Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sexo com os parentes do interior parte I

Categoria: Heterossexual
Data: 12/04/2007 15:34:45
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Apresentando-me, sou o “Curinga”, moreno claro, olhos castanhos, magro, não sou uma pessoa que seja notada pelo porte físico e sim, pela simpatia... Pelo bom humor.

Bom essa história aconteceu em meados de julho de 2006, não sei dizer os dias certos.

Sou de uma cidade metropolitana de Porto Alegre e fui passar uns dias na casa de uma tia minha que mora numa cidade do interior do RS.

Chegando fui recebido pela minha tia M, meu primo G, minha prima MY, minha prima R e seu marido L e seu filho F.

Minha tia é muito magrinha, como a gente diz por aqui “não tem nada em casa”; minha prima MY tem um corpo violão embora seja nova tem uns seios médios, uma bundinha tipo maçã e um rostinho angelical; minha prima R é meio gordinha, tipo ela está um pouco acima de seu peso, mas tem um bumbum bem redondinho e um par de seios que parecem dois melões.

Bom, nesse dia cheguei perto da hora do almoço, mal conversamos e fomos almoçar. Como era dia de semana todos trabalhavam durante o dia, só apareciam em casa na hora do almoço e após as 18h todos estão em casa, exceto o marido da minha prima – L - que trabalha em uma fazenda durante a semana e retorna à sua casa nos fins de semana.

Mas nesse dia ele foi resolver um problema na cidade e ficou por lá, ficamos conversando sobre vários assuntos, e em dado momento ele me contou que seu relacionamento com minha prima R estava meio turbulento e, como eu aparecia lá só de vez em quando seria fácil eu lhe ajudar.

Ele queria que eu conversasse com a sua esposa e descobrisse o que estava errado entre eles para voltar a ter paz no seu lar.

No começo da tarde ele já estava indo para a fazenda em que trabalhava mas, antes me pediu que ficasse em sua casa nos dias em que estivesse de férias por lá.

Aceitei o seu convite, ele se despediu e foi embora.

Já era 18h quando chegaram a minha tia M e minha prima R do trabalho e meus primos G e MY do colégio.

Conversamos e jantamos na casa da minha tia e depois disso, minha prima me convidou pra posar na casa dela, seu marido já tinha lhe pedido pra me convidar a ficar na sua casa. O filho dela pediu pra posar com a avó, minha tia.

Fomos para sua casa e conversando ela me perguntou como estavam os bailes na minha cidade, falei que estavam muito bons e que eu não perdia um. Ela me disse que não sabia dançar muito bem e que seu marido não a levava para bailes, e ela tinha muita vontade de sair pra dançar.

Eu lhe disse que levá-la para dançar ficaria meio estranho, mas que poderia lhe ensinar a dançar nesses dias em que eu estava lá, ela ficou muito feliz e disse que queria começar nesse mesmo dia, na verdade noite.

Bom, liguei o som e coloquei um CD que eu tinha com um pouco de cada ritmo para ela se habituar aos ritmos.

Resolvi ensinar só forró pra ela nessa noite.

Conforme ia dançando eu aproveitava pra tirar uma casquinha dela, deixei um dos braços em torno de sua cintura e repousei minha mão bem em cima do seu bumbum. Estávamos dançando quando de repente ela perde o equilíbrio e quase cai, eu segurei ela pelo seu bumbum, ela me agradeceu, mas me olhou meio estranha, eu pedi desculpa por tê-la lhe segurado de mal jeito, mas ela disse que não tinha problema.

Bom depois de uma hora de dança fomos dormir. Ela arrumou o quarto de hóspedes para mim e depois foi dormir no seu quarto. No meio da noite acordo louco de vontade de mijar e vou ao banheiro, quando entro dou de cara com a minha prima só de sutiã sentada no vaso, ela tenta se cobrir, mas aí eu já tinha visto sua buceta raspadinha.

Ela fica sem graça e fecha a porta. Depois de uns 3 minutos ela sai e eu entro, depois de mijar comecei a pensar na cena e meu pau ficou duro, aproveitei e bati uma. Saindo do banheiro dou de cara com minha prima novamente. Ela me pediu desculpas pela situação que havia acontecido e eu disse que não tinha problemas.

De repente ela olha para o meu pênis e arregala os olhos e diz:

- Meu Deus isso ta duro assim só de me ver?

Eu na maior cara-de-pau respondo que sim.

Ela chega mais perto de mim, agarra meu pênis e me dá um beijo bem molhado e me leva para o seu quarto.

Chegando lá a deito na cama, beijando-lhe muito, beijo todo o seu corpo com muito carinho e depois ela me dá um beijo bem molhado e bem demorado, em que ela suga a minha língua.

Tiro seu sutiã, depois vou beijando sua boca, seu queixo e vou descendo pela sua barriguinha, seu umbiguinho e finalmente para nos grandes lábios e começo a chupar, beijar e morder freneticamente. Ela começa a gemer intensamente, fala palavras desconexas, segura meu rosto contra sua buceta, eu devoro cada vez mais aquela buceta depilada. Não demora muito e ela goza, eu bebo todo o seu líquido docinho, e continuo chupando, mordendo e beijando aquela buceta, não demora muito e o gozo vem novamente.

