Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Brincando de Boneca

Autor: Rachada
Categoria: Homossexual
Data: 28/06/2007 22:58:13
Nota 7.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Lembro-me como se fosse hoje. Morávamos em Vassouras, interior do Rio de Janeiro e até por volta de uns quatorze anos tínhamos o costume de brincar de pique - esconde, queimado, etc. Geralmente quem brincava era a Paulinha, a Suelen, a Aline e eu (Bárbara). Nós quatro éramos muito amigas, mas eu tinha maior afinidade com a Aline. Ela era(é) linda, com os cabelos lisos e pretinhos até a altura dos ombros, um bumbum bem grandinho(a gente a chamava de tanajura), a cinturinha fininha, e os peitinhos bem durinhos e redondos que chamavam muito a atenção dos meninos nas aulas de Educação Física e é claro que aminha também. rsrsrs. Nós éramos feito unha e carne. Estudávamos na mesma sala, íamos e voltávamos juntas do colégio. Mas, a minha maior lembrança foi de quando brincávamos juntas. Como disse anteriormente, morávamos no interior, e principalmente quando chovia era que não tinha nada mesmo para fazer. Não dava para brincar na rua, então, íamos para a casa de uma das meninas brincar de joguinhos (jogo da verdade, adedonha...) ou de boneca. Teve um dia, e foi aí que tudo começou, que estava chovendo e a Aline me chamou para brincar em sua casa. Como era bem pertinho, eu fui mesmo com toda a chuva. A mãe dela tinha ido entregar umas encomendas e o seu pai estava trabalhando. Chegando lá, fomos para o quarto dela. A mãe da Paulinha e da Suelen(são irmãs) não havia deixado q elas fossem, pois moravam um pouquinho mais distante. Quando eu cheguei lá, fomos direto para o quarto dela,como já era de costume, arrumamos as coisas no chão e começou o dia mais maravilhoso da minha vida. Ela sempre queria ser a mamãe na brincadeira e eu aceitava ser a filha. Neste dia houve algo de especial, pois arrumamos as coisas da casinha para brincarmos, mas não pegamos as bonecas, ela disse que queria fazer algo diferente. Ela começou a pentear meu cabelo, enquanto fingia q eu era sua filhinha e depois quis me colocar para dormir, Eu deitei a cabeça em seu colo e ela me levantou um pouquinho dizendo q era pra eu mamar nela, levantou aquela blusinha cheia de coraçãozinho e fiquei de cara com aqueles peitinhos lindos e redondos com os mamilos rosadinhos. Fiquei totalmente sem graça, mas comecei a chupar aquela delícia. De repente foi me dando uma sensação muito estranha e boa ao mesmo tempo, então pedi para invertermos os papéis. Agora eu era a mamãe e ela a filhinha. Eu estava de jardineira e comum top por baixo. Desabotoei a jardineira e levantei o top. Ela começou a me chupar de um jeito tão gostoso que eu sentia aminha bucetinha pulsando de tesão . Resolvemos ousar mais um pouco quando ela sugeriu que fizéssemos papel de mamãe e papai. Então,começamos a nos beijar, um beijo quente, passava minha língua em volta dos lábios dela, então ela começou a me chupar de novo e passar a mão pelo meu corpo, e como ela estava de saia, comecei a acariciar a parte interna de suas coxas e a minha mão subia aos poucos até q chegou de encontro a calcinha de algodão q ela estava usando, eu fazia carinho por cima da calcinha, e teve uma hora q puxei a lateral da calcinha e ela tomou um baita susto e pediu para q eu parasse. Eu disse q não ia parar. E ela me disse: -E se a minha mães chegar? Mas, era só medo, pq a mãe dela tinha acabado de sair e não ia para muito perto e a chuva faria com que ela demorasse ainda mais. Continuei e ouvi aquele gemido apertado e foi canção para os meus ouvidos, quanto mais ela gemia mais eu ficava excitada. Perguntei a ela se eu poderia ver, e ela levantou a saia e abaixou a calcinha, nunca vou esquecer aquela cena linda, eu quase chegando ao apse do prazer, tirei minha roupa e comecei a me esfregar nela. Passava minha bucetinha na dela e sentíamos o melzinho uma da outra. Esfregava o biquinho do meu peito no dela,ela não se agüentava mais e começou a apertar a minha bunda bem forte e eu a lambia freneticamente e descia a língua até chegar na xaninha. Enfiei com força a minha língua dentro dela e senti aquele quentinho, fiquei ali por alguns segundos até que ela puxou os meus cabelos com força e soltou um grito apertado. Seu melzinho delicioso e quente descia pela minha boca. Estávamos ofegantes e ela se ajoelhou na minha frente e mandou ver na minha buceta, eu segurei a cabeça dela e fiquei fazendo movimentos pra frente e pra trás, até que gozei. Que sensação!!! Nunca havia sentido na da igual. Nos beijamos, vestimos a roupa e ficamos muito sem jeito,mas mesmo assim carinhosa uma com a outra.Até que perguntei como seria no outro dia e ela respondeu: -tomara q chova de novo!!!!

E-mail= [email protected]

Comentários

25/10/2009 12:35:03
Que delícia!
11/05/2009 20:10:56
DEMAIS ESSE CONTO NOTA 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto anal orfanatopono 2017perdendo a virgimdadeconto namorada putaeu quero só o gostosão moreno fortão doxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhocontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogropedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gaysVídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôanythingContos eroticos irmã gêmeacachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiacontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossahomemfudendooltroconto comi a tia coroa peidorreiracontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paipornodoido meu pai me consola depois deu chorarxota molhada escutando o barulho do tesaomorena cavala irresistivel não bater punhetaCONTOS SEXO NO COLOgarotinha na siririca no bicamnovinha shortinho finos pegando no pau do namoradoliberalina vadia casadasexp.conto.mae.filho.comcoletsnia gozando nos pemtelhos xvideoa cordei com meu irmão inchendo minha buceta de porraver videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupapunhetabr.vai laconto erotico sendo chupada enquanto ler livro pornoTia de calça leg conto eroticodois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarvidio de ponodoido tarado rasgando o cuzinho da maemulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorporno serena ali doeucontos tatuape primeira bucetasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandocontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putameu padrasto me comeu e minha mãe participouconto de comendo cuconto gay virei namorado do tio viuvoassistir filme completo de chupada de bucetas bem fortes adorooooContos minha esposa negra bundudona no forro eu corno contocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetamolestando a filhinha inocente....passando a mao na bucetinha de calcibha..esfregando a rola ate gozaro tio tarado estrupando a sobrinha clitado de dorQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalxvideosó no cu pracaga grossoporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherdescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticoscoxando disfarsadamente e rabuda deixandogostosas chupando barman na festapai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenneto com ttezao comendo a avo no quartoconto erótico flagrei minha mãe chifrando meu pai e ela me humilhou muitocasa dos contos de nick malconver contos eróticos de vendi meu cabacinho para um cacetudoconto de arrombaram o meu cu me dando dinheirohttp://img2.virgula.uol.com.br/x495.jpgcontos eroticos dominada na frente do meuMamando o caralho do vovo contoseroticostio seu pau nãovai caber na minha buceacontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paimulheres de perna nua com a buceta esgassadagozda de mjlher cue gorra lonjexvidios novinho trasando com dorcontos eroticos casadas arrombadas por pauzudos super grossos e 25 cmcontos eroticos o carroceiro e as enteadascasa dos contos eroticos/julianaeu minha prima e.seu poni dirou meu cabaço contostransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornoperdi a virgindade com pau enorme