Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

meu cunhado saradão

Categoria: Heterossexual
Data: 30/04/2007 22:17:19
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou bem casada, tenho dois filhos lindos e me considero uma coroa bem tratada. Mas, há alguim tempo minha irmã veio morar aqui em nossa cidade, vinda do interior, por lá ela casou com um tratador de animais, um tipo rústico, até meio grosseirão, mas foi ela quem escolheu.

De início me causou um meio asco daquele homem rude, que gostava de se exibir sem camisa, meu marido chegou até a reclamar comigo, mas talvez justamente por ele ter reclamado é que passei a notar mais naqueles músculos todos, cheguei a me pegar olhando fixamente para aquele homão. Daí para o tesão, foi um pulo. sonhava com ele me pegando como uma égua no cio, de quatro, imaginava aquela vara toda dentro de mim,cheguei a ser acordada por meu marido enqunto gemia dormindo.

Mas a maior, foi quando um dia durante um bom banho de chuveiro morno, com a água caindo sobre meu corpo, passei o chuveirinho pela minha xana. Aquele jato bem no meu pinguelo me excitou, comecei a alisar meus bicos e forçava o jato bem em cima do clitóris, confesso que gemia feito uma femea no cio e para ajudar me veio a imagem daquele homem. Era o desejo de ve-lo me possuindo, então não deu pra segurar e gozei, como há muito tempo não acontecia. Desabei no chão do box me esvaindo em gozo.

Meu marido, devido a compromissos profissionais, sempre chegava em casa acansado, tomava um banho e dormia a sono solto. Aquilo me irritava, era como se eu não existisse.

Após algum tempo, comecei a dar vazão aos meus desejos. Comecei a usar umas roupas mais ousadas, a fazer posições provocativas e gostei em perceber que ele notara e reagia positivamente, me olhava como se eu estivesse nua. Não é preciso dizer que meu tesão aumentou consideravelmente, a tal mangueirinha nunca trabalhou tanto.

Queria dar pra ele, mas não sabia como, afinal era o marido de minha irmã.

Um dia tirei uma de louca, peguei o carro e fui no trabalho dele. Botei um vestido bem decotado, tinha uma fenda que ia do joelho até o meio das coxas,foi pra provocar mesmo.

Parei o carro na porta da loja, pedi para chamar-lhe. Ele veio todo suado e sem camisa, igualzinho nos meus sonhos,parou na porta do carro do meu lado e quiz saber o que havia.

Disse-lhe que não era nada, mas que precisava conversar com ele, se dava pra ele sair mais cedo comigo. Ele voltou pra dentro e já voltou colocando a camisa apertada e aberta até o meio do peito.Entrou no carro.

Enquanto eu dirigia, deixei a fenda do vestido abrir e revelar a minha coxa, de vez enquando deixava escapar minha mão do cambio e escorregava para aquele pau já duro.

No meio do caminho, ele já grudou aquelas mãos grossas na minha coxa e subiu rapidamente até a minha calcinha, bolinando meu pinguelo. Eu me contorcia ao volante, passeia mão em seu volume e senti aquele pau duro, querendo sair da calça. Embiquei o carro pra o primeiro motel que vi pela frente.

Peguei a chave e entrei na garagem, nem deu pra entrar direito, tasquei umbeijo nele, longo e sugador, quase rasguei-lhe a camisa querendo apalpar aqueles peitos duros e ele caiu de boca em meus seios alí mesmo.Nem me preocupei se tinha alguém vendo, entrelacei minhas pernas na dele e beijava-o loucamente. Queria fazer tuido aquilo que sonhara noites seguidas.Resolvemos sair do carro. Fechou o toldo e entramos.

Abri a porta emal entramos, ele me agarrou por trás e apertava meus seios, eu o ajudava empinando minha bunda. Ele arrancou-me a roupa com uma rapidez incrível, deixou-me nuazinha. Tirou a camisa e arriou a calça e deixou aqule membro todo saltar para fora. Seu pau já estava todo babado, mas não conversei, enguli cada centímetro dele, não cabia na minha boca, mas ele forçou minha cabeça para frente e entrou tudo, em minha boca aberta quase não cabia aquele membro, senti ele tocar quase na garganta, e quando fazia mensão de tirar ele empurrava com mai força e me esbofeteava.

Depois de algum tempo ele levantaou-me, me encostou na parede de frente, abriu minhas pernas e começou a roçar aquele pau na minha vagina enquanto com os dedos alisava meu clitóris, era uma loucura, foi quando senti entra aquela cabeça dura e a romper minha vagina, sorte que já estava bem lubrificada, nem pensei em camisinha nem nada, estava sendo penetrada pelo homem que eu desejara.Cada estocada dele via estrelas, pois além de forte era impetuoso,eu ajudava empinando minha bunda, mas ele se abaixava e conseguia penetrar mais até tocar no colo do utero.

depois de muito bombar, ele me levou até a cama, deitou-me de frente para ele e aí eu vi aquilo tudo que havia me penetrado ainda babando, não conversou, abriu minhas pernas e enfiou de novo, foi quando ele abocanhou meu seio, primeiro o da direita e depois o da esquerda, eles chagavam a sumir dentro daquele bocão, sua lingua passeana sobre eles, mordia meus bicos, puxava com os dentes enquanto bombava na minha buceta. ASí não du pra segurar e gozei, gozei como uma puta, xingando, gritando, arranhando suas costas.Achei que ele tinha gozado também. Mas não.

