Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Patricinha Rebelde

Autor: Carambola
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2007 02:16:33
Nota 4.50
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu namorava com Fernanda há dois meses e o máximo que ela permitia era uns beijinhos e em nossas saídas, dizendo que estava se guardando para o casamento. Enquanto isso meu dinheiro ia embora em cinemas e boates e jantares, sendo que aquele namoro estava saindo mais caro do que se eu estivesse pagando diretamente uma puta.

Ela nunca pagava nada e não tinha dó da minha grana. Eu já pensava em terminar, pois estava só gastando e nada de desfrutar daquela buceta ou da bunda grande e redondinha de Fernanda, que aliás, eram o que me atraiam nela, já que a conversa ou as idéias, poderiam todas ir para o lixo, pois só conversava pelo cu como quase todas as mulheres.

Meu pau andava sempre duro e já não aguentava ouvir a voz dela, pois nem chupar meu pinto ela queria.

Cheguei ao limite e decidi terminar, pois já estava ajeitando uma putinha que iria me liberar tudo em troca de pagar a mensalidade de um cursinho.

Foi quando cheguei mais cedo à igreja em que ela iria confessar e como não via ninguém fui até a sala reservada do padre, onde vi Fernanda ajoelhada, chupando a pica do padre barrigudo. Ele estava quase sem fôlego, mas bombava a boquinha macia daquela puta. Aproveitei e tirei quatro ou cinco fotos com o meu celular e depois fiquei observando até ele gozar. Ele queria que ela engolisse, mas Fernanda desviou o jato para a cama do padre e disse que preferia morrer a engolir porra de qualquer filho da puta. Ele começou a insistir para que ela liberasse a xavasca e ela resistia com um jeito de puta, que me fez adivinhar que logo o padre estaria metendo a rola em minha namorada.

Para evitar isto, fiz um barulho e comecei a chamar por ela. Fernando logo apareceu e veio me beijar, mas soltei um peido tão catingudo que ela saiu da igreja xingando alto. Provavelmente ainda havia porra em sua boca e não queria chupar pau de tabela.

No fim de semana procurei a prostitutazinha, chamei ela em meu quarto e mostrei as fotos. Disse que havia passado para meu computador e mandaria para todo mundo que eu conhecesse para que soubesse o tipo de piranha que ela era. Ela ainda tentou negar, mas dei-lhe um tapa no rosto e ela caiu no chão.

Ameacei ir embora, mas ela disse para esperar e que não queria que as fotos fossem divulgadas. Sem esperar mais, tranquei a porta e abri o ziper. Ela olhou minha pica já dura e devagar pegou a ferramenta e a colocou na boca. Assim como o padre, comecei a bombar na boca como se fosse uma buceta. Ela chupava bem. Os dentes não irritavam o cacete e nem ficava lambendo a parte entre a cabeça e o saco, onde o homem nada sente e algumas putas malditas acham que é bonito ficar passando a língua.Bombei com vontade a boca e a puta começou a engasgar, mas eu nem liguei, pois minha avó já dizia que sapo não morre afogado e nem puta morre engasgada com pica.

Quando senti que iria gozar, segurei ela pela nuca e esporrei em abundância, puxando a piranha safada pela orelha e ela teve que engolir minha porra toda.

-Filho da Puta! Você me fez engolir a sua porra! Ela disse querendo ir embora. Não esperei mais e comecei a descer sua saia.

_ Puta descarada! Ou você me libera a bucetinha ou eu conto para todo mundo.

"Mas eu sou virgem e quero me guardar"

"Eu é que vou guardar meu pinto no seu ganha-pão sua puta"

Ela deitou-se na cama e chorou baixinho. O choro dela só fez endurecer ainda mais o meu pau. Tirei a calcinha e comecei a esfregar a perseguida que já estava molhada. Sem me preocupar com camisinha, enfiei a rola com vontade e me deitei sobre ela, bombando com força. Logo a safada estava rebolando e gemendo baixinho. Senti quando ela gozou. Aproveitei o momento e coloquei o pau na porta do cuzinho. Ela tentou fugir, dizendo que eu já fora longe demais, mas a visão daquela bunda enorme falou mais alto e comecei a enfiar. Ela começou a engatinhar na cama, mas logo chegou até a parede, onde encaixei a rola e enfiei com força. Ela gritou, dizendo que estava doendo e pedindo que eu parasse.

_ Cala a boca puta maldita. Toma a caralhada no cu...

