Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

SOU UMA PUTA QUE JÁ FEZ DE TUDO mas estou infeliz.

Autor: colle
Categoria: Grupal
Data: 06/05/2007 13:49:15
Nota 8.64
Assuntos: Grupal
Ler comentários (29) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olha, gente, meu relato talvez seja mais depoimento do que verdadeiramente um conto. Creio que seja mais desabafo do que outra coisa e vocês vão entender por quê. Antes, deixem-me apresentar-me: sou loira tingida, 1,68, 58 quilos, tenho corpo bonito e gostoso se não eu não poderia atuar no meu tipo de trabalho, hoje, desinibida, falante e elegante, mas já fui bem bobona, e jeca. Eu visito constantemente este site de contos, procurando encontrar algo que me excite, que me provoque tesão de verdade, mas tudo o que leio, eu já conheço de cor e salteado. Nada me surpreende, nada me fascina. Até chego a adivinhar quem está escrevendo algo próximo da verdade ou muito fantasioso. Sei quando é homem fazendo se passar por mulher ou, ao contrário. Sei quando o autor é homo, bi, etc. Tudo por experiência, muita experiência, que passo a relatar a seguida. Perdoem-me se eu vier a me tornar um pouco chata.

Para resumir a minha história vou contar brevemente todo o princípio de minha iniciação sexual: Eu vivia com minha mãe e sete irmãos numa localidade no interior da Bahia, muito pobre, sem nenhuma condição de vida digna, sem calçados, sem até o que comer. Não tínhamos futuro. Como meus irmãos eram mais novos que eu, mamãe resolveu me fazer o “homem da casa” e me despachou para São Paulo, onde eu deveria abrir caminho para que os demais pudessem vir posteriormente. Enquanto não viessem, meu compromisso era o de enviar mensalmente o dinheiro que eu iria ganhar com meu trabalho na cidade grande. Vim morar com meus tios e primos que também tinham uma vida dura, com poucos ganhos, em uma casa alugada, mas que estavam dispostos a me ajudar. Eu tinha dezesseis anos e cheguei cheia de esperanças. Contei-lhes que pretendia logo arranjar trabalho, ajudá-los no que fosse possível e mandar a maior parte do dinheiro para mamãe e os irmãos.

A casa deles era pequena, era uma cozinha, uma sala e um quarto. No quarto dormiam meus tios e na sala, meus primos, e agora eu também; éramos quatro dormindo em dois colchões de solteiro sobre o chão. Vocês já imaginaram o que me aconteceu. Pois é, desde a primeira noite, eu virei “comida” dos meus primos. Eu cheguei aqui sem saber o que era sexo, na prática, e em menos de uma semana eu já tinha sofrido toda a sorte de estupros e abusos, dos três. Eu ameacei contar ao meu tio, mas os primos me ameaçaram dizendo que me poriam na rua para morar debaixo da ponte, caso eu contasse. Foi assim que passei quase seis meses na mais absoluta submissão a eles. Todas as noites eu tinha que dar pra eles, não salvavam nem os dias em que eu me encontravam menstruada pois nesses dias eles me enrabavam, me obrigavam a fazer sexo oral, ou seja, meu destino era mesmo dar, todas as noites.

Durante o dia eu saía atrás de trabalho, mas não conseguia nada. Vocês também devem imaginar como é difícil conseguir emprego, sem o mínimo de formação escolar, sem nenhuma experiência anterior, sem até saber me expressar direito. E sem trabalho, as cobranças começavam a chegar: Meus tios diziam que já fazia tempo que eu estava dando despesas (comida, água, luz, roupas, etc.) e que se não começasse a colaborar logo, deveria voltar para o interior da Bahia. Por outro lado, meus pais começaram a enviar cartas querendo saber por que é que ainda eu não estava enviando dinheiro! Que vida difícil, nem queiram imaginar!

Eu fiz algumas amizades na rua, dentre elas, a Rosinha, uma baianinha também, muito legal, com quem eu me abria mais. Certo dia eu contei a ela tudo o que se passava comigo, inclusive a história de meus primos e lhe pedi ajuda ou conselhos. Foi aí que ela me falou sobre um jeito “mágico” de ganhar um bom dinheiro: trabalhar como garota de programa (Era o que ela fazia). Conversamos muito sobre isso e no dia seguinte ela me levou para apresentar à dona da casa onde trabalhava. Dona Diva, me recebeu, me examinou o corpo e deu sua aprovação. Combinamos alguns detalhes e, pronto, já estava pronta para iniciar o trabalho.

