Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A noviça bebeu esperma do padre

Autor: maluco
Categoria: Heterossexual
Data: 03/08/2007 08:19:18
Nota 8.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A noviça, futura irmã Angêlica, rezava com toda devoção e com toda sua alma, ajoelhada diante da imagem da Virgem Santa Dolores, desejava apartar de sua mente aquilo que a perturbava, porém quanto mais fervor em sua oração, com um tanto maior empenho sua mente recordava da imagem do Padre Joaquim, o homem mais lindo que havia visto em sua vida, alto, moreno, cabelos ligeiramente grisalhos e ondulados, olhos verdes.

Estava transtornada sem saber porque desde o primeiro momento em que o viu no convento o idolatrava, sua distinta figura, vestia-se com elegância seu traje negro.

Queria de uma vez por todas isentar de seu cêrebro a recordação daquela noite quando se encontrava dormindo e um sonho se apossou de seu ser, sonhava que estava nua a seu lado, suas pernas escassamente chegavam a metade da pantorrilha do padre, que comno ela, tinha também unidas e pegadas as suas, seu forte torax pegado a sua costa, oom a cabeça sobre a almofada junto a sua, descansando seu pescoço junto aquele forte braço masculino, entretanto sua mão acariciava suas formosas cúpulas de seda notando como os bicos de seus minúsculos seios se enrijedeciam.

A forte mão esquerda do sacerdote buscou o sexo daquela frágil e inocente noviça fazendo-a gemer, quase gritar separando os pequenos lábios de sua vulva e acariciar seu rígido botãozinho do amor, seu tremendo falo, grande e grosso como seu pequeno antebraço se deslizou entre suas pernas em seu refugio natural, obrigando-a a abrir-se para receber tamanha ferramenta, se estremeceu de prazer ao sentir-se ultrapassada em sua pureza, girou sua boca e o beijou, um beijo delicioso, era tão doce sua lingua que de imediato sentiu as primeiras contrações de sua vagina e chegado a seu primeiro orgasmo quando notou o néctar brotar de sua vagina e umedecer aquela carne dura e grossa que a penetrava, permaneceu imóvel, desejava saciar-se, desejava gozar outra vez...e mais uma...e mais uma...e gozou, um orgasmo intenso, muito mais intenso e prolongado que da primeira vez, foi tão prolongado seu climax que havia acabado de experimentar pela primeira vez um múltiplo orgasmo, ele a acompanhou inundando aquela pequena cova com inesgotáveis jatos de seu cálido esperma banhando seu juvenil útero.

Com um movimento ríspido irmã Angêlica despertou, assustada, coração disparado, temerosa, olhou a seu redor e aqpenas o que viu foi sua companheira de quarto dormindo calmamente, tudo não passou de um lindo sonho, mas ainda sentia aquele êxtase, levantou a enorme bata em que dormia e tocou sua calcinha, estava um pouco úmida, ficou confusa, pois não entendia aquilo, era uma experiência nova em sua vida adolescente, foi até o banheiro e tocou sua bucetinha, estava melada com um liquido que grudava em seus dedos, lavou-a pois aquele mel havia molhado também suas coxas.

Voltou a cama pensativa ao analisar o pecado que havia cometido, se sonhou é porque em seu intimo desejava aquilo, e isso jamais poderia acontecer para quem tem a castidade como voto cristão, teria que se confessar para tirar de seu corpo aquele deslize e o pior, teria que ser com ele, Padre Joaquim que era o confessor do convento e teria que explicar-se com ele, só em pensar naquilo seu rosto ruborizou-se de vergonha e tardou muito a voltar a dormir.

A noviça Angêlica se ajoelhou nervosa diante da grade do confessionário, seu corpo e sua voz tremiam, não se atreveu a levantar os olhos para mirar a seu confessor e resolveu se pronunciar:

***Ave Maria purissima!!!

---Sem pecado concebida...Diga minha filha...é pecado de pensamento, palavra ou obra??

Irmã Angêlica ficou calada, o Padre perguntou outra vezO que te passa filha minha???

***É pecado ...padre...de pensamento!!!

---Quantos anos tem Angêlica???

