Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A ninfeta desbocada

Categoria: Heterossexual
Data: 08/09/2007 19:47:01
Nota 4.12
Assuntos: Heterossexual

Durante toda a minha vida, sempre tive tesão por mulheres grandes e mais velhas.

Dentro daquele estilo: peitão, coxão, bundão e bocetão. Mulheres que, como se diz, gostam de pau dentro, sem mais delongas e o resto é tchau e bênção.

Mas, devo confessar que uma amiguinha da minha irmã caçula me tirou do sério. O nome dela era Lucinha, tinha 19 aninhos e, até aquele dia em que fui obrigado a levar minha irmã para uma festa em um sítio, nunca havia prestado muita atenção nela. Sempre vestida com estas roupas de adolescentes, nunca tinha percebido o quanto ela era gostosa. Lucinha era do tipo falsa magra. Ou seja, aquela mulher que de calça jeans ou vestido fica sempre com o mesmo corpo, sem provocar desejos, porque não revela atrativos como peitos salientes, ou uma bunda arrebitada. Só que naquele dia ela trajava um biquíni minúsculo, daquele todo xadrezinho, com uns lacinhos dos lados. Seus quadris eram redondos e os seios, pontudinhos, quase furavam o tecido do sutiã que, molhado, ficava transparente. Simpática, ela como anfitriã da festinha ofereceu-me uma bebida e começou a puxar conversa. Porém, quase não escutava o que a ninfetinha dizia, ocupado que estava com a agradável surpresa que se mostrava aos meus olhos. Nossa conversa, ou melhor, o monólogo dela foi interrompido, por minha irmã e outras meninas que a chamaram para brincar na piscina. Neste ínterim aproveitei para me servir de mais umas doses de uísque e conhecer a biblioteca do pai de Lucinha, um renomado professor universitário.

Após algumas horas, já meio entediado, resolvi explorar o sítio, aproveitando também para fugir da algazarra daquele monte de adolescentes e da conversa dos adultos chatos que os acompanhavam. Entrei por um pomar e logo em seguida avistei um estábulo. Enquanto observava os cavalos, notei que alguém se aproximava pelas minhas costas. Era Lucinha, que de pronto me disse na cara: “Há dois anos, disse para sua irmã que um dia ia namorar você. Ela riu e me disse que você não gostava de garotinhas.” Juro que fiquei surpreso ao saber que a coleguinha da minha irmã tinha tesão por mim. E, quando ela se aproximou, o pouco de juízo que me restava evaporou-se. Beijei a boca daquela menina-moça e fui logo apertando sua bunda e passando a mão em seus seios durinhos. Ela, por sua vez, apertou meu pau com força, enquanto esfregava em mim a bocetinha. Dentro do estábulo havia um monte de feno e foi ali que deitei Lucinha. Ela tirou a parte de cima do biquíni, revelando dois seios enlouquecedores, com bicos salientes. Desatei os lacinhos da parte de baixo do biquíni e na minha frente surgiu uma bucetinha linda de lábios pequenos, mas com muitos pentelhos. Enfiei as mãos sob a bunda da ninfetinha e levantei a sua xoxota em direção a minha boca. Chupei-a com força, passando a língua por seu clitóris, arrancando gemidos da menina. “Ai, que coisa gostosa. Me fode. Come a minha buceta. Realiza meu sonho de trepar com você”, dizia entre sussurros. Tirei meu pau da calça e tratei de enfiá-lo na grutinha ensopada. Ela não era mais virgem. Dias depois ela me confessou que perdera o cabaço com um namoradinho, também cabaço, que sequer a fizera gozar. Por isso escolheu um homem que lhe ensinasse sexo de verdade. Mas, isto já é outra história.

Soquei a pica na xoxota da ninfeta de forma firme e cadenciada, proporcionando a ela muito prazer. Poucos minutos depois, Lucinha esticou o corpo, enrijeceu os músculos e começou a gozar, balbuciando: “Aaaaai! To gozando. Me mata, me arromba. Me faz a tua puta.” Mal pronunciou estas frases e desabou sobre o monte de feno, aproveitando ao máximo o orgasmo. Me concentrei, então, no meu prazer e dei uma longa ejaculada dentro daquela jovem buceta.

Depois ela virou de bruços como que pedindo que eu fizesse o serviço completo. E acrescentou: “Aí atrás eu sou virgem!”