Nesse tempo, ali na casa da Diva, as garotas cobravam 30 reais por transa e dividiam meio a meio com a dona. Dependendo do dia a gente fazia três programas, ou cinco ou, acreditem, até quinze! Isto mesmo, houve várias vezes em que eu cheguei a trepar com quinze homens diferentes, embora isso não fosse comum.

Só que, pelo preço baixo, os freqüentadores eram geralmente gente simples ou até mesmo da ralé, e aí a gente não pode escolher, quem vier não pode ser dispensado, tem que transar com desdentado, cara com mau hálito, cara fedido por falta de higiene, gordo, magro, violento, sujo, drogado, tudo, tudo mesmo. Me canse, resolvi mudar para uma outra casa, onde a transa custava mais, porém os clientes eram um pouco melhores. Fui para a “Girls Paradise” que, trocando em miúdos era outra casa de programas, com o mesmo esquema. Só que a gente cobrava 60 reais mas ficava só com 40 por cento, isto é, 36 reais iam para a casa, ou para o Geraldo, o proprietário.

Ali permaneci mais um bom tempo.

Depois de uns três anos de “experiência”, confesso a vocês que já tinha feito de tudo. Coisas que eu nunca imaginei! Transei com todo tipo de homem, com todo tamanho de pau, fiz sexo vaginal, oral, anal, bizarro e tudo o mais. Transei com casais, com mulheres, com grupos. Tive dupla penetração (dois paus na buceta, ou um na buceta e um no cu), dupla chupada, transei com viados, com bissexuais! Esses, então é o que mais tem. Vocês já repararam que nos anúncios classificados sempre vem escrito assim: “fulana, ativa/passiva, etc, etc” . Pois é, a mulher que faz parte ativa é para atender homens que gostam de levar no cu, e como tem! Creio que a metade dos que procuram garotas de programa, querem tomar no cu, seja com o dedo, seja com instrumentos (que a gente já tem preparado para essas situações), seja até com coisas inusitadas: um cliente uma vez me levou um mouse de computador, para eu enfiar no cu dele e puxar pelo fio (Acreditem!) outro levava sempre um tubo de desodorante enorme (ele só dava ‘praquele’ tubo, era a paixão dele, outros queriam que enfiasse o dedão do pé, charuto aceso! Isto mesmo, aceso! E, quase todos casados.

O tempo ia passando, eu estava ajudando bem meus tios e minha família lá no interior da Bahia, mas a vida era muito desgastante. Dava para ganhar razoavelmente mas era muito extenuante. E há quem diga que isso é vida fácil!

Como eu não tinha outra qualificação, resolvi melhorar de vida, dentro do mesmo ramo. Comecei a investir em mim, na minha beleza, na minha produção, adquiri roupas melhores, fui a salões de estética, enfim dei-me um trato geral. Fiz um curso de inglês, fiz um supletivo e passei no vestibular, ou seja, posso ir para a faculdade, mas para ir em frente terei que ganhar mais, muito mais, afinal sou eu quem me sustenta. E assim parti para o trabalho independente. Então, aluguei uma kitchinete no centro da cidade e passei eu mesma a anunciar em jornais de “alta classe”. Aí a gente pode cobrar 150, 200, 500 reais por um programa. Dá para fazer no máximo dois programas por dia e há dias em que nada acontece. Em compensação tem aqueles loucos que chegam apagar mil reais por um dia (eu cheguei a faturar uma vez, três mil reais só para passar o sábado e o domingo com um casal, na casa deles na praia; claro que achei ótimo, mas, francamente falando, acho que é muito dinheiro).

Nessa minha fase foi que conheci gente que vocês cairiam de costas se eu contasse. Transei com políticos, jogadores de futebol, gente de televisão, fui acompanhante de ricaços, homens e mulheres, machos e viados enrustidos (parece que tem mais enrustido na alta sociedade. Jogadores de futebol, então, são muitos, embora os enrustidos com que saí não estão no rol dos famosos, e se estivessem eu morreria mas não contava. É um ponto de honra das mulheres de programa.)

