Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sempre soube o que ela queria... Pica!

Autor: Ousado Ssa
Categoria: Heterossexual
Data: 31/07/2007 23:28:37
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom... era uma tarde muito quente e todos estavam aqui em casa se divertindo, amigos, parentes, conhecidos, era uma algazarra muito animada. Como sempre eu estava mais dentro d’água que fora, e minha diversão (entre as braçadas na água) era olhar ela. Como estava linda... aquele biquíni minúsculo estava deixando ela muito mais deliciosa que o costume, eu tentava disfarçar e conversar com as pessoas mas não resistia e sempre olhava a rachadinha que fazia quando o pano entrava, acho que de pirraça ela deixava só para se exibir.

O namorado estava lá claro, sempre estava! Thiago era o nome do maldito, só de imaginar que ele comia aquela bucetinha linda e eu não, era um tormento. Até dei uma encoxada ótima nela uma vez, senti que ela correspondeu, mas não houve outras oportunidades e este fato parecia que iria ficar só na lembrança.

Em um determinado momento ela sumiu de minhas vistas e fiquei curioso em saber onde aquele monumento teria ido, decidi vasculhar a casa somente para atualizar meu GPS mental. No andar de baixo, nada! Meu tio me ofereceu uma long-neck próximo à cozinha, contou-me uma piada terrivelmente sem graça, ri como de costume e voltei a minha busca.

Subi as escadas e percebi que no andar de cima não havia ninguém, estranho a casa estava cheia de gente, imaginei que o churrasco lá em baixo estava bom mesmo. Já começava a crer que ela teria saído com o namorado, certamente para um motel, pois em nenhum quarto a encontrava, foi quando ao entrar no quarto de minha mãe pude ver ela debruçada na janela olhando para o pessoal no churrasco, acho que estava com uma câmera, certamente queria pegar um ângulo da festa diferente.

Como fiquei contente, estava lindo aquela peça de roupa pequenina entrando em sua bunda ao debruçar, olhei para os lados e percebi o corredor vazio, imaginei que a outra chance teria chegado e caso houvesse alguma reação adversa fingiria estar pregando um susto. Fui chegando bem próximo e sem pensar duas vezes encaixei certinho minha sunga estufada naquele reguinho, segurei em suas ancas para não haver fuga, o espanto foi que, ao invés de se assustar, a reação foi a frase “Ai Thi, só você me encoxa assim... Da forma como eu adoro”, nem ao menos ela olhou para traz e imaginava ser o namorado, resolvi aproveitar, fazia os movimentos certinhos de vai e vem sem deixar ela sair do eixo, ela debruçava ainda mais e disse “Vem, me dá o que você sabe que gosto, roça mais, quero sua pica”, minha primeira reação foi tirar os óculos escuros e dar para ela, coloquei certinho em seu rosto, sem deixar ela se virar. Os dedos da outra mão já tocavam seu sexo por cima do pano, era o paraíso para mim.

Segurei com as duas mãos sua bunda deliciosa e com meu pé fiz ela abrir as pernas, ajoelhei por traz e não pensei em nada se não lamber aquela coisa deliciosa, minha língua passava pelo pano e ia de encontro a seu clitóris subia e passava entre o biquíni e a perna, foi então que ouvi ela dizer “Thi, você nunca fez isto que delicia, eu estava doida por uma língua ai, imaginava todos os dias”, Ahhh! Como eu me realizei ao ver ela ficar na ponta dos pés e empinar a bunda ficando toda arreganhada. Foi neste momento que, ela avistou lá embaixo o seu namorado, reação mais que esperada foi ela se virar, me deixando de joelhos de frente para ela.

“Marcos? O que é isto? Meu Deus o que você fez? Está louco...”,

somente respondí

“Relaxa Sabrina, você estava doida por isto, ouvi você gemer, relaxe e deixe-me terminar”.

Sem falar nada ela pensou por alguns segundos, pôs a mão na poça que estava sua bucetinha e somente se virou. Nem precisei de convite e voltei a chupá-la agora com total consentimento.

E chupar não era só meu desejo, passei a acariciar suas coxas em quanto minha língua fazia o serviço planejado. Os dedos então foram até a frente do biquíni e logo estavam por dentro, raspadinha, como eu estava percebendo, cada toque no seu botão fazia deliciosos gemidos.

O namorado falou algo com ela lá de baixo e, ela pediu para que posasse para uma foto, neste momento eu abaixei sua peça de baixo até o chão, ela olhou para traz mas logo se voltou pois o rapaz estava esperando o flash da maquina. Meu deleite era total e ela adorou a coisa, arreganhou tudo que pode, fingindo se arrumar apara a foto, eu estava literalmente debaixo dela, acima de mim somente sua buceta pingando seu liquido delicioso o flash aconteceu no mesmo momento que meu dedo entrava na sua fenda, depois soube que o céu foi o que saiu na foto!

