava de rebolar e ele começou a esfregar o seu pau na bundinha dela. Paulo chamou Alex e a partir daí minha prima deixou que eles fizessem tudo, ela levou Alex até a cama e o fez sentar e ajoelhada em sua frente começou a chupá-lo com toda a força de sua boquinha, ela descia e subia freneticamente no caralho do garoto enquanto Paulo chupava a xoxotinha e o cuzinho da safada. Paulo depois de muito chupar, levantou e foi colocando a cabeça na porta da xoxotinha dela e numa estocada só enfiou até as bolas dentro da devassa que soltou um gritinho e ele começou em um ritmo alucinante a enfiar na xoxota dela e ela só conseguia gemer e gemer. Alex estava aponto de gozar e a safada percebendo, segurou seu pau na boca até que o garoto gozasse com toda sua força, ela sugou cada gota de sua porra, o garoto caiu na cama extasiado, enquanto seu pai fodia a xoxota sem pena nenhuma, ela não parava de falar pra ele que queria que ele gozasse em seus peitos e foi nesse momento que ele tirou e começou a derramar tudo nos peitinhos deliciosos daquela cachorra. Escondi-me atrás da casa ela foi saindo, na saída Paulo falou que queria comer a irmãzinha dela e tinha que ser no dia seguinte, ela relutou, mas depois de um tapa bem forte na bundinha, disse que ia fazer todo possível. No dia seguinte, era um domingo e minha outra tia veio almoçar em casa e trouxe a Paulinha, minha priminha maravilhosa de 16 aninhos, mas com corpo de mulher. Depois do almoço elas fora embora e a Paulinha ficou, percebi que a cara da Ana Lucia estava estranha, provavelmente a Flávia já tinha contato tudo e ela estava pensando se aceitava ou não. As três ficaram conversando perto da piscina quase o dia inteiro e a noite chegou. Depois de todos se deitarem, novamente ouvi os passos pela casa, fui atrás e vi Paulo abrir a porta, somente a Flávia e a Ana Lucia entraram, deixando a Paulinha para fora. Fui bem devagar e bati nas costas da Paulinha que tomou um susto, disse para que ela ficasse quieta e ela obedeceu. Lá dentro a Flávia já estava de quatro e o garoto Alex socava com toda a força seu pau dentro dela e na outra cama a Aninha chupava com maestria o pau do Paulo, depois disso ela sentou em seu pau e começou a rebolar, maluca, nunca pensei que ela fosse tão espertinha na cama, rebolava que nem uma vadia, dava pra ver o pau do Paulo girar dentro de sua xoxotinha. Insana ela enfiava tapas na cara do pedreiro e gemia de tesão e loucura. Quando olhei pro lado vi a Paulinha com a calcinha na altura do joelho e os peitinhos deliciosos pra fora, comecei a passar a mão nos biquinhos do peito dela e ela sem reclamar sorriu e fez uma carinha de safada que me deixou louco, comecei a passar a mão no corpo inteiro dela e pedi no ouvidinho dela que ela mamasse no meu pau, ela agauchou-se e começou a mamar meu pau, como uma bezerrinha. Quando meu pau já estava bem melado a levantei e coloquei ela encostada na parede e comecei e enfia bem devagar minha pica dentro daquela xoxotinha quente e úmida, ela rebolava devagar aproveitando cada centímetro que entrava na xaninha dela. Ficamos nessa posição um tempo e eu assistindo tudo que se passava lá dentro e vi que a Flávia estava vendo eu comer a Paulinha pela janela, com um piscar de olhos ela me chamou para entrar na festa e atendi prontamente. Entramos na casa e a principio o Paulo e o Alex ficaram com medo, mas quando viram que eu estava pelado e a Paulinha também, continuaram com mais gás ainda o que estavam fazendo, Aninha me olhou com cara de safada e falou pra mim que eu era o próximo e Paulinha já mirava o pau do pedreiro mais velho. Paulo gosou feito louco na xotinha da Aninha e veio correndo pro meu lado e disse pra eu deixar eu comer a putinha que eu fodia, aceitei no mesmo momento que gosei sem parar um liquido branco e grosso que escorria pelas pernas da minha priminha deliciosa que gosava sem parar. Paulo pegou Paulinha pela mão e falou que pra que ela ficasse despreocupada que ia tratá-la com todo carinho. Aninha veio até mim e falou, que hoje ia realizo meu desejo e me levou até a cama e falou, tira o cabaço do meu cuzinho, perguntei se ela agüentaria o tamanho e ela com a cara de safada disse que ia ser um prazer. Coloquei ela deitada com as perninhas pra cima e meti primeiro na sua xoxotinha pra melecar bem e depois fui enfiando sem parar meu pau no rabinho da minha priminha que se deliciava, confesso que nunca pensei que ela agüentaria com tanta facilidade. Foi sexo grupal a noite inteira, os pedreiros eram só alegria e o ponto alto da noite foi quando o Paulo gozou no cuzinho da Paulinha, que ainda era virgem, foi um ritual, todos em volta passando a mão na Paulinha enquanto o Paulo gozava no cuzinho dela. Essas noites deliciosas se repetiram por mais três meses e depois disso ninguém nunca mais tocou no assunto. Mulheres que quiserem se corresponder comigo pelo MSN, meu e-mail é [email protected] Este foi meu primeiro conto, espero que tenham gostado. Deixem comentários.

