Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu pai me fez mulher

Autor: Mariana
Categoria: Heterossexual
Data: 01/06/2007 14:11:12
Nota 9.04
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (36) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Pensei muito até ter coragem de escrever este conto, por ser uma história verídica acho que muitos vão me julgar uma mulher sem escrúpulos. Mas achei aqui a melhor forma de registrar parte da minha vida com meu pai, e quem sabe daqui alguns anos eu acesse esse site e ainda encontre-o para relembrar de tudo o que se passou . Estou com 22 anos e daqui alguns dias vou-me casar. Acabo de chegar da casa de meu pai onde tivemos uma conversa decisiva sobre o rumo de nossas vidas. Meu nome é Mariana (falso), tudo começou quando eu tinha 17 anos incompletos. Sempre fui uma menina bonita, eu própria admirava meu corpo em frente ao espelho: morena, cabelos longos, seios médios e firmes, cintura fina, bunda redondinha e coxas perfeitas. Na rua, desde moleques até velhos gagas mexiam comigo quando passava, recebia elogios e cantadas de todas as maneiras. Namorei (fiquei) com alguns meninos do colégio, adorava beijar na boca, sentia quando os meninos ficavam excitados (pau duro), mas só permitia alguns amassos, quando tentavam algo mais eu pulava fora, confesso que ficava com a perereca molhadinha e com vontade de sentir como era uma pica mas tinha medo de ficar falada numa cidade pequena onde todos conheciam todos, chegava em casa e tocava uma siririca . Meus pais se separaram quando tinha 15 anos. Meu pai; sem exagero, lembrava um pouco o Luciano Safir (da Xuxa): moreno, alto, lindíssimo. Ele sempre teve um carinho especial comigo, mesmo depois da separação mantínhamos contado, às vezes dormia na sua casa. Até que eu de férias no colégio (já com 17 anos incompletos) meu pai dizendo que ia até minas visitar seu pai (meu avô), perguntou-me se gostaria de ir com ele. Eu que a muito tempo não sabia o que era dar um passeio e também sentindo saudades do meu avô que já não via a uns 2 anos topei na hora. Com o consentimento de minha mãe, um dia antes (sábado) fui pra casa do meu pai. Enquanto ele arrumava sua mala, fiquei no seu quarto lendo uma revista, 9 horas da noite ansiosa pra chegar o dia seguinte resolvi ir pro meu quarto dormir. Acordei 6 horas da manhã achando que meu pai já estava de pé, fui até o seu quarto e a porta estava somente encostada, empurrei e enfiei somente o rosto. Ele estava dormindo com o abajur acesso, a visão que eu tive foi realmente curiosa, ele estava totalmente pelado com a bunda virada pra porta . Tirei rapidamente o rosto mas a curiosidade foi maior, olhei novamente e percebi que ele estava dormindo pois escutei ele ressonar, entrei e fui sorrateiramente até a beirada da cama com a intenção de apreciar melhor. Com a ajuda da luz do abajur tive a visão do órgão masculino que tanto tinha curiosidade de ver, ele estava com uma perna esticada e sobre a coxa da outra perna dobrada repousava seu pênis, fiquei por alguns segundos olhando aquela lingüiça mole que tinha +- uns 15 cms (maravilhoso). Senti um arrepio percorrer todo meu corpo, a minha vontade era de chegar mais perto, mas o medo me fez pegar minha revista que estava num canto sobre a cama e sair, minha vagina ficou bem úmida. Quando ele acordou eu estava já pronta sentada na sala lendo minha revista. Após algumas horas do início da viagem de carro (que duraria umas 5 ou 6 horas), peguei novamente minha revista e fiquei folheando, foi quando de repente ele me perguntou que horas eu tinha entrado no seu quarto pra pegar aquela revista. Senti que meu rosto ficou vermelho, titubeei mas acabei dizendo a verdade (6 horas da manhã), ele novamente me perguntou se eu tinha visto ele nú, com o rosto em brasa sacudi a cabeça afirmativamente, outra pergunta mais direta que quase pulei do carro em movimento; se eu tinha visto seu instrumento, engoli em seco e novamente afirmei somente com a cabeça, ele percebendo