Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

De Menina e Mulher virei Putinha (Nº5)

Autor: Gabi69
Categoria: Homossexual
Data: 14/12/2007 16:27:02
Nota 6.00
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu estava em uma festa na casa de um amigo muito especial, mas nessa festa só tinha homens e depois que tomamos umas e outras, esse meu amigo me chamou para o seu quarto e nós transamos. Mas quando eu estava me recuperando da trepada que ele acabara de dar em mim, ele sai correndo do quarto deixando a porta aberta. Mas quando eu saio do quarto para ir falar com ele, todos os seus amigos aparecem. Eram 6 no total. Eles me empurraram para o quarto e falaram coisas do tipo: “Agora á nossa vez de comer este putinho”, “Eu quero arrombar o cú desse veado” e “A boca dele é de boqueteiro”. Eu tentei sair correndo, mas foi inútil, eles me seguraram e trancaram a porta. Me jogaram em cima da cama, eu fiquei imóvel, não sabia o que fazer. Então todos tiraram seus membros para fora das calças e começaram a medir. Eles começaram a cochichar coisas do tipo: “O único que vai ter direito ao cú é o que tem o maior pau” e “A bunda dele parece ser bem gostosinha, parece de mulher”. Alguns segundos depois, aconteceu a definição do vencedor, ele era o mais baixo, mas tinha um caralho enorme e grosso, a régua marcou 23cm. Eu fiquei assustado, pois não queria transar com ninguém, mas eles ameaçaram bater em mim, então resolvi cooperar. Tirei as minhas roupas e me deitei na cama, todos começaram a bater uma punheta, o rapaz que tinha o maior pênis se aproximou de seu prêmio. Ele subiu na cama e disse: “Eu tenho o direito de comer, gozar e desfrutar de todo o seu cuzinho, pois eu sou o maior garanhão da cidade”. Eu fui curto e grosso: “A minha bunda e tudo o que contém nela é todo seu”. Ele abriu um sorriso e começou a beijar as minhas nádegas, lambia ao redor de meu furinho. Eu já estava de quatro para ele, mas só não sabia se iria resistir ao seu pênis, pois era muito grande e grosso. O meu cú já estava inchado e isto dificultaria a entrada até mesmo de uma agulha, imagina então, uma rola enorme e grossa. Mas eu estava disposto a arriscar, apesar de estar acostumado com pênis de 18cm no máximo, a paixão à primeira vista que eu senti por aquele homem másculo me deixou totalmente entregue a ele. Depois que ele lambuzou o meu rabo com sua saliva, resolveu me penetrar. Ah! Que dor! Foi terrível aquela penetração, o seu pau era muito grande, ele foi colocando bem devagarinho, mas mesmo assim rasgava meu cú. Eu estava com muita dor e ele também, mas o cara era persistente e foi enfiando, enfiando, até que senti as suas bolas tocarem a minha bunda. Ufa! Neste momento todo o seu instrumento estava cravado em mim. Sangue já escorria de meu ânus, mas o rapaz nem se importou e começou a me comer, fazia os movimentos de entrada e retirada com calma, mas aos poucos foi acelerando. Ele estava cada vez mais rápido, eu sentia suas bolas baterem em minha bunda umas três ou quatro vezes por segundo. Ele dava estocadas constantes. Quando eu vi que ele estava quase gozando, comecei a gemer escandalosamente, imitando uma puta. Comecei a gritar: “Fode, vai, com força, ah, ah, fode, me fode mais, ah, goza, gozaaaaahhh”. Então senti um líquido quente explodir dentro do meu orifício anal. Ah, que alívio! Ele tirou seu pauzão de dentro de mim e eu cai deitado na cama. Então, ele colocou os seus dedos em meu ânus e tirou um pouco de sêmen misturado com sangue e disse: “Aqui está a prova de como eu sou um garanhão”. Ele colocou os dedos na minha frente, indicando que eu chupasse-os. Eu passei a língua naquele sêmen avermelhado e comecei a lamber o seus dedos lentamente até deixa-los bem limpinhos. Ele se levantou e falou para à todos os presentes no quarto: “Que trepada! Hoje eu dei o melhor bago da minha vida. O cuzinho desse cara é melhor que qualquer boceta”. Eu fiquei feliz ao ouvir isso e pensei que tudo estava acabado, mas quando eu iria começar a me vestir, os cincos rapazes que estavam batendo uma punheta se aproximaram e falaram: “Nós também queremos gozar, então, dá uma chupada”. Eu fiz eles ficarem em fila e comecei a masturba-los. Chupava um pouco e massageava com as mãos até eles gozarem. Cada um gozou em uma parte diferente de meu corpo, um gozou no meu peito, outro no meu cabelo comprido, outro nas mãos, outro nas nádegas e coxas e o último na boca e no rosto. Pronto, a suruba tinha acabado. Todos se vestiram e foram embora. Eu tomei um banho e estava me direcionando para a saída quando meu namorado apareceu. Eu disse que não tinha gostado dessa atitude dele, em me larguar para seus amigos, mas ele me pediu desculpas e eu acabei aceintado, mas no final ele ainda ousou falar: “Mas bem que tu queria uma suruba dessas. Ser fodido por vários”, eu respondi: “Eu sou fiel quando arrumo uma pessoa decente, mas eu percebi que você não vale à pena e então me entreguei aos seus amigos”. Depois disso ele percebeu que tudo o que ocorreu entre nós já fazia parte do passado. Naquele dia, nós nos despedimos para sempre, eu troquei de escola naquela mesma semana e nunca mais vi ele. Faz dois anos que aconteceram essas histórias e por todo este tempo eu nunca mais fui possuído por ninguém, estou com o corpo fechado, e continuarei assim até conhecer alguém que valha a pena de verdade, alguém que seja fiel e carinhoso comigo. Alguém que me ame de verdade e não queira só transar comigo como eu fosse um objeto sexual. Enquanto isso, só posso ficar imaginando quem será a minha cara-metade.

