Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

EVANGÉLICAS: SIMPLESMENTE AS MELHORES!?...(CONTO PARA MULHERES SENSÍVEIS)

Autor: pastor
Categoria: Heterossexual
Data: 30/04/2007 23:36:02
Nota 7.19
Assuntos: Heterossexual

Sara, Sara... Até hoje quando lembro dela meu coração dá aquela disparada básica.

A conheci em outubro de 1998, ela tinha 18 anos e trabalhava em uma loja de Shopping aqui em São Paulo.Aquele sorriso, aquele jeitinho sapeca, aqueles cabelos longos caindo até a cintura... Não resisti, fiquei louco para convidá-la para alguma balada e naquele dia depois de uns 10 minutos de conversa e relutância da parte dela acabei conseguindo seu telefone.

Telefonei diversas vezes, quase todos os dias, sempre convidando para alguma coisa, balada, almoço, jantar, suco, pizza, e depois de muita insistência ela acabou cedendo.

Fomos a uma pizzaria em Moema conversamos muito, ela falou que freqüentava a igreja evangélica desde pequena, que era batizada na adventista, mas que freqüentava muito as protestantes (existe uma diferença entre elas que ela me explicou, porém não entendi muito) enfim, aos poucos fui conquistando a confiança dela, até o ponto de tirá-la daquele local para ir a um “lugar mais sossegado”, ela me havia dito que estava sozinha em casa, pois como trabalhava em Shopping e os pais foram viajar e ela teve que ficar, pois trabalharia no dia seguinte, perguntei se poderíamos ir para a casa dela, mas ela disse que seria complicado devido aos vizinhos.Falei que iríamos para um lugar legal, sossegado.Na hora ela não questionou qual seria esse local, e fui direto a um motel.

- Você é louco? Não vou entrar aí, sou virgem!Você não entendeu nada do que te falei.

Expliquei que entendi, mas a conversa estava maravilhosa, e que gostaria de conversar mais com ela, mas na rua (já passava da meia noite), não era seguro, poderíamos ser assaltados.Lá dentro seria mais seguro.

- Pode confiar que eu vou te respeitar, não vou fazer nada com você, por favor, me de este voto de confiança...

Ela meio desconfiada acabou aceitando.

Pedi na época a suíte mais luxuosa, mesmo ciente que ela não ia entregar os pontos facilmente.Ela ao entrar no quarto ficou maravilhada com a decoração (o amigo leitor pode verificar a suíte no site: guiademoteis.com.br na palavra de busca do site,digite côncavo suíte ASPEN).

- Como é lindo!Nunca imaginei um lugar assim.Olha esta lareira!Olha a piscina!Quem vai perder tempo com piscina?O povo vem aqui por outros motivos não para ficar nadando.

Ah!Foi tudo o que queria ouvir...

- Também acho!- agarrei-a pela cintura, verifiquei que não houve resistência e sem cerimônia comecei a beijá-la carinhosamente.Que beijo gostoso!Ela poderia ser virgem, mas beijava de forma experiente e apaixonante.

Sem parar de beijar, fui lentamente conduzindo minha meiga evangélica até a cama.Durante este “longo percurso” o calor ia aumentando e lentamente baixei o zíper da calça abri o botão, e quando a calça começou a arriar, ela a impediu e sussurou:

- Para, você esta indo longe demais.Não faz isso comigo.

- A calça esta me apertando, me deixe mais à vontade, prometo que vou ficar comportado.

Ao concluir minha frase, segurei delicadamente sua cabeça entre minhas mãos, olhei em seus olhos e finalizei:

- Por favor, prometo!

- Tudo bem, mas vou continuar vestida.

Venci o primeiro obstáculo fiquei apenas de cueca.Meu pau totalmente duro e completamente lubrificado começou a sentir a liberdade!A liberdade de sentir aquele corpo maravilhoso em contato com o fino e sensual vestido que ela usava.Estávamos na primavera, mas o indício do verão ficava evidente a cada dia, e aquele vestido típico da estação mostrou a ela a minha total carência, tesão e submissão a ela.

Tentei de todas as maneiras segurar meu tesão, o que com meus 28 anos era algo difícil de ser alcançado.