meu constrangimento riu e disse.: - Minha princesa!... não precisa ficar com vergonha do papai!, a culpa foi minha de ter esquecido de trancar a porta... você já é bem crescidinha, teve ter noção de um homem pelado, né???... Respirei fundo e sem pensar falei.: - Não tenho não, eu nunca tinha visto um adulto pelado antes!.... Ele estranhou de ter sido a minha primeira vez e me perguntou o que eu tinha achado. Aliviada por ele não ter ficado zangado comigo respondi que achei muito bonito. Ele soltou uma gargalhada e continuamos a viagem bem mais descontraídos, ele falou tinha acostumado de só dormir sem roupa, inclusive até quando estava frio ele só usava lençol e cobertor. Chegamos na casa do meu avô, depois de algumas horas de conversa jantamos. Quando chegou a hora de dormirmos surgiu um impasse. Na casa só tinha dois quartos (os dois com cama de casal), um era do meu avô, no outro meu pai sugeriu de eu dormir que ele dormiria no sofá da sala. Só que o sofá era pequeno pro meu pai, longe do meu avô eu falei pro meu pai pra deixar eu dormir no sofá e ele no quarto já que ele só dormia pelado. : - É filha!... você tem razão.... mas eu acho que o sofá é muito desconfortável até pra você.... Pra acabar com aquele lero lero, sugeri.: - Porque então a gente não dorme juntos no quarto???.... prometo virar pro canto e não olhar pro seu lado.... Ele riu e falou.: - Você acha que vou ter coragem de dormir pelado na mesma cama com a minha filha?.... Eu pressentindo aquela possibilidade.:- Ué pai!, agora é você que vai ter vergonha de mim?... Acho que o instinto do animal homem baixou no meu pai. : - Então tá filha!.... se você não se importa!!!!!.... Vesti minha camisola e entrei debaixo do lençol, não demorou meu pai entrou e trancou a porta, eu virei pro canto e com o ouvido atento percebi quando ele se despiu e se enfiou também debaixo do lençol. Ele tinha a mania de ler um pouco antes de dormir e deixou somente o abajur ligado. Meu coração batia forte, não conseguia dormir... fingi dormir e depois de algum tempo virei pro seu lado e coloquei meu braço sobre seu peito, ele continuou lendo segurando o livro com uma mão e com a outra foi fazendo cafuné na minha cabeça. Aquele toque estava me deixando com vontade de sentir mais de perto o calor do corpo do meu paizinho, dei um jeito e coloquei a cabeça sobre seu peito, senti seu coração acelerado.: - Filha, você não ta conseguindo dormir?... : - Não sei pai, acho que estou estranhando a cama.... Ele disse pra eu virar pro canto que ia desligar o abajur pra ver se eu conseguia dormir. Virei e pedi se ele podia me abraçar... ele me abraçou encostando somente seu peito nas minhas costas, a parte debaixo ele procurou deixar um pouco afastada de mim. Esperei um pouco e cheguei minha bunda pra trás; ele não se afastou, pelo contrário, me abraçou mais forte, senti seu pênis duro encostando nas minhas pernas, puxei minha camisola um pouco e movimentei a perna até seu membro ficar entre minhas coxas. Apertei as coxas e senti seu pau latejando... senti também ele movimentando bem lentamente pra frente e pra trás. Quando eu estava quase levando a mão pra segurar aquela vara dura ele levantou, vestiu uma bermuda e saiu do quarto. Aproveitei que a minha buceta estava encharcada e toquei uma siririca até gozar. Acho que quando ele voltou eu já estava dormindo. No dia seguinte ficamos o dia inteiro fora só voltando à noitinha. Tomei um banho e fui pro quarto, fiquei acordada ansiosa esperando meu papai. Ele entrou, trancou o quarto e sem esperar eu virar pro canto foi simplesmente se despindo na minha frente como aquilo fosse a coisa mais normal do mundo. Fiquei de olhos estatelados quando ele abaixou as calças e pude ver seu pênis a poucos metros de mim. Ele sentou nu na beira da cama... vi seu membro crescendo aos poucos até ficar enorme. : - Ta tudo bem filha???... hoje está fazendo muito calor, né?... você não tem vontade de dormir também sem roupa???...: - Euuuuu pai???... ficar pelada também?... : - É