Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Patricinha Rebelde

Autor: Carambola
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2007 02:16:33
Nota 4.50
Assuntos: Heterossexual

Eu namorava com Fernanda há dois meses e o máximo que ela permitia era uns beijinhos e em nossas saídas, dizendo que estava se guardando para o casamento. Enquanto isso meu dinheiro ia embora em cinemas e boates e jantares, sendo que aquele namoro estava saindo mais caro do que se eu estivesse pagando diretamente uma puta.

Ela nunca pagava nada e não tinha dó da minha grana. Eu já pensava em terminar, pois estava só gastando e nada de desfrutar daquela buceta ou da bunda grande e redondinha de Fernanda, que aliás, eram o que me atraiam nela, já que a conversa ou as idéias, poderiam todas ir para o lixo, pois só conversava pelo cu como quase todas as mulheres.

Meu pau andava sempre duro e já não aguentava ouvir a voz dela, pois nem chupar meu pinto ela queria.

Cheguei ao limite e decidi terminar, pois já estava ajeitando uma putinha que iria me liberar tudo em troca de pagar a mensalidade de um cursinho.

Foi quando cheguei mais cedo à igreja em que ela iria confessar e como não via ninguém fui até a sala reservada do padre, onde vi Fernanda ajoelhada, chupando a pica do padre barrigudo. Ele estava quase sem fôlego, mas bombava a boquinha macia daquela puta. Aproveitei e tirei quatro ou cinco fotos com o meu celular e depois fiquei observando até ele gozar. Ele queria que ela engolisse, mas Fernanda desviou o jato para a cama do padre e disse que preferia morrer a engolir porra de qualquer filho da puta. Ele começou a insistir para que ela liberasse a xavasca e ela resistia com um jeito de puta, que me fez adivinhar que logo o padre estaria metendo a rola em minha namorada.

Para evitar isto, fiz um barulho e comecei a chamar por ela. Fernando logo apareceu e veio me beijar, mas soltei um peido tão catingudo que ela saiu da igreja xingando alto. Provavelmente ainda havia porra em sua boca e não queria chupar pau de tabela.

No fim de semana procurei a prostitutazinha, chamei ela em meu quarto e mostrei as fotos. Disse que havia passado para meu computador e mandaria para todo mundo que eu conhecesse para que soubesse o tipo de piranha que ela era. Ela ainda tentou negar, mas dei-lhe um tapa no rosto e ela caiu no chão.

Ameacei ir embora, mas ela disse para esperar e que não queria que as fotos fossem divulgadas. Sem esperar mais, tranquei a porta e abri o ziper. Ela olhou minha pica já dura e devagar pegou a ferramenta e a colocou na boca. Assim como o padre, comecei a bombar na boca como se fosse uma buceta. Ela chupava bem. Os dentes não irritavam o cacete e nem ficava lambendo a parte entre a cabeça e o saco, onde o homem nada sente e algumas putas malditas acham que é bonito ficar passando a língua.Bombei com vontade a boca e a puta começou a engasgar, mas eu nem liguei, pois minha avó já dizia que sapo não morre afogado e nem puta morre engasgada com pica.

Quando senti que iria gozar, segurei ela pela nuca e esporrei em abundância, puxando a piranha safada pela orelha e ela teve que engolir minha porra toda.

-Filho da Puta! Você me fez engolir a sua porra! Ela disse querendo ir embora. Não esperei mais e comecei a descer sua saia.

_ Puta descarada! Ou você me libera a bucetinha ou eu conto para todo mundo.

"Mas eu sou virgem e quero me guardar"

"Eu é que vou guardar meu pinto no seu ganha-pão sua puta"

Ela deitou-se na cama e chorou baixinho. O choro dela só fez endurecer ainda mais o meu pau. Tirei a calcinha e comecei a esfregar a perseguida que já estava molhada. Sem me preocupar com camisinha, enfiei a rola com vontade e me deitei sobre ela, bombando com força. Logo a safada estava rebolando e gemendo baixinho. Senti quando ela gozou. Aproveitei o momento e coloquei o pau na porta do cuzinho. Ela tentou fugir, dizendo que eu já fora longe demais, mas a visão daquela bunda enorme falou mais alto e comecei a enfiar. Ela começou a engatinhar na cama, mas logo chegou até a parede, onde encaixei a rola e enfiei com força. Ela gritou, dizendo que estava doendo e pedindo que eu parasse.

_ Cala a boca puta maldita. Toma a caralhada no cu...

Assim que enfiei tudo, segurei um pouco, para que ela se acostumasse, mas logo recomecei a bombar e ela durante todo o tempo ainda reclamava dizendo que estava doendo e que eu parasse logo. Como eu não desse ouvidos, a puta começou a rebolar e eu então não aguentei, gozando dentro do seu cu.

