Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Iniciando a cunhadinha

Autor: heymenina
Categoria: Grupal
Data: 21/10/2007 08:47:15
Nota 7.67
Assuntos: Grupal
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A história que vou contar é real, e aconteceu de repente em uma dessas noites quando,

onde menos se espera, tudo acontece...

Tenho uma namorada, Flávia, 20 anos, é uma morena linda daquelas que, no verão, usam só um vestidinho hippie sobre o corpo, sem nada

por baixo, deixando mostrar os bicos dos seios médios e maravilhosos e a bunda redonda com a marca da calcinha pra todo mundo ver.

Por esses dias, fomos para a casa dela e já era tarde, chegamos ali pelas 4h da manhã, começou a rolar agarramentos e chupadinhas no pescoço, etc...

Nos beijos, fui aumentando o ritmo, beijando o pescoço, puxando o sutiã e mamando naquele seio, com as aureolas rosadas e saltadas, enquanto ela me dizia: - vem, mama o leite da tua putinha, vem...quero chupar teu leite mais tarde...

Mamei os peitos da Flávia durante uns 5 minutos e fui descendo pelo umbigo, até chegar na bucetinha bem molhada, lambendo devaragarinho o clitóris

já bem durinho, enquanto ela soltava gritinhos de gozo. Fui chupando e lambendo o grelinho à medida que ela ia aumentando os sinais de tesão e dizia:

- AAAAAh, que boca maravilhosa, vem me chupa, eu vou gozaar......

Em meio ao gozo de Flávia, sua irmã acordou com os gritos, e veio até a sala (Laurinha é uma menina maravilhosa, uma baixinha que, com 15 anos, já

tem todo aquele visual: peitão redondinho e estourando a baby-look e calça grudadinha com a bunda igual a da irmã, cabelo castanho claro, e lábios vermelhos e grandes como se chamassem para um beijo). - Que cês tão fazendo....? - Pô Laurinha, a gente tá no love...disse eu.

Nesse momento ela se virou pra Flávia e disparou: - Tu é que tá bem, né mana? E soltou um risinho malicioso...sempre achei que elas falavam de mim

em segredo, mas nunca tive certeza, naquela hora eu soube...Flávia, muito despachada, perguntou pra ela: - Por que? Tu tá mal mana? Quer ficar bem também?

Laura olhou pra ela com tesão e nós dois quase pelados no sofá da sala, uma situação maio estranha começava a se desnrolar, mas ao mesmo tempo excitante...fiquei de pau duro de novo enqunato Flávia dizia: - Maninha, quer provar? (apontando pro meu pau) - Acho que nunca fizeste isso...chupa ele um pouquinho,

como se fosse um pirulito...

Não acreditei quando a Lau chegou mais perto e começou a acariciar meu pau devagarinho, Flavinha ajudando e falando: - Passa a mão devagarinho, vai sentindo o volume...realmente meu pau cresceu muito rápido sob a mão da Lau...- Abre a calça dele e pega...Lau obedeceu à irmã e seu rostinho inocente foi chegando mais perto enquanto a Flávia comandava: - Dá uma lambidinha, sente o gosto...A Lau começou a lamber meu pau, primeiro pelas bolas e subindo até a cabeça que já latejava

de tesão,enquanto a Fla dava uma forcinha lambendo minhas bolas. O boquete foi ficando mais forte e a Lau falou pra Fla: - já fiz isso uma vez, mas hoje tá mais gostoso...nisso, ela caiu de boca chupando meu pau como louca, sua mão girava punheteando o cacete duro e ofereceu ele pra Fla, que antes de chupar falou: Hoje ele vai ser feliz e a gente também...ahahahahahhahhh.....e ria junto com a irmã, as duas chupando meu pau já quase gozando, mas fazendo o possível pra segurar, pensando

no que vinha pela frente. Em um momento durante o boquete as bocas da Lau e da Fla se encontraram, lambendo a cabeça do meu caralho...Fla disse pra Lau: - Tu nunca beijou uma mulher né? Então a Lau se grudou nela lambendo e chupando sua língua querendo sentir o maior tesão possível e tremia enquanto se entregava àquele beijo maluco na irmã, com meu pau no entre as bocas.

Novamente não estava acreditando no que via, a Laurinha, que pra mim era uma criança, beijava e chupava os peitos da mana em gozo, enquanto eu dava lambidinhas em seu clitóris...Lau nunca tinha sido chupada antes e adorou... - Que maravilha Zé, me bebe toda...Sua buceta jorrava líquidos na minha boca, e teve vontade de fazer xixi...

- Ih...acho que tô apertada...eu disse pra Lau que não tinha problema, já que eu tava ali mesmo. Então ela começou a mijar, primeiro na minha boca, em seguida veio a Fla que falou: - Desde pequena, sempre mijona...e abriu a boca abaixo da bucetinha que jorrava um xixi meio salgado, e bebeu tudo, enchendo a boca e engolindo em goles alternados, enquanto eu lambia o cuzinho, aproveitando um pouco do mijo de Lau.

Fla, não satisfeita, queria que eu comesse o cu da Lau e propôs: - Mana, olha só o pau dele, imagina se ele comer teu cu...a Lau se aterrorizou com o volume e riu, dizendo: - Tá louco, vai me arrombar...Fla continuou na persuasão: - Na verdade a gente sente dor, mas depois é lindo gozar pelo rabo, tu vai sentir...nisso, eu já

tentava meter na Lau, cuspindo no cuzinho e tentando encaixar o cabeção naquele buraquinho..quando começou a entrar a Lau soltou um grito - ahhhhhhhhhhh, tá doendo!!!