Comentários

08/05/2009 01:31:13
0 pra esse conto ridículo!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


cadela com a vargina enchada e zoofilia comeporno comendo cu de homêm de bùnda grandecasa dos contos dei meu cu e meu xoxotao inchado por rola sou putona taradaespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorxxvideo convite discreto amadormeu irmão me viciou em chupar pau conto gayporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiostathy ellen contosconto porno provoquei meu filhoconto erotico sobrinho novinho com tio e tiacontos pornos comadres morenadesde novinha ja fudiacalcinha atirando de lado e mostrando abucetaContos eróticos teens pai vendo q a rola do filho estava bem grandinha conto gaymeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesporno sem casaminhasconto eroticosgemeasconto erotico gay perseguiçaotraficante pausudo estourou o cuzinho da minha namorada na favela contosmulheres gelo gande metendo piquito da outraCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardomelhoor jeito para chupar um cuzinho pornogangbang silvio santos porno doidocache:Vk2StliVkE8J:gtavicity.ru/texto/20040419 videos porno gay de jander pauzaomulher não transa com pauzãooooindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhox pono de bundas arotando galaContos eroticos.Sou casada provoquei um velho cacetudoCamisinha atrapalha a tirar a virgindadeafilhada transando com comadre com cintacorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaquerovideos como fazer um pau mole fica duro mundobichagozada de mule napica pornodi dicavaloquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****velhas dos peitoes muchos e grelo grando transandofilme pornô de Cibelle encravado em 2017wattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosofudendo francy vestidinhosogra porno Eça a dormirXxxxxxVidio porno o negrao virado em mangacrente e vizinho cassetudo conto eroticoxvideos cunhadinha nao resistiu amassagemvidio page novinha tomando banho gostoso na fasendaporno ela parecia ser tranquilamamete muitfoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroa minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadePeituda fasendo sexo pulando so e sexo no you tube sen brusa sen sutian correndocoletanea dechupada no pau ate goza aboca cheia de porracuzinho+delicioso contoscontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo contos de sexo raspei minha bucetacontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viumorena boa tocando punheta pro cadavercadelas graudas no cio em zoo.casadoscontosurologista conto gayAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeoconto homem velho estrupa guri pequenocoletania de negao socando ate o saco nas esposas gringas com vestidos pornofilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhomulher falando juramento de gemido vídeos pornômulher buceta apertada chora fudendo ç negro dotadopesquisar, na ora do sexo porque tem qui assobra dentro ds bucetavarias imagens de bucetas e cu aregaadosconto erotico molestada usando leggingsou tarado rasgo cu zapbuceta da linguonaXxxxxxVidio porno o negrao virado em mangaporno penis grotesco baixar video curtogozando.na.loirinha francyconto erótico minha empregadinha novinhab******** cabeluda gemendo e chorandocontos de sexo raspei minha bucetacontos eróticos muleconamulher da bundona fica de quatro e negao li enfia a pirocaqual a função de um corno manso assumidoContos eróticos comi a rosquinha da mulher e da filha gostosa do padeiro na padariaai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitomadrasta levanta deixa o Maria dormindo e vai entrar na roleta 20 anos novinhomamae nao suporta rola do amante na bucetaContos lambendo chulepediu para fazer anal ,e cacou no paunao aguentoucontos eroticos me comeram a forçavideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinacontos sou lesbica e gosto de scatContos de primeira transa virgem detalhadamentemete essa piroca noeu cu mim arba porno doidovidio page novinha tomando banho gostoso na fasendacontos heroticos com fugitivosnovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaiconto erotico luciene crenteContos eroticos flaguei minha mae dando pro caseiro e tambem quizconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeuvidios pornnou que mae e filha tranza com o meismpai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileira