Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

prazer inesperado

Autor: mario
Categoria: Homossexual
Data: 11/11/2007 01:43:29
Nota 7.86
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Era um domingo atarde, quando fui em um churrasco em uma fazenda, chegamos no local na festa

onde todos os convidados estavam comemorando o aniversario do filho do dono da fazenda, logo

arrumei um lugar pra sentar, tava com pouco espaço, todos muitos descontraidos e comemorando

porem muito divertido. Entao na minha mesa se sentou tambem um cara que eu nem conhecia,

por sinal conhecia poucos da festa, mas ele sentou-se e começamos a conversar normalmente,

fiz perguntas do tipo onde trabalhava, morava e como se chamava. seu nome era robsom e ele era

peao da fazenda, dizia que fazia de tudo por ali, morava nos fundos da casa, e ia a cidade

de vez enquando. Bom ele se vistia de um jeito de me chamar a atençao, usava uma camiseta regata

meia colada e mostrava os braços que aparentavam bem fortes, alem de usar um jeans e um

chapeu, desses de cowboy,e se sentava com as pernas abertas e bebia sua cerveja com o

segurando o copo firmamente, mostrando seu braço forte. Isso foi me despertando um interesse que me chamava a atençao.

Comversamos sobre mulheres e ele disse que nao era casado e nem namorava ninguem, achei estranho

por nao relacionar com ninguem, pois aparentava-se muito bem e cativava as pessosas com quem

se relacionava, mas estavamos empolgados e muito entrosados e pedi a ele que me mostrasse a

fazenda, porque a festa tava meia parada e estava afim de conhecer o que tinha de bom por lá.

Logo entao ele falou que tinha um lago por ali perto, que nao demorava pra chegar lá,

que o patrao dele deixaria pescar nesse lago tranquilamente, sem nenhum

problema, entao eu disse que podiamos ir logo que ja estava ansioso para conhecer esse lugar.

entao fomos à pé mesmo, e ele foi na frente mostrando o caminho, quando no meio do caminho tinha passomos por um chiqueiro e ele parou ali e começou a falar que tinha dois porcos que lhe pertencia, e fiquei prestando atençao na sua conversa e derrepente ele tira o pinto pra fora, como se fosse para mijar, nem tinha virado pro lado ou encostado em algo,e ficou ali com o pau

pra fora e conversando comigo, eu nao fiquei olhando o pinto dele, mas ele nao mijava e olhava

pros meus olhos enquanto conversamos, e eu nos olhos deles, quando ele olhava pra outro lugar

ou pros porcos, eu olhava rapido pro pinto dele e voltava a olhar nos olhos dele, ele ficou

assim por ums 2 minutos e eu nao falei nada, foi quando ele mijou e quando acabou ficou ali

balançando e ordenhando pra sair as ultimas gotas da urina, e nisso fiquei olhando ele fazer

repeidas vezes aqueles movimentos, num aguentei e comecei a reparar aquele pau branquim e aquelas maos fortes ordenhando-o, ate sair a ultima gota, fiquei ate sem palavras, ele conversava comigo e eu nem conseguia responder direito, acho que ele tinha percebido que eu olhava o pinto dele, com olhos de curiosidade e de querencia fiquei com receio dele me chamar a atençao ou questionar algo sobre. Mas ele fingiu que nada teria ocorrido e falou que nao contaria pra ninguem esses tipos de coisas, que os patroes dele confiava muito nele. Tá, ele guardou o pinto pra dentro da calça e continuamos a andar, foi quando chegamos em um corgo, pequeno mesmo, que servia para tratar dos animais, e que tinha ate uma pinguela, nesse lugar era coberto por arvores e o nivel do terreno era baixo do que nos estavamos, entao dava pra ver de longe os convidados e ouvilos as vezes,

mas eles nao dava pra ver nos la, e esse corgo era ponto de passagem pra conhecer o lago, e

entao paramos nesse lugar e fiz uma pergunta. -aquela hora vc nao sentiu vergonha de mim ou tava so me provocando?

ele falou assim -o que vc acha?

eu fiquei com o coraçao na boca, essa hora e fiquei sem reaçao, cheguei engolir seco, minha respiraçao ate mudou fiquei mudo, apesar de ja suspeitar da resposta dele.

Entao ele pegou no pinto por cima da calça,e apertou bem forte, mas foi uma bela pegada, mostrando o volume, que por sinal nao era pequeno,

e ficou me olhando a ver ele pegando no pinto, e aproximou de mim. Fiquei quieto e ele falou assim -quer pegar? Fique avontade.