Bem, mas estou contando tudo isso pra quê? Só para dizer que me deitei com mais de cinco mil pessoas diferentes, que tenho duas ou três mil horas (sei lá se é isso) de cama; que já levei todo o tipo de pau na boca, no cu e na buceta; que já meti com casais de homem e mulher, de homem com homem, de mulher com mulher, que já transei com velho de 70 anos, 75 e até de 80?

Não, não é só por isso.

O que eu quero dizer é que hoje, embora ganhando bem, sou uma mulher infeliz. Todos os buracos do meu corpo já foram fodidos, estou arrombada na xana, no cu, quando ando pelas ruas tenho a impressão de que estou cheirando a porra e que minha buceta tem o cheiro de caralho, que minha boca tem o gosto de milhares de homens diferentes. Começo a lembrar que já deitaram sobre mim, desde o branco mais transparente até o negro mais escuro, desde o norteamericano até o japonês (não acredite nessa história de que eles têm pau pequeno, que você se ferra, viu? Tem japonês com caralho do tamanho de uma mandioca!). Eu quero dizer, que morro de inveja, vendo vocês contarem de vossos prazeres, do tesão, da alegria de foder, enquanto eu, já não sinto mais nada. Transformei-me em um robô do sexo, um robô que chupa, fode, dá a bunda, dá a buceta, pega a grana e parte para o próximo freguês. Eu não sei mais o que é tesão, Há muito tempo eu não sei o que é gozar de verdade. Dia desses cheguei a enfiar uma garrafa de champanha na buceta para sentir tesão, mas estou tão lasseada que a garrafa nem me fez cócegas.

Estou escrevendo para dizer que eu morro de inveja (no bom sentido) de vocês que ainda têm prazem em foder.

Morro de vontade de poder ser uma mulher comum, de poucos homens, talvez de um só, ou de dois ou três, sei lá, mas com prazer.

Morro de vontade de poder voltar para o interior da Bahia e recomeçar a vida naturalmente, mas isso não é mais possível. Porque tenho que me sustentar e também a outras pessoas que dependem de mim. E, infelizmente, todos nós somos escravos do dinheiro. Cada um o ganha à sua maneira. E a minha maneira, a única que aprendi, foi essa.

Parabéns a você, homem, que consegue ser homem. A você mulher, que consegue ser mulher. A você, gay, lésbica ou bi, que consegue ser o que é, e levar da vida grande prazer.

Perdoem-me pelo desabafo.

Obrigado por me lerem. Sejam felizes. Muito felizes.

