Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Perdi o biquíni e fui comida no ônibus

Autor: Vívian
Categoria: Grupal
Data: 01/10/2007 00:37:32
Nota 6.50
Assuntos: Grupal
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, pessoal.

Meu nome é Vívian e sempre li os contos desse site. Resolvi escrever minha própria história. Já sofri muito com ela, mas resolvi deixar pra lá. Afinal, eu relaxei e gozei (rsrsrs).

Hoje tenho 20 anos, mas na época em que isso aconteceu, eu era uma adolescente bobinha e virgem de 16 aninhos. Desde dos treze anos que meu corpo de mulher começou a chamar a atenção dos homens. Mas minha família sempre marcou em cima dos estrahos e dos "namoradinhos" que apareciam em casa. Por isso, nunca cheguei a ter um momento mais íntimo com nenhum homem. O máximo foram algumas passadas de mão e umas apertadas, tanto em meus peitinhos quanto em minha bunda e em minha bocetinha. Confesso que eu também era meio retraída demais para avançar o sinal.

A minha história aconteceu quando eu estava de férias em uma cidade litorânea. Prefiro não citar muitos nomes para ter certeza de que não serei reconhecida jamais.

Como já disse, aos 16 eu era uma tesãozinho de mulher. Peitinhos tamanho médio, bundinha não muito grande, mas bem durinha, boceta bonita mesmo!

Naquelas férias, pela primeira vez, me senti livre daa opressão da família. Eu tinha ido passar um mês na casa de minha tia, que era bem mais relaxada com roupas e com marcação cerrada.

Passei a usar sempre xortinhos curtinhos e minissaias e até passei a ir à praia só de bíquini, canga e sacola de praia, ou de biquíni e minissaia. Eu sempre ia de ônibus à praia, e sempre esperava um ônibus não muito lotado para que nenhum engraçadinho se esfregasse em mim.

Nesse dia, fui a praia com um biquíni bem bonito, mas meio velho - não havia quase ninguém nas praias naquele período do ano, por isso nem me preocupava com moda - por isso mesmo folgado. Depois de pegar muito sol, resolvi tomar um bano antes de ir pra casa. Fiquei uns quinze minutos na água, brincando sozinha. Quase ninguém na praia.

Foi aí que minha sorte começou a mudar. Ao dar um mergulho para escapar de uma onda, acabei perdendo o biquíni. Parece loucura, mas aconteceu. Ele era frouxo e a onda foi muito forte.

Fiquei apavorada, é claro. Ainda tateei pelo fundo, tentando encontrar, mas que nada. Fiquei lá na água pensando no que fazer e deixando a praia esvaziar. Já eram quase seis da tarde quando a praia ficou quase vazia. Resolvi me arriscar e corri até minhas coisas, me enrolando na toalha. Me sequei e coloquei minha saia - felizmente não era tão míni assim.

Decidi ir pra casa assim mesmo.

A distância para a casa de minha tia era longa e os ônibus aquela hora estavam todos lotados. Deixei passarem uns três ônibus cheios, lotados de homens suados e cansados de um dia inteiro de trabalho. Minha tia mora num subúrbio em que moram muitos operários de fábricas, estivadores portuários e trabalhadores braçais - homens de família. Sei disso poque ela mesma comentou comigo que isso saíra no jornal da cidade.

Enfim um ônibus com lugares para sentar. Já eram sete da noite e o ônibus estava meio acabado: nem todas as luzes funcionavam, o que tornava o ambiente meio escuro.

Sentei-me, aliviada.

Foi quando outro acontecimento contribuiu para minha defloração no ônibus. Um velho subiu no onibus na parada seguinte e me vendo: branquinha, gostosinha, cabelos negros lisos, corpo bonit, resolveu ficar de pé ao meu lado, esfregando seu pau em meu ombro.

Aquela situação não me agradou, pois nas curvas o velho praticamente esfregava o pau na minha cara, acho que querendo enfiá-lo na minha boca.

Já que o 6onibus continuava lotado e apesar de ainda faltar cerca de uma hora de viagem para mim, levantei e dei o meu lugar pro velho, que aceitou muito a contragosto, pois sabia que eu fizera aquilo para escapar do roça-roça.

Enquanto isso ocorria, o terceiro evento que levou ao meu defloramento do ônibus aconteceu. Um dos ônibus, dessa mesma linha, que tinha passado lotado teve problemas com o pneu. Não contei, mas havia muita gente ali, esperando nosso ônibus. A mioria eram homens suados, de macacão, saindo das fábricas. Homens rudes e grosseiros.

Nosso ônibus ficou lotado. E eu, que tentei escapar do velho, acabei ficando imprensada a ele, pois a massa de trabalhadores não me deixava nem mesmo arredar do lugar direito.

