Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha secretária Suzana

Autor: Tracker
Categoria: Heterossexual
Data: 21/11/2007 19:59:29
Nota 9.67
Assuntos: Heterossexual

Estava sozinho no consultório. Eram 19,30 horas . Suzana acabara de sair . Estava todo suado, desarrumado, cansado e com a sensação de que havia feito uma besteira das grandes .

Sempre havia escutado em varias partes e de várias fontes que “onde se ganha o pão não se come a carne”. Regra fundamental numa relação estreita e diária entre patrão e empregada. No meu caso entre médico e recepcionista .

Suzana é minha recepcionista, melhor dizendo, meu faz tudo, há muitos anos. Cinco se bem me lembro. Sempre muito eficiente em tudo, tanto na lida com os pacientes e marcação de consultas quanto na parte burocrática com os convênios e também no gerenciamento financeiro da clínica. Somos apenas eu e ela nesses anos todos e a nossa relação sempre foi pautada por respeito mútuo e um distanciamento preventivo de ambos lados. Sabíamos que o limite entre a descontração e a intimidade nunca deveria ser ultrapassado.

Suzana é uma moça de 28 anos, casada há quase dez anos e sem filhos. Magra sem exagero,rosto bonito, cabelos longos castanho claros, olhos escuros, seios pequeninos e pontudos, cintura bem estreita, quadril largo e uma bundinha absolutamente ... maravilhosa !!! Tão arrebitada que a faz andar gingando .Resumindo, no meu conceito ... um tesão de mulher !!!

Para conviver com esta situação sempre sublimei o meu instinto de macho no trato diário com ela. Pra mim era como se estivesse trabalhando com um amigo do futebol da terça-feira. Dos mais feios e fedidos ...

Porém, hoje ficou claro que era apenas uma ilusão o fato de que eu não a notava como mulher. O que existe na verdade é uma forte atração sensual por ela e pior, que sou correspondido na mesma proporção ou mais intensamente ainda.

Vamos aos fatos ...

Hoje à tarde, por volta das 15,00 horas, estava aqui mesmo na minha sala num intervalo entre consultas . Como hoje é pós-feriado, muitos pacientes não aparecem e não se dão ao trabalho de desmarcar os horários agendados. Como estava tranqüilo, passei a ler relatos aqui na CASA DOS CONTOS ERÓTICOS. Fui lendo e ficando progressivamente mais excitado. O membro estufando a calça branca e deixando uma nodoazinha translúcida no tecido. Subitamente Suzana adentrou a sala sem bater e me pegou alisando o pênis por cima da calça. Meu constrangimento foi evidente e rapidamente me recompus e fechei a pagina no computador. Porém, o limite da intimidade havia sido quebrado naquele exato momento. Os olhos de suzana pousaram na minha virilha e não vi qualquer sinal de constrangimento ou embaraço neles. Ela falou qualquer coisa que nem tenho agora a mínima idéia do que era e esgotado o assunto, disse que no final das consultas precisava conversar comigo e me mostrar algo. Mesmo tendo mais algumas consultas não consegui mais trabalhar direito. Fiquei um misto de constrangido, assustado e excitado. O que ela estaria pensando de mim ? No final conclui que o melhor era pensar que nada havia acontecido e que ficaria tudo como antes ... ledo engano !!!

As consultas terminaram por volta das 18,00 horas e como sempre fiquei revisando os prontuários antes de ir para casa. Pelo interfone Suzana me perguntou se podia ir até a minha sala pra conversar ... talvez estivesse com medo de me pegar desta vez com o membro na mão ... pensei ... rindo sozinho. Ri mas algo dentro de mim se inquietava.

Abrindo a porta, Suzana me disse que não havia mais ninguém no consultório e já havia trancado todas as portas. Ato contínuo, falou que ela própria precisava de uma consulta.

Pedi que sentasse para se explicar melhor.

- Olha doutor, estou muito envergonhada mas eu preciso mostrar uma coisa pro senhor.

- Vamos lá Suzana... coragem !!! ( A minha curiosidade e a minha excitação aumentavam exponencialmente ) .

- Sabe o que é ? Ontem eu tomei uma injeção de Voltarem na nádega e está doendo muito ... será que o senhor podia dar uma olhadinha ?

- Claro que sim Suzana . Venha cá ! – e a conduzi para o divã de exames .

- Acho melhor eu ficar de pé doutor ... assim o senhor consegue ver melhor .

Achei que ela apenas abaixaria um pouco o cós da calça, apenas o suficiente para que eu visse o local . Qual não foi a minha surpresa quando ela simplesmente tirou a calça e a calcinha ficando de costas pra mim ... aquela bundinha maravilhosa... aquele monumento aos adoradores de um traseiro bem fornido e bem desenhado ... aquele rabo gostoso !!!

