Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Por trás dói?

Autor: Sampaio
Categoria: Heterossexual
Data: 08/10/2007 06:32:06
Última revisão: 13/02/2010 09:34:15
Nota 8.38
Assuntos: Heterossexual

Resolvi escrever para provar aos homens da minha geração que, apesar de toda a apologia que é feita aos jovens, os cinquentões também tem vez quando se trata de sexo.

Tenho 52 anos de idade, e há um ano vivi uma experiência fascinante com uma jovem garota.

Tenho uma loja de presentes num bairro de São Paulo. Trabalhavam comigo duas garotas que atendiam no balcão: a Carla e a Eduarda, ambas com idades oscilando entre 19 e 20 anos.

A Eduarda era um tesão. Loira, com um rostinho angelical, um corpinho de modelo e uma bunda arrebitada que era um verdadeiro convite à sacanagem. Mas havia um senão: ela era noiva e ia se casar dali a seis meses. Além disso, sempre tive por princípio evitar qualquer intimidade com minhas funcionárias.

Na hora do almoço, a Carla e a Eduarda se revezavam. Enquanto uma ia almoçar, a outra ficava comigo na loja. Com o tempo, a Eduarda começou a aproveitar esse horário para puxar conversa comigo. Muitas vezes, esbarrava os seios ou a bunda em mim, enquanto falava alguma coisa. Eu fazia de conta que não percebia nada. Ficava na minha, mas com o tesão à flor da pele.

Um dia, logo depois que a Carla saiu para almoçar, a Eduarda aproximou-se e, com um jeitinho entre ingênuo e malicioso, me fez a seguinte pergunta: "“Sexo por trás, dói?”"

Confesso que fiquei meio sem graça. E fui um pouco evasivo em minha resposta: “"Depende”", eu disse. A garota insistiu: "“Depende de que?"” Eu já estava excitado e fiquei mais ainda quando percebi que os olhos dela brilhavam de curiosidade. “"Bem, depende de como se faz... da habilidade do homem... da colaboração da mulher...”", respondi.

A Eduarda ia falar mais alguma coisa, quando foi obrigada a interromper o papo para atender uma cliente que havia entrado na loja.

As investidas de Eduarda diminuíram depois que contratei uma senhora para gerenciar a loja. A dona Anésia cuidaria de tudo, sobretudo quando eu tinha que me ausentar para ir ao banco, ao contador ou fazer compras.

Um dia, eu estava precisando de uma determinada mercadoria e o vendedor da firma não aparecia. Telefonei para a fábrica e me disseram que eles estavam com dificuldades de entrega. Se eu tivesse muita pressa, teria que ir buscar o material lá. “Paciência” - pensei.

No dia seguinte, convoquei a Eduarda para ir comigo. Logo cedo, peguei o meu carro. Eu e a Eduarda passamos a manhã inteira escolhendo e comprando mercadorias. Terminamos o trabalho mais ou menos na hora do almoço.

Entramos num restaurante para comer alguma coisa. A Eduarda pediu uma caipirinha de vodca e eu fiquei numa cervejinha bem gelada. Durante o almoço, já meio embalada pelo álcool, a Eduarda começou a falar.

De novo, me perguntou “se dar atrás doía”. Desta vez não fui pego de surpresa. Ao contrário, fiquei excitado e resolvi abrir o jogo.

“"Olha, Eduarda, você é noiva. O rapaz nunca tentou te comer por trás?”" A menina ficou vermelha, mas não perdeu o rebolado. Tomou mais um gole de caipirinha e disse que o noivo era um cara muito sério, que nunca tentara nada de “diferente” com ela.

Sorri e pedi a conta. Peguei o carro e, logo ao dar a partida, disse: "“Nós vamos conferir esse negócio de perto”". A Eduarda riu maliciosamente: “"Que negócio?”" Sorri pra ela e acrescentei: “"O negócio que você tem aí atrás."