filha, pra gente dormir mais a vontade.... prometo dormir bem abraçadinho com você..... Senti que meu pai estava com muito tesão, sentado sua pica estava praticamente apontando pro teto de tão dura. Eufórica pedi pra ele virar o rosto e me despi em poucos segundos me cobrindo até o pescoço com o lençol. Ele se enfiou debaixo da coberta e logo me puxou com o braço fazendo meus peitinhos encostar em seu corpo, confesso que fiquei nervosa tentando adivinhar até onde ia chegar. Ele acariciou minhas costas percorrendo sua mão até chegar na minha bundinha, apalpou minhas nádegas e depois encostou o dedo na minha pompinha. Foi como se ele tivesse encostado um fio elétrico, meu corpo inteiro levou um choque, ele segurou minha mãozinha e levou-a até seu cacete, segurei e senti toda sua virilidade naquele mastro grosso e enorme, ele então sussurrou em meu ouvido. : - A minha princesa ta gostando do carinho do papai?... Respondi que estava adorando. Ele movimentando o dedo levemente na minha bucetinha, perguntou.: - Você quer brincar de namorar com o papai???.... Novamente disse que queria. Ele retirou o lençol me deixando totalmente exposta, papai segurou os dois biquinhos do meu peito e movimentando-os em pequenos giros me beijou forçando sua língua até tê-la enfiada dentro da minha boca. Por alguns segundos perdi até o fôlego, ele largou minha boca e abocanhou meu peito, chupou, lambeu e foi descendo com a língua até chegar na minha xoxota. Quando ele lambeu minha carne senti uma sensação indescritível.... rapidamente veio o meu primeiro orgasmo. Papai continuou a lamber, chupar e a tentar enfiar a língua no meu buraquinho, novamente gozei na sua boca. Ele me colocou de bruços e massageou, beijou e mordiscou minha bunda, dizendo.: - Oh filhinha!... se você não fosse virgem papai ia meter na sua bucetinha... : - Você pode fazer o que quiser comigo papai, eu deixo!.... Ele dizendo que não podia fazer aquilo comigo, me pediu pra brincar com o seu pinto. Ele ajoelhado ao meu lado sobre a cama chegou bem perto de mim aquele monumento duro, tinha uma cabeça grande e vermelha. Ele pediu pra eu segurar e dar uns beijinhos nele... tive que segurar com as duas mãos.... depois ele pediu pra passar a língua como se fosse um pirulito, meu pai dava gemidos como um lobo uivando, ele pegou sua bermuda e pediu pra ficar movimentando minha mão; aprendi a tocar uma punheta, logo seu pinto soltou aquela gosma branca e ele aparou com a bermuda. Conseguimos dormir somente de madrugada, pois meu pai ainda me fez vários carinhos me levando até às nuvens. Passamos mais uma noite na casa do meu avô, no dia seguinte iniciamos uma nova viagem, só que não voltamos pra casa, meu pai seguiu até a cidade de Ouro Preto e alugou um quarto num belíssimo hotel. Passeamos pela cidade visitando várias igrejas, quando chegou a noite no quarto meu pai me chamou pra tomarmos banho juntos, lá ele me beijou, me lambeu, bolinou minha bucetinha e minha bundinha me deixando com um tesão enorme, acabei pedindo pra ele me fazer mulher naquela noite. Ele me levou pra cama e chupou bastante minha xoxota, me fez chupar seu pinto e molhá-lo bastante com meu cuspe.... me fez deitar com minha bunda apoiada sobre o travesseiro, ele estava me preparando para o abate. Carinhosamente ele levantou minhas duas pernas colocando-as sobre seu ombro e encostou sua vara na minha pombinha virgem... forçou um pouco fazendo os lábios vaginais envolver aquela cabeçorra, ali previ que não ia ser fácil agüentar aquela vara enorme dentro de mim. Papai dizendo que me amava muito, que eu era sua princesinha e coisa e tal, deu uma socada fazendo seu pau me penetrar alguns centímetros, senti alguma coisa rasgar dentro de mim, soltei um berro que ele teve que abafar com sua mão... tinha acabado de arrancar meu cabaço. Foi uma dor terrível, meu pai ficou por vários minutos parado olhando pro meu rosto contraído em uma careta... depois de minha buceta latejar bastante soltando um líquido quente a dor foi