Derrepente peguei no pinto dele e peguei firme, segurei aquela vara grossa que latejava a cada batida de coraçao eu tava com o pinto na mao e com o coraçao na boca, pulsando totalmente descontrolado, ele olhou pra mim e falou que podia ficar avontadeque ninguem iria passar por ali, e que nao contaria nada pra ninguem, mas fiquei com muito receio ja que dava pra ver o povo de onde estavamos, eu tirei a mao e dei um passo pra traz, foi quando ele tirou a camisa e se aproximou de mim, fiquei de pau duro na hora, vi aquele peito peludo, e abdomem defido, que botava inveja a qualquer um, com aqueles ombros largos fazendo par com aqueles braços fortes, e vi aquelas maos abrindo somente o botao da calça nem chegou abrir o ziper e colocou as maos nos bolsos e deu uma olhada pra baixo e falou assim -Pode pegar avontade.

Entao eu peguei naquele peito e passei as duas maos naqueles braços, queria sentir sim

aquele peito peludo que me cativou mais ainda, entao meti a mao dentro da calça dele e senti aquele pau tinindo de tesao, e botei ele pra fora, e começei a acaricia-lo e ver como era grande e

duro, seus pentenlhos tava bem baixinho, meio raspado, igual aos cabelos do seu peito, entao

eu abaixei e começei a suspirar em cima do pau dele, ja que meus batimentos estavam todos decontrolados e descidi colocar logo a boca, e quando eu senti aquele pau gostoso na minha boca, me senti confortavel e engoli a saliva com aquele liquido que lubrivicava seu pau quando te dava tesao, quando engoli aquela saliva saborosa meu coraçao tambem desceu e se tranquilizou passando aquele medo que eu estava sentindo.

Foi quando ele falou que podiamos nos sentar ali na grama pra ficarmos mais avontade, e

ele sentou apoiado os cutuvelos no chao, olhando pra mim, com aquele pau duro e delicisioso,

entao abaixei e comecei a chupar e apertar as bolas, so escutava ums suspiros, que ia almentando

de acordo com que eu chupava, entao fui chupando cada vez mais forte e mais rapido, so pra ver

ele suspirar de prazer do que eu estava fazendo,e sentir aquele caldinho saindo da sua rola, entao eu parei de uma vez e começei a subir

dando uma lambida pela barriga, subindo pelo peito e dei uma chupa no mamilo, que ele nao aguentou

e falou que eu era doido de mais, fazia ele sentir muito prazer.

Entao ele falou pra mim tirar a minha roupa que ele queria me ver tambem, tirei a camisa e ele me olhou bem e pegou no meu pau que ja tava todo melado de tanto tesao que ja tinha sentido, ele perguntou se eu tava gostando de estar ali com ele e se eu queria algo mais prazeroso que ele podia me proporcionar com muito prazer. entao eu falei que ja tava bom e era melhor nos subimos porque as outras pessoas começaria a sentir falta da gente, ele falou que nao era pra mim se preucupar que o momento era so nosso ali, dai nao resisti e comecei a beijar o pau dele com uma verosidade insasiavel, dava umas mordidinhas, que

ele quase gozava de tanto prazer, entao ele falou assim -levanta e escora naquela arvore pra mim, eu falei nem que sim nem que nao, fui pra la, e ele veio logo atras, eu fiquei com as maos nos joelhos e olhei por cima dos meus ombros ele vir em minha direçao, entao ele ficou alisando aquela rola no meu cuzinho, que me dava mais tesao ainda,

sentir aquele trem duro passando na minha bunda, era muito bom, entao ele apontou a cabeça daquele pau gostoso, que por sinal tava todo lubrificado da minha baba e do melado, direto no meu cu, e começou a enfiar, e vi ele fazendo um

esforço pra penetrar,entao abri mais as pernas e apoiei as maos no chao, e continuei olhando

aquele corpao ali me enfiando a vara, senti bem gostoso na hora que ele socou aquele pau grande

em mim tudo. Na hora cheguei dar um pulo pra frente, fiquei sem ar na hora, mas quando ele começou a ir e voltar bem divagar, parecia que eu tava respirando na frenquencia que ele me metia. sentia aquele pau em mim cada vez mais gostoso

e começou a bombar mais forte, quando ele pegou com bastante força na minha sintura e começou a

me puxar, ficou ali me puxando e bombando, aquele vai e vem que cada apertao que me dava

quase gozava. mas dai eu levantei um pouco e ele apoiou no meu ombro e levou a outra mao no meu

pau, e começou a bater uma pra mim equanto me enfiava todo aquela gostosura. nossa aquilo sim que foi locura

podia sentir os pelos do peito dele nas minhas costas e ele entao me enfiava

cada vez mais forte e me puxava, que começou a bater o saco dele na minha bumba

que fazia um barrulho muito alto, que dava pra chamar a atençao,do povo, que dava pra escutar

eles gritando e fareando la em cima, entao eu falei pra ele parar mas ele nao queria, eu falei denovo e tirei o pau dele, ele perguntou o que tava acontecendo e me puxou de novo pro rumo dele, fez uma cara de mau, mais dai eu fiquei foi de frente, entao ele me escorou minhas costas na arvore e levantou uma perna minha e com a outra mao ele começou a apertar minha garganta, aquilo ali eu fui a loucura e ele começou a me apertar e me levantar que ja tava me levantando do chao,