Mas não dei bola e fui entrando devagarinho...e ela: - Ai, ai, ai, tá difícil, tira....ai, vem, assim, nãããão, tiraaaaa....ai, tá bom, nãããoooo...E assim foi alternando prazer e dor, enquanto Flávia a consolava mamando em seu peitão de adolescente desenvolvida e beijando sua boca, dizendo: - Mana, te entrega, esquece a dor a me lambe...

Eu Já quase gozava quando a Fla pediu pra que eu penetrasse a Lau pela bucetinha. Nisso ela já se virou e prontamente abriu as pernas dizendo - Vem, agora tu vai me fazer gozar!!!

Fla começou a rir a disse - É isso aí! É assim que se fala mana! Fui com tudo, entrando naquela grutinha de guria, enquanto ela chorava e gritava de prazer: - AAAAAAhhhhhh,

vem...Fla começou a lamber o clitoris da irmã, querendo dar a ela o máximo possível... - Fla, me chupa, Zé, quero beber tuuuuudo!!!!!

Fla olhou pra Lau e falou: - Ele tá quase gozando...quando vier a gente vai beber...No que Lau assentiu com a cabeça e falou:- Claro!!!

Que loucura...tirei meu pau da bucetinha gozada da Lau, enquanto elas falavam: - Vem, goza na nossa boca....até a última gota....Gozei um litro de porra que jorrava no rosto e dentro da boca das duas, era um jato na língua de uma, depois na outra, Lau engolia tudo, sedenta e Fla queria mais, então Lau ofereceu a boca pra Fla, com o restinho de esperma que restava em sua língua e cuspindo o resto de porra em sua garganta, enquanto a Fla se regozijava. As duas terminaram a transa se beijando e lambendo os peitinhos lambuzados de porra até não sobrar mais nada enquanto agarravam meu pau pronto pra outra....nunca mais vou esquecer...

Comentários

25/02/2016 08:03:31
NÃO GOSTO DE CHUVA DOURADA, MAS GOSTEI DO CONTO
08/12/2009 02:14:02
Olha! Reli com outros olhos e uma boa companhia em meu colo e... Não é tão ruim assiiiiiiiiiiiiiiiiiimmmmmmmmmmmmm... Ufa!
08/09/2009 00:58:22
Cá entre nos: esqueça, não tente escrever novamente. É horrível!
15/03/2008 13:27:54
Caramba,......com esta história maravilhosa e bem contada, quase gozei e fiquei com um tesão danado.
18/01/2008 12:03:32
muito bom, principalmente a mijada..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos gay o tratador de cavaloxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanavideo porno menina no colégio internato madre superiora vendofotos de bucetas beiçudas pono doidoela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadevideos porno brasileiro família sacana meu cunhado além de me comer tira o caba co da minha filhaConto erotico fui enrabada por 5machos a forçadei a buceta na bicicleta contos eroticosfazendo empregada gozarvideos porno cuzao levando pauzao da cabeca enorme chapéu cogumeloprima de pijaminha curtinho vai dormi com o primo mais novo e fuderammeu amante haitiano tem pau muito grosso e gostosoComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysxvıdeos porno magrınhas gostozaponodoido meu pai e minha babacontos incesto mae gtsbonecadoprazeAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticosnegao pasado opau na bumda da kasadacontos eroticos a bunda da minha esposaBucetainchadaxvideomobileContos eróticos gay meninos maldososdei o cuzinho meladinho contoscontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosirma punheta toma leitecontos eroticos amiga apostando o cueu quero GTA Marginal trabalhando na ambulância disfarçadoentregei uma pizza e mepagou com boqueteprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meuviado tocando punheta para o homem fazendo fio terra e gozando tudo na mãofilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandowww.mundobicha australiano sarado fode novinho.com.brporno na fazenda porno doido homem chupanto a buceta ate gozartaEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortibuctao tod c gazandMeu Padrasto parte-01 Autor Alex - Casa Dos Contosgordas lpucas de tesaoincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videosshot apertado rola grossa se destacasubrinha olhando seu tiu nuxvideos criansicecontos uma delicia de vizinha 8aninhospilates sacana com minha esposa contopatroa pega peao comendo egua e fica toda excitada pornomeninas novinhas de mini saia e fio dentallindascontos eroticoscu virgemPadrasto dorado fodi enteadacontos eróticos escritos de lactofiliaXxvideo so a cabeci.ha nela dormindoTHeo eTonnysexo fiocado paicontos de corno minha namorada virou puta de um traficantecontos de viadinho dr calsinhaContos eroticos gay emgrachante onfacontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulherirmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos de surubas inesperadas com esposaxisvidio amadores de auguen metendo a forçaasisti filme de porno de graca e sem se escreververvídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhodepilando a minha tia gravida contos eroticosconto erotico machucou o cu da casadinhabeceta melecada fazeno barulinho fudenoChupadoras mãe e filhinho contoseroticoscasa dos contos de nick malconhistorias eroticas heretossexuaismulheres estupradas por varios homens roludos ao extremohistorias de madrasta safadas com enteadozelador comeu minha mulher nA minha frentecontos eróticos gosei no pal do sogro taradoContos titio sou virgem so se for no cuzinhosexo explicito sogro de olho nanora de fio dentalvirando a buceta do averso com pauzao monstroContos eroticos gay o engraxatecontos corno manso ineditoconto erotico enquadradinho 2015contos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudoconto porno me depilaram todinhaContos eróticos gay iniciação sexual na infância