diminuindo. Meu pai foi enfiando bem devagar até encostar os pentelhos na minha barriga... : - Pronto filhinha, papai já enfiou todinho na sua bucetinha... o que você ta sentindo?... ta gostando???... : - Ta doendo um pouco, mas to me sentindo a filha mais feliz do mundo sendo transformada em mulher pelo meu paizinho.... Aí meu pai começou a puxar seu pau pra fora e tornar a enfiar cada vez mais rápido. Parecia que alguma coisa gostosa foi crescendo dentro da minha barriga até explodir num gozo alucinante. Ele continuou a socar... socar.... socar seu cacete na minha bucetinha até me fazer gozar pela segunda vez, em seguida foi a vez dele.: - Ohhhhhh! .... vou.... vou goooozaaarrrrrrrrrrrr.... Falou tirando seu pinto rapidamente de dentro de mim apontando pra minha barriga que recebeu toda aquela porra. Ficamos na cidade por mais três dias, quando retornamos pra casa minha buceta tava toda sapecada e ardida de tanto trepar com meu paizinho. Continuei a freqüentar a casa de papai onde ele passou a me comer por todos os meus buracos: Boca, buceta e até meu cuzinho. Depois de dois anos arrumei um namorado, a gente transava gostoso, mas com ele eu era mais moderada, somente com meu paizinho continuei a fazer cabelo, barba e bigode. Como eu disse no início do conto, fiquei noiva e marcamos o casamento. Numa conversa com meu pai, decidimos terminar com nossos encontros pra poder me dedicar totalmente ao meu futuro marido. Passei o dia inteiro na casa do meu pai pra fazermos nossa despedida sexual, fizemos toda sacanagem possível e imaginável. Iniciei a digitação desse conto com a minha buceta e meu cu arregaçados de tanto ser comidos.... Beijos para todos.

Comentários

22/06/2016 15:45:19
75% do conto é bom
27/03/2016 22:30:04
Gostosa
17/05/2014 21:53:46
Bom, muito bom. Mesmo depois de casada você deve continuar trepando com seu pai. Faça isso e escreva contando
24/02/2014 03:39:16
Adoro uma boa história de incesto, qualquer dia vou escrever uma também.
17/11/2013 03:13:13
BELEZURA DE CONTO!! GOSTEI!! JA PRATIKEI MINHA BOA AÇÃO HOJE.. NOTA 10 TENHO UM CONTO.. [email protected]
mes
19/05/2012 09:16:26
Olha eu adorei, e digo se vc não esta fim de ler estas coisas oq esta fazendo aqui?, sou casada e infeliz não tenho uma pica de verdade, mulher que esta na minha situação me add ok ( [email protected] )
mes
19/05/2012 09:14:25
olha eu adorei, e digo se vc não esta fim de ler esta coisas oq esta fazendo aqui, sou casada e infeliz não tenho uma pica de verdade, mulher que esta na minha situação me add ok ( [email protected] )
mes
19/05/2012 09:12:37
14/04/2012 20:10:24
Nossa fiquei com tesão da porra, muito bopm esse conto, nota 1000
16/11/2011 22:28:01
que delicia heein "Mariana" ? queria eeu ter um pai assim .. rs mais ao invés de meu pai, quem me pega as vezes é meu padrasto, ele é uma delicinha (6' [email protected]
14/05/2009 20:46:16
Que puta conto! Me deixou totalmente inundada! Bom de mais!!!!!! Um dos melhores que já li! Pena que acabou o relacionamento com o papai, mas talvez seja melhor assim. Escreva mais se puder, até.
02/05/2009 17:32:06
Adorei seu conto! Bjos!!!
hb
29/08/2007 14:31:34
ae gata eu conto fui muito bom pegar meu e-mail e msn ai ta bom msn [email protected] [email protected] ae gata me add ta bom
26/07/2007 16:15:11
Adorei vc e seu conto! Não liga pra esse pessoal q está te criticando não tá??? vc é demais!!! Se quiser me contactar: [email protected]
21/06/2007 16:57:59
Sua imaginação é muito fértil!! Nota dez pra vc> Como vc já tem um pai maravilhoso, deixa eu ser teu padrasto? vou adorar fazer carinho em vc!! bjs Entra em contato: [email protected]
10/06/2007 21:06:57
Parabéns pelo conto. nota 10
08/06/2007 10:54:55
de pleno acordo com a sapeca86. O siet do Vaticano é o mais apropriado para algusn que vem aqui pregar moral de cuecas/calcinhas. Aquei é para PUTARIA MESMO. Nunca dei para o meu pai e nem sinto tesão também, mas se alguem sente e quer dar, DÊ. E bom proveito, que pica boa não foi feita para desperdisar.
