Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Virei mulher do Vendedor (Nº2)

Autor: Gabi69
Categoria: Homossexual
Data: 14/12/2007 16:23:08
Nota 6.67
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu com 17 anos tive a minha 1ª relação sexual, e foi com um vendedor de aparelhos de informática que bateu na minha porta. Uma semana depois daquela maravilhosa suruba, recebi um telefonema dele. Ele dizia que estava louco para me ver de novo, mas dessa vez ele queria me possuir como se eu fosse uma mulher, então ele me pediu para vestir roupas de mulheres e passar um baton. Eu aceitei tudo e ainda perguntei se ele gostaria de fazer um sexo pelo telefone, ele falou que estava excitado e que gostaria de transar pelo telefone. Então eu comecei a falar que era um médico e ele o meu paciente, mas ele disse que preferia que eu fosse uma enfermeira de mini-saia e ele um paciente com dor na virilha. Nós ficamos nos masturbando e conversando pelo telefone por uma hora e bem no momento que eu disse: “Isso, continua me comendo, fode esse meu cuzinho”, ele gritou: “Obrigado meu putinho, por ter feito eu gozar de verdade”. Desligamos o telefone, mas antes disso, combinamos de nos encontrarmos na minha casa no dia seguinte. Eu me produzi todo: coloquei um vestido curtinho, calcinha vermelha, cinta-liga e sutiã. Também passei baton vermelho, coloquei brincos, maquiei meus olhos, passei um perfume feminino, amarrei meus cabelos compridos e me depilei todo (inclusive a bunda e as coxas). Aluguei fitas pornôs só com relações homem-homem e homem-travestis. Fiquei esperando ele aparecer, eu estava sozinho numa sexta-feira à noite, pois meus pais tinham viajado e só voltariam no domingo. Com aquelas roupas que peguei do armário de minha mãe, eu fiquei parecendo uma mulher de verdade. E estava gostando de sentir aquelas boas sensações que a calcinha vermelha proporcionava ao estar atolada no meu rego. Meu macho chega com um bouquet de flores para mim, eu fiquei muito feliz por ele ter feito algo por mim. Mas ele ficou muito mais feliz, pois me viu usando roupas femininas. Ele falou: “Tu estas uma gatinha”, e já começou a me agarrar e me beijar, colocando suas mãos sobre minha bunda. Eu coloquei uma mão em seu pau e a com a outra eu liguei o video-cassete. Eu tinha adiantado a fita e parei no exato momento em que dois homens fodiam um traveco, quando ele tocou no meu cuzinho, eu dei play no vídeo. Ele olhou para cenas da filme e falou: “Tu preparou tudo, seu safadinho. Estava louco para que eu te furasse novamente”, eu disse: “Eu estava com saudades dessa sua rola grossa”. Então eu me virei de costas para ele e fiquei rebolando. Ele tirou sua roupa e me agarrou por trás, eu senti o seu ferrão duríssimo encostar na minha bunda. Ele se ajoelhou e levantou a saia do meu vestido, baixou a minha calcinha vermelha até os meus joelhos e falou: “Você se depilou, então merece um presente, fique de quatro para mim”. Eu fiquei de quatro com o bumbum empinadinho e fiquei de frente para o filme pornô. Ele começou a beijar minhas nádegas e coxas e foi acariciando meu ânus com seus dedos. Os músculos de meu cuzinho estavam bastante contraídos, mas ele foi tocando com seus dedos suavemente no meu furinho e assim dilatando a entrada. Em pouco tempo ele já estava enfiando quatro dedos no meu cú. Eu só ficava gemendo e vendo aquele filme maravilhoso, onde estava havendo uma penetração dupla no travecão. Ele começou a lamber meu ânus dilatado e disse: “Este cú está doce, parece açucarado”, então eu falei: “Depois que eu tomei banho e lavei bem o meu cú, eu espalhei um pouco de mel pelas coxas, nádegas e por ele. Fiz isto porque gosto de sua