Comentários

11/08/2010 18:07:25
Entre em contato comigo! [email protected]
05/12/2009 03:33:47
passa seu email ai
11/05/2007 16:41:13
Desculpa, coloquei o email errado, o correto é [email protected]
10/05/2007 15:15:47
Olha tua história é emocionante, infelizmente estamos muito longe para poder te oferecer algo amis além de que minha amizade a distância. Pelo menos por enquanto, mas se precisares de um amigo me escreva. [email protected] Quem sabe mais adiante podemos falar pelo MSN e quem sabe te faço aprender a amar e ser amada. Bjs. Aguardo teu contato.
10/05/2007 15:15:42
Olha tua história é emocionante, infelizmente estamos muito longe para poder te oferecer algo amis além de que minha amizade a distância. Pelo menos por enquanto, mas se precisares de um amigo me escreva. [email protected] Quem sabe mais adiante podemos falar pelo MSN e quem sabe te faço a prender a amar e ser amada. Bjs. Aguardo teu contato.
10/05/2007 15:15:28
Olha tua história é emocionante, infelizmente estamos muito longe para poder te oferecer algo amis além de que minha amizade a distância. Pelo menos por enquanto, mas se precisares de um amigo me escreva. [email protected] Quem sabe mais adiante podemos falar pelo MSN e quem sabe te faço a prender a amar e ser amada. Bjs. Aguardo teu contato.
10/05/2007 15:15:26
Olha tua história é emocionante, infelizmente estamos muito longe para poder te oferecer algo amis além de que minha amizade a distância. Pelo menos por enquanto, mas se precisares de um amigo me escreva. [email protected] Quem sabe mais adiante podemos falar pelo MSN e quem sabe te faço a prender a amar e ser amada. Bjs. Aguardo teu contato.
10/05/2007 15:14:13
Olha tua história é emocionante, infelizmente estamos muito longe para poder te oferecer algo amis além de que minha amizade a distância. Pelo menos por enquanto, mas se precisares de um amigo me escreva. [email protected] Quem sabe mais adiante podemos falar pelo MSN e quem sabe te faço a prender a amar e ser amada. Bjs. Aguardo teu contato.
10/05/2007 14:33:32
so Foda mais nuca metyyy
Ale
09/05/2007 17:01:08
Acho que vc que inspirou aquela propaganda das casas Bahias " quer pagar quanto" ...
ms
09/05/2007 16:55:14
Olhe.... td na vida tem uma saida,td tem soluçao, vc precisa esquecer os ouitros e pensar em vc.
08/05/2007 17:56:54
Chato, previsível demais. Pior, de uma pieguice insuportavel. Erotismo, meu bem, é o que se busca aqui, não lamentos bobos, chorosos, com o objetivo de provocar contatos virtuais e, quem sabe, conquistar eventuais "clientes". Nota zero.
08/05/2007 17:56:36
Chato, previsível demais. Pior, de uma pieguice insuportavel. Erotismo, meu bem, é o que se busca aqui, não lamentos bobos, chorosos, com o objetivo de provocar contatos virtuais e, quem sabe, conquistar eventuais "clientes". Nota zero.
08/05/2007 17:54:51
Chato, previsível demais. Pior, de uma pieguice insuportavel. Erotismo, meu bem, é o que se busca aqui, não lamentos bobos, chorosos, com o objetivo de provocar contatos virtuais e, quem sabe, conquistar eventuais "clientes". Nota zero.
08/05/2007 17:53:42
Chato, previsível demais. Pior, de uma pieguice insuportavel. Erotismo, meu bem, é o que se busca aqui, não lamentos bobos, chorosos, com o objetivo de provocar contatos virtuais e, quem sabe, conquistar eventuais "clientes". Nota zero.
08/05/2007 17:15:58
Nossa, deve ser barra prá vc. O que prá nós é uma coisa tão... boa, diferente... prá vc é tão normal, comum e sem graça... É como querer falar de ET's para um ET... Enfim, como todos já deixaram e-mail... deixo o meu tb. [email protected]
08/05/2007 17:14:07
Nossa, deve ser barra prá vc. O que prá nós é uma coisa tão... boa, diferente... prá vc é tão normal, comum e sem graça... É como querer falar de ET's para um ET... Enfim, como todos já deixaram e-mail... deixo o meu tb. [email protected]
08/05/2007 16:38:37
Sei que estas desiludida mas se quiseres um amigo de verdade me escreva, nao ira se arrepender em me conhecer me escreva [email protected]
07/05/2007 11:44:59
Se estiver precisando conversar estou as ordens, sem segundas intenções. Beijos. [email protected]
07/05/2007 11:21:17
ola linda amei seu desabafo,eu ser seu amigo, me escreva [email protected] ;bjus!
07/05/2007 08:52:54