E-mail= [email protected]

Comentários

28/04/2015 13:34:08
QUERO SUAS 3 PRIMAS. MEU E-MAI [email protected]
04/10/2009 22:42:25
uauuuuuuuuuuuuu, quero o pedreiro paulo, bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos comendo a sobrinhame deliciei vendo minha mãe tomar banhocontos+corno mulherzinhaalargada e assada e arrombada contoeu e meu esposo somos crentes e ele pediu para eu dar o cu para outro,contosfiume porno brasilerobaixar clip 16 .com porno mulher mini saia no metro mete a mao na calcinha delamulher bundona camsola curtinha trepand pornodoidocontos de putaria sou puta de dois primo negroporno. jafaleii nãonegão barbarizou a novinha de bruçosContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoas duas bundinha para o macho contoleitinho do papai contosver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sangeXVídeos as novinhas de calça folgado na fila do mercadocontos a Loba tarada no analarombei minha mae contos eroticos pornomulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidovídeo de sexo amador brasileiro de Osasco Eloisa oliveira dando o cu para doisgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscontos eróticos a mâozinha pequeninha da filhinhacontos eroticoscu virgemconto erotico/gay asistindo percy jacksonconto erotico dei para um estranho na casa de swingContos eróticos de incesto mãe tarada descabacando filho dotada com fotoscontos minha esposa agazalhou um pal enorme no raboXVídeo pornô a mulher se masturbando na rua andando no meio da rua Rosada molhadinha nenhuma Bruno metrô de todo canto g***** molhadinhamelhores vídeos de GTA da pegando padrasto pelado debaixo do chuveirocasada fode chamando corno falando obscenidadesirmalouca pra perdero cabaco pro irmarladrão comendo o delegado pornô se for do Adélia busca pornôcoroa mais safada q conhesovideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsCasada enegao anal marra contoxvidio patroa provoca so toalha rola nelanovinha moreninhafazendo sexo nachácara com tiocontos eróticos loba adoro inversãoaproveitando que o seu irmao nao ta em casa e dando assistencia pra cunhada video pornopornodoido dia de sol chostinhos curtosrelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosopau mostro q gata nao aguenta e pede pra da um tempo pq sua buceta ta doendoperdi a virgindade pq quiz conto incetoadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosox ezibisao de conas frescasseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozpulomuitoem.cima.de.mim.pornovídeo pono tento fugi do negao mais se treme toda de tanto gozávidio porno tarado enfiando pinto por baixo do xorte da mulhergibi troca troca com família pornomae punhetando filho quietinho no sofavidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadaxoxotas gostosas morenas atirar espermaAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009rapazinho mimado dando o raboqero assistir video de porno de baiana rebolando na pica.de chortinho pensando no namorado pornlesbicas se vingando da rivalx negona budona lascadaxvideos rolas chapuletadas gozandocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetanegona rindo com uma boconacontos mulher encoxada na borrachariaxvidios betinhos lindocontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tioEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastovídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvircontos eroticos gay meu vizinho de dezenove me estuprou dormindo quando eu tinha nove anoscontos de sexo raspei minha bucetaxvideos gata novinha virgem perdendo a virgindade .sai pra ir na igreja e acabou indo foder no.motel levantou a saia cunprida e gozo gostoso