Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu vigia inesquecível

Autor: Sofia
Categoria: Heterossexual
Data: 27/06/2007 05:15:44
Nota 8.18
Assuntos: Heterossexual

Oi gente, meu nome é Sofia, hoje tenho 31 anos, sou casada e mãe dois meninos.

O que quero contar pra vcs é uma história que guardo só pra mim(nunca contei pra ninguém) há muito tempo.

Sou de Curitiba, o que contar aconteceu quando eu tinhaanos por isso vou me descrever como eu era na época.

Era uma típica lourinha do sul do país, meus pais são descendentes de alemães, tinha os cabelos louros e lisos, a altura dos ombros. Peitos já bem grandes pra idade, era magra, mas já estava ganhando formas de mulher, e era bem curiosa em relação ao sexo

Moravámos num prédio de classe média, num bom bairro de Curitiba, meu pai era médico e minha mãe era socióloga.

Arranjei meu primeiro namoradinho quando eu tinha 14 anos, foi com ele que dei meu primeiro beijo e ficávamos só nisso mesmo.

Nessa mesma idade aconteceu uma coisa que foi marcante na minha vida e que é a razão desse conto.

No nosso prédio tinha um vigia chamado Romualdo, era um negão baixo e parrudinho, devia ter uns trinta e poucos anos, ele era da Bahia e sempre lavava os carros da minha mãe e do meu pai de manhã cedo depois que largava.

Em um domingo a noite(lembro bem de está passando o Fantástico) era umas nove da noite minha mãe me pede pra dá um pulinho lá embaixo e entregar as chaves dos carros pro Romualdo, que ele ia lavá-los no outro dia.

Peguei as chaves e desci, nesse prédio não tinha uma guarita onde os empregados ficavam, eles ficavam em uma cadeirinha no pilotis, cheguei lá embaixo e a cadeirinha estava vazia, fui pra um lado, fui pra outro e nada do Romualdo.

Continuei procurando e resolvi ir na parte de trás, onde ficava os quartinho dele, fui chegando perto e escuto uns gemidos, vou chegando mais perto e mais gemidos.

Chego de frente pro quarto e a porta está entreaberta e os gemidos agora bem nítidos, penso logo, óbvio, que o negão está trepando.

Fico sem saber o que fazer, espero um pouco, e não resistoa dá uma olhadinha, os gemidos tinham parado, empurro a porta um pouquinho e o que vi não sai da minha cabeça até hoje!

A empregada da casa da Fabiana(minha amiga), ma moreninha baixinha,estava ojoelhada na frente do Romualdo com o imensoooooooo(jamais tinha visto uma coisa daquelas e jamais vi até hoje) caralho dele na boca!

Lembro que fique paralizada, tinha só catorze anos e era completamente virgem, vê aquela cena era um choque pra mim.

A mulher enfiava o pau na boca e chupava, chupava, chupava, olhei pra cara do negão e ele estava com os olhos fechados, parecia em transe.

Saí dali rapidamente e com a cabeça em parafuso fui pra portaria, não sabia o que fazer, tinha que entregar as chaves pro Romualdo, mas ele estava lá fazendo aquilo.

Resolvi esperar 5 minutinhos e em menos tempo que isso ele chega e diz: Oi, sofia, o que tá fazendo aí sozinha? Eu disse: Mamãe mandou eu lhe entregar as chaves dos carros. Ele disse: Ahhhhh tá, pode me dá, amanhã é dia de lavar.

Entreguei as chaves e subi.

Como não poderia deixar de ser, passei a noite inteira pensando no que tina visto, não sabia que existia um cacete tão grande!

Lembro que fiquei pensando mil coisas, será que todos os paus eram iguais aquele?

Como um igual daqueles ia caber dentro de mim? Ia doer muitoooo!

Fui pro meu quarto e me masturbei pensando no caralhao no Romualdo.

Os dias foram passando e nada deu esquecer a pica do negão, vira e mexe a imagem vinha a minha cabeça, até mesmo namorando meu namoradinho, na hora do amasso e me lembrava do caralho do Romulado e ficava toda molhadinha.

Quando via o Romualdo então, dava até um pouco de tremedeira nas pernas.

Resolvi que ia acabar com isso(sempre fui corajosa) uns 15 dias depois do acontecido, tb num domingo, resolvi descer pra resolver a situação.

Desci bem decidida a abri o jogo com o negão, a dizer o que tinha visto e que queria fazer o mesmo.

Cheguei, ele estava sentado na sua cadeirinha, falei: Romualdo quero falar com vc, ele disse: Sim, Sofia, diga.

Eu de supetão disse: Daquela vez que vim entragar as chaves dos carros eu vi vc transando com a empregada da casa da Fabiana.

O negão quase tem um troço, ele disse: O que menina???

Eu disse: É isso mesmo, vi vcs transando no quartinho, vi ela chupar seu pau e quero fazer o mesmo!

