Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A noviça bebeu esperma do padre

Autor: maluco
Categoria: Heterossexual
Data: 03/08/2007 08:19:18
Nota 8.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A noviça, futura irmã Angêlica, rezava com toda devoção e com toda sua alma, ajoelhada diante da imagem da Virgem Santa Dolores, desejava apartar de sua mente aquilo que a perturbava, porém quanto mais fervor em sua oração, com um tanto maior empenho sua mente recordava da imagem do Padre Joaquim, o homem mais lindo que havia visto em sua vida, alto, moreno, cabelos ligeiramente grisalhos e ondulados, olhos verdes.

Estava transtornada sem saber porque desde o primeiro momento em que o viu no convento o idolatrava, sua distinta figura, vestia-se com elegância seu traje negro.

Queria de uma vez por todas isentar de seu cêrebro a recordação daquela noite quando se encontrava dormindo e um sonho se apossou de seu ser, sonhava que estava nua a seu lado, suas pernas escassamente chegavam a metade da pantorrilha do padre, que comno ela, tinha também unidas e pegadas as suas, seu forte torax pegado a sua costa, oom a cabeça sobre a almofada junto a sua, descansando seu pescoço junto aquele forte braço masculino, entretanto sua mão acariciava suas formosas cúpulas de seda notando como os bicos de seus minúsculos seios se enrijedeciam.

A forte mão esquerda do sacerdote buscou o sexo daquela frágil e inocente noviça fazendo-a gemer, quase gritar separando os pequenos lábios de sua vulva e acariciar seu rígido botãozinho do amor, seu tremendo falo, grande e grosso como seu pequeno antebraço se deslizou entre suas pernas em seu refugio natural, obrigando-a a abrir-se para receber tamanha ferramenta, se estremeceu de prazer ao sentir-se ultrapassada em sua pureza, girou sua boca e o beijou, um beijo delicioso, era tão doce sua lingua que de imediato sentiu as primeiras contrações de sua vagina e chegado a seu primeiro orgasmo quando notou o néctar brotar de sua vagina e umedecer aquela carne dura e grossa que a penetrava, permaneceu imóvel, desejava saciar-se, desejava gozar outra vez...e mais uma...e mais uma...e gozou, um orgasmo intenso, muito mais intenso e prolongado que da primeira vez, foi tão prolongado seu climax que havia acabado de experimentar pela primeira vez um múltiplo orgasmo, ele a acompanhou inundando aquela pequena cova com inesgotáveis jatos de seu cálido esperma banhando seu juvenil útero.

Com um movimento ríspido irmã Angêlica despertou, assustada, coração disparado, temerosa, olhou a seu redor e aqpenas o que viu foi sua companheira de quarto dormindo calmamente, tudo não passou de um lindo sonho, mas ainda sentia aquele êxtase, levantou a enorme bata em que dormia e tocou sua calcinha, estava um pouco úmida, ficou confusa, pois não entendia aquilo, era uma experiência nova em sua vida adolescente, foi até o banheiro e tocou sua bucetinha, estava melada com um liquido que grudava em seus dedos, lavou-a pois aquele mel havia molhado também suas coxas.

Voltou a cama pensativa ao analisar o pecado que havia cometido, se sonhou é porque em seu intimo desejava aquilo, e isso jamais poderia acontecer para quem tem a castidade como voto cristão, teria que se confessar para tirar de seu corpo aquele deslize e o pior, teria que ser com ele, Padre Joaquim que era o confessor do convento e teria que explicar-se com ele, só em pensar naquilo seu rosto ruborizou-se de vergonha e tardou muito a voltar a dormir.

A noviça Angêlica se ajoelhou nervosa diante da grade do confessionário, seu corpo e sua voz tremiam, não se atreveu a levantar os olhos para mirar a seu confessor e resolveu se pronunciar:

***Ave Maria purissima!!!

---Sem pecado concebida...Diga minha filha...é pecado de pensamento, palavra ou obra??

Irmã Angêlica ficou calada, o Padre perguntou outra vezO que te passa filha minha???

***É pecado ...padre...de pensamento!!!

---Quantos anos tem Angêlica???