Depois disso pedi a ela que retribuísse o carinho, então deitei na cama ele veio por cima de mim e começou a beijar meu pênis e, num ritmo frenético começou a fazer um vai e vem e eu delirava. Ela parecia uma fera insaciável, ela mordia, beijava e beliscava meu pênis, depois de mais ou menos uns dez minutos segurei-a pelos cabelos e gozei dentro da sua boquinha gulosa. Fi-la engolir, depois ela me disse que nunca tinha feito isso, mas como eu fui carinhoso com ela, ela decidiu retribuir.

Após isso, beijei-a demoradamente fazendo-a sentir o gostinho de sua própria xaninha.

Em pouco tempo a coloquei de quatro, e com muito carinho penetrei-a, com estocadas muito cadenciadas a fiz soltar inúmeros gemidos, estávamos em brasa, nossos corpos ardiam em chamas, o sabor do pecado era doce e muito saboroso.

Por horas e horas transamos alucinadamente, alternando em muitas posições, pra minha surpresa minha prima se revelou uma verdadeira atleta sexual.

Pra finalizar a noite acabamos no banheiro, nos deliciando com um belo banho, um ensaboando o corpo do outro nos divertimos muito. Ainda não tinha feito sexo anal com ela, e massageando-a muito eu imploro pra ela matar a minha vontade. Então ela faz um boquete deixando meu pau bem lambuzado, depois pega no armarinho um creme hidratante e lambuza ainda mais o meu pau. Eu tomo o creme de suas mãos e com dois dedos vou lambuzando o seu cuzinho com movimentos circulares, depois de deixá-lo bem lambuzado, aponto meu pau, e cm a cm, vou invadindo aquele cuzinho macio e virgem. Foi uma sensação tão prazerosa que depois de 15 minutos bombando, gozei me sentindo nas nuvens.

Minha prima deve ter sentido o mesmo, pois perdeu as forças e acabou sentando no piso em baixo da ducha do chuveiro exausta.

Continua...

Comentários

09/08/2009 15:30:13
muito bom gostei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoa filhada vai passar o feriado na casa de seu padrinho e tem pensamento erotico com elevidio disexe porno yotubemarido segura as mao da esposa para o amante enfiar o braço na nuceta dela enquanto ela grita de dorcorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerobucetavideo porno de homen com fimosesou adepta a zoofilia virei cadelaxvidio mulher casada para na rua fica vendo medingo do pau muito grande fazendo xixiSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videoscasa dos contos de nick malconxvideos filha fas carrinho no pae que nao resisti e trasa com eladoce nanda parte cinco contos eroticosscooby-doo chupa pomba de salsicha grátisafricano comeu meu cuporno negra sitorinha rabu enpinadocavala centrando na rola grande e achando uma delíciacomo encostar o penis no clitorismulher beijando a mulher na boca pelada no titubearmulher falando juramento de gemido vídeos pornôcontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudoirma ve a outra de caucinha e ker chupar elawww.relato erotico mulher cazada gemeu na pica glande.com.brconto erotico lesbica favelada fode patricinha a forcazoofilia no Congofotos voyeur mulheres de bruços de calcinha boxeresposa levantando o vestido para o pedreiro comer lá em casa reforma vídeo pornô doidoPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticoscontos de sentadinha com o cuzinhoporno com históriassao pauloconto erotico primeiro boquetecomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosbuceta depilada na cera floripapornopaumostrocontos de sexo depilando a sogracontos erot os y icpornor doido homem batendo poletafamilia sacana tufosvidios pornô homem de .moto come a gostosa que passa na ruaporno doido chochotinasContos erotico cdzinha cinemafilha. acorda. sentindo apica do seu pai toda na. sua. bucetinha ..porno conhecendo minha primaencoxando rabuda no trem casa dos contosprimos se pegando e com mãoboba pornodoido.comMeu primo playbou carioca conto gay cap 3Nem respondi e fui metendo naquela bucetinha encharcada, até sentir meu pau tocar o fundo, quando ela soltou um gemido alto e gostoso.bem novinhas e rolaças xxvideosdesde novinha ja fudiacontos erot os y icbaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaContos estrupada no ginasio da escolaexperimentar sexo anal mesmo sendo heterossexual pode ser perigosoguri ñ aguentou pau grande, contosconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioconto erótico homem castradoisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosoempresários do pau grande transando com homens mais lindo do mundo e musculosos e gostosos na pisina mete o pau grande que sai sangue misturado com gala gostosasincesto pai filha eroticos peludo bigode contossou encanador sexovídeo pornô da cachorro satisfazê-lo cachorro satisfazendo sua donavídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no GalegãoCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on linehistorias eroticas heretossexuaiscomocomia a minha tiasem ela saber- Casa dosContosexistem homem com penis mais de 40cmconto erotico de incesto estorei as praga do cuzinho da minha maecontos de mulheres que virao cenas de casais transando e se masturbarao punindo escrava sadomasoquismocontos de putaria sou puta do marido negro da minha cumadremulher transando com picasdeborrachamulheres que sem peseber motraram a buceta nos onibusmulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornoporno dando a buceta noma tranza agresivaporno em desenho popai comendo a olivia sem pedir idadesexo novos banho conhadas nuaspornodoido meu pai me consola depois deu chorarvibrando paz e do negão no sexo anal f*** sobrecasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaSou a cadelinha do cão labrador contosbigbundagaycontos sexo anal concunhado concunhadacoroa chora pos uma foda cm garotao xxvideos menorver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatoscontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhomunita gozadasou casada mais quem mim fode gostoso e patinhopornodoido entre irmao enteronpido por tia gostosa