Cara Colle: Não se aflija ! Tudo ficará bem, acredite ! Seu caso é comum, eu já dividi aluguel com uma menina que fazia programas, ela também sofria dessa mesma secura, porém isso não é pra vc se preocupar, pois vc ainda não conheceu o outro lado do sexo: O amor !! O amor que vai trazer a você orgasmos físicos e espirituais! O amor que liberta, faz sofrer e sonhar, que sacode todo o seu ser ! Porém, ao saber que quando vc amar alguém, passará o efeito da anestesia que vc diz sentir, não sofra pela ansiedade de saber quando esse dia chegará: Trace uma meta na sua vida, saiba que vc não será bonita a vida toda. essa vida consome, então, aproveite que vc está ganhando dinheiro, faça seu pé de meia, termine sua faculdade, planeje seu futuro, não conte com essa vida o tempo todo. Liberte-se, e então você vai aos poucos enxergar o mundo com outros olhos, o que é imppossível agora devido ao seu estilo de vida. Deixe as coisas irem acontecendo. Apaixone-se por si mesma, esse passo é fundamental. Faça algo d
06/05/2007 23:28:41
muito bom vou deixar meu email para futuro contato [email protected]
06/05/2007 22:51:43
Olha... sou mulher e hetero, acredite. Então, só estou te oferecendo uma amizade e nada mais que isso. Se quiser... [email protected]
06/05/2007 20:20:56
Colle, primeiramente gostaria de agradecer a visita e a crítica construtiva que fez com relação ao meu conto, precisamos mesmo de pessoas que criticam em prol de uma melhoria... obrigado. Agora, com relação ao seu desabafo, caso seja real, sinto muito por vc. Começei minha vida sexual com 11 anos de idade e hj tenho 23 e não me arrependo de ter começado tão cedo, tenho certeza que todos esses anos me ensinaram e me ajudaram acrescer e me formaram o ser humano que sou hj. Tire proveito de tudo o que vc aprendeu e viva! Mais uma vez, obrigado. Tenho um blog com muitas fotos de homens nus, se quiser me visitar... formulagay.blogspot.com
06/05/2007 17:46:59
cara ate me emocionei!!de verdade mesmo... que pena que voce nao comsegue ter mais prazer com uma coisa tao boa quanto e o sexo!!!desejo a voce que sua situaçao sexual melhore e que tenha uma vida de prazer e gozo novamente (se e que ja teve algum) mais e isso ai siga em frente e nao se esqueça que na vida tudo tem um caminho que nos leva a algum lugar!!nimguem tem uma vida como essa pra nao dar em nada...espero que emcontre o que procura...
06/05/2007 15:52:13
Olha, lendo o seu relato tive a impressao de que voce pegou o trem da vida errado, pois a sua verdadeira vocacao parece mesmo de ser dona de casa, cuidando de um marido e filhos. Mas nao teve essa oportunidade. Nao se martirize muito pela vida que tem, pois voce nao teve escolha. Apezar de tudo, voce manteve a sua alma intacta e isso e o que importa. Mas existe tambem os casos contrarios ao seu, sabia? Quantas mulheres casadas, bem casadas e com filhos lindos se sentem infelizes pois se sentem presas. Muitas delas gostariam de ter tido mais experiencia, conhecido outros homens e poderiam mesmo chegar ate a sentir inveja de uma pessoa como voce. Tudo e uma questao de pontos de vista. Nao sofra, pois nao vale a pena.
JR
06/05/2007 15:37:44
Parabéns pela sinceridade. Continue assim. Você tem o controle da situação, inteligente e sensível. Tenho certeza que você com esse seu espírito, consegue amar e ser amada e é isso que te falta. O tesão está na cabeça e não entre as pernas. Vagina e pênis são apenas fiéis instrumentos do cérebro. Ame e se deixe ser amada de verdade e sua vida mudará com certeza. Grande beijo.
06/05/2007 15:30:09
TUDO MUITO REAL E TRISTE, PENA MESMO A VIDA TER FEITO ISTO COM VOCÊ, PENA TAMBÉM POR TER SE DEIXADO LEVAR, PELA JUNÇÃO DO NECESSÁRIO AO FÁCIL, ME SINTO COMO O AMIGO AI DE CIMA, TRISTE EM VER EM UM SAITE DE CONTO ONDE CADA UM CONTA O ACONTECIDO O FANTASIOSO E O IMPOSSIVEL, MAS QUE DE UMA FORMA OU OUTRA NOS CRIA UM SENTIMENT,O SEJA ELE BOM OU RUIM, O SEU NOS CAUSA UM INCOMODO ENQUANTO SERES HUMANOS, VER ALGUÉM, QUE NÃO VE MAIS PRAZER E BRILHO EM NADA, ONDE ALGUMAS ESSÊNCIAS DA VIDA FORAM TROCADAS POS DESESPERO.....MAS AINDA CONFIO EM VOCÊ, E CONFIO NA SUA FORÇA DE MUDANÇA, APESAR DE NUNCA TER-LHE OLHADO AOS OLHOS, MAS PENSO EU QUE DE PUTA NÃO TENS NADA, POIS, POR PIOR QUE SEJA, E QUE POR MAIS QUE VISE DINHEIRO A PUTA SE INSERI NO CONTEXTO, BEM DIFERENTE DO QUE NARROU...É EM MEU CONCEITO PASSOU DE PUTA A ANJO EM UM SEGUNDO.....TE IMPLORO ME ESCREVA.... PROMETO NÃO TE ACONSELHAR EM NADA, NÃO CRITICA-LA EM MOMENTO ALGUM, MAS MEUS OUVIDOS SE FASSAM OS [email protected]
