Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Lu e nós na praia

Autor: Leo rs
Categoria: Heterossexual
Data: 14/09/2007 14:11:12
Nota 2.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuamos indo pra praia quase todos os fins de semana e a Lu estava adorando viajar conosco, ainda mais agora que minha canalhice estava assumida e só crescia.

Eu já me sentia bem em comer a menininha que era praticamente uma filha mais nova.

Minha mulher e as minhas filhas nem sonhavam com a situação que estava ocorrendo, afinal de contas a Lu nem parecia ter 18 anos pois nunca deu uma indireta ou qualquer sinal de que a gente já estava transando há algum tempo.

No começo, quando ficava horas e horas pensando nas consequências daquela loucura, até imaginei que ela não aguentaria segurar o segredo ou que iria me pressionar de alguma forma. Que nada.

Ela curtia tanto quanto eu a situação que viviamos, o segredo e os encontros escondidos e doidos.

Naquele fim de semana a minha menina mais velha tinha ficado em São Paulo pra terminar alguma coisa no escritório, somos advogados, minha mulher e eu. Ela estava começando a trabalhar conosco e queria mostrar serviço, embora sentisse um fio de culpa por deixar a menina trabalhando enquanto outros funcionarios até mais novos estavam de folga, mas o lado de pai preocupado com o futuro da filha falou mais alto e aceitamos ir sem ela para Santos.

Obviamente a Lu, que era considerada a irmã mais nova e filha caçula pelas minhas filhas e esposa, não perderia a oportunidade de estar conosco.

Ela adorava, agora por outros motivos, e a gente adorava ela.

Nossa distribuição de quartos na praia era óbvia e simples. Quarto maior para o casal, quarto do meio para a menina mais velha, e o quarto menor, nos fundos da casa, era ocupado pela minha filha mais nova e pela Lu, que, assim, se esntia ainda mais da família dividindo quarto com a 'irmã'.

Com a falta da mais velha nesta viajem a Lu se sentiu ainda mais parte da nossa família pois teria o direito de dormir sozinha no quarto das meninas menores.

Tudo certo na viajem, na ida pra praia, no almoço quase às 4 da tarde, nas brincadeiras no gramado. E eu começando a planejar como comer a Lu com minha filha e esposa em casa.

Que sorte a minha ter deixado ela sozinha num quarto.

As coisas seriam bem mais fáceis. Nada iria me deter pois a canalhice havia tomada 99,9 por cento do meu ser.

Eu, antes de tudo acontecer naquele fim de semana que fomos para Santos só eu e as meninas, até pensava que seria, pro resto da vida, um sujeito pacato, bem casado, pai de duas meninas lindas e de sucesso, agora pai 'emprestado' daquela lindinha que surgiu nas nossas vidas, profissional respeitado, enfim, um cara normal.

Mas isso já era coisa do passado eu estava contente com meu novo eu.

Um quarentão taradão que comia uma amiguinha das filhas dentro da propria casa, com a esposa dormindo no andar de cima e que estava preparando uma nova empreitada com a lourinha de 18 anos na casa da praia.

Chegamos da praia todos um tanto cansados, as meninas foram tomar banho juntas, eu e minha mulher tomamos rumos diferentes, uma pro chuveiro outro pra churrasqueira, assim eu adiantava os preparativos pra tomar um banho depois e ficar tranquilo.

Estava terminando de espetar as carnes e fazer o fogo quando chegou a Lu.

-Ué? Tomou banho rapidinho você hein...- Comentei com um ar de normalidade na voz. Ela respondeu com um sorriso e um suspiro:

-Pois é né tio.

Parecia uma resposta tão óbvia e trivial, não fosse minhas idéias e o sorrisinho dela. Eu ainda salgado do mar e suado do fogo que começava a aumentar, o da churrasqueira, fiz um comentario que me pareceu simples, mas foi um sinal pra Lu.

- Você já deve tá cheirosinha e relaxada, eu ainda tô todo salgado.

- Posso ver, tio?

- Hã?

- Posso provar pra ver se tá salgado ainda?

Veio em minha direção descendo suavemente do banco alto que ficava perto do balcão da churrasqueira, na verdade ela escorria pelo banco como se derretesse seu corpo e se materializasse a 2 centímetros da minha boca. Antes da resposta ela já enfiava a lingua macia na minha boca. O espeto apontava pro teto e tremia, o de metal, pois tomei um susto embora esperasse e torcesse por aquilo. Logo endureceu meu pau e ela sentiu pois usava uma vestidinho de algodão leve. Suspirou e deu mais um beijo, se esfregou no meu pau e disse.

- Tá delicioso tio..e tu gostou né?

-Adorei, mas não seja doidinha, logo elas vêm pra cá e voc^...

Mais um beijo e uma rebolada empurrando o quadril delicado e tenro contra o meu. Meu pau encostava quase no umbigo da Lu que era bem menor, e ela sorriu de novo:

- Tio, tô sem calcinha...Sorriu de novo e foi pra dentro da casa.