A Eduarda ficou vermelha novamente, mas não disse nem sim, nem não.

No meio do caminho, parei num motel que eu costumava frequentar. Pedi uma suíte de luxo e comecei a pensar naquela bundinha maravilhosa, que dali a pouco poderia ser toda minha.

Dentro do quarto, abracei a menina e dei-lhe um tremendo beijo de língua. Ela correspondeu deliciosamente. E enquanto nos beijávamos, levantei a minissaia e enfiei a mão por dentro da minúscula calcinha que mal cobria aquela bundinha encantadora.

Joguei Eduarda sobre a cama e tirei-lhe toda a roupa. Quando vi aquele corpinho nu, senti que meu pau estava estourando de tesão. Arranquei minha roupa e mostrei toda minha nudez, todo o meu desejo.

Eduarda olhava para o meu pau e parecia não saber o que fazer. Pedi que ela o enfiasse na boca e chupasse com todo o tesão do mundo.

A menina engoliu o meu caralho e sugava-o com um desespero incrível. Quando ele estava totalmente molhado pela saliva dela, pedi que ela se virasse com a bunda para cima. Enfiei dois travesseiros debaixo do corpo dela para aquela bundinha ficar mais arrebitada ainda. Em seguida, dei um gostoso banho de língua naquele cuzinho totalmente virgem. Senti que Eduarda estava entrando no ritmo do tesão. Pedi que ela ficasse bem relaxada, para não sentir nenhuma dor.

Encostei a cabeça do meu pau e, aos poucos, comecei a forçar a entrada da rosquinha. No início, Eduarda reclamou um pouco, mas pediu que eu continuasse. Devagar, meu pau foi arregaçando aquele cuzinho e avançando para dentro. Eduarda rebolava e gemia de tesão, pedindo que eu enfiasse tudo, que ela queria sentir minha rola no fundo do seu rabinho. Obedeci. Dali a instantes, meu caralho estava todinho enterrado naquela bunda deliciosa. Ela gemia mais alto, enquanto eu fazia o delicioso trabalho de vaivém, fazendo meu pau ir e vir dentro daquele cuzinho que se abria para mim. Eduarda dava pinotes na cama, jogava a bunda para trás, tentando “abocanhar” com o cuzinho todo o meu cacete.

Ficamos nessa “luta” durante alguns minutos, até que gozamos desesperados. Fiquei dentro daquela bundinha maravilhosa, sentindo que a inundava com minha porra quente.

Durante alguns meses ainda a Eduarda continuou minha amante - minha amante anal. Depois, ela saiu da loja para casar-se. Mas prometeu que qualquer dia vem me visitar.