06/05/2007 15:19:58
Olha, gostei muito de sua sinceridade, eu entendo seu lado, admiro sua forma de desabafo, e até entendo que que vc não confie mais nas pessoas, especialmente nos homens. Bem não quero que me veja como mais um, gostaria de poder ser um amigo, mesmo que distante, que possa trocar confidências, alegiras, tristesas, meu email inicialmente é [email protected] Com o tempo, com a confiança mútua, talvez possamos trocar conversas através do MSN. Parabéns pela pessoa que vc é, conhece seus limites e sua própria vida, eu até aprenderia muito contigo, . . . sobre a vida, não falo de sexo, . . . Espero ser alguém em quem possa confiar, e pense que através de emails vc não teria nada a perder. quero apenas ajudar.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ponodoido pasado um tempo com minha primascontos gays de meninos passivinhos com machos maduros/dando meu cuzinho aos homens desde meninogay cunete otima visao pornoO dia q virei cdzinhadei minha virgindade promeuirmãogêmeoespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delahomem goando muito na buca do viado mundo bichacontos eroticos strip poker com minha namorada e cunhadano cuzinho da esposa do amigo q estava viajandocontos eroticos gays o principe roludocontos eroticos dei a bundinha por balasblogger comedorcasada gozando veja fotofotos de bufetas pibgando de tewaocontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisconto erotico de corno paraensecontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgensalexandres putos poa de calcinhasua tia nao aguenta esse pirocao contosmelhores vídeos de GTA da pegando padrasto pelado debaixo do chuveirovidios pornnou que mae e filha tranza com o meismconto comi uma eguacontos o negão bem dotado de todas as pragas da minha sogracontos eroticos mamae subjugadacontos erótico com subriaporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencouquero zap d travest d itaquecetubaad bucetad mais petfeitas do mundohomem fudendo oltro homem enprensando na parede fudendo pornocoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidiofilha a reda causilha e pai empura rolazoogay 2016fotos de mulheres com camksinhas nas bucetasate quanto centimetros poso colocar no meu culinda loirinha chorando no pau do cara e gemendo muito querendo mudar fundo maluquinhaquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todacontos sou um rainha do analeu qeuro vidio di sexocontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho delefamilia suruba tufosquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delasx negona budona lascadadengosa do maridinhouma foda com a professoravídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherestrupa filha e confessa yotubesou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contoschicao corno submisso ao negao 4 conto cornotravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhatransa sexual sogente negras eu gosto porno gratiscontos eroticos gay dei a bunda dentro do cemitériomolequeputoXxvideosVizinha gostosa de shortinhofamilia suruba tufoso corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornocontos de viadinho dr calsinhazoofilia no Congo pesadachantageei e comi minha avo contoVidio,de,yrma,de,quinzeano,bricano de,lutinha,com,yrmaocibele bucetonacontos incesto mae gtsConto erotico: o playboy e o malandrocontos eroticos fudeno a novinha de 17aninhosmulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileirocontos eroticos minha esposa no forroconto erotico gay vaquejada caprelatos eroticos dei minha bundinha e contei tudo a meu maridoContos eroticos entre padre e noviçabonecadopraze2 mulequis regaca a buceta da novinha branquinha tesudacontos eróticos bem depravado de bem picantecontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombarammicroempresa vídeo de pornô das coroas empregadasdoce nanda parte cinco contos eroticosvídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadaprofessora do encino fundamental se masturbano peladaContos eróticos teens pai vendo q a rola do filho estava bem grandinha conto gayquero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindameniina lavano abucta