Me olhando bem firme disse :

- O senhor não vai apalpar doutor ? É bem aqui ... me mostrando com a mão espalmada toda a nádega de um lado .

Do mesmo jeito, espalmei a mão e empalmei a bunda . Enchi minha mão com aquelas carnes gostosas e perguntei :

- Dói aqui Suzana ? É aqui ? E aqui, também dói ?

- Não Doutor, aí não !! O senhor tem que continuar pra eu ver onde é ...

Ouvi a safada respirando forte e vi que estava de olhos fechados .

A razão me abandonou e sem pensar beijei a bunda da minha secretária ... beijo interrompido apenas pra que eu escutasse o gemido que ela deixou escapar ...

- Ai Doutor que gostoso ... o senhor não sabe da vontade que eu tenho do senhor ...

Sem responder passei a beijar toda a bunda e a enfiar a língua no reguinho perfumado e macio . Meu pau parecia que ia explodir .. a calça não ia agüentar muito tempo .

Fui levemente forçando as suas costas para baixo, fazendo com que ela ficasse de barriga no divã, o que abriu suas nádegas e expôs o cuzinho mais rosadinho que eu já vi.

Piscava com as minhas linguadas enquanto a dona dele rebolava pra mim.

- Ai doutor faz mais, continua, vai ! Não para !

- Come meu cuzinho .. vai meu Doutor gostoso ! Põe em mim essa piroca gostosa !

Nunca imaginaria a Suzana falando assim e estava achando tudo muito excitante !

Abri a calça e tirei a verga pra fora .. já estava toda melecada e encostei na portinha .

- Não ! Não ! Eu quero aquela pomadinha que fica na gaveta e que não tem anestésico !

Susto geral pra mim . A safada sabia que aquela pomada servia pra comer cuzinho e agora eu também sabia porque o tubo acabava tão rápido .. Suzana ! Suzana ! Quem diria ... rssss!!

Abri a gaveta, peguei o tubo e apliquei no anelzinho lindo e na cabeça do caralho pulsante .

- Agora me come meu macho gostoso !!! Vai !! Mete forte !!!

Não esperei um segundo chamado e comecei a forçar a entrada . Forçar é modo de dizer porque ele não ofereceu nenhuma resistência e logo estava cavalgando a minha secretária tesuda e gostosa que gritava obscenidades e ordens explicitas .

Com uma mão livre comeceia brincar com a bucetinha escorregadia e extremamente cheirosa .. e em poucos instantes ela começou a gozar loucamente, rebolando com uma sambista e tendo espasmos no cuzinho que me levaram a insanidade. Agarrei a cinturinha estreita e numa estocada bem funda, firme e forte, gozei como nunca antes dentro dela em contrações que chegavam a ser dolorosas de tão intensas .

Desabei nas suas costas ofegante e saciado ...

- Não sai não doutor ... deixa amolecer aí dentro ..

- O senhor me fez muito feliz ... precisava me sentir mulher dessa maneira .. comida, fodida com gosto ... obrigada !!

A pinto foi saindo lenmtamente e com ele um filete de esperma claro e nada de sujeira . A danada tinha feito um enema antes de vir pra minha sala ... que premeditação, heim ?

Me deixei ficar na cadeira, simplesmente acabado e torporoso enquanto ela se arrumava e num lance inusitado, com os olhos insondáveis de sempre me disse :

- Até amanhã Doutor!! Boa noite !! Fica com Deus e não se esqueça de apagar as luzes ao sair !! Lembranças à Dona Alice!!

A menção à minha esposa me desnorteou .. o que seria aquilo :

Um recado que estava perdido nas suas mãos ou que aquilo tudo foi apenas um momento de necessidade mútua e que nada mudaria ?

Continuo aqui nessa cadeira .. desarrumado e confuso ... pelo menos agora todos vocês sabem da cagada que eu fiz !!!!