língua e de seu pauzão”. Ele disse: “Você fez cú doce pra mim, isto é maravilhoso, nunca tinha pensado que iria realizar está fantasia sexual. Agora vou te fazer feliz”. Ele começou a lamber minha bunda de novo e depois deu uma cuspida em meu ânus e apoiou suas mãos sobre minhas costas. Então senti sua pica tocar no meu furo, ele foi encaixando, primeiro colocou a cabeça, depois o resto foi entrando facilmente e lentamente, ocasionando um grande prazer para ambos. Eu não senti nenhuma dor naquela penetração, pois meu ânus estava maior que o normal, graças a aquela dilatação feita pelos dedos de meu macho. Depois que ele enfiou seu ferrão por inteiro, começou a bombea-lo em mim incessantemente. Eu estava superexcitado, pois estava sendo comido por um homem lindo e também via na TV um travesti ser devorado por dois homens super-musculosos. Enquanto me fodia ele acabou dizendo: “Você é perfeito ou devo dizer perfeita, fez tudo isto para me satisfazer e ainda está realizando minhas fantasias, pois eu sempre sonhei em comer alguém com cinta-liga, a saia levantada e com a calcinha arriada até os joelhos. Gostaria que este momento durasse para sempre e que você sentisse os mesmos prazeres que estou sentindo”. Eu só falei isto: “Se meu machão estiver satisfeito, eu sempre vou estar. Depois que você despertou esse lado mulher em mim, eu só vou viver para de dar prazer. Eu estou apaixonado por você. Quero fazer você feliz. Me come, me fode, me devora”. Ele começou a bombear com mais força e vontade e eu comecei a gemer com mais intensidade. Ele disse: “Dá uma chupada agora, pois já estou quase gozando”. Ele tirou seu pau de dentro de mim e sentou no sofá, rapidamente eu já coloquei seu pau na boca e comecei a chupar. Boquetiava aquela rola maravilhosa, beijava aquele cabeção vermelho. Eu tentei colocar seu pau inteiro dentro da minha boca, mas não consegui, pois era muito grande. Então fui beijar suas bolas, eu mordi aqueles testículos inchados e fiquei com a boca cheia de pentelhos, depois fui beijar a sua virilha quente. Depois de 5 minutos naquele boquete resolvi sentar no seu pau. Ele estava sentado com o pau erguido e eu sentei em cima de seu pau, sentindo uma penetração dolorida. Eu estava de costas para ele e com seu pênis cravado em meu ânus. Então comecei a fazer movimentos com a bunda de cima para baixo, enquanto ele ficava parado somente sentindo prazer, logo comecei a gemer escandalosamente igualzinho à uma puta. Fodemos assim por algum tempo até que ele gozou, mas ele gozou apenas um jato de porra dentro do meu cú, pois o resto ele jorrou nas minhas nádegas e coxas. Mas pelo menos eu senti aquele sêmen quente dentro de meu rego. Depois desta transa nós ficamos assistindo o filme pornô, eu fiquei deitado sobre suas pernas e com o rosto sobre seu pau. Eu fiquei limpando, lambendo, beijando e acariciando aquele pau que já estava mole. Meu homem acabou dormindo e então tomei um banho e me vesti de mulher novamente. Quando ele acordou nós ficamos assistindo TV e namorando ali na sala. Depois rolou outras transas, resumindo eu fiquei o fim de semana inteiro de quatro para ele. Nesses 3 dias nós transamos 13 vezes. Meu rabo ficou em carne-viva e depois na hora da despedida ele falou: “Este fim de semana foi o melhor da minha vida”. Nós nos despedimos, nos beijamos e ele deu uma atolada com suas mãos em minha bunda. Ele combinou de ligar, mas nunca mais ligou e como ele não quis me dar seu telefone, perdi o contato. Fiquei muito triste e um dia fui para casa de um amigo fazer um trabalho do colégio e acabei desabafando tudo para ele. Ele disse que não conhecia este meu lado afeminado, mas adoraria conhecer......