***Quinze...Padre Joaquim!!!

---Seu pecado é carnal...minha filha???Sussurrou com voz suave.

***Não...Padre!!!

---E que pecado de pensamento teve???

De novo Angêlica ficou calada...

---Não tenhas mêdo, Angêlica, Deus nosso senhor sabe de tudo o que se passa em seu coração!!!

***Então não tenho que explicar-me ao senhor???

---Sim, filha minha, tens que explicar-me para que eu possa impor a ti uma penitência e absorver-te, por isso tenho que saber qual seu pecado de pensamento!!!

***Veja, Padre Joaquim...eu sonhei que......!!!

---Segue filha minha, diga-me o que sonhaste???

***Sonhei com o senhor...Padre Joaquim!!!

---Comigo!!!Sonhaste comigo ...minha filha???

***Sim...com o senhor!!!

---O que sonhaste...Angêlica???

Criou coragem e falou:

***Que faziamos amor...Padre!!!

---Sonhaste que faziamos amor...verdade filha???

***Sim padre...foi isso!!!exclamou aliviada por ter finalmente desabafado.

---Eu lhe molestei, Angêlica???

***Não padre...ao contrário!!!

---Ah!! Então você gostou???

Sem nenhum sentimento de culpa, exclamou:

***Sim padre Joaquim...muito!!!

---Queres contar para mim...tem certeza que era eu????

***Oh, sim padre, muito claramente!!!

A grade do confessionário se abriu e o sacerdote e a noviça se miraram em silêncio

ela abaixou os olhos sufocada e pestanejou quando ele lhe perguntou...

---Você recorda se era como este???

Ela olhou e viu o grande membro do Padre Joaquim, rigido, cabeça grossa e uma grande veia inferior gorda pelo sangue que a irrigava desde a ponta até a raiz, mirou surpreendida e fascinada.

***Sim padre...é ele mesmo!!!

---Você tocou nele???

***Sim padre...o toquei!!!

---Para que tu tocaste nele...filha!!!

***Para meter em....!!! se deteve com vergonha.

---Meter onde ...Angêlica???

***Em minha coisinha...padre!!!

---Em tua bucetinha...é isso???

***Sim padre!!!

Angêlica sentiu aquele enorme nervo apontar em seu rosto, o sacerdote sussurrou de novo.

---Pega nele como em seu sonho!!!

***Mas isso não é pecado da obra...padre???murmurou levantando os olhos a seu confessor.

---Não filha minha, te peço que o agarres como naquela noite para comprovar se houve intervenção do demônio!!!

***Ah!!! exclamou levando a mão timidamente e tentado abraçar aquele grande pênis com sua pequena mão sem conseguir circunda-lo, porém recordava o sonho, a grande dimensão do caralho sacerdotal que tanto gosto havia lhe proporcionado.

É ele mesmo- pensou sem solta-lo, sua calcinha assim como naquela noite começou a ficar úmida pelos fluidos que saiam de sua grutinha virgem, entretanto continuou segurando aquele gigantesco pau com a mão e esperando as instruções do Padre.

Ela percebeu que aquilo pulsava em sua mão como se estivesse viva e apertou com mais força para que não lhe escapasse da mão, se repetiu as palpitações daquele membro e de novo apertou sentindo sua bucetinha cada vez mais molhada e excitada.

---Coloque em sua boca...querida Angêlica!!!

***Porque tenho que fazer isso padre???

---Faça o que te digo Agêlica!!!Ordenou...

Angêlica ardia de desejo, meteu em sua boca quase desencaixando suas mandíbulas, as mãos do sacerdote acariciavam sua cabeça fazendo com que sua pica entrasse até a metade em seua boca.

Suas mãos ajudavam a ritmar as entradas e saidas várias vezes, até que outra vez ouve-se a voz do padre sussurrando.

---Não se assuste querida...hooooooooooooooo!!!!hooooooooooo!!!Urrava silenciosamente o padre.

---Engole tudo...engole tudoooooooo....Hoooooooooooooo!!!!