***Quinze...Padre Joaquim!!!

---Seu pecado é carnal...minha filha???Sussurrou com voz suave.

***Não...Padre!!!

---E que pecado de pensamento teve???

De novo Angêlica ficou calada...

---Não tenhas mêdo, Angêlica, Deus nosso senhor sabe de tudo o que se passa em seu coração!!!

***Então não tenho que explicar-me ao senhor???

---Sim, filha minha, tens que explicar-me para que eu possa impor a ti uma penitência e absorver-te, por isso tenho que saber qual seu pecado de pensamento!!!

***Veja, Padre Joaquim...eu sonhei que......!!!

---Segue filha minha, diga-me o que sonhaste???

***Sonhei com o senhor...Padre Joaquim!!!

---Comigo!!!Sonhaste comigo ...minha filha???

***Sim...com o senhor!!!

---O que sonhaste...Angêlica???

Criou coragem e falou:

***Que faziamos amor...Padre!!!

---Sonhaste que faziamos amor...verdade filha???

***Sim padre...foi isso!!!exclamou aliviada por ter finalmente desabafado.

---Eu lhe molestei, Angêlica???

***Não padre...ao contrário!!!

---Ah!! Então você gostou???

Sem nenhum sentimento de culpa, exclamou:

***Sim padre Joaquim...muito!!!

---Queres contar para mim...tem certeza que era eu????

***Oh, sim padre, muito claramente!!!

A grade do confessionário se abriu e o sacerdote e a noviça se miraram em silêncio

ela abaixou os olhos sufocada e pestanejou quando ele lhe perguntou...

---Você recorda se era como este???

Ela olhou e viu o grande membro do Padre Joaquim, rigido, cabeça grossa e uma grande veia inferior gorda pelo sangue que a irrigava desde a ponta até a raiz, mirou surpreendida e fascinada.

***Sim padre...é ele mesmo!!!

---Você tocou nele???

***Sim padre...o toquei!!!

---Para que tu tocaste nele...filha!!!

***Para meter em....!!! se deteve com vergonha.

---Meter onde ...Angêlica???

***Em minha coisinha...padre!!!

---Em tua bucetinha...é isso???

***Sim padre!!!

Angêlica sentiu aquele enorme nervo apontar em seu rosto, o sacerdote sussurrou de novo.

---Pega nele como em seu sonho!!!

***Mas isso não é pecado da obra...padre???murmurou levantando os olhos a seu confessor.

---Não filha minha, te peço que o agarres como naquela noite para comprovar se houve intervenção do demônio!!!

***Ah!!! exclamou levando a mão timidamente e tentado abraçar aquele grande pênis com sua pequena mão sem conseguir circunda-lo, porém recordava o sonho, a grande dimensão do caralho sacerdotal que tanto gosto havia lhe proporcionado.

É ele mesmo- pensou sem solta-lo, sua calcinha assim como naquela noite começou a ficar úmida pelos fluidos que saiam de sua grutinha virgem, entretanto continuou segurando aquele gigantesco pau com a mão e esperando as instruções do Padre.

Ela percebeu que aquilo pulsava em sua mão como se estivesse viva e apertou com mais força para que não lhe escapasse da mão, se repetiu as palpitações daquele membro e de novo apertou sentindo sua bucetinha cada vez mais molhada e excitada.

---Coloque em sua boca...querida Angêlica!!!

***Porque tenho que fazer isso padre???

---Faça o que te digo Agêlica!!!Ordenou...

Angêlica ardia de desejo, meteu em sua boca quase desencaixando suas mandíbulas, as mãos do sacerdote acariciavam sua cabeça fazendo com que sua pica entrasse até a metade em seua boca.

Suas mãos ajudavam a ritmar as entradas e saidas várias vezes, até que outra vez ouve-se a voz do padre sussurrando.

---Não se assuste querida...hooooooooooooooo!!!!hooooooooooo!!!Urrava silenciosamente o padre.

---Engole tudo...engole tudoooooooo....Hoooooooooooooo!!!!