Depois disto ficamos sem falar uma semana. Fiquei sabendo que ela fizera uma visita ao padre onde o maldito havia experimentado mais dois buracos delas.Resolvi acabar com aquilo. Entrei na igreja e cobri o padre de porrada. Cheguei a bater a cabeça dele na parede até sangrar. Mostrei as fotos e disse que iria mostrar a todo mundo . Ele disse que iria dispensar Fernanda e investir em duas outras fiéis que estavam decepcionadas com os maridos e iriam pedir-lhe conselhos. Ainda dei-lhe um chute no saco e deixei o bandido gritando de dor.

Fernanda acabou voltando para mim e agora estou controlando meu dinheiro. Cinema, pipoca e refrigerante são por minha conta, mas depois quero acesso livre à buceta e ao cu. E a puta já engoliu tanta porra que chegou a engordar um quilo.

Comentários

22/02/2007 15:40:18
É dificil achar um corno que não saia como heroi na história, se brincar até o super homem é corno!
05/02/2007 08:10:42
Mais que você foi corno do padre....ahhhh foi!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vidioporno/fodanaconstrucaofazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticoscontos eroticos climax daputinha dando pros amigosso bucetudas chorando quando a pica entroumulher novinha transando com jumento jumento emocionada com cocovideos de cunhada se esfregando no marido da irmapratico anal com meu cachorrocontos eróticos gay faculdadeXvideos com icrivel ruguiContos sexo bondage entiadasrickcafajeste30.blogentregei uma pizza e mepagou com boquetecontos pequenina e punheteirawww.xvideos.bucetaovirgensnovinha com pouco pentelho contoscontos eroticos sem querer maecâmeras escondidas que estragaram Anitta dando a bucetafilme porno chantagem com a sograMiller tair marido com ladrão em casa phornoComo se escreve “ manda video porno ” em inglesesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidoloira gostosa gordinha batendo p****** no pau do seu esposo no pé da pia seu esposo tacando dentro do seu corpo shortinho dentro do raboMinha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticovídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grandecontos eroticos alvinho e o padreTaradinha louca pra pega no pau do tiu contosfamilia favela pinto de borrachaXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primaforsei minha madrasta a fuder panterasconto sou crente casada carente provocando os pedreiroestrupicio .pornoporno de mulheres tentando fiji de pica grandecontos de sexo depilada na praiacalçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cuSaia Desse Barney comendo Vilma na camapor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornoponodoido meu pai e minha babaContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagoufilme de sexo grupal e anal entre maes e filhas e genros e sogrosarregasado a buceta com muita velocidadefilme porno onde um perfume despertava desejonegona dizendo no cu naomae estrupa filho goza pau brasileiromae belisca querendo chupa buceta da filhaxvideos o chifre mais bem tomadofis vovo me arronbarevolução anal negao e vadiacomtos exitanteslais minha enteada da xoxota apertadinha contoseu quero um vídeo acaba transando com a mulher postergando ela na cama dormindo a força e ela gritando ele comendo elacontoseroticoss xvideos5peituda ri ao ver pinto mole do cara mais aproveita quando ta duraohistorias de madrasta safadas com enteadofudeu a buceta lozinha da mamaeLuana da nova temporada do quadro rola ou enrola em porno vídeo pornô novinha chupando p***** grande peituda gostosa patriciane nome delavideos insinando ademorar a gozar batendo punhetagarota muinto novinha com cona muinto apertadinhaeu sento no seu pau voce mim abraca e mim beija gostoso pornoler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhoContos a empregada com fotosnovinha du grelao bitelosexo minha mulher me dando minha sogra de presentewww delexvidio comsadomasoquismo c arrombadas e peitos esmagadosjaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisLukinhas contos eróticos gaysdois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixoporno mae Chaegando em casacontos sexo pecado incestuosopeguei a novinha magrinha porquê ela insistiucontos de machos roludos dominando cornos das esposashistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhermenina cai em cima do negro jumento.gemer disvairadameninas tirando a Virgindade aeh doicontos eroticos vividos por mulheresEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortiContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhos"cheiro de cu de macho"chupando buseta labefo pasda mso bocsmetendo na salgadeira bundudafoto de muie com bucetas largascontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaox videos curraincestoeu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaovideo porno a navinha criando corage a enfiar o pau do cavalo em sua bucetamorena arregalou os olhos dando cu e gozandomeu filho adora analO vizinho safado do 205Teste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaconto porno gay. bullyingcontos eroticos minha primeira siriricaconto gay pirocudo da academiameu bundao esta seduzindo meu filho filmeele a enrabala e ela a cagar.se pornogostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparBoquete gay com marginal agressivomulher evangélica sendo comida a força por 2negros super bem dotado