Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

aventura no Rio

Autor: lu putinha
Categoria: Heterossexual
Data: 02/12/2007 19:33:22
Nota 9.33
Assuntos: Heterossexual

Olá. Vim contar uma das minhas aventuras no rio de janeiro. Sou louca por sexo em sempre me meto em confusões por uma boa trepada, tem dias que quero dar mas como não tenho um namorado (não consigo ser fiel) saio por aí procurando um gatinho ou só uma pica bem gostosa para me fuder. Mas tento ser discreta, afinal a vida continua depois da foda, né? Vou a um clube ou um bar e sempre saio acompanhada, não sou metidinha (com duplo sentido, por favor) mas bonita, morena, alta, magra mas com seios grandes, pernas bem torneadas e uma bundinha empinadinha que adoro dar!

Nesse dia estava querendo dar, tanto que sujei as cadeiras da casa com minha boceta molhada, mas meus “amigos” estavam todos ocupados, estava enlouquecendo e resolvi apelar! Coloquei um biquíni bem pequeno e fui ver se alguém reparava na minha bundinha por aí, coloquei uma saia bem curta e uma blusinha para sair do prédio e fui para a praia! Deitei na areia de costas, soltei o biquíni e fiquei aproveitando o sol, o calor na minha bundinha só aumentava meu tesão.. resolvi ir no mar e levantei “distraída”com meu biquíni desamarrado, mostrando os bicos durinhos dos meus seios. Confesso que uns meninos olharam muito, mas eram meninos e eu queria um homem! Fui para a água, deixei minhas coisas com os meninos (só para garantir uma pica, em último caso) e saí rebolando bem gostoso para enlouquecer os meninos! Quando saí da água notei um cara me olhando, peguei minhas coisas de volta e fui deitar na areia, olhando bem nos olhos dele. Peguei os óculos de sol e esperei. Ele veio do meu lado, perguntou se podia deixar a camiseta enquanto ia na água, falei que sim mas que estava fria e que era melhor ficar na areia, com um sorriso safado. Ele ficou me olhando mas não esperava essa resposta, disse então que podia sentar comigo, que estava me sentindo sozinha.

Sentou. Perguntou meu nome enquanto me comia com os olhos, respondi que não queria saber o dele. Outro silencio, enquanto ele olhava o mar fui descendo a mão pelas suas coxas, ele olhou para a mão, depois para mim e perguntou o que eu queria. Não disse nada, desci para o pau dele, que tava duro e parecia bem grande embaixo da sunga (não faria isso se não tivesse um volume expressivo na sunga desde o começo) comecei a punhetar de leve, passando os dedos na virilha e encostando a pontinha dos dedos dentro da sunga.

O cara ficou louco, me olhava minha mão na sunga, quando eu disse para olhar o mar e disfarçar que a praia tinha muita gente. Ele obedeceu e sem me olhar perguntou de novo o que eu queria com isso, que não era para brincar com ele. Falei no ouvido dele que queria dar meu cuzinho, queria ser fodida por ele hoje, sentir aquela pica bem fundo na minha boceta. Ele riu, parecia não acreditar em mim e pensando bem, parecia mesmo muita sorte ir na praia e descolar uma mulher gostosa a fim de dar o cu no meio da tarde, de graça. Pensei isso, tirei a mão da sunga e disse que ia na água, que ele podia ir embora se quisesse e fui para a água. Sabia que ele tava olhando minha bunda e rebolava na areia, tenho uma bunda redondinha e lisinha, pequena, mas bem gostosa!

É lógico que ele veio atrás de mim, entramos na água e ele veio me agarrando, disse que não era assim, que não ia dar pinta de Cicarelli e fui levando ele para a parte mais funda do mar, quando ficamos isolados abracei ele com as pernas, apertando bem o pau dele com o corpo, ele me abraçou, nos beijamos e senti ele descendo a mão pelas minhas costas. Sem ele perceber, enquanto nadamos eu soltei um dos lacinhos do biquíni, a calcinha agora estava no pé, quando ele percebeu começou a me beijar e apertar, queria meter ali mesmo, deixei, mas só para sentir se era bom, rebolei um pouco no pau dele, mastigando com a minha boceta, enquanto ele chupava meus seios, mordendo os biquinhos.

Mesmo com muito tesão, pensei bem e vi que não ia dar para me satisfazer assim, queria uma boa foda e não uma rapidinha na água, além disso estávamos sem camisinha e eu nem sabia o nome do cara! Parei de rebolar e, apertando bem o pau dele dentro de mim, disse: quero sentir teu pau mais fundo, ficar de quatro para sentir tuas bolas na minha bunda, vamos para outro lugar? Ele levou um susto, disse que estava bom assim, mas eu respondi que bom não era o suficiente. Empurrei ele e voltei para areia, ele veio me seguindo com a sunga esticada, explodindo de tesão, peguei minhas coisas (encostando a bundinha no pau dele para abaixar, provocando) e disse que tinha um motel a quatro quadras dali.