Comentários

22/02/2011 12:22:37
Detalhe: Ela colocou na Categoria Grupal bixu... Vai ver que ela vai colocar os passageiros o cobrador e o motorista pra desvirginar uma menina de 16 anos... Violenta essa Vívian... kkkkk Tá sem ser arrombada....hahahhaha
22/02/2011 12:14:15
Começou sendo bem contado. Mas pecou no fato de não ter concluído. Acredito que se fosse verdade ela teria terminado pra que os leitores enfim soubessem como ela poderia ser comida num ônibus lotado e chegar contente na casa da tia... -_-" nota 2
07/09/2009 11:14:42
nossa ki foda, termine a historia, logo agr ki tava começando a fikar entereçante...
01/08/2009 23:52:19
poxa kd o resto, não tem?
24/07/2009 20:27:29
gostei mas n sei se é verídico. Às pessoas tem que colocar conto/estórias e conto/histórias. Ficaria mas bonito!
22/03/2009 11:20:28
Ótimas estórias! Tenho acompanhado e gostei muito. Já desenvolvi uma narrativa semelhante em outro site.
19/07/2008 10:47:14
acaba de conto o conto gata [email protected]
02/12/2007 17:40:29
Qual é guria? Isso não se faz. Já tava molhadinha e vc não acaba o conto. ZERO
30/10/2007 19:31:35
Porra, na hora que estava batendo uma e quase gozando vc para o conto. E ai. quem te comeu????
08/10/2007 12:23:11
poxa quando estava começando a gostar vc corta cadê o resto estou esperando me avisa, já estava com tesão pemsando na bundinha, peitinho e bucetinha aiiiiiiiiiii que delicia.
01/10/2007 16:41:15
sorte tenho eu que qd li ja tem mais dois publicados vou correr pro outro agora
01/10/2007 12:17:31
NÃO DEIXE DE ME ESCREVER, OK? [email protected]
01/10/2007 01:07:22
eu ti dei 10 mas vou continuar esperando o restante do conto.
01/10/2007 01:02:39
Porra tú é foda !!! quando eu começo a ficar de pau duro vc acaba o conto !!! Porfavor não faça mais isso !!! Se começou tem que terminar !!! Estou esperando o restante do conto, ok. Beijo e chupada na buceta.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexoalvesxvideo casadinha fica louquinha com eletrecista dotadogostosas com traseiro largo de biquinesContos negao arrombou minha esposa na minha frenteporno vai fechar a janela fica prezarso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhonegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28mamei contoscontos chantagiei a filha do pastorContos de insesto. Irma gostosa e sua melhor amiga dando a buceta pro seu irmao roludo do pau grande e grosso e cabeçudo comer com vontade.conto erotico traicaochantagemconto erótico de mendingocontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacobtoseroticos uma pequena apostapaniqueti lavando gosarda pirniBucetainchadaxvideomobileContos eroticos incesto com titias e crentesEdufera cintosmenininhao na siririca no banho escondidavidio do porno doido de lesbisca chupando a bucetavda outra ate ficar sem folegocontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porracachorro com o focinho dentro da bucetabixa porno pretinha no boquete devagarinhoxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasTravesti inceto desde pequenacontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maiscontos e videos de transando com as casadas com permissão do maridoporno vui da naxana vui cu ala ficou bravadei o meu curzinho com lubrificantes ao meu cunhado contos gayfiume porno garoto senti tezao pela crentinhabaixa xvideo coroa venhia nao gueto pica dconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeugta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontoeroticos de novinhas falado o quanto doi dar o cuzinhos .com/caseirosve.avaca da minhas vizinhas tarada lindo bucetaoconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeumanual de corno manso gatobomnegona do zoinhao gritano na picairmalouca pra perdero cabaco pro irmarpor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornofato real de noiada chupando rolacantor erótico fui abusodo ate eu da gostosoPeludao gostoso conto gayceta e bunda 205 só as gostosasnegao enchendo cu do velhote de porraprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera corregozou muito na buceta da irmã nascendo peitinhos a buceta nem cabelo nasceu nadabaiano chupando clitori e falando besteirasdoce nanda contos eroticosmarido e mulher tomando banho na praia mulher veio um negão bem dotado e sai Escondidinho para dar uma com negãovideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo delecontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negrofilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossoMinha mulher adora reparar na piroca dos machosxvedeo conto erotico a forca no onibuscontos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigascontos de tio comedor esobrinho novinho gaycontos eroticos da secretaria crente e timidaelacareca contos eroticos de mullheres carecashttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelodeu duas mexidinha e gozando em cima da buceta pornôgraças a um cano estourado comi minha irmãimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longosenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadaPapai goza na minha boquinhalesbica adora colocar omega grelo de buceta com fosse pirumulher beijando a mulher na boca pelada no titubearhistorias eroticas a pretinha magrinhaconto dupla penetracaoContos eróticos titia chupa minha xaninha