Comentários

26/01/2011 13:07:38
adorei,sou de belo horizonte,sou 100% passivo,adoro usar roupas femininas,,um dia desse fui para um motel com um negão de 19cm de rola..fui a putinha dele,,,quero mais,,se tiver algum macho que goste...é só entrar em contato...email:[email protected]: (0**me liga ou me deixe uma msg...aguardo anciosa..tenho 34 anos,,,1,76 de altura,,65kg,sou branco,,lisinho, não sou afeminado..só entre 4 paredes sou uma puta..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sexo deixando mae com bunda doendo contoContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebascontos eróticos reais nnnconto erotico casada crente no tremtirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasbucetaque tenham o monte pubiano volumosoencoxada bem arroxadacontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitoflagrei minha irmasinha cagando na pica do vissogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhacontos eróticos o dedinho da urologistasexo tio seu pau e muito grande nao vai caber na minha bucetinha naoIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadascontos eroticos de mai traindo eafinha espiando escondidazoofilia cachorro fica engatado na nistafrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadocontos de tio comedor esobrinho novinho gaycontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividaporno mulher malabarista da o cu no circocache:I48cfGGC7vMJ:gtavicity.ru/texto/201612711 casadindo novo dando o cu e esposa vendo xvideoContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaquero ver 100 foto de morena cavala e coroa deitada na cama pelada com as perna aberta e segurando ho calcanharesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhomadrasta de camisola foi tomar agua de noiteensopando o cuzinho com gelcontos mulheres que gostam de cu de homemskype:bruninha_zinha_zbrotheragem capitulo 5vídeo pornô de novinha do grelo apertadinho obrigada a chupar a rola do Vandonovinha com beloto do grelo grandemostrando buceta po amigo pater uma xvidiovideo de mulher gozando esborrifadomacubeiro comendo a foça novinhanegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elafilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outraasisti filme de porno de graca e sem se escreververgta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontos eroticos professora casada chantageada por alunosou puto e quero comedor em esteio rsapaxonado pelo primo brutamontes 3 contos gayporno antigo novinha putinha de calçase esfregando escondida no pau do namorado da maeXVídeos minha esposa queria dar para o negão mais da metade da metade podendoagarrou e comeu gostoso kookpai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenvideos de cornos que aguarda ansioso sua esposa voltar pra casa escorrendo porra de outro toda melada na bucetaestrupocontoseroticosestava batendo punheta e os dois viu passei a rola neles porno gayporno gabsinhavideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo deledei minha virgindade promeuirmãogêmeoeternos apaixonados cap 7 conto gaymulher com marido nabalada sarano outro pornoirma com tesão no quarto do irmão1minuto xvideosvídeo sexomoleque aquicontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhaContos.Ingravidei.minha.irmanver mulher gritando de tesão saindo gosminha do grilo da sua buceta grandeConto erotico tia dano cuzinho pro sobrinho titaporno safada batendo punheta pro ricardão na cama com o corno dormindo pornovergonhapai comendo.as filhasdei minha buceta no reformatório mae deita com filho ela nao resiste transaele goza na bucetaporno antigo menina foge de casa por causa do padrasto taradovelhocasadacornoesposa crente novinha gostosa e o segurança do predio roludo contos eroticoseu quero mais homem pelado no da cabeça da rola bem folgado lonaconto erotico peguei no flagra meu pai comendo meu maridovideo mulher peito duro lavano carro pornogordinhas costurado dando 2017 bundãoadestrador de escravasmarido fica bebado em churrasco e esposa fode com outroContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adoroudescabaça. abuceta com udedo. ou naocanalha tirou sangue da bucetinha virgemno cuzinho da esposa do amigo q estava viajandodeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendoabaixar a musica so vei comigo vc n vai si arrebedercoxas descoloridas fazendo sexomeu conto erótico da Fiat Fiat toro vai comer ela