Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Amiga intima

Categoria: Heterossexual
Data: 24/08/2007 18:36:53
Nota -
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu e minha mulher resolvemos apimentar o casamento fazendo um ménage, ela queria que primeiro fossemos com uma mulher para depois tentar com um homem. Temos de 4 anos de casados, tenho 39 e ela 34. Sou branco de 1,89m, peso 98 kg e tenho um pau que médio 17 cm e ela loira 1,68m, com 62 kg. Ela já tinha em mente uma amiga dela, Marta. Planejamos um jantar com essa amiga em nossa casa e Marta aceitou. O jantar rolou num clima romântico que havíamos preparado, depois do janta passamos a tomar um vinho muito bom e percebemos que ela havia bebido um pouco mais que o normal, ficamos nós três, eu, Lara e Marta, ouvindo música na sala e tomando mais uma garrafa de vinho. Quando a garrafa secou, Marta começou a falar de todas as fantasias dela ´´ Sabe que sou louca para transar um casal”, sem poder dizer nada permanecemos calados e levamos numa boa. Então ela me perguntou a minha e eu disse : que também gostaria de fazer um ménage com minha mulher e outra mulher. Minha mulher se assustou com a frase por mim pronunciada e acabou falando – Quem sabe a Marta não topa realizar nossa fantasia. Depois de falar aquilo, vi nos olhos de Marta um brilho e um olhar safado. Marta tem 33 anos e é separada, trabalha com minha mulher, uma bela morena, quadris largos, coxos grossas e bem torneados, bundas grande e seios redondos. Uma delícia. Depois do acontecido resolvi abrir mais uma garrafa de vinho, mesmo sob protestos de minha esposa e enchi seu copo e o de Marta. Lara foi à cozinha e Marta não esperou nem ela fechar a porta direito, me perguntou se Lara não topava mesmo? Respondi que sim sempre fantasiávamos esta situação, então ela disse: “- eu toparia, sou Louca para realizar essa fantasia.” Fiquei louco só de pensar em comê-la, mas tinha que ser em outra ocasião. Lara voltou e Resolvi tomar um banho primeiro, as duas ficaram na sala conversando. Tomei meu Banho e vesti um roupa mais um bermuda sem cueca nem camiseta e fui para a sala para terminar o vinho. Nisto minha mulher me beijou e foi para o nosso quarto para tirar a roupa e tomar um banho. Logo que ela saiu Marta pediu para ver meu pau, fui até o quarto e vi que minha mulher já estava no banheiro e voltei Marta continuava sentada, coloquei-me atrás dela e pus o cacete para fora em cima do encosto do sofá, bem próximo à sua cabeça, ela virou bem rápido e se assustou com meu pau a altura de sua boca, pegou e passou a língua na cabeça e disse: - “lindo e duro, do jeito que gosto”. Falei para que ela deveria aproveitar e tomar banho junto da minha mulher, pois eu daria um jeito de me aproveitar da situação e comer as duas. Ela, um pouco tonta, largou meu cacete e foi para o banheiro, consegui ouvi-la dizer para Minha mulher se ela não queria uma companhia. Esperei um pouquinho e depois fui para o quarto sem fazer barulho, ouvi Marta pedir para que minha mulher a ajuda se a tomar banho. No closet, olhei para o banheiro, a porta meio aberta e vi que Marta tinha uma linda buceta, o pau já estava para estourar de tanto tesão. Não agüentei, tirei o short e entrei banheiro adentro, estava louco de tesão e fui abraçando minha mulher, ela se derreteu aos beijos e abraços, quando senti uma boca quente em meu cacete, era Marta ajoelhada pagando um excelente boquete e ao mesmo tempo alisando a xotinha de minha esposa. Ficamos nesta brincadeira por algum tempo e depois fomos ao quarto. Deitamos os 3 na cama de casal, Marta não tirava o meu pau da boca e eu de boca na xota da minha esposa, enquanto esta brincava com grelo da morena. Pedi para minha mulher trocar de posição com a Marta, pois eu tava doido para sentir o sabor daquela buceta morena, ela respondeu que era para eu não me apaixonar pelo grande grelo que Marta tem. Nos chupamos muito até que pedi para comê-las, meti primeiro em Lara enquanto Marta nos chupava, depois inverti e botei as duas para fazer um 69, reclamaram alegando que não curtiam muito chupar outra mulher, mas eu