O primeiro jato brotou violento explodindo em sua garganta quase a afogando, porém engoliu com ânsia, e engoliu o segundo...o terceiro..até conseguir esvaziar os testiculos de seu confessor, novamente ouve-se o sussurro do padre.

---Engole tudinho querida!!!

Ficou com a boca entalada na cabeçona daquele monstro até sair as últimas gôtas de sêmen enquanto o padre se estremeceia agarrado a cabeça da noviça.

Logo se sentou de novo, fechou a grade do confessionário e sussurrou com um suspiro.

---Reza seis padrenossos e dez avemarias como penitância...eu te absolvo em nome do pai...do filho...e do espitio santo...amém...vai em paz minha filha, esta perdoada.

Angêlica prostou-se na capela e começou a cumprir sua penitência arrotando a pôrra do padre que se alojou em seu estômago.

Comentários

03/08/2007 08:46:02
Gostei, nao e nenhum conto afrodisiaco, mas muito bem escrito e com uma boa dose de humor.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo oral 2016 nos mamilos bicudos das mulatasvideos de sexo mulhe sai pra ir pra kademia e vada o cu e chupa rapidibhocontoseroticoss xvideos5professora do encino fundamental se masturbano peladamaridinho chupou minha bucetapornodoido gato lembi bucetatentando encaixar a pica no uteromae punhetando filho quietinho no sofaNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileirodois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixofugio da aula para da buceda e leva gozada tendroNiely mostrando a b***** raspadinhamulher estava fazendo hidrataçao de pele na cara nao percebeu o homem sexo pornocomo daesem doer a bucetaeu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdodando pro supervisor contogrelao entrando contosvideos esposa gostando de ser bolinada corninhoConto erotico: o playboy e o malandrocontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelaContos eróticos meu marido solbece quantas rola já levei no cucontos erotico curvada frente namoradocontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramorgia com minha irma contoconto erotico pegador popular da escola heteropornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salavideo porno denovinha enfrento pau grandefotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetaimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosPica cabeçudas encaixando espertinho na xanarabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhaprensada no colchão pornSexoloucoanimaldupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidovaga em Tambaba mulher chupando rolaConto erotico arrombei minhA tia 25cm grosso no acampamentopai fica pelado perto do seu filho lindo mundobichaxvidio empesamarido tranza com espoza no acampamento chega mais e tranza com ela contosgta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacdzinha quer ser empregadinhafilme porno minha sogra me enxeu o saco ate eu come elaarretada e gostosa minha mae conto incestocontos eróticos eu vi minha tia amamentandocontos de sexo depilando a sograconto erótico filha da madame sentou no meu colo e sentiu meu pau duromentendo o pepino na buceta e no meu rabao contosestrupoanal abusoaprendiz do sexo porno falando palavroesfoi ajudar a irma estudar e pediu o cu como pagamentoVendedora gostosa do shoppingconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoMinha esposa perdeu a virgindade do cuzinho com 2 negros picudos contos e relatos eroticosgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosas mulheres cm a buceta grande panel de fuscagta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontos de putaria sou puta do negao meu vizinho fez um buraco na paredesobrinha contoperuas ricas viuvas safadasmarisa chupando meu paucontos minha mae gravida do pedreirogostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsadespedida de solteiras com/mulheres casadas q se entregarao a putariaporno meti na minha irma com forca e fiz ela pular e gemermarcelo strause aguilarminha mae e a travestis contosquero ver o ganhador do homem chupando a b***** peladohttp://migre.me/w4IgEputaria brasileira padrastro pegado a força a intiada virgem numca namoroubrincando escanchada contos pornoenteada madura mamou rola do padrasto contosporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaComtos namoradas fodidas por velhosbuceta babando liquido transparentehomens maduros de barba peladosacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendocasa dos contos eroticos/julianaxvidios mulheres fundeno na ginástica mulher passar margarina ela pelada e no cu bem gostosoconto erotico descobri que o marido de minha irma e honosexual acabei comendo ele e minha gostosa irmafazendo empregada gozarPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhointiaada chupando pau do ppadrasto desmaido de sonocontos eroticos minha esposa ficou excitada quando viu o negao pauzudo