Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O Prazer de ser mulher da minha Mulher - I parte

Autor: Pedro
Categoria: Heterossexual
Data: 02/11/2007 16:30:40
Nota 9.00
Assuntos: Heterossexual

Somos um casal: pedro e amanda. Quem escreve sou eu, pedro. Amanda tem 32 anos e eu, 29. Somos namorados, mas como a nossa relação surgiu de uma amizade, eu já iniciei o namoro sabendo da quedinha que amanda tinha, e tem, por mulheres. Inclusive ela já beijou uma mulher certa vez, mas me garante que não passou disso, o que pra mim pouco importa.

Eu adoro mulher e sempre me envolvi muito com diversas mulheres. Nunca senti tesão nem nenhuma atração por homem. Por homem nenhum. O q mais me aproximava de algum tipo de "homossexualismo" é o tesão que tinha por lingeries, já tendo na adolescencia experimentado uma. Depois daquilo, anos se passaram e nada mais senti de tesão por vestir roupa de mulher.

Nosso sexo sempre foi demais. Ela é a mulher mais boa de cama que eu já comi. Não vou descrever seus dotes físicos, mais podem se sentir a vontade para imaginarem uma mulher bem gostosa, clara e de coxas grossas.

Nas nossas primeiras noites na casa dela, bebiamos vinhos e vinhos e faziamos muito sexo e sexo...Era um sexo livre, em que se podia fazer de tudo e pedir para que se fizesse de tudo. Ela chupava muito gostoso e eu a comia tb muito gostoso. Sempre gozávamos juntos.

Quando a gente não estava transando, estava falando de sexo, falando das fantasias de cada um e criando fantasias juntos, como todo casal.

Eu falava para ela sobre a minha fantasia de transar com duas mulheres e ela adorava, pq a dela era transar com um casal! Planejava um dia arrumar uma mulher para nos deliciarmos. Queria comer o cu de uma mulher enquanto ela chupava a bucetinha.

Com as novas fantasias, fui percebendo que ela tinha um lado masculino muito aflorado, até um jeito de falar meio firme, meio imponente. Acho que isso foi me desarmando e deixando aflorar um lado feminino que eu nem sabia que existia e que era tão vivo. Tão vivo e tão safada. Fui me sentindo um pouco estranho, mais delicado com ela, mais sujeito aos seus caprichos. Tudo porque isso me dava tesão. Aos poucos ela começou a tocar minha bunda com mais fequência durante nossas noites de loucuras. Eu comecei a me senti passivo e ela começou a se sentir ativa. Tudo manifesto por meio das nossas atitudes e também por palavras: era uma lambidinha que ela dava no meu cu, um dedinho que encostava com a pontinha molhada pela minha própria saliva, que ela colhia passando e enviando o dedo em minha boca, como que insinuando um boquete. E isso me tornava mais e mais passivo...e ela mais e mais ativa...

Aos poucos eu me insinuava pra ela. Já ia pra casa dela pensando em dar. Às vezes, em casa, me preparando para encontrá-la, meu pau já estava babando e sentia meu cu latejando, pois sabia que ia ser deliciosamente lambido e acariciado com um pouco do dedinho de amanda,que certamente, como já se tornava de costume, iria procurar por ele.

Ficavamos na janela antes da transa vendo o horizonte. E sem que ninguém lá fora visse, ela passava a mão na minha bunda. E eu adorava. Um dia, na janela, ela passando a mão pela minha bunda, tentou enviar a mão por dentro da calça, mas sua mão não entrava. Meu pau já ia ficando duro, sabendo onde aquela brincadeira ia acabar, pois nessa altura, ela já me penetrava um pouquinho mais com o dedo e eu já batia verdadeiros boquetes no seu dedo, como que pedindo para ser enrabado. Como sua mão não entrava, ela, por traz de mim, passou as mãos em volta da minha cintura e veio até o botão, soltando-o para facilitar seu intento. Foi aí que sua mão conseguiu entrar pela calça, passando sobre a cueca num leve toque...e eu olhando o horizonte como se não estivesse sabendo de nada. Isso aliviava minha consciência. Com isso conseguia não me sentir um viado que queria dar a bunda, pois o não era. Mais queria, não sei porque, sentí-la dentro de mim. Silenciosamente, imaginava minha voz dizendo “come meu cu, me enraba, me enche!” Com a mão sobre minha cueca, ela se deliciava e pensava na bunda de uma mulher, para suprir seus desejos não mais ocultos. Nisso, eu saí da janela e fui até a cozinha acender um cigarro. Neste momento, já só de cueca, voltando para a quarto, puxei a cueca mais para cima, para que ela grudasse mais no meu corpo. Queria insinuar uma calcinha em mim. Quando cheguei na janela, voltamos a nos posicionar, eu escorado na janela e ela atrás de mim. Foi então que, pela primeira vez, ela foi pegando as bordas laterais da minha cueca e juntando-as discretamente, cada vez mais... Ela foi juntando as bordas da cueca até que sumisse no meio do meu rego. Meu coração disparou. Eu tragava o cigarro para tentar acalmar. Fiquei com medo dela pensar que eu estava pensando a mesma coisa que ela...mas estava. A cueca ficou em mim como um fio dental. Tudo que ela dizia era que minha bundinha era uma delícia. Depois tirei a cueca e nós transamos normalmente. Mas sem tocarmos em nenhuma possibilidade, surgia uma idéia secreta na minha cabeça e eu ainda quetionava se ela pensava a mesma coisa que eu. Nesse dia, nascia uma nova relação...