disse que elas não sabiam o que estavam perdendo. Toparam. Lara por baixo e Marta de bunda pra cima. Posicionei-me atrás da morena e comecei a penetrá-la, estava super lubrificada, mas era bem apertadinha, empurrava até a metade e voltava, repetia o mesmo movimento bem devagar, hora ou outra tirava e deixava minha mulher lamber o cacete e sentir o gosto da xota da amiga. Voltava a enfiar na xaninha da morena e tirava. Falei que eu queria também comer o rabinho delas e que elas não podiam me negar isso. Trepei um pouco com minha mulher me cavalgando enquanto a morena lambia seu rabinho e enfiava dois dedinhos. Lara não demorou muito e gozou, uma, duas vezes seguidas e não saia de cima, com o cacete todo enterrado naquela xotinha rosada. Marta pediu para sentar também, mas Lara continuou sem parar de rebolar e pular até gozar de novo. Eu estava me segurando para não gozar. Lara parou e saiu de cima e disse que queria ver Marta sentar, mas tinha que ser de costas pra mim. A morena não pensou duas vezes, arregaçou as pernas e sentou engolindo quase todo o bicho de uma vez. Minha esposa aproveitou-se e passou a lamber o grelinho da morena e também o resto do meu pau que estava de fora. De repente Marta começou a gritar feito uma louca e engolia tudo com muita vontade, pulando feita pipoca na panela, impedindo que Lara continuasse chupando sua xota e gozou feita uma potranca no cio. Mudou de posição e disse que queria levar de 4 de novo, atendi seu pedido e pedi para Lara sentar na cabeceira da cama para que eu pudesse chupá-la enquanto metia em Marta. A morena gozou de novo, desta vez mais intensamente e quase desfaleceu. Senti que era a minha vez, falei que ia botar naquele cuzinho. Marta não teve força para dizer não. Passei um gel lubrificante que temos em casa na cabeçona e também no cuzinho dela e comecei a forçar a entrada, ela gemia, dizia que tava doendo e eu continuava sob o olhar e palavras de incentivo de minha mulher, que não parava de incentivar nossa amiga a pressão deu certo e a cabeça começou a sumir naquelas carnes, devagar fui conduzindo o bicho até passar toda a cabeça, Marta gemia mais forte e choramingava feita criancinha dengosa. Lara passou para frente de Marta e deitou com a xota na cara da amiga que mal conseguia lambê-la. Continuei empurrando até chegar na metade e perguntei se estava bom ou era para empurrar mais. Lara deu a ordem para que eu continuasse e enterrasse até os ovos, pois Marta era uma tremenda puta e adorava dar o rabo. Pedi que Marta rebolasse e fosse empinando a bundinha, pois não queria mais empurrar, queria que ela levasse até onde quisesse; ela atendeu e rebolando e empurrando o bumbum para trás foi engolindo centímetro a centímetro até chegar no fim. Quando meus pentelhos encostaram-se à sua bunda eu disse isso é que é uma boa enrabada depois quero seu rabo Lara . Minha mulher gozou só de ouvir aquilo, disse que eu podia fazer o quisesse de seu rabinho. Fiquei mais um pouquinho bombando naquele rabo gostoso, tirava até a metade e empurrava até o talo. Marta falava que nunca tinha levado no cu um pau tão gostoso. Parei os movimentos e retirei meu pau, pois quase gozei naquela bunda deliciosa e queria saborear o outro cuzinho. Chupei minha mulher enquanto esfriava o sangue, Marta tava descansando deitada e alisando o seu cuzinho que estava todo vermelho depois que usei. Quando Lara já estava bem excitada,coloquei ela de frango. Comecei a forçar a entrada no rabinho dela. Lara soltava gritinhos de dor que me deixavam mais excitado ainda Fiz bem devagar com a ajuda de Marta que sugava o grelinho de minha mulher, que realmente é bem pequeno, mas que já estava bem inchado, a morena colocava um dedinho na xota de Lara . Não agüentei segurar mais e gozei, na hora do gozo acabei por empurrar tudo de uma vez o que fez Lara berrar de dor; Marta reclamou, queria que eu gozasse em sua boca, pois adorava esperma, falei que depois daria leitinho pra ela. Terminamos e fomos banhar, elas estavam cansadas e se diziam satisfeitas, depois daquela batalha de mais de 2 horas seguidas com o pau em riste. Dormi no meio das duas e Lara segurando meu pau, acho que com medo da outra acordar e abocanhá-lo. Depois desta data, Marta passou a freqüentar toda semana nossa casa vinha com Lara do trabalho e dormia com a gente e eu comia o cuzinho das duas quase todas vezes. Depois escrevo mais. Quem quiser me adicione [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