07/06/2007 13:38:06
Adorei o conto...fique c meu grlinho inchado de prazer e a xana td meladinha... Sinceramente não sinto tesão por meu pai e tb não teria coragem de fz o mesmo por alguns valores incutidos no meio da minha tragetoria.Porém, concordo cm tds aqueles que mandaram os moralistas tomarem no cú!E aviso: este site é impróprio p frigidas, moralistas, beatas e santos; procurem sites que tragam um conteudo moral,pois aqui é o lugar p desabafar td aquilo que nos dá muuuuuuuuuito tesão e é condenado por tds. De perto ninguem é normal!E cada um tem suas fantasis. AQUI NÃO CABE,NESTE SITE(casa dos contos ERÓTICOS,p aqueles que esqueceram deste detalhe!), CRÍTICAS DE MORALISTAS DE PLANTÃO!!!! aDOREI O CONTO!!!PARABÉNS!!!!
06/06/2007 19:06:05
isso que e pai tem que comer si suas filhas gostosas
06/06/2007 16:26:44
Otimo conto
06/06/2007 11:52:28
adorei seu conto princesa
06/06/2007 08:13:19
Não sei qual a sensação do pai ou da filha nessa situação. Mas se não sentiram problemas psicológicos, se curtiram a coisa...
06/06/2007 00:23:40
horivel sem moral algunha vc teria a mulher que vc quiserse menos sua filha monstro!!!
05/06/2007 00:29:52
Tati, você tem toda razão quando diz que "tem gente que entra no site errado... deviam entrar no site do Vaticano, mas caem no de putaria, e queriam o que?". Quem não quer ler sacanagem, vá procurar o site da IURD ou qualquer outra besteira parecida... Esse Dom Juan de Marco deveria enfiar uma vela de sete dia no cu e assoviar o Hino Nacional (Virundum) de trás pra frente.
04/06/2007 18:33:08
foi muito gostoso... tou toda meladinha....
04/06/2007 14:09:44
legal seu conto, gostei bastante, eu sou tio e pai, e ja fiz isso com as duas, foi duro segurar o tesao, nas se inexperientesinhabobinha estiver com problema, conte comigo que certamente poderei ajuda-la, experiencia eu tenho e sei como fazer.
04/06/2007 13:28:46
Tem gente que entra no site errado... deviam entrar no site do Vaticano,mas caem no de putaria, e queriam o que? Comentários à Bíblia? isso é no do Vaticano, gente, aqui é putaria mesmo.
ari
02/06/2007 21:15:15
muito bom como conto...nota 10...mais na vida não sei o que faz a cabeça de uma menina ser deflorada pelo pai...tomara que não seja nada devastador...
02/06/2007 18:22:44
É difícil ler trechos de comentários de moralistas de plantão, isso é um site de contos eróticos, pornográficos, quem plantou a bananeira que coma a primeira banana, cada um sabe de seus valores, nossos filhos e filhas são sagrados e as filhas dos outros? Elas também têm pais e também são comidas, por eles ou por nós, é a lei do "come come", mas não esqueçam, ISSO SÃO CONTOS, deixem o julgamento pra quem de direito. Um puta conto, quase gozei...
02/06/2007 04:37:53
Faço das palavras da "InexperientezinhaBobinha" as minhas,analisando melhor os fatos..uma relação doentia entre pai e filha é saudavel? O pouco convivio social e a carência afetiva, geralmente são fatores determinantes para essas adversidades da vida. Maiores informações [email protected] "O psicologo de putas" Tati maionese estou te esperando para a consulta!!
02/06/2007 03:03:30
Atingiu o seu objetivo...excitar. Muito bom
01/06/2007 18:39:22
o conto em si é muito bom, excitante, acabei de voltar do banheiro, tive que bater uma, mas quando passa o tesão, vem a angustia, po qual o pai que faria isso com um filho ou filha? sou pai e meu filho é a coisa mais preciosa do mundo.a natureza do homem realmente é podre.
