Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Lu e nós na praia

Autor: Leo rs
Categoria: Heterossexual
Data: 14/09/2007 14:11:12
Nota 2.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuamos indo pra praia quase todos os fins de semana e a Lu estava adorando viajar conosco, ainda mais agora que minha canalhice estava assumida e só crescia.

Eu já me sentia bem em comer a menininha que era praticamente uma filha mais nova.

Minha mulher e as minhas filhas nem sonhavam com a situação que estava ocorrendo, afinal de contas a Lu nem parecia ter 18 anos pois nunca deu uma indireta ou qualquer sinal de que a gente já estava transando há algum tempo.

No começo, quando ficava horas e horas pensando nas consequências daquela loucura, até imaginei que ela não aguentaria segurar o segredo ou que iria me pressionar de alguma forma. Que nada.

Ela curtia tanto quanto eu a situação que viviamos, o segredo e os encontros escondidos e doidos.

Naquele fim de semana a minha menina mais velha tinha ficado em São Paulo pra terminar alguma coisa no escritório, somos advogados, minha mulher e eu. Ela estava começando a trabalhar conosco e queria mostrar serviço, embora sentisse um fio de culpa por deixar a menina trabalhando enquanto outros funcionarios até mais novos estavam de folga, mas o lado de pai preocupado com o futuro da filha falou mais alto e aceitamos ir sem ela para Santos.

Obviamente a Lu, que era considerada a irmã mais nova e filha caçula pelas minhas filhas e esposa, não perderia a oportunidade de estar conosco.

Ela adorava, agora por outros motivos, e a gente adorava ela.

Nossa distribuição de quartos na praia era óbvia e simples. Quarto maior para o casal, quarto do meio para a menina mais velha, e o quarto menor, nos fundos da casa, era ocupado pela minha filha mais nova e pela Lu, que, assim, se esntia ainda mais da família dividindo quarto com a 'irmã'.

Com a falta da mais velha nesta viajem a Lu se sentiu ainda mais parte da nossa família pois teria o direito de dormir sozinha no quarto das meninas menores.

Tudo certo na viajem, na ida pra praia, no almoço quase às 4 da tarde, nas brincadeiras no gramado. E eu começando a planejar como comer a Lu com minha filha e esposa em casa.

Que sorte a minha ter deixado ela sozinha num quarto.

As coisas seriam bem mais fáceis. Nada iria me deter pois a canalhice havia tomada 99,9 por cento do meu ser.

Eu, antes de tudo acontecer naquele fim de semana que fomos para Santos só eu e as meninas, até pensava que seria, pro resto da vida, um sujeito pacato, bem casado, pai de duas meninas lindas e de sucesso, agora pai 'emprestado' daquela lindinha que surgiu nas nossas vidas, profissional respeitado, enfim, um cara normal.

Mas isso já era coisa do passado eu estava contente com meu novo eu.

Um quarentão taradão que comia uma amiguinha das filhas dentro da propria casa, com a esposa dormindo no andar de cima e que estava preparando uma nova empreitada com a lourinha de 18 anos na casa da praia.

Chegamos da praia todos um tanto cansados, as meninas foram tomar banho juntas, eu e minha mulher tomamos rumos diferentes, uma pro chuveiro outro pra churrasqueira, assim eu adiantava os preparativos pra tomar um banho depois e ficar tranquilo.

Estava terminando de espetar as carnes e fazer o fogo quando chegou a Lu.

-Ué? Tomou banho rapidinho você hein...- Comentei com um ar de normalidade na voz. Ela respondeu com um sorriso e um suspiro:

-Pois é né tio.

Parecia uma resposta tão óbvia e trivial, não fosse minhas idéias e o sorrisinho dela. Eu ainda salgado do mar e suado do fogo que começava a aumentar, o da churrasqueira, fiz um comentario que me pareceu simples, mas foi um sinal pra Lu.

- Você já deve tá cheirosinha e relaxada, eu ainda tô todo salgado.

- Posso ver, tio?

- Hã?

- Posso provar pra ver se tá salgado ainda?

Veio em minha direção descendo suavemente do banco alto que ficava perto do balcão da churrasqueira, na verdade ela escorria pelo banco como se derretesse seu corpo e se materializasse a 2 centímetros da minha boca. Antes da resposta ela já enfiava a lingua macia na minha boca. O espeto apontava pro teto e tremia, o de metal, pois tomei um susto embora esperasse e torcesse por aquilo. Logo endureceu meu pau e ela sentiu pois usava uma vestidinho de algodão leve. Suspirou e deu mais um beijo, se esfregou no meu pau e disse.

- Tá delicioso tio..e tu gostou né?

-Adorei, mas não seja doidinha, logo elas vêm pra cá e voc^...