ginecologista gemendo baixinho pra ninguém escutar porno doidoarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosfazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticoscontos eroticos filha e pai caminhoneirovideo porno papai leu a filha que estava de férias pro sitio e fudeo novinhavideo de sexo afrosa com netadanovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartovi um negao tonhao rasgamdo a xota da minha esposaPadrasto dorado fodi enteadavídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadapornô brasileiro mulheres comendo outra com pipador falando putariaContos erticos irmas gulosas mamando na pirocona dos seus irmaos em uma orgia na piscina de casaporno gabsinhacontos eroticos virei vadia novinhavídeo da vizinha ela é pornô chama o marido da outra novela saindose voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexacontos eroticos o costureiroconto erotico peguei no flagra meu pai comendo meu maridovideos porno fodendo mae emprensadatexto jibi mae filho fodeu bucetaDesabafo de uma mae cap Vpsicologia enfrento hiv minha filha e guei ajudairmão pauzudo fudendo a irmazinha mignon Tonhão transa com sua cadelacontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcossaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandominha concunha morena gostosa que arrobeicontos sou lesbica e gosto de scatporno paudentri da bucetaContos sogra safada e fogoza seduz e se apaixona por seu genro e trasa elearregasado a buceta com muita velocidadepornô vai consertar geladeira e ela transa com Letíciaconto de casada putaeu qeuro vidio di sexolactofilia porno em sao carlos speu. quero. ve. video. porno. com. menina. de. quize. ano. pegarno. carona. de. caminhaoesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhonovinha safada humilhando o padrasto é estrupada a forca no conto eroctico do quadradinhoconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorfilme porno "ligados pelo desejo"xv novinha querendfo centin um piru na bucetab de cachrroxvideos roleudo comodo sanquemeu genro me fodeu contos pornos cuidei de mamaeprovoquei meu pai calcinhacavala centrando na rola grande e achando uma delíciamorena fofinhado rabao fudendo com dotadomeu marido me chupava enquanto outro me gosava vidioContos mesmo depois de casada meu primo me enraboucontos eroticos campingcontos incesto xota enrabadacontos eróticos fui da o cu e cagueiflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosNinfetas mamando rola no cinema contoseroticosmete essa piroca noeu cu mim arba porno doidomulher caga incontrolavelmente no sexoistorias mulheres estrupadas no cu virgem pau grande elas quase morreumae icestuosa desabafo de maeWww.vidioerotico.deminas.geraís.com.conto comi minha eguacriola da buceta inchado lwva gozada dentro que eacorremarido goza batendo uma vendo mulher agarrada por outro machovídeo da Sarinha do homem lambendo pequena mulher a mulher lambendo o pau do homemsou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhovai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetacontos erótico com subriaconto caralhudominha mãe me surpreendeu contos de incestoamigas segurando a amiga pa ser estrupada na despedida de solteiraCuidando das amiguinhas da minha irma contosminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.videos de porno doido com coisas indessemteenfiou a sonda contos eróticosconto gay adoro ser esculachado por um machoOk pornô gay d********* escondido pornô gay com alguém daqui a pouco pensativo alguém sexo pornô gay sexo transando mulheres transando com a cunhadahomnes esibindo seu pauzao no sanba cansao pornodoidominha tia Gleice Albuquerque pornôvidios pornnou que mae e filha tranza com o meismmulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porra