O negão arregalou os olhos e disse: Vc quer o que???

Eu repeti: Quero chupar seu tb! Nao me esqueço dele.

Ele disse: Sofia, vc sabe o que esta dizendo?

Eu disse: Sei sim, é o que mais quero.

O negão que estava com uma cara preocupada ficou mais relaxado e disse; O que vc quer exatamente?

Eu repite de novo: Chupar ser pau.

Ele disse: Já fez isso menina?

Eu disse: nunca, vc vai ser o primeiro, me ensina?

Nunca me esqueço da cara dele, ele sorriu, olhou pro céu e agradeceu.

Fomos pra um cantinho do pilotis, ele disse; Faça o que eu mandar, ok?

Eu disse que sim.

Ele abriu a calça que caiu imediatamente no chão, tava com uma cueca azul escura(nunca mais me esqueço!) puxou ela pra baixo, o caralho pulou lindo, negro, e gigante na frente.

Ele disse: Foi disso que gostou lourinha safada?

Mandou eu pegar, peguei e fiquei impressionada como era quente, ele tentou me beijar, mas não deixei(era muito feinho, não tinha vontade) disse que só queria chupar seu pau.

Me ojoelhei e disse: como faço?

Ele disse: Chupe como se fosse um sorvete de chocolate.

Peguei o caralhão nas mãos e botei na boca! Chupei e mamei um pouco, ele me elogiou, me animei e mamei com mais vontade ainda, estava gostando de chupar pau!

Ele alisava meus cabelos, me chamava de lourinha putinha e pedia mais.

Ele não resistiu muito e disse que ia gozar, saí da frente, ele virou-se pra parede e gozou. Me chamou de novo de putinha lourinha e me abraçou.

Perguntou se eu tinha gostado, eu disse que sim, ele disse que aquilo seria o nosso segredo que eu não contasse pra ninguém, eu disse pra ela ficar tranquilo que jamais contaria até porque queria muito mais, ele sorriu e disse: sempre estarei com o pau pronto ´pra vc.

Eu sorri e disse que ia embora, subi pro meu apt com as pernas tremendo de nervosa, masmuito feliz, estava decidida a fazer e fiz além do mais tinha sido muito gostoso!

No outro dia mas uma passadinha na portaria pra mais um boquete, no outro dia mais um e mais um...

Passei a chupar o cacete do Romualdo todos os dias, estava viciada!

Ficava contando as horas pra chegar nove e pouco da noite(era mais ou menos essa a hora do boquete)dizia pra minha mãe que ia dá uma passadinha da casa de uma amiga e ia chupar a rola do negão.

O Romulado cada vez mais ficava mais saidinho, passando a mão na minha buceta, nos meus peitos etc

Com uns 10 dias de boquetes seguidos ele me pediu pra eu tirar a blusinha que queria provar os meus peitos, seria a primeira vezque alguém faria isso.

Fomos pro quartinho dele, eu tirei minha blusa e o sutiã, e meus já fartos peitos saltaram já com os bicos rosados durinhos, o negão ficou louco de felicidade, disse que eram lindos, que eram os mais lindos do mundo e caiu de boca.

De inicio bem de leve, mamava meus peitos e olhando pra mim perguntava se eu estava gostando, eu estava adorando, aquela boca quente sugando meus biquinhos rosados, que coisa deliciosa!

O negão passou a mamar com mais força, enfiava o bocão todo neles, ora em um, ora no outro, parecia que ia arrancá-los, ele estava enlouquecido.

Começou a passar a mão na minha buceta, fui ficando mais molinha do que ja tava, abriu minha calça, baixou ela, passou a mão na minha bucetinha por cima da calcinha e sorrindo pra mim disse que queria ela, argumentei que era virgem, que seu pau era muito grande, que não aguentaria.

Ele disse que com jeitinho conseguia fazer sem dor, não aceitei, ele deu outras mamadas nos meus peitos e baixando minha calcinha disse que ia só chupar.

Levantei um pé, levantei o outro e calcinha saiu, fiquei peladinha na frente do negão.

Ele me deitou na cama meio mal cheirosa dele, disse pra eu abrir minha pernas, eu abri, ele veio e enfiou a lingua na minha rosadinha com gosto.

Ele chupou com extrema delicadeza, sempre me perguntando se estava bom, eu estava quase desfalecida de tesão, como era bom uma lingua na buceta!

Ele lambia, chupava e beijava meu clítoris com muita suavidade, fiquei louca.

Fiquei tão louca que pedi pra ele me descabaçar, ainda me lembro do sorriso dele quando eu lhe disse isso.

Ele tirou o resto da roupa que estava, ficou de pé, o caralho duro como aço, olhando pra cima(que pica linda!) eu continuei peladinha na cama.

Ele colocou seu trvesseiro debaixo da minha bunda, pra eu ficar mais altinha, abriu bem minhas pernas e veio com aquele monstro em minha direção.

