Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O Cú de Juliana

Autor: Fabio
Categoria: Heterossexual
Data: 13/08/2007 12:44:51
Nota 4.60
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é Fabio, tenho 20 anos, e a história que vou contar aconteceu a dois meses, mas tudo começou em 2003.

Moro em Sorocaba/SP e em 2003 estava cursando o 2º ano colegial, sou um cara bem legal cheio de amigos, e sempre estava namorando as meninas mais gatas, eu tenho 1,78 de altura e peso 92 Kg, mas tenho uma boa conversa, e as meninas caiam nessa hehehe.

Bom em 2003, conheci a Juliana, estava se mudando para a cidade e não conhecia ninguém. Juliana era gostosa, seios durinhos, bunda redondinha, e um rosto lindo, me apaixonei só de ve- lá. Mas minha grande obcessão era comer a sua bela bundinha.

O tempo foi passando e eu com minha conversa fui conquistando Juliana, que era do tipo que te da corda pra se enforcar, ela sempre me dava um mole, mais quando era pra ser ela se esquivava, isso me deixava doido.

Certo dia fui a aula decidido a agarra - la, e foi o que eu fiz, no intervalo entre as aulas, ela se encostou na porta enquanto esperava a professora chegar, nisso eu levantei de minha cadeira e fui em sua direção, ela estava vestida, com uma calça jeans e a camisa do uniforme, e estava com o cabelo preso tipo rabo de cavalo. Discretamente fui ate ela e sem ela esperar agarrei ela por traz e dei um beijo em seu pescoço, ela se arrepiou toda e começo a me dar aqueles tapinhas, mas percebi que ela gostou da minha atitude mas ficou envergonhada, percebendo isso a puxei pra fora da sala e lhe tasquei um belo beijo, aqueles de tirar o folego, só paramos com a chegada da professora, que nos deu aquela carcada, nem ligamos.

Começamos ali a namorar, e não demorou mto começamos a transar sempre, ela era uma delicia fazia de tudo, tinha uma buceta apertadinha e quente e fazia um boquete maravilhoso, mas minha vontade era mesmo comer seu cú. Até que um dia me sentindo com mais liberdade disse a ela:

- Juliana, eu sou louco por vc, adoro transar com vc, mas minha grande loucura é comer o seu cú vc deixa?

ela me respondeu brava:

- Fabio, fazemos de tudo e vc não esta satisfeito, o meu cú é virgem e assim será pra sempre, deve doer muito nunca mais me peça isso.

Eu ainda tentei argumentar, dizendo que não queria pressioná - la mas não adiantou, no dia seguinte na escola ela veio conversar comigo e terminou o namoro, não quis papo e ficou um bom tempo sem falar comigo.

Aquele ano acabou e ela trocou de escola e não falou mais comigo, a minha vida seguiu e comecei a namorar Carla, com quem estou até hoje.

Mas o tempo passou, e esse ano em Maio, estava eu e Carla, num shopping da cidade quando cruzo com Juliana e seu marido que por coincidência era meu colega de peladas de fim de semana, mas a h´muito não conversavamos, decidimos sentar e tomar uma cerveja os quatro, conversa vai conversa vem, fiquei sabendo que eles haviam se casado e tinham uma filha de 1 ano, meu colega que se chama Fagner, sabia que eu e Juliana tinhamos tido um caso e comentou na mesa, Carla ficou meio chateada, mas Juliana disse que tinhamos terminado numa boa e que eramos amigos.

Nos despidimos e trocamos telefone, Juliana me deu um abraço e me falou ni meu ouvido:

- Me ligue, na segunda preciso conversar com vc.

E assim foi passou o fim de semana, e eu louco pra saber o que Juliana queria.

Na segunda feira então, liguei para Juliana era uma 10:00horas, ela me atendeu e combinamos de nos encontrarmos umas 14:00horas na casa dela. Chegando lá no horário combinado ela pediu para nos sairmos e ir conversar num lugar afastado, pois o Fagner poderia chegar, eu então perguntei onde ir, e ela me respondeu: - Vamos a um motel? e eu respondi td bem.

No caminho ela não me falou nada, só disse que queria conversar e que não iriamos fazer nada, e eu estava concordando.

Chegando ao motel, entramos no quarto e nos sentamos na cama, ela começou a falar:

- Fabio, gostaria muito de te pedir desculpas, por aquela vez que vc quis comer meu cú, e eu fiquei brava.

-Juliana, eu não queria te forçar, queria que vc pensasse no assunto, mas no dia seguinte vc foi lá e terminou td comigo, poderiamos estar juntos até hoje quem sabe.

- Pois é Fabio, eu fiquei assustada, eu te amava naquela epoca, e achei que vc foi muito rapido para pedir aquilo. Quando te vi com a Carla, senti saudades de nós, apesar de minha filha e do Fagner me amar muito, queria que vc estivesse no lugar dele, mas sei que fui eu quem joguei tudo fora.

- Juliana, não esquenta a cabeça, já passou é vida nova, eu com Carla e vc com Fagner, eu só não estou entendendo porque vc quiz conversar no Motel.

- Fabio, o Fagner a algum tempo atras me pediu, para comr meu cú, estamos juntos a 3 anos e ele nunca tinha pedido, eu tinha ficado de pensar, mas como vi vc, resolvi te perguntar se vc não quer ser o primeiro, afinal vc foi o primeiro a pedir.

Eu não acreditei, e não dei tempo pra ela desistir e disse:

- Agora eu entendi o porque do motel, eu sou louco por essa bunda e não perderia essa chance de jeito algum.

