Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O moleque era bobinho

Autor: Profa
Categoria: Heterossexual
Data: 15/10/2007 12:20:24
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Moro sozinha, numa casa típica do interior, quintal com gramado, piscina, jardim ... tenho uma empregada q/ vem 3 x por semana, mas não cuida da área externa da casa. Então sempre tenho q/ contratar um sr p/ esses serviços e outro dia ofereci à um aluno bolsista da escola q trabalho, ele estuda numa escola particular, mas não tem condições de acompanhar a moda dos jovens e o coitado é recriminado por isso. Expliquei a ele q/ teria q/ cortar a grama, tirar as folhas da piscina, regar as flores e eu pagaria o dia p/ ele. Depois da aula ele ia p/ minha casa trabalhar, eu deixava um lanche na mesa de fora já q/ raramente fico em casa.

Um dia desses estava na varanda e lá de cima observava o garoto tirando folhas da piscina e pintou a curiosidade: O q/ um garoto mirrado, feinho tinha no meio das pernas, um pintinho, um pinto ou um pintão? Entrei no quarto coloquei um biquíni, desci as escadas e fui p/ piscina, pedi q/ colocasse a espreguiçadeira perto da água, tirei a toalha e deitei de frente, ele deu uma olhadinha, disfarçou, continuou tirando as folhas, então passei protetor no corpo, soltei a parte de cima do biquíni, enchi as mãos de creme e esfreguei nos seios volumosos, ele dava olhadinhas rápidas e continuava seu trabalho. Deitei de barriga p/ baixo e pedi: -Leandro, vem passar protetor nas minhas costas. Ele veio meio sem jeito, começou a passar leve/e. – Esfrega com força p/ o creme desaparecer e fazer efeito, ele me massageava. –Passa na minha bunda tbem, nas coxas. Eu virava o rosto e tentava ver algum volume no seu short e nada, então pensei se estiver molhado vai aparecer, sem querer querendo deixei os óculos caírem na água. –Ai Leandro, meu óculos caiu, pega p/ mim. Ele tentava pescar meu óculos. –Entra na água e pega p/ mim. Ele disse não saber nadar. Bingo. Pulei na água e o convidei: -Vem, eu te ensino a nadar. Ele relutou um pouco, mas com minha insistência ele desceu as escadas com medo. Segurei suas mãos e meus seios ficaram praticamente na sua cara. Leandro ficou sem jeito e eu o puxava p/ q/ tocassem neles, sem querer. Coloquei os braços sob seu corpo p/ q/ se equilibrasse, mas ele afundava, numa das tentativas passei a mão no seu pau, o safadinho estava duro. Logo cansei da brincadeira, e disse: - Você não aprende a nadar. Vou te ensinar outra coisa. Tirei a calcinha sob o olhar fixo do garoto. – Tira o short! –Não!!! –Tira sim vc vai gostar do q/ quero te ensinar, puxei o velcro do short e abaixei junto com a cueca, enfim pude ver seu pau, era um “pinto”, meio fino, mas de bom tamanho. Peguei ele pelas mãos e encostei no seu corpo, os seios na sua cara, conduzi p/ parte rasa, peguei suas mãos coloquei nos meus seios, ele ficou imóvel.

Vc gosta de seios? Ele balançou a cabeça afirmativa/e. – Então acaricia, beija, ele assim o fez, ficou apertando, puxei seu rosto e coloquei o biquinho duro na sua boca, q/ sugou parecendo querer arrancar o bico, gostou e não sabia se chupava ou amassava. Peguei seu pau e comecei acaricia-lo, encostava na minha xota, punhetava devagar. Sentei na borda da piscina com as pernas abertas, a xota diante de seus olhos e perguntei: -O q/ vc quer fazer? E ele: - Meter. –Calma, não quer dar uns beijinhos nela? Passa a língua dentro. Ele assim fez, beijou e lambeu timidamente.

-Hummm que delicia, lambe mais, lambe bem gostoso, põe o dedo, chupa aqui em cima, no grelo, isso chupa com vontade, enfia os dedos, ai gatinho que gostoso. Leandro agora chupava forte, metendo os dedos e eu logo gozei na boca daquele moleque mirrado.

-Vem gatinho, senta aqui, pulei na água, agora era minha vez de chupar aquele pintinho inocente. Peguei seu pau e o levei a boca, chupei bem forte arrancando gemidos tímidos do garoto, fiquei abaixando e levantando a cabeça sem parar, com as mãos nas suas pernas fazia seu pau ir até minha garganta, de repente o garoto parecia ter convulsões, tirei a boca do seu pau e o coloquei entre meus seios, masturbei um pouquinho e logo recebi sua porra, farta, talvez a 1ª da sua vida.

Deitamos no chão e eu fiquei acariciando seu corpinho magro, peguei seu pau murcho, fiquei massageando e sem muito trabalho o deixei duro.

-Quer meter comigo?

-Quero, quero sim.

-Então chupa minha buceta mais um pouquinho. Agora ele já sabia como fazer, beijar, lamber, Oscar os dedos bem no fundo, qdo senti q/ estava bem molhadinha perguntei: - Como vc quer me comer, na água, na cadeira, por cima...