Meu corpo já estava exausto, ele tirou de dentro, me subiu na cama e me virou de bruços,

estava tão exausta que nem conseguia reagir, me pegou e enfou por trás denovo, achei que ele iria gozar e facilitei pra ele a penetração. Mas não.Ele só lubrificou aquele pau todo e veio pra cima do meu cú, tentei sair, mas não deu, ele era mais forte e eu ainda estava entorpecida. Quando começou a entrar, doía muito e eu gritava pra ele tirar, mas parece que aquilo o excitava mais e ele penetrava com mais força, comecei a morder o travesseiro e sentia aquelas estocadas, então relaxei e deixei aquele pau todo entrar, torcendo pra acabar logo, e depois de varias estocadas escutei seu urro e ele mordendo minha nuca. Ainda demoorou um pouco pra ele tirar de dentro e enquanto tirava seu semem saia junto, me lambuzando toda a bunda. Não contente, ainda me fez chupar aquele caralho todo babado. E como eu gostei lambi tudo, deixei ele limpinho.

Ambos desabamos na cama. Após algum tempo dormindo, acordei com ele denovo me beijando o corpo,me abrançando e me fazendo carinho.Logo achou meus bicos e começou a bulinar, já sabia que ele queria de novo, e eu também, empinei a bunda e dei pra ele roçar, aquele pau começou a roçar entre as minhas pernas e num instante já tava duro de novo. Deitei-o e aí fui eu quem comandei a brincadeira, Trepei em cima daquele mastro e cavalgava,ele apertava meus bicos e eu também, parecia que não acabava mais de penetrar, era eu quem engolia cada pedacinho dele, ficamos assim um bom tempo e então ele pediu pra gozarmos juntos e eu soltei, foi um urro só de nós dois, juntinhos senti seu jato na minha buceta e meu liquido escorrendo pelas minhas pernas. Nos atracamos num beijo longo e delicioso.Dormimos com nossos corpos entrelaçados.

Ao acordar tomamos um banho juntos e saimos. Como de hábito, cheguei em casa e meu marido ainda não havia chegado do trabalho e eu fui dormir realizada, nem precisava sonhar, era só relembrar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


provoquei meu filho vestindo um fil dental video pornocangapor hd pronconto no cinepornopediu para fazer anal ,e cacou no paunao aguentoufilmes pornodoido dbsm com uma branquinha doida para ver o pau do negrao entrarcaldo de buceta sujaseio exitadoAssuntos:lesbica contos eroticos patroa com sua cinta de consolo tirou a virgindade da buceta e do cu da sua empregadaUma coroa evagelica fudedo de saia cupridameu corninho, fotosfilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustaConto herotico incerto completo mae i filhoVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazergostosas minisaia enos debaixodelascasada qui aforao pauzudohistória e foto de tia gostosa que gosta de fazer macarrão com sobrinho novinho e g****** na mão delaSaia Desse Barney comendo Vilma na camacontos comi a cunhadinha parte 2 bunduda virgem novinhacontos sexo minha esposa nossa vizinhacontos eroticos de negra crente do piraívidioporno ae menias que xoro no poumulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cucuiada provoca cuiado d xortiu de dormicontos reais de sexo de ninfetosComtos Eroticos filho de menor fodendo mae gostosonaencoxei lidar evangélicaconto erotico gay perseguiçaosedou esperou dormir pra come o cu dela porno doidogostosas da bundonadormindo mae efilha eo pai pornodoidoxvideos ruansafado e a coroa chupanoencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhovidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichadei minha virgindade promeuirmãogêmeob***** com mais de um palmo de largura no XVídeosbunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornoContos Afilhada batendo punheta para o padrinhovendeos Ian pega sogra nua no quartodeitei de conchinha com minha mae peitudacrossdress betinha 4sexo sexo de pica dura palco do batom pica dura pornôxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comnotando pica no cu arrombado gay de japonesdescobri que meu namorado da o cu yahhocoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Pauloestrupicio .pornopornô em Carmo da Cachoeira na ruahomem peludo com o penis levantado elatejando de tesaomeu padrasto me vigiava tomar banho um dia ele comeu meu cuContos eróticos minha mãe e os cubanos - parte IVputinha gostosa de blusinha regatinha e shortinho socado na ruacontos eróticos surpenatural incestomoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nucenas de filme porno que mulher goza como nunca se viu nna vd na bc de um travistipersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornopadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetavideo porno casada nao estava mas sim.segurado pra chupa o mau do amigocontos/arrebentei meu cabacodoce nanda parte cinco contos eroticosmasturbados na camxvideos vermebranco100 foto chupando seiojenivan porno gay xvideostitio comendo osobrio nosofa vidio gaycontos meu sogrofilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outravidio porno tio me cumeu na varanda do quintaucuiada fudedo com xortiu de dormiContos eróticos gay comi meu tioPorno contos incesto mamaes com tesao iniciam suas meninas ensinando siririca..masturbaçao..chupar e punhetar papaistentando comer irma crentinhapadrasto pirocudo droga a enteada e transaXVídeos n****** com dente black power cabelo black power metendogosto de praticar zoofiliavide de maisa perdendo avigidadimulher com bermudacurtinha paceando na ruatendo prazer filhinha youngjenivan porno gay xvideosirma no cio chupa tudo sem frescuraela cagou no meu pau conto eroticocache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho contos arronbaram meu cuzinho de menininha virgeminara puta dando pro sogromínha avô chupou minha xotalesbica fode a outra com dildo entroduzido na buceta e sentada na cadeirascontos eroticos sou safada mostrei meu cu para amiga como estava largomulher esculhanbando is outros no comentario do nariz thifanyhttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelofilme porno esposa gosta de varios na frende do marido corno ela goza ate desmaia de tanto gozaso fotos da namorada do traficanti nem de chortinho dis