Em nenhu momento fiquei com medo, estava com muitooooooo tesão, Romualdo pinçelou a cabeça do caralho na minha buceta, passava no clítoris, passava na entradinha, esfregou o caralho em toda minha rosadinha.

Olhou pra mim e disse: Vai ser agora lourinha putinha, tá pronta?

Eu disse que estava e ele iniciou a penetração.

Forçou, forçou e seu cabeção entrou, não doeu tanto quanto eu pensava, ele entrou mais, mais e começou os movimentos de vai e vem.

Minha cabeça estava a mil, o negão me bombando e eu louca, ele se deitou e passou a bombar um pouco mais rápido e passou tb a mamar de novo nos meus peitos.

Eu gemia muito, de prazer, não de dor, pedia mais e mais e o negão me dava, nao demorou muito e ele não aguentou, tirou o pau de dentro de mim e enchou minha barriga de esperma.

Caiu pro lado cansado e perguntou se tinha doido muito, eu disse que não, muito pouco, ele disse: a buceta da lourinha putinha já veio preparada pra mim e sorriu.

Tb sorri, me levantei e vi uma mancha de sangue no colchão, era meu cabacinho que tinha ido pra espaço.

Trepei muito com o Romualdo durante 3 anos, dos 14 aos 16 quando nos mudamos, nunca mais o vi desde então, mas toda vez que vejo um negro baixo e parrudinha ainda hoje fico arrepiada.

Hoje sou casada e sou fiel, jamais traí meu marido e essa historia jamais contei pra ninguem, é só minha e do meu negão gostoso, Romualdo.

Esse conto é em homenagem a ele, espero que ele esteja bem.

Comentários

24/03/2016 14:07:09
garota de coragem para ser feliz
17/08/2007 12:08:13
adorei seu conto,já to de pau duro esperando por vc,deixa eu te fazer gozar gostoso tb,me add no seu msn [email protected],então vc topa?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


calçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cucontos erticos novinhos roludos comendo coroasvidio disexe porno yotubekero.buctaver instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homensso mininhas top bem novas com vibrado bucetas fotosmetendo de lado e goasano na portinha da bucetacache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 vídeo pornô da retina p**** da retina e mandou um vídeo pornô dela não ela nuacontoseróticos invasão anal 3conto erotico esposa liberadarevistinha porno mulher vos sexy co cachorrocoroas homens defloração vaginal relatoscontos eroticos minha namorada medindo o pau do dotadoasistir sexo completo brutal chupadas na bucetas uiiiiiiContoeroticonovinhosafadofazendeira flaga o piao da fazenda cumeno sua egua e fode com elevideocurtomagrinha e roludogta v a minha secretaria ta dando mole fizemos sexo no escritoriovidros prno insetos fodendo mae emprensada coroas do sapsapfoi ajudar a irma estudar e pediu o cu como pagamentoenrabando cunhada e sobrinha contovidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhabucetagosotosaenteada dorme bêbada chapada e padrasto quando a solidão na marracontos eroticos traindo na enchentecontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadoeternos apaixonados cap 7 conto gayamigos fodem o casal bi que arranham na rua pornoasmeniasnovinhas.nuacavalo fudendo mulher com estorcada forteConto sexo anal casada estrupadaxortinhodedormirhistorias eroticas com saúnas masculinasconto erotico motorista do ubercontos eroticos comendo a sobrinhao meu padrato meteume o caralho na maominha irma deixou um bigodinho na xana so pra fuder comigogarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhoconto erótico Inaraapostei minha mãe com meus amigos conto erotico analvideo porno denovinha enfrento pau grandeconto erotico esposa liberadafodendo gestantesnovinha: dei pro meu irmao roludo depois que flagrei minha mae fando pro meu pai na sala contossou amante d minha cunhda contocontos eróticos menina dando o cuzinho vídeo safado mortalidadeporno ela parecia ser tranquilamamete muitIniciando uma bixinhacontos eróticos surpenatural incestovideos latifa comendo merdacadela lambendo o meu cacete e fudendo conmigo videowww.xvideos emprevisto pra fodersocando na enteada gravida de jundiaicontos casada chantageada pelo porteirojege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornowattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosoPenis flacido castrar contosfui comer e fui comidonovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecacontos eroticos dei a bundinha por balasSexo animal cachorro emrola pito na bucetinha da puda taradonaesposa levantando o vestido para o pedreiro comer lá em casa reforma vídeo pornô doidoContos reais de sodomiacontos zoo dalmata.meu machoconto erótico minha empregadinha novinhagozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabaseminarista transa colega de quartoeu perdi a minha virgindade com ca ca pica de 40cmconto erotico gay conto gay real romance historia -youtube -site:youtube.comengolimos rebolando de fio dentaller relatos d velhos d pau gigantes q arrombaram asmulheres