Lucinha é daquele tipo de menina que tem o rego da bundinha bem rasinho, bastando abrir um pouco as bandas da bunda para se ver o botãozinho do cuzinho. Arregacei a sua bundinha, e lá estava ele, um ânus rosinha, ladeado por um tufo de cabelos. Aquilo me deu um baita tesão. A ninfetinha não tinha a preocupação das mulheres maduras de ficar se depilando. Encaixei a cabeça do pau no círculo do cu da garota e forcei a entrada. Ela gemeu: “Vai com calma, amor. Eu nunca dei o rabo a ninguém.” A fala desbocada de Lucinha me deixou ainda mais excitado. Segurei-a firme pela cintura e com muito jeito enfiei a piroca no cu da ninfeta até o saco bater em sua bunda. Ao mesmo tempo, batia uma gostosa siririca em seu grelinho. Enrabei com gosto a ninfetinha e, à medida que ela ia se acostumando com o meu pau dentro do seu rabinho, eu aumentava o ritmo das bombadas. Lucinha gemia e rebolava na minha pica. De sua buceta escorria o caldo que era prova do prazer que estava sentindo. Ela gozou mais uma vez e eu urrei de prazer quando ejaculei no cuzinho na menina.

Essa foi a primeira das muitas vezes que comi aquela ninfeta que se transformou em uma ótima amante.

Comentários

29/01/2016 13:39:39
Juro que queria acreditar nisso...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos transando com cunhado mais novozoofilia genicologista enfia alargador na buceta da noviadominando um casalflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaporno ela parecia ser tranquilamamete muitcontos de namorada no churrascoSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videosconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçaporn bumbum peito enpinadinhos de mae filhasexo expkicito gratis exibindo cacetaoqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginaporn caioserviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau duroContos eroticos mamaeeee uii aiiele a enrabala e ela a cagar.se pornoPorno contos incesto mamaes iniciam chupando as bucetinhas de suas filhinhas muito carinhobelo sexo dormindo de conchinha com a titiaXxvideo so a cabeci.ha nela dormindotirando o cebinho da cetinha com a linguaXVídeos mulher dormindo XVídeos mulher dormindo caindo no fornopratico anal com meu cachorroxvideos paacas.com.pePAU SO NAS CUNHADAS COCOTINHAS GRITANDOvidio porno crente curioza pra parA pega pica eacaba sendo estrupada ela cota tudomulher estava fazendo hidrataçao de pele na cara nao percebeu o homem sexo pornoconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anosdupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidoMeu vampiro romance gay capitulo 21foi mal apertarou aqui sem quermenos viciada novinha molhada cracudos pornôdormi de calcinha com meu filho e dei pra eleFazendo Cunhado Chupa a força Gay❤Casa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherconto eroticosgemeascontos de sexo com meu pai metiii vaii issoafricano comeu meu cue já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraconto erotico punheta raptosoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôcontos eróticos mulher dividindo o marido com gayver video e filme de veterinaria chupano abuceta da e gua na fasendaconto erotico a pequenininhaconto erotico pegador popular da escola heterocangapor hd pronver mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirosexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornoos videos de sexo os lolitos da picaocoroa e varoa safadabucetao na boca contoeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largapprno padrasto saradao escuta entiada gemendogarotas gozando e sursurrandoBoquete gay com marginal agressivocontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidao corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornonegona dizendo no cu naocontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemcontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebemete essa piroca noeu cu mim arba porno doidosadomasoquismo c arrombadas e peitos esmagadoscontos irmazinha nossa punheteiragostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsacasada carente muito seria mais foi ceduzida pelo cadeirante contosabriu bunda cu buceta dançarinas distraidasporn provocadeitaXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundatransando com cachorro e vizinhocontocasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladosconto erotico luciene crentevarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetamenina ponha na bucetinha dedinho cheio de pregasContos de cornoDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelsou casada mais quem mim fode gostoso e patinhomae vai massagea o filho fica de boca aberta con o cacete do filholesbicas praticantes de lactofilia xvideos hdsexo oral e vavinal com a quelas danadinhascontos comendo minha vizinha negra bundudaamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideosdois viadinhos e uma mulher contos eroticosfotos de irmanzinhas mais novas provocando seus irmaos e levando pica durpor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornonovinhas das bundás gandê xvdeosMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoutimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandolevando pissada ate caga porno doidocoroas grisalhos que come a bunda de homens em campos dos goitacazessó bucetinha novinha na ommmmmPensei em convidar para uma grande mulher transando com buceta grande mulherputinha tres corações