O primeiro jato brotou violento explodindo em sua garganta quase a afogando, porém engoliu com ânsia, e engoliu o segundo...o terceiro..até conseguir esvaziar os testiculos de seu confessor, novamente ouve-se o sussurro do padre.

---Engole tudinho querida!!!

Ficou com a boca entalada na cabeçona daquele monstro até sair as últimas gôtas de sêmen enquanto o padre se estremeceia agarrado a cabeça da noviça.

Logo se sentou de novo, fechou a grade do confessionário e sussurrou com um suspiro.

---Reza seis padrenossos e dez avemarias como penitância...eu te absolvo em nome do pai...do filho...e do espitio santo...amém...vai em paz minha filha, esta perdoada.

Angêlica prostou-se na capela e começou a cumprir sua penitência arrotando a pôrra do padre que se alojou em seu estômago.

Comentários

03/08/2007 08:46:02
Gostei, nao e nenhum conto afrodisiaco, mas muito bem escrito e com uma boa dose de humor.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos meu primo safado me vizitoucontos de sexo depilando a sogratrai o meu maridoa aula terminou iih eu fiquei na sala na siririca no xvideotirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicassexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadaquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilPriscila soca vibrado na bucetanovinha alemã da xana lisina abrindo a portaConto erotico arrombei minhA tia 25cm grosso no acampamentochateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile chicao corno submisso ao negao 4 conto cornoadoro foder com meu filho fodeme meu filho nesta cona putapornofamilhasacanaprovoquei meu filho vestindo um fil dental video pornoEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortiporno pradrastro bebo fosando a em teada fode a fosavídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comodando uma Coçadinha na língua do negão safado cachorrãoirmão fode irmã e estoca mt na sua buceta q estava molhadinhahomens roludos e picudos nu de rondoniagostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapmae gozou loucamente no pau de 25cm dp filho dotadpquero ver mais linda buceta bem gostosa que adora você tinha até meu marido matou na buceta gostosa no grelo bem ponto de ir para lambe chupa bem gostosinho passo a pontinha da língua nesse grelinhoColetania de foto de buceta peluda por baixo da saia.sexo casada dormindo de short Doll deixando escapar a bucetacoroas de 50 a 60 anos bem moreninha fazendo sexo anal com dois Marquinhos de fio dentalmeu primo e eu na resistiu e comeu o bucetao da minha tia contocontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgenschegando da balada bêbada e fazemos insetocomo descabaça minha sobrinhaconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxgozei na boca dela sem pedirele a enrabala e ela a cagar.se pornocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandecontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudaMeu padrasto bella&alexcache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 fotoporno dotados verdadeiros jegue e nucontos eróticos as amiguinhasvideos porno mulher tentando escapa. do pau do outro na frente do marido mas nao comsegue e corno dechaconto erotico entiada se pasando por dificil mas pegando fogoestava batendo punheta e os dois viu passei a rola neles porno gayflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandoComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorrogueixa mijonafis vovo me arronbarler contos eroticos de incesto mae carente ver o filho transando com a namorada fica com tesao fica adimirada com o pau do filhovideo de porno .que nuher mão quanta que.cagamostrando abuçeta pedindo para alguém comerContos eronticos de tias papa anjosmarido fazendo covardia com a buceta da esposacontos saunas velhos chubbys gaysesposa crente novinha gostosa e o segurança do predio roludo contos eroticoslevei a minha noite também nua da filha me trata nua mandando minha pelada nua e vizinha tá na loja com meu pequenotecido brilhoso pornContos coloquei um shortinho d menina e acabei estupradovideo de sex com pauzaoassistir agoracontos eroticos cu apertado.da maeas mulheres mais tratante do pornô de fio dentalContos eróticos de incesto com fotos de mulheres peluda e comadresconto erotico gay perseguiçaoincesto com meu vô contosConto erotico fui cagar na moitaconto erotico/gay asistindo percy jacksonhomem se mesturbano no causinha da cuiada fio dentalContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuxvideos primo cheira po mas prima e nao resistitransei com minha visinha casada no quintal delacontos eroticos meu padrasto cavalotransandp no presidio com a mai