Pegamos um táxi e eu disse para onde íamos, quando o motorista me olhou pelo espelho já estava abaixando para chupar aquela pica linda, grossa e salgadinha, mas nem deu tempo, quando vi já estávamos na recepção, ele pagou o táxi enquanto eu pedia um quarto. No elevador fomos nos agarrando, ele disse que eu era louca! A louca mais gostosa que ele já tinha pegado, ri e puxei o sutiã do biquíni oferecendo meus peitos para ele mamar. Quando entramos no quarto fui beijando ele, primeiro a boca, o pescoço, os bicos do peito, descendo com a língua pela barriga até achar meu prêmio. Chupei aquela pica deliciosa como se fosse a última do mundo, ele gemia de prazer enquanto eu passava a língua pela cabeça, descia até as bolas e subia de novo, punhetando com as mãos o pau que ia salvar meu dia! Quando senti que ele não ia agüentar mais, parei de chupar empurrei ele para a cama e fui tirando meu biquíni bem devagar, primeiro a sainha, depois o sutiã e a calcinha.. fiquei bem perto dele e virei minha bundinha bem perto do seu rosto e disse, morde a bundinha que vai ser tua!

Ele beijava e dava uma mordidinhas, me deixando louca.. já estava com tanto tesão que escorria pelas minhas pernas, ele brincava com meu grelinho, colocou um dedo na minha bocetinha e ficou me fodendo com o dedinho.. disse que queria sentir o pau dele e peguei uma camisinha..enquanto ele colocava, fui para a cama, beijava o pescoço dele pensando se queria primeiro de quatro ou cavalgar um pouco aquele gatinho desconhecido. Nem pude escolher, ele se virou me empurrou na cama e meteu bem forte em mim! Uma delícia, gozei 10 segundos depois, molhando ele todo com meu gozo! Eu gozo muito, não sei porque (minha médica diz que tenho sorte se gozar tão fácil.. acho que é porque “exercito” muito!)

Ele viu que eu tremia muito e perguntou se estava bem, disse que sim, mas queria que ele me comesse de quatro, não consegui no começo, só levantei a bundinha, mas com o rosto na cama, estava fraca por ter gozado tanto. Mas quando ele começou a estocar forte (do jeito que eu gosto) mexendo todo o meu corpo, me chamando de putinha, de vagabunda.. eu acendi de novo, recuperei as forças e fui rebolando até ele gozar, caindo em cima de mim sem forças!

Ficamos em silêncio um pouco, ele saiu de dentro de mim, deitou. Depois de um tempo perguntou meu nome, eu disse e ele falou: lu, vc foi a melhor locura dessas férias! Eu ri e disse que ainda não tinha acabado. Perguntei o nome dele: Daniel.

Depois de um tempo chamei ele pro chuveiro e disse que ainda faltava uma coisa, fui rindo para o banheiro, tomamos um banho juntos e claro que ficamos excitados de novo. Não conseguia para de pensar naquela pica na minha bundinha, era a idéia fixa do dia! Sentir o corpo dele perto de mim, o pau molinho passando na minha bundinha, foi acendendo os dois, ele me chupou tão gostoso que gozei na cara dele, me desculpei mas acho que ele gostou! Ele já estava com o pau duro de tesão e voltamos para o quarto. Fui beijando e puxando ele para a cama, chupei um pouco mais aquele caralho delicioso, lisinho, com cabeça rosinha e duro de tesão por mim!

Depois de uma nova camisinha disse que queria mais e me virei de costas, fui empurrando minha bundinha contra ele, disse que queria que ele comesse minha boceta primeiro, que queria sentir ele me rasgando por dentro, mas depois. Ele me obedeceu e quando começou a bombar minha bocetinha, já estavatão molhada que até desisti de gozar antes (para deixar aquela pica bem molhadinha) e não machucar muito meu cuzinho, pedi: me fode como eu quero, come meu rabo Dani!

E ele comeu, foi bem devagarinho e quando me acostumei começou a bombar bem gostoso no meu cuzinho, nem sentia dor, só rebolava e gritava, louca de tesão! Ele me puxou pela cintura, me segurou junto dele dizendo que eu era uma putinha muito gostosa, me xingando e bombando bem devagar, tirando quase tudo e colocando de novo.. uma delícia!