O namorado se arrumou para outra foto, agora ao lado de meus pais ela de óculos somente me disse para parar pois estava chegando perto de gozar, ora que pedido mais difícil de realizar. Meus dois dedos já faziam a festa, minha língua não saia de dentro dela, abocanhava sua buceta e sugava seu grelo com uma vontade feroz. Então somente vi suas pernas que começaram a tremer, meu pai gritou se a foto iria demorar o ano todo, ela não conseguiu apertar o botão da máquina! Segurou na base da janela e dobrou os joelhos, com a cabeça para dentro ela gemeu bem sonoro (não alto para os de fora ouvirem), senti o gozo dela nos espasmos que dava.

Pensaram que tinha passado mal, só ouvi minha mãe gritar algo e prontamente subi o seu biquíni, ela segurou no meu ombro e conseguiu chegar à cama, sair do quarto não dava, entrei na suíte e fechei a porta. Ouvi quando entraram, quando ela pediu para ser levada para baixo, pedia a todos os deuses possíveis para ninguém ter a idéia de vir pegar água no banheiro.

Em fim saíram... Esperei um minuto e sai atrás, lógico que foi aquela confusão, disseram ser pressão etc.

No outro dia fui abordado por ela, elogiou o serviço e disse que iria largar do namorado, ele não era muito versátil, o básico estava muito bom, me confessou que ele não gostava que ela falasse como gostava de sexo inclusive reprimia isto. Certamente que tinha umas recaídas ele encoxava ela, mas não gostava que ela falasse que era bom.

Hoje ela não tem namorado, todos os dias vêm no meu quarto para sessões de línguas e outras coisas... Quando não vou ao quarto dela, afinal, moramos todos na mesma casa e minha irmã cada vez mais fica apegada a mim.

Comentários

26/08/2007 13:49:58
muioto bom
23/08/2007 17:46:58
Nossa que delicia....adorei..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Cacetes gossoscontos eróticos com marido bêbado e desconcentração bem dotadoestufando o cu da madrasta e da filhashot apertado rola grossa se destacacavalo fudendo mulher com estorcada fortecomo passar a pomada azulzinha na buçetacontos eróticos gay ESCRAVO DO MACONHEIROnovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuapriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles veremvideos de porno cazeiros no mato no riu em todo cantogaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosContos a empregada com fotosmasturbando na cama serrando com travesseiro pornodoidoMiller tair marido com ladrão em casa phornowattpad enteado gay chupando o pau do padrasto musculosoSite porno de facio asseçopirocudo gozando dentropor tras da paredepornor doido batendo poleta na varanda homemmae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodenovinhas.abrir.buzentacontos eroticos caguei no pauconto lesbico com luanaporno eu e minha cunhada ficamos sozinho em casa não resistir elamamãe+mamãe.papai++nuacontos eu meu padrasto fodemos gostosopunhetamdo no cinema boafodapornô amador conto erótico de mãe divorciadaesposa fudida por sobrinhos e sogros contos eróticosconto mulher sede a chantagem de garoto tranzarhttp://gtavicity.ru/texto/2016101161Me chamo Carlos e sou casado com Márcia uma loirinha linda pequenina apenas 1,52m magrinha apenas 49kg contos eroticostrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponobelo sexo dormindo de conchinha com a titiaFotos de sexos de bubuta e bixolais minha enteada da xoxota apertadinha contosxvideos mulher com manchinha no rosto chupandobigodinho do ritler videos pornonovinha com pouco pentelho contossexo caseiro jardineiro comendo cu da tiaconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexonovinha shortinho finos pegando no pau do namoradocontos eroticos diaristaXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primapegei minha tia no banho buseta carnudadavs contos eróticosbucetinhasequinhaContos eróticos da minha noraa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliaContos eroticos me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinho finalso bucetinhas novinhas espetadas no pau durovídeos pornô com novinha gostosinha SukitaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro sexo novos banho conhadas nuasconto erotico luciene crenteirmas safadas relatosporno novinha fica brava porque a camisinha estourou e ele nao avisouMulher auto e gosano gostosoesposa vadia de shortinho curtinho batendo punheta p outro ba frente do cornohomem se mesturbano no causinha da cuiada fio dentalHomempauzao analconto de sexo com cunhadaloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porrame empreste magrinha abrindo a b***** com pau enorme do negãotio chupando buceta contonovinha sendo agarrado com outra garrafa com cachorro na xícara XVídeosContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaoxvídeos 10 mamae fas cudoce mae efilhocontos irmazinha nossa punheteiraincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videoscontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradostexto de mulher quatro mulheres e quatro mulheres se for do mundo assim podendo em uma chupando o pau da ou julgamos o xiri da outragostosa decha erick gozar em sua buceta pornodoido