A abracei, e comecei a beijá - la ela foi tirando minha camisa e e me beijando, ficamos totalmente nús, e comecei a meter a meter na sua bucetinha, nossa continuava uma delicia,ela me pediu para tirar o meu pau e começo a me chupar e chupava gostoso, me chupou ate que gozei tudo em sua boca, ela não desperdiçou nada engoliu tudo.

Depois fiz ela ficar de quatro e comecei a lamber o seu belo cú alernando com a buceta, e cupi em seu cú e passei KY no cú dela e em meu pau, encaixei a cabeça do meu pau na entrada do seu cú e comecei a forçar a entrada, era a apertado e ela começou a chorar e me falava que tava doendo e queria desistir, eu disse a ela:

- Juliana agora não tem volta, vc vai sentir muita dor, mas vai gostar muito qdo a dor vira prazer.

Nisso fui forçando até que entrou o meu pau inteiro, sentia minhas bolas batendo em sua buceta. (meu pau tem 18 cm)Ela deu um berro e chorava, parei um pouco com meu pau dentro dela ate ela se acostumar, e começei a bombar, ela começou a gostar e a gemer alto, nunca tinha feito ela gemer tanto, ficamos ali até que ela me disse que iria gozar, disse então que iriamos gozar juntos, e gozei tudo dentro dela, tirei meu pau pra fora, estava sujo de sangue e porra, e ela chupou tudo e estava ddesfalecida.

Nos deitamos abraçados, e ficamos a tarde inteira ali, comi o cú dela mais umas três vezes, fomos sair do motel quase 20:00horas.

Deixei ela perto da casa dela e fui embora, chegando em casa, ela me ligou e disse que tinha ssido a melhor tarde da vida dela, mas que não teria uma proxima vez.

Eu disse que td bem, o meu sonho estava realizado.

em outra oportunidade com minhas aventuras com a minha atual Carla

Abraços

Comentários

12/11/2008 14:24:41
MUITO BOM ESSE CONTO, SÓ PARA INFORMAÇÃO DOO TROUXA AI EM BAIXO, EM MUITOS MOTEIS TEM QUARTO COM K-Y
13/08/2007 14:49:45
Acho que voce enviou o relato na categoria errada. Tinha que ser na Homosexual, voce é quem foi enrabado.
13/08/2007 13:10:55
Cara vai mentir assim na casa do Caraio, 1º se vc não sabia que iria enraba-la, como levou K-Y, 2º tenho 19,5 cm e grosso, se eu te enraba queru ver se vc, vai se acostumar rapido, rssssss, vc gosta é de sentar na boneca, rsssss, fui, conta outra!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


garota q foi fudida no fundo d casa por um cachorro pastor alemaoVer foto de homem enfiando a mao dentro drento da vagina da mulhercontos aiiiii hum aiaiaesposa casadas bunda ggg pertinho gostosocuiadia de xortiu d dormi d regataXxvideo cosquinha na cabecinhamulheres agachadas com buctao reganhadobuceta nua com pintei moicanoPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastadoce nanda parte cinco contos eroticosbati punheta num desconhecido no onibus contosmassageando o picao gigantescofui dançar e fui fudida por um pauzudofudendo a matasrtadepilando a minha tia gravida contos eroticosmulheres estupradas por varios homens roludos ao extremocontos eroticos com policial civil experientecontoseroticoss xvideos5contos eróticos publicadosincesto servindo cafe da manha com camisolinha transparenteVai vai no cu conto incestocontos eróticos curtosde gay dando o cu pro cachorrãocontos eu meu padrasto fodemos gostosovideos pornoinsetos filho fodendo mae prensadaesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhcontos erotico cm irmacontos eroticos de meninos gay perdi a aposta no video game e o cabaco tambemaa cabasso fodedoracontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhocontos eróticos ai meu cuzinho tá rasgando seu pau é muito grossocontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaacontos eróticos meu namorado me amarroue vendou e chamo os amigosconto erotico mulherzinhaescritor lipe casadoscontossòmente no cuzinho da esposacontos eroticos comi a filha da minha inquilinaemcoxando a novinha de sches e saiacontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindoGozada na buceta contooq a bliblia adiverte sobre sexso analfotos de vestidos colados que acentue a bundaContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo percebercontos de sexo depilando a sograneta sentindo opau du avo durocontos eróticos cuzinho da mendigacontos eronticos buraco na paredeincesto com meu vô contoscontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudosfiquei sozinha em casa com meu padrasto não resiste aquele pauzão enorme xvideos.com mobilepilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosentevidio page novinha tomando banho gostoso na fasendamostrando abuçeta pedindo para alguém comerSacaniha reboado nos pauzaocontos erotico cm irmafraquei minha mae peituda dando no quarto para meu primo roludoporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadaspingola pantera selvagemvídeo pornô intrigada e padrastohistorias eroticas com saúnas masculinasmenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhabaixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudoporno gay pai malhado e i filhopersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornominhas condiçoes imposta para o corno contos eroticodoce nanda parte IV contos eroticoscorno sendo humilhado lambendo direitinho buceta cheia de gozoRelato de cornos submissome deliciei vendo minha mãe tomar banhominha esposa aninha novinha e meu tio roludo setima parte contos eoticos sexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaominha prima contocorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticoscontos eróticos minha mãe parte 4mulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidiovi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticosnegro favelado em zdvideo fazendo dp pra sartisfaze o marido