Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha secretária Suzana

Autor: Tracker
Categoria: Heterossexual
Data: 21/11/2007 19:59:29
Nota 9.67
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estava sozinho no consultório. Eram 19,30 horas . Suzana acabara de sair . Estava todo suado, desarrumado, cansado e com a sensação de que havia feito uma besteira das grandes .

Sempre havia escutado em varias partes e de várias fontes que “onde se ganha o pão não se come a carne”. Regra fundamental numa relação estreita e diária entre patrão e empregada. No meu caso entre médico e recepcionista .

Suzana é minha recepcionista, melhor dizendo, meu faz tudo, há muitos anos. Cinco se bem me lembro. Sempre muito eficiente em tudo, tanto na lida com os pacientes e marcação de consultas quanto na parte burocrática com os convênios e também no gerenciamento financeiro da clínica. Somos apenas eu e ela nesses anos todos e a nossa relação sempre foi pautada por respeito mútuo e um distanciamento preventivo de ambos lados. Sabíamos que o limite entre a descontração e a intimidade nunca deveria ser ultrapassado.

Suzana é uma moça de 28 anos, casada há quase dez anos e sem filhos. Magra sem exagero,rosto bonito, cabelos longos castanho claros, olhos escuros, seios pequeninos e pontudos, cintura bem estreita, quadril largo e uma bundinha absolutamente ... maravilhosa !!! Tão arrebitada que a faz andar gingando .Resumindo, no meu conceito ... um tesão de mulher !!!

Para conviver com esta situação sempre sublimei o meu instinto de macho no trato diário com ela. Pra mim era como se estivesse trabalhando com um amigo do futebol da terça-feira. Dos mais feios e fedidos ...

Porém, hoje ficou claro que era apenas uma ilusão o fato de que eu não a notava como mulher. O que existe na verdade é uma forte atração sensual por ela e pior, que sou correspondido na mesma proporção ou mais intensamente ainda.

Vamos aos fatos ...

Hoje à tarde, por volta das 15,00 horas, estava aqui mesmo na minha sala num intervalo entre consultas . Como hoje é pós-feriado, muitos pacientes não aparecem e não se dão ao trabalho de desmarcar os horários agendados. Como estava tranqüilo, passei a ler relatos aqui na CASA DOS CONTOS ERÓTICOS. Fui lendo e ficando progressivamente mais excitado. O membro estufando a calça branca e deixando uma nodoazinha translúcida no tecido. Subitamente Suzana adentrou a sala sem bater e me pegou alisando o pênis por cima da calça. Meu constrangimento foi evidente e rapidamente me recompus e fechei a pagina no computador. Porém, o limite da intimidade havia sido quebrado naquele exato momento. Os olhos de suzana pousaram na minha virilha e não vi qualquer sinal de constrangimento ou embaraço neles. Ela falou qualquer coisa que nem tenho agora a mínima idéia do que era e esgotado o assunto, disse que no final das consultas precisava conversar comigo e me mostrar algo. Mesmo tendo mais algumas consultas não consegui mais trabalhar direito. Fiquei um misto de constrangido, assustado e excitado. O que ela estaria pensando de mim ? No final conclui que o melhor era pensar que nada havia acontecido e que ficaria tudo como antes ... ledo engano !!!

As consultas terminaram por volta das 18,00 horas e como sempre fiquei revisando os prontuários antes de ir para casa. Pelo interfone Suzana me perguntou se podia ir até a minha sala pra conversar ... talvez estivesse com medo de me pegar desta vez com o membro na mão ... pensei ... rindo sozinho. Ri mas algo dentro de mim se inquietava.

Abrindo a porta, Suzana me disse que não havia mais ninguém no consultório e já havia trancado todas as portas. Ato contínuo, falou que ela própria precisava de uma consulta.

Pedi que sentasse para se explicar melhor.

- Olha doutor, estou muito envergonhada mas eu preciso mostrar uma coisa pro senhor.

- Vamos lá Suzana... coragem !!! ( A minha curiosidade e a minha excitação aumentavam exponencialmente ) .

- Sabe o que é ? Ontem eu tomei uma injeção de Voltarem na nádega e está doendo muito ... será que o senhor podia dar uma olhadinha ?

- Claro que sim Suzana . Venha cá ! – e a conduzi para o divã de exames .

- Acho melhor eu ficar de pé doutor ... assim o senhor consegue ver melhor .

Achei que ela apenas abaixaria um pouco o cós da calça, apenas o suficiente para que eu visse o local . Qual não foi a minha surpresa quando ela simplesmente tirou a calça e a calcinha ficando de costas pra mim ... aquela bundinha maravilhosa... aquele monumento aos adoradores de um traseiro bem fornido e bem desenhado ... aquele rabo gostoso !!!