Lá fiquei eu com os espetos apontando pra cima e com o fogo queimando, todos os espetos e todos os fogos.

Acelerei o meu trabalho e corri pro chuveiro. Quando voltei estavam as tres rindo e conversando em volta da piscina e, brincando, a minha filha disse:

- Sr churrasqueiro, demorado esse seu banho hein, estamos com fome.

A Lu e minha mulher concoradaram e riram ainda mais.

Assei a carne a jato e logo servi as moças, duas pensavam que era porque eu tbem estava com fome.

De fato estava faminto, mas a pressa era pra mandaqr todas pra cama.

Tomei umas cervejinhas pra acabar com o 0,1 por cento de juizo que eu ainda tinha. Mas logo maneirei por medo de falar demais.

A minha mulher logo foi deitar e ficaram batendo papo animado e, me parecia, sem a fim a Lu e minha filha. Já estava ficando tenso e muito ancioso quando fui chamado a comparecer no meu quarto e dar explicações sobre o porque da demora pra deitar e ainda estar me metendo na conversa das meninas

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


massageando o picao gigantescosexo novos banho conhadas nuasler contos eroticos de incesto pai carente filha safada short curtoloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porragostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhobaixar filme pornográfico de coroas transando buceta com buceta liberado para assistir e já funcionandozoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamentecontos de sexo depilando a sogracontos eroticos com viuvas ricas e mulheres sedutoras ricascontos gay me apaixonei pelo meu cunhado novinho hetero que me humilhavafilha um dia essa buceta vai ser minhaasistir video porno angolano de tia e sobrinho.porno contos pelo zpgarota misterio cdzinhanovinha aser estuprada com padrasto aser disvirginado encuanto dormecontos eroticos dominada na frente do meuExibicionismo em praia de nudismo lotafacache:GlXfqrAlcOoJ:zdorovsreda.ru/perfil/52488 porno caseiro dupla penetraçao ela fica brava porque doeu o cuincesto com meu vô contosvideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciaIncesto- Irmão brutamontes se apaixona loucamente pelo irmãozinho gay casadoscontospau mostro q gata nao aguenta e pede pra da um tempo pq sua buceta ta doendocontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elacontos eroticos com padrasto estupro gosteicontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegaxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa e pede pra nao goza dretrominha mae e a travestis contosxvideo comendo a escrava fujona no troncocomtos exitantesso eu minha enteada metendopornos de cornudos a serem enrrabadosmobile zoofilia com cachora femiaporno mulhers efomeadascontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesTonhão transa com sua cadelacriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritacunhadinha linda gostosa me dando o cuzinho e gritando de dor e tezaocontos comendo minha vizinha negra bundudaincesto com meu vô contosNinfeta ansiosa para exprimentar negão de pissa grande e grosso e fica toda arrombadaConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudoqual a melhor posição peão fazer sexo anual sem dortorando a gordinha escandalalosadei o cuzinho meladinho contoscontos incesto mae gtsVideos de sexo bucetinha das crentinhas nen naceu pelo se lascando na rola do negaowww.negao metie na velha porno.comporno loiras xiri gigante anal picas trinta centímetrossexo com mae vadia potuguesa fuder com filhocontos mulher encoxada na borracharialevando pissada ate caga porno doidocunhadacontoeroticoContos eroticos de travesti pauzudo estuprando meninosbucetinhas teste pra insistocontos eróticos os melhores eu e minha esposa recebemos uma visita de um casal de idadeempregada safadinha FátimaContos eroticos de mulheres com grelo grandes gratiscontos eroticos mulher dopada e fudidafihota coxuda mete 4 tipoconto erotico crossdress na academiaver relatos verdadeiro cheirava as calcinhas da minha primawww.as gordinhas na zoofelia com animais ajumentadosfilhinha da a buceta para irmao e padrastoperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no paucontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornosvideo porno com mulhe traido o marido e foi amesada que nao da cupeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetaprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera correcontos eroticos A Dama e o Bruto carolzinha santos e suas amigas trepano no churrascotirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasvideos esposa gostando de ser bolinada corninhoconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorfrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadomenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosquando seu.comamigo nao te.comrespondogangbang silvio santos porno doidoconto erotico novinho safado 05,03,2017loira esposa enquanto marido dorme ela fica engatada no dog gigante e goza de dor contos eroticoscasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadoenteada acanhada masturba o padrastoContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando no pauzaos dos seus filhos e de mais cinco negao em um gang bangporno filho Engravidar mae dormido"meio abertinho" gay contoquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoCumeno madura no quintau video porno irmã bricano com seu imão e apiroca escurrega etraManda vídeo pornô das atrizes mais belas do pornô transando com cachorro engatado arrastando ele era luz clique desesperada chorandogosada no trem lotadoboxeeroticofilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosacontos eróticos menina dando o cuzinho vídeo safado mortalidadecontoseroticos-estuprada por 2 cachorros roludo