Ele resolveu colocar a mão no meu grelinho numa dessas voltas e gozei feito louca.. não deixava ele se mexer de tanto que rebolava no pau dele.. ele viu que eu ia ficar molinha e acelerou o movimento, começou a meter mais forte até que eu senti a pressão do gozo dele dentro de mim, parecia que nem respirava!

Caímos na cama e ficamos assim um tempo, depois tomamos um outro banho e fomos embora. Fui com ele até a praia, fomos conversando bobagens.. descobri que ele estava aqui de férias e era a primeira vez no Rio, dei umas dicas de bares e festas mas depois peguei um outro táxi para casa.

Voltei muito feliz, com a bundinha doendo, as pernas bambas de tanto gozar.. fui dormir como eu queria, cansada de tanto trepar!

Comentários

24/07/2010 04:57:02
mas tú és uma putinha mesmo,hein? tesão.... me add [email protected]
06/12/2007 10:23:44
Bom dia lu, gostária de saber qual foi o lugar que vc praticou esta aventura aqui no Rio ?? gostei muito do seu conto,pois fiquei o tempo todo de caceta dura lendo o seu conto. me add no msn por favor quero ter um contato com vc . beijos
04/12/2007 13:42:27
adorei seu conto,me add no seu msn e se der quero meter em vc tb,vc aguentaria 21x8.5/ [email protected]
WL
03/12/2007 01:12:17
quem sabe encontro vc na praia, só quero d enrabar sem piedade

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


rapazinho mimado dando o rabobucetinha super apertada sendo destruída por negao super roludo até arregalou o olhocuckold adeptosxvideos gay cu rasgadaisobrinha contoda o cu causa doensa videos sangue sexo annalxxxpastora que manda marido chupa rola e da cu pornoporno de professora na forretadeu para nao ser caguetada para o marido xvideosirmão com insônia come irma pornopornomulher so de fio dental fininhacondo o marido sai potrabalho pornoContos titio sou virgem so se for no cuzinhofilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferobussetas cuspindo porracasada qui aforao pauzudogay bebezão putãocontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranaAbusada de calça legueconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandecontos eroticoscu virgemconfissoes como fiz pra seduzir meu cunhadoporno meninas cortido asferias brasilxvıdeo novınha gozando muıtorelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudacontos eroticos de incesto no colopregas do cuzin virgenvideo de um homen chupano a buceta da mulher a te dar istralosmeu padrasto me pegou no colo contos eroticosestrupa filha e confessa yotubequero ver 100 foto de morena cavala e coroa deitada na cama pelada com as perna aberta e segurando ho calcanhargozada acidental buceta assustada bravacombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinese masturbando com sexechop ate gosarconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betoanais bruto elas tenta corre io pau entra masporno casa xeio de passarinhosmundobicha.com brasil academicosgosando na cara da alemao no xisvidiovinha perdendo a virgindadechupar e engolir esperma comentariosmulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornobucitnhameu filho adora analconto erotico dos mauricinho ricos com gayContos eroticos gay funk traficantemenina 18 cabasom. padato tula dela camapelego pauzudo nufotonovelas sexo transando cm a esposa e cunhada juntosnorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com elea egua me excitou e eu esporrei nela/contopés chulé contonovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaifudendo morena fofinha na mata caseiros coletâneaconto erótico gaay sonbra de gaelporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maefilhas ve paes trazando e entra na putariawww.contoseroticos fui viola por um mega caralhudocontos eróticos publicadossou safadinha adoro analcom p maninho casa dos contosporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolaconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandexortinhodedormirWwwcasa dos contos enquilina pagando alugelporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longemae. gosa pau fillho sentadasem calcinha contosconto erotico castiguei o viadoevangélica Sáfadinha mostrando a bucetacontos eróticos de marido chega em casa e escuta sua mulher gemendo e brexa o cara comendo o cú delacontos eroticos de uma sirica bem batida aos gritosconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marramontei um armario pra uma coroa ela me atacou e chupou meu pau tv bucetabucetao de sotinho q capui de fucacontos erotivos apostando baralho com sogra e cunhadavideos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudosxvideo ensinando boiarContos erotico cdzinha cinemavideo de mulher gozando esborrifadocontos eróticos reais nnnccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladasossegado sexo mulher cornocontos eroticos gays virei putinha de varioszoio filme antigo erótico animalescoxvidio mocinhajaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisconfissoes incesto enteadocontos eroticos de trepadas com tias sacanasbolonhesa fodendo porno doido:carolzinha santos baixinha ruiva gostoza fodenofotos decasadinhas boqueteiras do corninho