Deitados na cama.Os beijos agora tinham mudado de carinhosos para um tesão insuportável.Ela estava por baixo, eu por cima, simplesmente devorando sua bocetinha com meu pau ainda preso pela cueca, parecia um cachorrinho no cio.Ela ainda incomodada e com as pernas fechadas tentava se conter.Meu pau entre suas coxas, roçando freneticamente em sua boceta, tentando furar seu vestido, sua calcinha, minha cueca.Aos poucos comecei a acariciar suas pernas, primeiro pelo vestido, senti que ela cedia... Depois com as mãos acariciava aquela pele sedosa, macia, sensual...

Comecei a subir seu vestido, meu pau ficou um pouco mais livre, começamos a nos esfregar: minha cueca em sua calcinha, meu pau aprisionado pela cueca, sua bocetinha aprisionada pela calcinha...

Ela já com o vestido todo para cima não resistiu, abriu suas pernas e começou um movimento de sobe e desce em que rebolava em meu pau, sentindo toda a extensão de sua boceta.Nem parecia que era uma moça pura devido ao tesão que a contagiou:

- Ai, Ro!Assim!Ai!Ai!Assim, assim!Continua...

O tesão foi aumentando, nossos corpos cada vez mais ardentes grudados um ao outro...

- O que está acontecendo comigo?- Ao questionar isso, ela me segura firme pela cintura, seu corpo arrepia completamente, seus olhos fecham, ela suspira e goza de forma intensa: Seu primeiro orgasmo!Gozamos juntinhos, Inacreditável!

Ficamos quase desfalecidos, um acariciando o outro, ela meus cabelos, eu aquele rostinho lindo, meigo, angelical.Pensei:

- Não acredito!Como ela é especial... – no fundo não tinha caído na real, mas começava ali uma das paixões mais intensas da minha vida.

- Está ficando tarde, amanhã preciso entrar cedo, vamos dormir um pouquinho?

Fiz sim com a cabeça e continuamos deitados até que o sono a dominou e começou a dormir como um bebezinho, eu ainda fiquei admirando sua beleza por mais de uma hora.

Ao amanhecer, toca a campainha do serviço de quarto trazendo o café da manhã que havia programado antes de dormir, e anunciando que aquelas maravilhosas horas juntas estavam expirando.

Neste mesmo dia nos encontramos na saída do seu trabalho e novamente fomos a um motel.Ela agora totalmente confiante na minha pessoa.

Começamos uma outra sessão de beijos ardentes, fiquei de cueca e ela apenas de calcinha foi quando me dei conta que até aquele momento não tinha ainda olhado seus peitos: Simplesmente lindos!Seus biquinhos apontando para o céu, pequenos e firmes, pereciam duas pêras prestes a ser devoradas.E foi o que fiz!Comecei a lamber, lentamente, sem muita voracidade, mas à medida que o tesão aumentava, mais tentava fazer com que ele desaparecesse em minha boca.

A deitei com as pernas abertas na cama e com a calcinha de lado comecei a sentir o gosto maravilhoso de sua bocetinha.Ah!Que delicia!Chupava lentamente e aos poucos comecei a sentir aquele grelinho pedir cada vez mais prazer, pedir para ser devorado!Presenciei aquele cabacinho e contive meus ânimos para que as coisas pudessem fluir naturalmente.Fiquei chupando sua boceta por incontáveis minutos ela morrendo de prazer, meu pau já estava latejando quando comecei a beijar sua barriga, seus peitinhos, seu pescoço, sua boca...

Meu pau!Ah!Lá estava ele, era tudo que ele queria!Ficar frente a frente com sua bocetinha!

- Não estou preparada.

Fiquei com meu pau encaixado na entrada, louco para ser agasalhado:

- Relaxa, tudo bem!Quero te fazer gozar diferente.

Comecei a masturbá-la com meu pau, simulava uma penetração, ficava com a cabecinha roçando em sua portinha, em seu grelinho, sentia que seria questão de tempo para ter meu pau agasalhado por ela:

- Você é linda, que tesão!Sente ele, sente!- Como na noite anterior, ela começou a subir e descer e a rebolar freneticamente, coloquei meu saco abaixo da entrada de sua boceta, fazendo com que ela pudesse brincar com toda a extensão do meu pau, até que começou novamente, parecia a cena da noite anterior, ela começou a ficar arrepiada, gemia, se movia como uma louca... Gozamos juntos novamente!