Comentários

02/09/2015 12:42:54
Muito bom conto... buça.molhada, se vc quiser como teu cu... [email protected] br
10/05/2012 05:26:05
Taí um bom conto. Poderia ter ido um pouco mais nos detalhes. Mas valeu a pena. O que interessa mesmo é a inclusão do cuzinho como sobremesa ou como prato principal, como foi este caso, em toda trepada que puder. Sem o rabinho, confesso, já não dá mais para ficar. Um cuzinho bem comido, com uma bundinha rebolativa para provocar, é tudo de bom. Parabéns...
03/07/2009 19:42:05
gostei! tenhu o cuzinhu virgem também tenho curiosidade pra saber se doi tanto ou nao ... adorei o conto!
29/05/2009 14:43:27
Desculpe. Apesar de bem escrito, achei meio morno.
17/05/2009 02:57:40
A UM CU....AMOR QUER DAR O CUZINHO?PA QUEM? [email protected] ESCOLHE?
18/10/2008 02:24:34
Cara não é de duvidar que você comeu essa menina. Hoje em dia as maninas estão mais ousadas. Quando estão a fim de meter ninguém tira da cabeça delas.
18/10/2008 01:21:55
valeu
09/07/2008 12:32:09
Ficou legal.
12/03/2008 12:58:55
Um cuzinho de vez enquando faz bem "pra caralho"...rsrsrs. Bom conto.
23/10/2007 22:09:11
Conto show de bola!!!!!!!!!!!
09/10/2007 10:36:24
Valeu o conto.
08/10/2007 22:49:19
Massa, gostei muito.
08/10/2007 15:19:31
se eu tivesse uma empregada assim, ela seria a minha gerente.
08/10/2007 14:42:18
Se for conto bom conto ser for real que sorte do caralho rsrs Valeu
08/10/2007 07:35:50
Bom Conto. Gostei!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo conto erotico semem embuchadaContos meninas dez perde cabaço pro papaixvideos meu tio dei ou manusearmulheres mamas enormescom conas fantasticasacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarchupo e emguliu apora toda xvideosgostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparContos padrasto enteAda submissaContos trai meu marido com encanador roludocontos eróticos de homens peões de obras fazendo sexo com outros homensporno de mulheres tentando fiji de pica grandeSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videosvideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetacache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133 porno engoliu a porra e catinou mamanovisando dentro da bucetasvídeo de sexo cazeiro com novinha tranzando co padrasto. e ele fala pra rla fica quieta para mae não ouvirpornota doendo gosa logoporno homem pega sua mulher com seu amigo e ao inves de briga fica só olhando e se masturbando escondidozoofilia os mais pegadoresContoeroticosobrinhonovinhoputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorvideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiaprofessora safada falando putaria pro donzelocontos gays pique esconde no orfanatoContos reais de sodomiasou amante d minha cunhda contocontos eroticos tentei fugir mas fui estupradacontos eroticos traindo na enchentevídeo da vizinha ela é pornô chama o marido da outra novela saindofilme pornô de Cibelle encravado em 2017mulequespauzudotopou na buceta qi ela bufousoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôvideos de cunhada se esfregando no marido da irmaflagrei a cunhada f****** Conto Chinêshome filma mulhe no oinibocoroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaContos de marido fazendo esposa cadela confessar traiçãotomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornocontos eroticos com policial civil experienteminha concunha morena gostosa que arrobeiconto erotico punheta raptotia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaodoce nanda parte cinco contos eroticoscontos eu meu padrasto fodemos gostosovideo porno irmao tarado meteu na irma sem camisinha acabou ingravidando elaXVídeos gay com truculênciavideos esposa convida a comadre pra fazer suruba com maridoContos eroticos anal de ipatinga mgcontos autorizei minha esposa para fuder com outrosporno com novinha goszando na buceta na boca da outraimcesto com meu papai que pica enormepapaiContos eróticos de mães evangélicas e filhascontos eróticos uma vida incestuosa como tudo começou pt 3www.relato erotico mulher cazada gemeu na pica glande.com.brnovinhas das bundás gandê xvdeoscontos de crossdresser forçadocontos minhas amigas fizeram uma festa e me comeram com consolo elétricofoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na caracasada corno.dirigindo ela aprontou contosler contos eróticos primo com prima gordinha gostosa d********* para o primo bem dotado história realfotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetafunk pancada novinha loirinha fudendo muito e meninas também cheirando muitolekes cantando juntos no pornodoidoalivat xxxvídeoMãeem sinaa filha chupa picadando uma Coçadinha na língua do negão safado cachorrãoCasada enegao anal marra contoefaç de pornvideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delashetero passivo conto realContos eroticos gay funk traficantecontos de sexo depilada na praiacontos eroticos vania minha meia irma 2Como se escreve “ manda video porno ” em inglescontos eróticos fui da o cu e cagueicontos inocentes tapas no orfanatovideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisFotos d negao fudeno cazadaeu e meu marido adoramos fazer sexo grupal contosguia de como fuder cadelasIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadastre surpresa vendada xvideoscumadre magra de bermudinha sexomamada babentaaprendiz do sexo porno falando palavroes