- De quatro. Resposta obvia, claro, parece q/ todo moleque só sabe essa posição. Fiquei de quatro e ele segurou meus ombros, encaixou seu pau e começou a meter, parecia um cachorro em cima duma cadela no cio, metendo rápido, grudou meus seios e socou com força, sem parar, cada vez mais rápido e eu o incentivava. –Vai gostosinho, mete na sua professorinha, todos te desprezam e vc mete nessa putinha q´todos querem, mas só vc tem, isso não para, mete gostoso, põe no fundo. Leandro se atracou mais ao meu corpo e gozou. Então eu expliquei: N uma transa. Os dois tem que gozar, vc gozou gostoso, mas eu ainda não, vc pode fazer mais um pouco? Ele olhou p/ o pau quase murcho. Pedi que o lavasse e comecei a punhetá-lo com calma, qdo estava meia bomba, coloquei na boca e suguei a cabeça com força, fazendo-o contorcer de dor e prazer, chupei seu pau até ficar total/e duro, mas qdo disse que queria no cuzinho, aí ficou estourando. O moleque real/e tinha aprendido, fiquei nova/e de quatro e Leandro chupou meu cuzinho, p/ depois enfiar o dedo, enchi a mão de creme e esparramei no seu pau dizendo q/ era p/ deslizar melhor. Leandro posicionou e foi fincando a rola, devagar, qdo entrou tudo começou a meter com força, bem rápido e eu gemia escandalosa/e. –Isso come meu cuzinho, mete o pau que eu gosto, mete mais, soca fundo, ahhhhhhhhhhhhhh, come essa putinha, eqto isso estava com os dedos na xota numa siririca deliciosa, me fodendo sem parar. Leandro me fodeu sem parar, socando com toda força q tinha, numa velocidade incrível que eu mal me equilibrava e em pouco tempo gozei.

- Ah, não para, vou gozar, vai mete fundo, vai gatinho, hummmmm gostoso, estou gozando. Caí no chão, Leandro que não havia gozado ficou com o pau na mão, pedi que punhetasse e gozasse nos meus seios, dessa vez a porra vei fraca, mas o moleque gemeu forte, peguei seu pau e fiquei esfregando nos meus seios.

- Leandro, vc já beijou alguém?

- Não, então segurei seu rosto e o beijei, colocando minha língua na sua boca, chupei gostoso sua boquinha jovem.

- Gostou da aula?

- Ahã .

- Então já sabe hem, é nosso segredinho. Chaqualhou a cabeça afirmativa/e e saiu correndo feliz da vida.

Beijos molhados à todos.

[email protected]

Comentários

j.a
14/03/2015 05:28:54
10
17/10/2007 17:19:21
Show de bola......
17/10/2007 13:09:33
Adorei seu conto, gostaria de saber c vc nao gosta tbm de rapazes mais velhos, tipo 26 anos, c gosta me mande um email pra gente trocar fotos, e quem sabe c envontra, bjos, [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos/afeminado no ônibusVer garotos com 16 cm de picapassei o pau na bunda da minha mae e ela pediu pra eu comer elamulher cagando enquanto dava a bucetaquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandogozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidesvídeos pornô de loirinha bem gostosinho socando o dedo no c****** cabeludoSexo com fucionaria buceta apertadinha relatosconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancoapaixonado por um hetero cap 19Gosto gozen calcinhaConto porno de avo netinha de 2007seduzindo novinha escondidopornodoidotiraramos a roupa contos lesbicosvideos porno e sensuais de mãe de Santos que dizem que as pomba giras gostosas mais gostosasporno tirei o pau veio bosta bizarrochamou a enfermeira pra cuidar do marido e flagrou trepadaamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideoseu qero asistir videos porno os caras do pau grande regaçado as mulheris e elas gritado sen aquetarfilme porno home nergro sorca vara na imtiadamulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornosexo anal sem compaixãocontis eroticos incesto faxina em familiaviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durocontos buc branca cacete 40cm foto corno manual de corno manso gatobomconto corno diamantevideos de velhos picudo fudendo bonzinho gays amadoresmalandro gay passivo dando o cu contovideos de homem pecando na puçeta de a coroasadomasoquismo p*** relinchando analzoofilia veterinaria tendo orgasmo com cavalomeu corninho eu quero uma pica gozando dentro de minha e meu céupono coxada mulher tera cacinha dela metro so saia 2017bucetinha super apertada sendo destruída por negao super roludo até arregalou o olhoporno mae e filha oubrigada pagar agiotaPorno doido hosexualimogta faz sexed putaria sessaover mulher gritando de tesão saindo gosminha do grilo da sua buceta grandepornocontoincestospornodoido.pai.aretando.filra.darmindotentando meter com pinto inchadohistorias eroticas a pretinha magrinhautimu vídeos d mulher famosa fudeno e gosandoporno o pai da quer reaizar o sonho de fpde foder a filha mas ele deu varias tentativa para consiguerporno tirei o pau veio bosta bizarrowww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .comcontos velho cacetudo corno fotoscibele bucetonasete formas de medoSobrinho pauzudo,tia feliz. Com foto.video porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiavovo da buceta cabe prazocontos meu tio pauzaoContos swing minha comadre e eu desfilando de calcinha para nossos maridosvelho tarsdaofilmes porno de diarista espiando patrao batendo punheta brasileira maior de idademulher levanta profunda fazendo corda no pirocaonovinhos na academia recebendo massagem fudendo chupando levando gozada na boca e no cu pra porra ficar escorrendowww.contos deixei titio chupar minha bucetinha na minha infânciaconto no cinepornocorno prefere se masturbarCorniei em cabine eroticax vidio porno pegui a mulhe casada de saia na festa puchei a calsinha comiconto minha sogra mim escutava meter na filha dela batia sirrricannncontosviven cabaço foi brica de tranza com cachorro e levou uma rola bem grnde que ficou engatado na bucetacontos comendo minha vizinha negra bundudaeu e meu marido adoramos fazer sexo grupal contoschupar e engolir esperma comentarios   sadomasoquismo p*** relinchando analcontos eroticosdei meu bucetao para um pauzudocomtos exitantes