Depois desta segunda vez ficamos juntos com mais freqüência, quando dava, no intervalo do trabalho dela ficávamos dentro do carro nos beijando, acariciando, sentindo sua boceta em meu pau.

E assim foi, dois meses se passaram até seu aniversário de 19 anos em dezembro.

Comprei uma gargantilha em ouro branco, passei em uma loja de lingerie e comprei uma camisola branca quase transparente, bem curtinha.

Liguei logo cedo para ela, dei meus parabéns e disse que nesta noite ela teria uma surpresa.

Aquele foi o dia mais longo da minha vida!Dava 7 da noite e não dava 6 da tarde, que seria a hora de pegá-la em seu trabalho.

Ela estava ansiosa pela surpresa que tinha preparado para ela naquele dia, as coisas estavam guardadas no porta-malas do carro, fomos novamente ao motel da nossa primeira noite, e menti dizendo que esta era a surpresa que havia preparado.Ela simplesmente amou!

- Adorei, Ro, foi aqui que conhecia a pessoa mais especial que passou na minha vida, você não existe! – mal sabia ela que tinha mais duas surpresas para ela.

Como havia trabalhado o dia inteiro, e como era de costume ela foi tomar um banho, e pediu para que eu a acompanhasse, ela adorava nossas brincadeirinhas no banho, falei para ir à frente, pois ia ligar na recepção para pedir um balde de gelo para colocar a chandon que havia trazido.Liguei, corri até o carro, peguei os presentes, coloquei em cima da cama e foi até o banho.Ficamos lá, brincamos bastante, mas estava ansioso para que ela pudesse ver a surpresa preparada, e ainda mais louco para vê-la vestida com aquela camisola.

Quando ela viu os presentes, parecia uma criança ao ganhar seu primeiro vídeo game, me abraçou, pediu para que eu a ajudasse a abrir.

- Qual eu abro primeiro? – sugeri que abrisse primeiro o pacote grande, e foi o que ela fez.

- É linda! – seus olhos brilhavam.

- Veste!Deixa ver como ficou.

Tive um bom gosto impressionante.Nunca fui muito feliz em comprar roupas femininas, mas aquela, eu fui simplesmente perfeito!

Ao abrir o pacote menor, lá estava ela!A sua primeira jóia!Algumas lágrimas saíram tamanha a emoção, quase sem fala ela confessa:

- Eu nunca havia ganhado uma jóia...

Limpei com os polegares aquele sinal de emoção, e dei um beijo carinhoso.

- Me ajude a colocar!

Aquela imagem ficou gravada até hoje em minha mente.Como ela estava linda!Aquele corpo moreno jambo em contraste com a transparência da camisola, aquele sorriso encantador em contraste com a gargantilha... Gostaria de ter fotografado aquele momento.Não resisti à imagem comecei a beijar sua boca, nossos corpos grudados um ao outro, o tesão quase incontrolável, aquela imagem inicial...

Deitamos na cama, meu pau latejando começou a brincar com sua boceta, o tecido sob seu corpo estava me deixando mais excitado do que de costume, comecei a simular um movimento de penetração, colocando a cabecinha do pau na entrada e empurrando levemente, sem a intenção de penetrá-la, o tesão foi ficando cada vez maior, ela com o pau em volta da sua mão e eu fazendo um movimento de vai e vem na porta de sua boceta, até que ela me surpreende e pede:

- Quero você dentro de mim!Quero ser sua!Coloca ele, vem!Quero sentir você, quero ser sua mulher, vem meu amor...

Aos poucos com muita paciência, meu pau foi entrando.Foi invadindo aquela gruta quente, apertada e inexplorada, e assim ficamos por um bom tempo, quase sem movimento, sentindo aquela bocetinha abrigar tão carinhosamente meu pau, até que ela pudesse se acostumar com ele, ficamos ali, quase imóveis.Até que aos poucos ela foi se acostumando e assim começamos um movimento inexplicável de tesão culminando com mais uma bela gozada mútua.