Me olhando bem firme disse :

- O senhor não vai apalpar doutor ? É bem aqui ... me mostrando com a mão espalmada toda a nádega de um lado .

Do mesmo jeito, espalmei a mão e empalmei a bunda . Enchi minha mão com aquelas carnes gostosas e perguntei :

- Dói aqui Suzana ? É aqui ? E aqui, também dói ?

- Não Doutor, aí não !! O senhor tem que continuar pra eu ver onde é ...

Ouvi a safada respirando forte e vi que estava de olhos fechados .

A razão me abandonou e sem pensar beijei a bunda da minha secretária ... beijo interrompido apenas pra que eu escutasse o gemido que ela deixou escapar ...

- Ai Doutor que gostoso ... o senhor não sabe da vontade que eu tenho do senhor ...

Sem responder passei a beijar toda a bunda e a enfiar a língua no reguinho perfumado e macio . Meu pau parecia que ia explodir .. a calça não ia agüentar muito tempo .

Fui levemente forçando as suas costas para baixo, fazendo com que ela ficasse de barriga no divã, o que abriu suas nádegas e expôs o cuzinho mais rosadinho que eu já vi.

Piscava com as minhas linguadas enquanto a dona dele rebolava pra mim.

- Ai doutor faz mais, continua, vai ! Não para !

- Come meu cuzinho .. vai meu Doutor gostoso ! Põe em mim essa piroca gostosa !

Nunca imaginaria a Suzana falando assim e estava achando tudo muito excitante !

Abri a calça e tirei a verga pra fora .. já estava toda melecada e encostei na portinha .

- Não ! Não ! Eu quero aquela pomadinha que fica na gaveta e que não tem anestésico !

Susto geral pra mim . A safada sabia que aquela pomada servia pra comer cuzinho e agora eu também sabia porque o tubo acabava tão rápido .. Suzana ! Suzana ! Quem diria ... rssss!!

Abri a gaveta, peguei o tubo e apliquei no anelzinho lindo e na cabeça do caralho pulsante .

- Agora me come meu macho gostoso !!! Vai !! Mete forte !!!

Não esperei um segundo chamado e comecei a forçar a entrada . Forçar é modo de dizer porque ele não ofereceu nenhuma resistência e logo estava cavalgando a minha secretária tesuda e gostosa que gritava obscenidades e ordens explicitas .

Com uma mão livre comeceia brincar com a bucetinha escorregadia e extremamente cheirosa .. e em poucos instantes ela começou a gozar loucamente, rebolando com uma sambista e tendo espasmos no cuzinho que me levaram a insanidade. Agarrei a cinturinha estreita e numa estocada bem funda, firme e forte, gozei como nunca antes dentro dela em contrações que chegavam a ser dolorosas de tão intensas .

Desabei nas suas costas ofegante e saciado ...

- Não sai não doutor ... deixa amolecer aí dentro ..

- O senhor me fez muito feliz ... precisava me sentir mulher dessa maneira .. comida, fodida com gosto ... obrigada !!

A pinto foi saindo lenmtamente e com ele um filete de esperma claro e nada de sujeira . A danada tinha feito um enema antes de vir pra minha sala ... que premeditação, heim ?

Me deixei ficar na cadeira, simplesmente acabado e torporoso enquanto ela se arrumava e num lance inusitado, com os olhos insondáveis de sempre me disse :

- Até amanhã Doutor!! Boa noite !! Fica com Deus e não se esqueça de apagar as luzes ao sair !! Lembranças à Dona Alice!!

A menção à minha esposa me desnorteou .. o que seria aquilo :

Um recado que estava perdido nas suas mãos ou que aquilo tudo foi apenas um momento de necessidade mútua e que nada mudaria ?

Continuo aqui nessa cadeira .. desarrumado e confuso ... pelo menos agora todos vocês sabem da cagada que eu fiz !!!!