Mais um beijo e uma rebolada empurrando o quadril delicado e tenro contra o meu. Meu pau encostava quase no umbigo da Lu que era bem menor, e ela sorriu de novo:

- Tio, tô sem calcinha...Sorriu de novo e foi pra dentro da casa.

Lá fiquei eu com os espetos apontando pra cima e com o fogo queimando, todos os espetos e todos os fogos.

Acelerei o meu trabalho e corri pro chuveiro. Quando voltei estavam as tres rindo e conversando em volta da piscina e, brincando, a minha filha disse:

- Sr churrasqueiro, demorado esse seu banho hein, estamos com fome.

A Lu e minha mulher concoradaram e riram ainda mais.

Assei a carne a jato e logo servi as moças, duas pensavam que era porque eu tbem estava com fome.

De fato estava faminto, mas a pressa era pra mandaqr todas pra cama.

Tomei umas cervejinhas pra acabar com o 0,1 por cento de juizo que eu ainda tinha. Mas logo maneirei por medo de falar demais.

A minha mulher logo foi deitar e ficaram batendo papo animado e, me parecia, sem a fim a Lu e minha filha. Já estava ficando tenso e muito ancioso quando fui chamado a comparecer no meu quarto e dar explicações sobre o porque da demora pra deitar e ainda estar me metendo na conversa das meninas

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


novinha dormindo de Baby Doll padrasto canauma jovem de dizoite anos pode perde o cabaço da buceta so colocando a cabecinho de um penis por duas tentativa contowww.xvideos novinhas dando um emprevisto pra foderCONtos minha mae de calça legue com a buceta repartida ao meioolha amor que jeba gostosaaprendiz do sexo porno falando palavroesfotos d mulheres so d calcinha box cm a buceta inchadacontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudoComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gayscontos eroticos traindo na enchenteele a enrabala e ela a cagar.se pornoporno com novinha goszando na buceta na boca da outragozada acidental buceta assustada bravameu patrão desejou comer a minha namorada vídeo pornô cornos Aracajucontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhaconto porno eu tava so de cueca e minha filha sento no meu colovideo porno lanbidas na boceta noivas e incestoxxvideo porno brasileiro novinha chora ao ter q fd cm varios depois q perd apostaquero ver as mulher tarada caseira com muco cervicalliteralmente engatada com dogoi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticosCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.08fotos+de++buceta+com++calcinhasou casada mais quem mim fode gostoso e patinhoXxvideosVizinha gostosa de shortinhocontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosgostoso chupar meu amigo na chuvaXvideo vou contar como acabei transando com uma irma da minha igreja elaera casadacontos eroticos virei vadia novinhacache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 sexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciabundas que mexem em cima do caralhoencanador comeu a cliente a forca e ela gostoumulhre pelada rezei ponovideos de sexo fodi ela de ladinho ela fechava as pernas e gemia muitocontos dei p meu chefeconto de incesto mae mulata de babydollmulher flaga sua amiga do rabao uma morena dando o cu para seu marido negao dotado com o penis de 030cm e da tambenconto erotico crossdress na academiasexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposafotoporno dotados verdadeiros jegue e nuisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosocontos eróticos vovó transando com cavalocontos eroticos numa ilha desertax vde porno rebolando de calca no pinto duro orovídeos de biscatinha novinha brasileira gostosa safada entiada metendo c padrasto sem ninguém perceberdeseeo amanentando o filho contos sexcontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegauma diziam que iriam cavalgar pra dar pro seu namorado nomeio do mato sua bucetonaempreggadas tesudas escitando patrao no youtubezoofilia no Congoconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaeConto erotico tirando a roupa no baralho pro tioisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosocontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksaconto erótico minha empregadinha novinhacontos eroticos de meninos gay perdi a aposta no video game e o cabaco tambemsou viciada no pau do negraonovnha ganhando varada no niversario de 18 anos jorrando porraladrão comendo o delegado pornô se for do Adélia busca pornôadestrador de escravasboyzinho encoxando no hetero no onibusporno loira quadriu grade americana pornovídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhoincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadamenina 18 cabasom. padato tula dela camaevangelicas na zoofilia com cachorromenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornoVIDIOPOMO DI PAULISTA nora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetacasada.comcrente dando pro.comvelho.contocontos eróticos loba adoro inversãoAdulta criando pentelho na bucetacontos eroticos sindico com um pau de 27cm fode moradora menor menorContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhairmão bem dotado tirando o c***** da sua Irmã DulceAbrir filme de sexo caixa de molho tirando a virgindade das moças de 18 anos gostosaTravesti inceto desde pequenachegando da balada bêbada e fazemos inseto