Ficamos namorando por 6 meses, mas na época eu era casado, e o sonho dela seria ir morar nos Estados Unidos. Ela sofria muito com aquela situação, foi quando ela anunciou sua decisão já com passagem comprada. Aquele dia foi algo realmente muito triste para nós, porém ela precisava realizar seus sonhos e não seria eu que a impediria.

Conversamos muito nos 3 primeiros meses, até que ela conheceu um “irmão americano” de uma igreja que ela estava freqüentando.Senti no começo que era tudo que ela queria para poder fixar moradia lá, mas aos poucos acabou havendo uma boa afinidade entre eles a ponto de em menos de 4 meses estarem casados.O tempo, a distancia e o casamento foi implacável e acabaram nos distanciando bastante, hoje ela está casada com esta pessoa, porém nossa amizade ainda existe e sempre há de existir.

Você evangélica ou não, mesmo sendo virgem, mas que gostaria de sigilo e em apimentar um pouco sua vida sexual, brincar gostoso, sem abrir mão de sua pureza me escreva e passe seu telefone:

[email protected]

Comentários

07/02/2009 19:45:08
bom
04/11/2008 15:20:40
Louca por casados, tbm quero te conhecer... me add no msn - [email protected] ah! sou casado... rsrs
10/09/2008 19:25:32
Quero te conhecer....
23/05/2007 22:16:48
Alguém pode me explicar que porra é isso????
20/05/2007 08:54:46
meu amigo, vou canoniza-lo, voce nao é pastor, é um santo
13/05/2007 15:39:07
Pastor na humildade, as mulheres todas elas deveriam ser tratadas dessa maneira, bons modos, também gosto de agrada-las com educação carinho acima de tudo carinho independente da condição atual da vida pessoal, isso me satisfeito e isso que importa, parabéns Véio, um abraço
06/05/2007 23:02:00
KEKASUD, falando em altruísmo..., meu e-mail está no finalzinho do conto, me escreva!Sou de São Paulo-capital. Beijão.
06/05/2007 22:59:44
Tikomo, Keka, Tchê, valeu!Fico feliz pelos elogios, realmente, paciência, carinho e altruísmo são grandes virtudes que devemos cultivar sempre.
06/05/2007 14:00:00
Excelente conto, se muitos dos que criticam fossem assim, algumas mulheres nao andariam carentes.
06/05/2007 10:59:14
OLA PASTOR..RSRSR GOSTEI MUITO DO CONTO NOTA 10...MUITO BOM MESMO, EU DIGO ISSO PORQUE SOU EVANGELICA E VIRGEM E REALMENTE A MAIORIA SÃO UNS GROSSOS QUE SÓ QUE SABER DE SE SATISFAZER...NÃO QUERO SER REPETITIVA MAIS ADOREEEEEEIIII.....
04/05/2007 13:46:00
Tá aí!!! Nota 10 para o conto. Pela paciência e pelo carinho com que tratou a jovem. Mulher merece carinho. Esse negócio de homem que trepa, goza e pula fora... CARINHO É TUDO!!!!
02/05/2007 15:14:08
Boa tarde, Lais.Fiquei curioso com seu comentário, me explique o porque no e-mail que passei no final deste conto, talvez possa ajudá-la. Obrigado por ter gostado do conto, leo17cm.
02/05/2007 14:59:45
Eta pastorzinho mais putanheiro, ainda por cima putanheiro apaixonado.Quer dizer que além de putanheiro tu foi corno?Como citado pelo colega metalium: a parada foi punk.Ah, passa o endereço da sua igreja pois quero conhecer suas irmãzinhas de fé...
02/05/2007 14:57:14
Infelizmente por motivos pessoais fiquei sem palavras para comentar o conto...
02/05/2007 14:15:03
Boa tarde Kat.Bem observado, inclusive dedveria ser mais detalhista neste sentido, pois já naquela época as coisas não estavam indo legal em nosso relacionamento, tanto é o fato que por muitas e muitas vezes tanto eu como ela (direitos iguais) dava-mos nossos "perdidos", porém como nosoos filhos eram pequenos, e não abrimos mão de criá-los ao lado do pai e da mãe, independentemente do quão terrível estivesse nosso relacionamento.Era uma "chifração" mútua.
Kat
02/05/2007 00:55:32
O conto é legal, excitante, mas as noites que vc passou no motel co ela, e sua mulher?
01/05/2007 21:01:52
AGRADEÇO ÀS CRITICAS E ELOGIOS DOS COLEGAS. UM ABRAÇÃO A TODOS!
Ysa
01/05/2007 20:46:52
Lindo seu conto, não ligue para os invejosos de plantão.
01/05/2007 17:32:11