Comentários

19/04/2009 18:57:34
Muito bom, juro que já essa história na minha mente várias vezes, só o que muda é o nome da minha secretária e o fato de que por enquanto se trata só de uma fantasia minha, quem sabe minha doce recepcionista não se anima?..rs
27/11/2007 11:00:16
Bem contado, sensual.
24/11/2007 23:48:59
conto maneiro so vajou um pouco mas e normal.afinal e um conto
24/11/2007 22:29:01
não ligue para oq esses idiotas falam...seu conto foi interessante.....acho q estão com inveja pq não conseguem comer ninguém nem pagando...
23/11/2007 17:59:48
Nossa baianinho, saaafadiiinhoooo! Que fixação com prego. Vai quando te molesdtaram em criança, usaram um prego grosso pra te penetrar, não foi. E aposto que você gostou, ams cresceu revoltado pois não achou mais quem quisesse encarar essa bunda fedorente, não é? Tem nada não, "SAFADINHAAAA!". põe seu e-maisl e quem sabe alguém te encara. Como tem gente chegado em copofragia (gosta de se lambuzar e comer bosta), pode ser que encare comer essa bunda podre que você tem. Vai um pregão aí, bichonaaaa?
23/11/2007 16:29:59
Esse bunda mole que utiliza as iniciais dos caras que comeram a sua bunda só neste exato momento em que ele esta digitando, é tão burro que reescreve todos os seu comentários. Seja mais criativo e morra ou vai lascar o cu no prego.
22/11/2007 12:47:21
Seu médico mentiroso quando for escrever novamente vá direto ao assunto não faça milhões de rodeio para dizer no final o que todos já esperam de todos os mentirosos filhas da puta que escrevem aqui. Este site tem que mudar de nome, ele tinha que se chamar CASA DOS FILHOS DA PUTA MENTIROSOS. Só para constar, reguinho perfumado e macio, após um dia de trabalho inteiro, entre mijadas e cagadas no banheiro, vai tomar noi cu e leva seu zero com você.
22/11/2007 12:24:34
Não ligue para o comentário deste frustrado impotente. Isto sempre termina acontecendo entre médicos, dentistas e congeneres e suas atendentes gostosas. (Pelo menos entre aquelas gostosas que sabem sê-lo, e abusam do direito de ser.)

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


bucetao entupido de cebolaneta sentindo opau du avo duroComtos casadas fodidas na cadeiacache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 higor safado xvidiogangbang silvio santos porno doidomenina ponha na bucetinha dedinho cheio de pregasComi a garota tolinhafilhinha da a buceta para irmao e padrastodominadora scat merda bostacontos erotico meu sogro mi arobou cm seu pau d elefanteyeezus ana casa de contos eróticospornodoido padrasto pensando tórridoquero ver o ganhador do homem chupando a b***** peladocontos transando com cunhado mais novosexo na sala fria comendo ela depois de tirar o fio dental boa fodanaugr sexo69 no sofávídeo pornô eu estava dormindo a bunda e 20:13 me comeu na marracasada aquenta a pica do negao que parece um jumento e corno asistecontos/arrebentei meu cabacodeflorador de gatinhas taradaschantagiei a colega de trabalho e comi ela casa dos contosirmas safadas relatosencoxei lidar evangélicabranqinha se esbarra na pica xvesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contosconto casada chantageada pelo senhoriocontos de namorada no churrascovídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidocontos eroticos brutais, estiquei o clitoris ate sangrarhetero passivo conto realajudei minha filha perde vigidade com meu cunhado contosobrinha contoContos eróticos cumendo minha mãe e irmãxvideo negao esfregando uma pica ezajeradaporno doido ze buscape transaminhavo rebolo gistoso xvideosmulher toma susto com rola bucetas molouaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosloira linda enfia sextoy grande e gfoso at gosarcontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putarelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesquero baixa contor d bixinha azulboxeeroticotravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamasexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposacoletanias de batidas de pulhetas por mulhreres pra homensporno so vidio reral tiramo a vingidadepornomulher so de fio dental fininhaexperimentar sexo anal mesmo sendo heterossexual pode ser perigosocontos.eroticos avo.peludo idoso bigodecontos de crossdresser forçadofilhinha puta fazendo gang gang com os vizinhos taradofodida na balada/contover relatos verdadeiro cheirava as calcinhas da minha primacontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadocontos eroticos sou mulher e transei com minha sograContos eroticos com o dono da verdureiroseduzindo você a bater punhetacontos aiíiiii hum aiaiabigodinho do ritler videos pornocoroa ponha cao para chupalaensinei meu filho de dez anos a bater punhetaantonio negro comedor abriu a porta dotado conto corno mansomuleke punhetamdoyeezus ana casa de contos eróticosisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguairmalouca pra perdero cabaco pro irmarvizinha fudendo na hora do almoçoloiras gostosas com abuçeta bigodinhoconto erotico esposa liberadacontos eroticos titias putas sobrinhos roludostomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornocomi o cuzinho do valentao a forca contosporno ladrão forçando dona de casa a fazer anal forçadomae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choracontoswww.eroticos na festanovinha tem no muito o garmo na siririca xega a gritar contos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todacontos eroticos mulher dopada e fudida