foi quando eu abraçei aquelas costas grandes que ja tavam suadas e ele pegou na minha outra perna

entao eu tava com os dois pes fora do chao e nao podia ter mais nenhum controle, e ele metia

cada vez mais rapido, e me apertava contra a arvore, foi quando eu parei de gemer e dei uma

chupada na orelha dele,coloquei minha lingua dentro do ouvido e tirei-a chupando, dai senti ele gozar dentro de mim e começar a me soutar aos poucos, e me colocar no chao, eu estava todo cheio de gozo. e loko pra gozar, num falei nada

e ele tomou folego e disse que cuzinho mais gostoso e apertadinho que nao iria me deixar na mao

e foi logo batendo uma pra mim, me pos de costas pra ele e ficou com aquele pau meio mole relando

na minha bunda e batendo uma pra mim, sentia aqueles braços me envolvendo e manobrando meu pau loucamente, logo em seguida ele deu uma raspada de barba na minha nuca que eu gozei na hora, e cheguei ficar com as pernas moles, falei que locura era essa, compartilhamos muito prazer, num mereço tanta locura e prazer ao mesmo tempo. dai colocamos as roupas e fomos pro lago tirar aquele suor que tinha nos escaldado durante aquela momento.

Foi uma experiencia unica, totalmente inesquecivel.

Comentários

22/11/2007 10:08:19
gostei d a história, cv só precisa melhorar a formatação dos parágrafos, pois deixa a leitura cansativa, e é claro também os erros de protuguês! Merece um Sete! abração
20/11/2007 01:21:44
Nossa adorei, gostaria eu passar por um experiencia desta. Abraços!
17/11/2007 00:03:50
Apesar dos grandes entendidos de portugues estarem sempre atentos ao que não interessa dentro de um site de contos eróticos, não deixe que frustrados lhe tirem a verdadeira sabedoria de relatar o que lhe acontece em seu mundo verdadeiro ou imaginário. Tem gente que não consegue mesmo sair das regras em nada, pois se o fizesse não mais saberiam voltar a ser um ser humano e ficariam pastando. Belo conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contoerotico.com.br/contos/amamentando-o-gostosao/icuckold adeptosviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau durogay raptou o vizinho para lhe chupar o paucontos de machos roludos dominando cornos das esposascontos de zoofilia com pai e filhinhavi um negao tonhao rasgamdo a xota da minha esposacontos eroticos desejo de uma mulher tomar porra de negros na frente do parceiroelementarians eroticoconto gay meu amor psicopataconto sou crente casada carente provocando os pedreiroconto erotico enquadradinho 2015conto erotico motorista do uberEnrabado por uma tgirl contosXvideos batendo punhenta vendo gostosa de bucos na picinacontos incesto xota enrabadaVideos de sexo brasileiro Eloisa de osasco da o cuzinho gritandocorno dopado meio sonolento vendo mulher fudendo com quatro machos e sorrindomeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticocontos eroticos com nerd tristonhoconto erotico de urso motoqueiro aregaçando o novinho saradinhovenho a fuder cu a venhafotos de bufetas pibgando de tewaoisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguaTHeo eTonnyMEU PRIMO COMEDOR ME OBRIGOU A MOSTRAR MINHA ESPOSA RABUDAcontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgensfilhas ve paes trazando e entra na putariarelato esposa cincoentona timida primeiro amantefilha a reda causilha e pai empura rolaestrupo de vuneravel pornocontos de sexo depilando a sograconto no cinepornozoofilia genicologista enfia alargador na buceta da noviaxvidio confio no amigocontos casadas chupadeirasconto gratis branquelo chupou a buceta da mulataporno mimnha filha e tao novimnha que nem petelho naceu aimdalargandoo cu com um pepino grosso pornodoidofoda insana com cunhadaContos eróticos gay meninos maldososcontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitoseio exitadomacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracoarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparmao boba na noiva pegando nos peito dela porno dentro do cinemavideo. pono mulheres guichado porra de tezaosiririca em horas inoportunasEncoxada no transporte público contos eróticoFamosos cafuçu no braco todo nu peladopornor doido batendo poleta na varanda sexoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarPorno.doidsexoxvidio novinha cesú estava batendo punheta e os dois viu passei a rola neles porno gayXVídeos gay irmã não queria mas eu conquistei elaconto gay cagando reformacontos eroricos lesbicos de lactofiliaGisele bundchen mostrando sua buceta inchadagang gang varios machos da familia italiana fodendo minha filha putacontos eroticos de trepadas com tias sacanascontos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaoConto erótico chupa bucetaanythingsogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhavídeo de Kid Bengala transando com mulher brigona XVídeosvídeo pornô máximo eletrizante que arromba*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*filhaabre as pernas qie vou te fider gostosoPegou o pai de pinto duro quiz no cu