Comentários

19/04/2009 18:57:34
Muito bom, juro que já essa história na minha mente várias vezes, só o que muda é o nome da minha secretária e o fato de que por enquanto se trata só de uma fantasia minha, quem sabe minha doce recepcionista não se anima?..rs
27/11/2007 11:00:16
Bem contado, sensual.
24/11/2007 23:48:59
conto maneiro so vajou um pouco mas e normal.afinal e um conto
24/11/2007 22:29:01
não ligue para oq esses idiotas falam...seu conto foi interessante.....acho q estão com inveja pq não conseguem comer ninguém nem pagando...
23/11/2007 17:59:48
Nossa baianinho, saaafadiiinhoooo! Que fixação com prego. Vai quando te molesdtaram em criança, usaram um prego grosso pra te penetrar, não foi. E aposto que você gostou, ams cresceu revoltado pois não achou mais quem quisesse encarar essa bunda fedorente, não é? Tem nada não, "SAFADINHAAAA!". põe seu e-maisl e quem sabe alguém te encara. Como tem gente chegado em copofragia (gosta de se lambuzar e comer bosta), pode ser que encare comer essa bunda podre que você tem. Vai um pregão aí, bichonaaaa?
23/11/2007 16:29:59
Esse bunda mole que utiliza as iniciais dos caras que comeram a sua bunda só neste exato momento em que ele esta digitando, é tão burro que reescreve todos os seu comentários. Seja mais criativo e morra ou vai lascar o cu no prego.
22/11/2007 12:47:21
Seu médico mentiroso quando for escrever novamente vá direto ao assunto não faça milhões de rodeio para dizer no final o que todos já esperam de todos os mentirosos filhas da puta que escrevem aqui. Este site tem que mudar de nome, ele tinha que se chamar CASA DOS FILHOS DA PUTA MENTIROSOS. Só para constar, reguinho perfumado e macio, após um dia de trabalho inteiro, entre mijadas e cagadas no banheiro, vai tomar noi cu e leva seu zero com você.
22/11/2007 12:24:34
Não ligue para o comentário deste frustrado impotente. Isto sempre termina acontecendo entre médicos, dentistas e congeneres e suas atendentes gostosas. (Pelo menos entre aquelas gostosas que sabem sê-lo, e abusam do direito de ser.)

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos de trepadas com tias sacanaspassando a mao na ninfetinha godtosa sem defesa pornotia ensinando osobrinho acome bocesta seso videu reau azeirocontos vi uma mulher cagandoCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.07menina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhaComo se escreve “ manda video porno ” em inglescontos minha cunhafa de 12 anos chupo meu pintocontos sinhozinho mamou meu grelinhominha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.ficamos nuas e sastifeitascontos eroticos "escrava" "trapos"Contos etoticos filha rabudabucetao contosporno paudentri da bucetaTopes fotos de menianas dormindo de shortinho atololado e com um penis fincado no meiohomnes esibindo seu pauzao no sanba cansao pornodoidob******** cabeluda gemendo e chorandoporndoido lesbicas 2amigas uma olhando a outra se masturbandoporno.milene ceribelemulher com mulher pode uza bolinha vaginasXvideos batendo punhenta vendo gostosa de bucos na picinaMENiNO TIRAN DO OCHORTESsexo deixando mae com bunda doendo contocontos eroticos namorado de mamãe tem piça ggeu quero um vídeo acaba transando com a mulher postergando ela na cama dormindo a força e ela gritando ele comendo elasexoalvesmacho arregaca o buraco da xana da safada cm aparelho para ver o fundo do buracocontos eroticos de meninos gay perdi a aposta no video game e o cabaco tambemcarroceiro socando com forsa na novinhacontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudofudendo com dorso de penismulheres nojona de tanto tesaoporno xxvideos meninas sentodo o cu em cima do pau mostando a bucetaConto erotico de pai cheirando as calcinhas sujas da filha bucetudamenininhao na siririca no banho escondidaeu quero GTA Marginal trabalhando na ambulância disfarçadozoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiaenfiando o dedo na cabacinha deladia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhoXsvideos artista pintando macho nuxvideosó no cu pracaga grossocontos eróticos minha mãe parte 4mulheres de corno manso sem o biquininhoporno familia jurássicaeu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdoconto de padrasto socando a punhetafilme porno americano onde objeto exotico liberava o tesao dos personagensContos porno bucetinha da bisnetinhaenfiando o dedo na cabacinha delanovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetacontos eroticos de incesto no colocavala centrando na rola grande e achando uma delíciacontos eroticos inicio na infancia xantageada e abusada Pelo negaocotos.eroticos.de.coroas.com.muleki.jegiporno amador mulheres lanbendo o pao do homem devagarinho até gozarvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiase masturbando com o cu enpenadohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelocontos gay Meupadrasto cavalo me fudeu part4homem tem namorada ela ta dormindo. e a cama da irma é do lado irmao ataca a irma porno evito. melhor saiteconto na enchente comi a mulher do chefefilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernocontos erticos lufermeche gostozo estou gozado dentromolhes pela porno vida de meninas de 19 anos irma punheta toma leiteincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadacontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgensmulheres sexo com monstrosContos titio sou virgem so se for no cuzinho