Assim que enfiei tudo, segurei um pouco, para que ela se acostumasse, mas logo recomecei a bombar e ela durante todo o tempo ainda reclamava dizendo que estava doendo e que eu parasse logo. Como eu não desse ouvidos, a puta começou a rebolar e eu então não aguentei, gozando dentro do seu cu.

Depois disto ficamos sem falar uma semana. Fiquei sabendo que ela fizera uma visita ao padre onde o maldito havia experimentado mais dois buracos delas.Resolvi acabar com aquilo. Entrei na igreja e cobri o padre de porrada. Cheguei a bater a cabeça dele na parede até sangrar. Mostrei as fotos e disse que iria mostrar a todo mundo . Ele disse que iria dispensar Fernanda e investir em duas outras fiéis que estavam decepcionadas com os maridos e iriam pedir-lhe conselhos. Ainda dei-lhe um chute no saco e deixei o bandido gritando de dor.

Fernanda acabou voltando para mim e agora estou controlando meu dinheiro. Cinema, pipoca e refrigerante são por minha conta, mas depois quero acesso livre à buceta e ao cu. E a puta já engoliu tanta porra que chegou a engordar um quilo.

Comentários

22/02/2007 15:40:18
É dificil achar um corno que não saia como heroi na história, se brincar até o super homem é corno!
05/02/2007 08:10:42
Mais que você foi corno do padre....ahhhh foi!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


jogando video game pelado conto eroticopornos de cornudos a serem enrrabadosmenina novinha reclamando do pau grande caiu no zzaapvidio eline falando seu nome eem qunto fode vidio pornoporno novinha fica brava porque a camisinha estourou e ele nao avisouSexocompaixaoaliviava me tesao com o filho novinho da vizinhasangue suor lagrimas tortura pornocontos de rasguei o cuzinho da minha avógata nua aberta na cama bom das macia arrepiada cuzinhos duro meladodia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosCasada enegao anal marra contoporno ele para pra descansar da caminhada e pega morena agua e fode com elecontos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadoSogra Contos Eroticosporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaporno de lingua dençendo a guelaxxxxxxxvideos com professoras de educacao fisicaporno tratantesadolecens safadas trazandoposo enchuga o meu priquitodei o cu video para o time inteiro de futebolcontos eróticos gay o tratador de cavalogazando juntoxvconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017www.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brconto chupei meu avô cadeirantewww.pornodoido botao de rosaMania de fica pelada acabei dando pro meu paixvideo so tesuda zaradaa tia zoofilia pegada no caovidio de foda de cunhado dormindo na casa da cunhadamulher cagando enquanto dava a bucetacontos de sexo depilando a sograa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elecontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksaquero ver os de gravações de atrizes pornô que param de transar com dorConto erótico sololupusmulhes fudedo deto do karo o cugordinhas costurado dando 2017 bundãoquero ler histórias e conto de homem casado que deu o c* pela primeira vez o c****** vídeo para travesti do pau gigante chorou rebentou em conta se dói ou nãomorador. de rua sendo bulinado ate gozargay raptou o vizinho para lhe chupar o pauconto corno obrigadomas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?contos arronbaram meu cuzinho de menininha virgemfui abusado quando era adolecente, nao saou gay, mas me ecxito com porno gaymulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhorelato d novinha perdendo o cabacinho com padrasto e mae juntoconto namorada putaaprendendo a ser puta no tapa/contosContos eronticos de tias papa anjosvídeo pornô mãe marquei encontro no motel com filho sem saber acaba transando com eleContos eróticos gay comi meu tiocontos erotivos apostando baralho com sogra e cunhadacontos eróticos reais nnn2 comedor do pintao sacaneia casada do rabaodoce nanda parte cinco contos eroticosXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusdotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintobuceta d penuargosando dentro da buceta d egua d raçaContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestopai mamou minha rola sexocontofui pago pra dar o cu pela primeira vez hetero , sexo gay amadorvideos porno mulher goza muito se afrouxa as pernasvizinho a aline contos eroticosmulher f sexo escanxada no palamarando a filha pra chupa buceta e mete a liga no buraco da buceta primeira vez que ela sente uma lingaincesto gay papai me fez de putinhacontoseroticos de prima e seus primoscontos eroticos como eu virei puta de um velhocontos erotico curvada frente namoradover contos eróticos de vendi meu cabacinho para um cacetudoConto erótico bricadeiras eradas com o paicontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosmoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nucibele bucetonaMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta dela