Comentários

oto
28/11/2007 14:23:16
Achei uma delicia e penso em experimentar
27/11/2007 11:24:34
E depois?
09/11/2007 15:22:29
que delicia !!! liberte-se e vc sera o que jamais pensou ser um dia !!!
06/11/2007 21:39:34
muito legal e excitante meus parabéns pelo relacionamento mútuo
03/11/2007 15:43:19
conto gostoso, puro. o tesão é algo sublime, e só é feliz aquele que não interrompe seu vôo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


anythingdoce nanda parte cinco contos eroticosbobeou o comedor meteu na negrax videos casada safada dando para padrinhode casamentox videos casada safada dando para padrinhode casamentovideo porno mae ve filho pelado e toma susto com tamanho do paunovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradaincesto com meu vô contosesposas pedem para estranhos tirar camizinha pra gozar bucetao delasconto gay minha tia me transformou em sua empregadinhab****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornôcasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodevidiopormo de mulier que noa aguenta pau no cu e bera naoragatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrusexo anal sem compaixãocontos eroticos dei o cu pro aluno cadeirantfernanda puro desejo gamg bang contosNo motel eu fudi a buceta e o cu virgem da minha sogra conto eroticoContos eroticos gay chule do meu cunhadonovos relatos eróticos de corno minha esposa com o plug analcontos pornos comadres morenacontos eróticos eu vi minha tia amamentandocorno eu confessoxvidios outros puraividio menina batendo uma siririca vendo padastro tomando baioviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou xvideos ruansafado e a coroa chupanoesgichada de gala da bucetaContos.Ingravidei.minha.irmancontos de sexo depilando a sogracontos feminizacao gay chantagemde calsinhamocabrasileira novinha do rabao com calcinha de redinha batendo punheta pro rapais ela geme muito na ohro qui ele ta gozandomamei contosporno muito beidona no pauas baianas mais bucetudaswww.casadoscontos/gayputo.comcontos de sexo raspei minha bucetavídeo da Sarinha do homem lambendo pequena mulher a mulher lambendo o pau do homemSomente contos reais de marido chorando e ecitado que chega em casa e pega esposa trepandoMeu voyer filhocontos eronticos buraco na paredecdzinhas contos reaisbaixar vídeo pornô coroas esfregando na caixaContos novinha perdeu cabaço do cu com roludao tremninfetinha de saia comprida provoca dog zoofiliatentando meter com pinto inchadover mulher gritando de tesão saindo gosminha do grilo da sua buceta grandeContos sexo bondage entiadasputas peladas meladas de margarina no cucotos eróticos patrao pau de asusta berei chorei griteibbw q curta peidar contos reaisgozou dentro da buceta e a mulhervnao queria no xvideosrelato esposa cincoentona timida primeiro amanteloirinha magrinha sentando no pau do negao de 70 centimetrosmeninas novinhas de mini saia e fio dentallindasconto gay pirocudo da academiaConto gay viagem Onibus leitonovinha dançando só de calcinha e de óculos e botãozinho vermelhomeu aluno cacetudo contosmulher secura na pica do negao quando encosta no cuAguentei a rola enorme do papai contos eróticoscontos filha no barco c amiguinhafotos de pau duro cabeçudocontos tatuape primeira bucetadesde novinha ja fudiamadrasta levanta deixa o Maria dormindo e vai entrar na roleta 20 anos novinhocunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadoespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorxvidio decotes da braquinhaeu tava tomando banho e meu pinto tava duro minha mae rabuda chegou e eu fudi elataradao fode esposa na frente da amiga que quer tanbem.combaixar videos porno em portugues idioma em portugues mae dando pro filho na frente dos parentes que chegaram de viajem e foram pra casa deles mae dando a buceta pra elefilme potnou vide matecontos incestos mãe mais lidos 2017negao levantou e trepou com gostosa no coloso bucetao ebelas chupadas emuitas punhetashttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701procurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera correfudi ela e o namorado delacontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulherpornodoidocoroa deitad na cama so de calcihacontos erótico minha filha de shortinho curtocontos filha no barco c amiguinhaVaqueiro fazendo sexo com a plaquinhaporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuaentiadinha ficou babedol transeicontos contos meu marido me arrumou um novinho