Foi punk, irmão!!!!
01/05/2007 17:21:23
Pastorzinho, meu querido, não ligue para esses homens insensíveis, como já dito pela Saradona, homens como você esão cada vez mais difíceis. Nota 10 e estou te enviando um e-mail para visitar sua igreja, kkkk, beijão.
01/05/2007 13:00:14
gostei, foi bom até, mas o final podia ser melhor, abraços
01/05/2007 00:00:51
Amei seu conto,pastor.É 10! Fico triste lembrando da merda que foi quando meu namorado tirou minha virgindade.Foi foda, quase mudo de time.Faltou amor, faltou tezão, faltou consideração. Parabéns.Homens como você são difíceis hoje em dia.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ver videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupaFilme potnou com muljetestio tarado passa a mao na sobrinha ninfeta que nao resiste e fodehomens metalirgico cacetudpsDesabafo real de uma mae contos ero cap,IXcontos de mulher que da a buceta para mendingo chupar comer mamarXvideos.comcontoscornovideo porno lanbidas na boceta noivas e incestovideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidoconto erotico bacanal bucetaNegrao fundeno com outro negraomulhe trazando com dois hemTHeo eTonnyconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçavídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeosbonecas enchendo o cu da mariconaflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contoscontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundaporno com históriassao paulome fode seu desgraçadotezãozinho fodendosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaopai tem pauzao descomunnal e soca tudo no cusiho da filha gostozinhapornodoido dia de sol chostinhos curtosvidios d senhora com corpo gostoso e seios parados e arebitadosse voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexasó os conjuntos regassado metendo gozando na bunda mais bonitavirei puta do meu irmãocasadas fudendo dentro de Casa com parentesEnrabado por uma tgirl contosContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancaso pau do meu marido grande23cm e toda hr que fazer sexovideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delecache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho ainnn amor sexoarombei minha mae contos eroticos pornocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhomadrasta brasileira faz vídeo dando a b******** para o enterro de sua filhinha junto em casaliteralmente engatada com dogcontos eroticos com tamanco salto altoabusada cruelmente por um negro roludo pornotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabocorno dopado meio sonolento vendo mulher fudendo com quatro machos e sorrindogarotas punhetando incesto onlineDhcs xvideosDesabafo de uma mae cap XInovinha sendo agarrado com outra garrafa com cachorro na xícara XVídeoscontos eróticos de um****** velho metendo a rola na menina nova com padrinho pai e filhosurpresa+no+banheiro+pornoso mininhas top bem novas com vibrado bucetas fotosela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delamulhe pelada putona do cuzao e budona so de vistido ruivacontos eroticos o carroceiro e as enteadascontos eróticos estava dormindo com meu marido e encerro minha buceta de porrapauzao para meu marido e eu, exibidanegona dizendo no cu naoContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudoconto esposa do pastor tranzou com molekmae belisca querendo chupa buceta da filhacontos eróticos com foto meu bancario sarado e bem dotado fatima encarando um caralhaorelato abuso comeu meu cuConto erotico fui cagar na moitaconto casada novinha e comida pelo traficante pausudo a forcacontos eroticos cheia de pentelhos horriveiscontos pornos cuidei de mamaeconto erotico transei com o irmao do meu esposotitia batendo punheta sobrinho rola cabeçudasexo com coroa ruiva baixinha gostosa peituda de buceta bem peluda fidendo xom bem dotadopalavroespornobrasileirasBaix porno emprensando na parede