01/06/2007 18:17:49
Olha o que mais acho interessante nos contos é a maneira como tudo acontece. Duro é ficar ouvindo os moralistas de plantão. Vão pra igreja aqui é lugar de historia de sexo. valeu o conto Muito bom. Manda os Moralistas para outro site deve ter um que caiba eles, valeu mesmo a historia. ja conteceu não ha o que mudar. So te cuida.
01/06/2007 17:32:06
Putz, meu! Isso foi demais. Mas eu acho que você não vai conseguir parar mais não. Agora você já virou puta e o seu pai nunca deve ter prestado na vida. Mas foi um tezão esse conto. Preciso dar um jeito de perder esse cabacinho de uma vez por todas, mas não com o meu pai, claro. Acho que eu não conseguiria ser tão vagabunda assim. Tenho pena desse seu noivo! Ele não sabe a merda de família em que está se metendo. Mas para ele você se finge de santa, não é? E se um dia ele descobrir essa putaria toda, será que ele te mata? Eu acho que devia porque pior do que você continuar a ser a puta do seu pai, que é o que vai acontecer, é você também querer ser uma mulher casada e feliz, enganando esse pobre coitado. O dia que você tiver um filho, provavelmente vai ser do seu pai, pois aí já terá um corno para assumir e vocês terão perdido o medo.
01/06/2007 16:42:02
Excelente conto... parabéns. Deu tesão, e é isso que importa. Continua...
01/06/2007 15:16:24
bela iniciação sexual ein?vou te contar um segredo eu acho que voce e a filha que todo o pai ciumento pediu!!!parabens otimo conto, mexe com os nossos instintos de homen primitivo!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


esposas q 25cm de picameu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesnovinha gostosa tira roupa oro cunhadosou casada mais quem mim fode gostoso e patinhocunhadinha novinha chupa meu pau escondido da irma xvideos assisti agorabucetuda xoxota acucaradaconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeucomo você gosta de dar o cú ao trasex devagazinho bem gostoso ou no arranca tudo vidiochupando a buseta defentevídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhovideos porno de casadas que escreve na bunda corno felis e fodi muntocachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiafernanda puro desejo gamg bang contosencoxadamulhercrentefilme de zoofilia sofia nozo eterradocoletanea dechupada no pau ate goza aboca cheia de porraMinha tia fez boquete pra mim relatogay sexo no meio do mato novinho transando com 5 homens no Mato levando pica no c* no mato na favela e Leo apartamento pela primeira vez na beira do marchupar buceta com estalos esposinha evangelicaengolindo porta no ônibus na viagemninfomaníaca viciada em zoofiliacontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciaaa cabasso fodedoraContos meninas dez perde cabaço pro papaias baianas mais bucetudasconto de comendo cuEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortiapaixonado por um hetero cap 15porno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencougay bebezão putãoXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saistirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoFotos de picas alargadoras de cu de gayscontos eróticos meu namorado me amarroue vendou e chamo os amigoscontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paifotos de bucetas beiçudas pono doidoXVídeos gay com truculênciacontos incestuosos papai. trepando com filha casada e genro olhandocache:I48cfGGC7vMJ:gtavicity.ru/texto/201612711 x videos. Voyer . Sexo. poe so a cabecinha senao eu gozofilme pornô rasgando a vacina novinhaloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porralactofilia com leite materno fetichecontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cuhistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercontos lesbicos com buceta greluda encaixada na outra at gozar gostososexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadacontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudomulher passa margarina no cu da amigavirgem mulher (casas dos contos de transformaçãotorei um garotinho virgemretribuindo o favor para a mae passando gel no seu cu contos eroticoshome filma mulhe no oinibocrossdress historia betinha 25estorei a travesti safada contoMe arrumei para meter com.outro e o corno sabendomartinha safadinhabaiano chupando clitori e falando besteirasxvideos paacas.com.peporno zoo mulher presa no canino fodida toda noite xvideosconto gay "macho entendeu"pegei minha tia no banho buseta carnudaeu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdovideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchãofudi ela e o namorado delaconto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadamaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiinovinho roncano cabaco da novinhacontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho deleminha irma e casada mais e putaporno contos alberto comeu minha mulhercorno manso otario contosVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).video de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delevideos de porno cazeiros no mato no riu em todo cantovídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****contos eroticos dei a bundinha por balasvodioporno de meninas que nao guento pau no cu.e bero