Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Dando o cu

Autor: lúdica
Categoria: Heterossexual
Data: 26/12/2007 23:55:47
Nota 8.92
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou uma mulher muito independente desde pequena.

Independência adquirida com a responsabilidade de cuidar da casa, do meu irmão mais novo e dos pais. Mudei-me com dezessete anos da casa de meus pais, para morar em uma cidade universitária, estudar e trabalhar. Passei no primeiro vestibular e morei anos em república feminina. Tudo muito controlado, com inúmeras regras. O trabalho na área de estudo veio antes da formatura. Profissão sofrida e pouca remunerada.

Fui morar só. Daí leitores.....comecei a viver melhor......rssss.

Trabalhava muito e meu trabalho exigia de mim muita atenção. Não tinha tempo para manter um namoro certinho. Todos os namorados reclamavam que eu trabalhava demais e não dava atenção. Então comecei a ter um caso com um colega da universidade. Ele e eu tivemos uma transa fenomenal e depois de 3 semanas ele se casou com uma guria que havia conhecido há 2 meses. Depois de um ano de ele estar casado começamos e a nos ver com freqüência na universidade. Ele sempre me paquerando e eu na secura. Um dia tive coragem e saímos para um motel. Que delícia! Pau enorme e grosso. Com ele ficava uma hora e meia trepando. Uhhh!! Dá até saudades.

Ficávamos juntos quando podíamos por quase cinco anos. Sempre uma vez por semana. E nos fins de semana eu ficava só. Ruim isso, hein!

Por mais amigos que tinha a falta de sexo nos fins de semana, já que eu estava um pouquinho mais livre e relaxada estava me cansando.

Iniciei conversas com rapazes por fone ou pela NET. Tinha orgasmos gostosos por telefone com eles, mas, pouca coragem de encontrar com homens estranhos desta forma. Comecei a receber com freqüência ligações de um homem muito gostoso (Valter). Com ele comecei a desejar sexo anal. Ele me fez introduzir no cú objetos para que eu gozasse imaginando dois paus em mim. Tentei fazer sexo anal com meu caso (Paulo) várias vezes, mas não deu. Sentia muita dor. O pau dele era muito grosso para mim, uma iniciante.

Numa noite solitária ele me ligou. Deixou-me taradinha por telefone e desligou. Fiquei puta com ele. Resolvi ligar pra ele quase 2 da manhã. Ele disse que havia tomado banho e estava se vestindo para ir à minha casa. Disse que não iria dar o endereço. Ele riu e disse que me chuparia gostoso naquela noite. Disse que não havia me deixado gozar por telefone porque queria sentir o meu gosto, sentir o meu cú apertado e virgem......rssss

Transformei-me em um pântano. Meu coração parecia saltar pela boca. E deixei-o vir, porém com algumas condições.

Apaguei as luzes (deixei apenas a do abajur da sala), abri o portão e prendi o cachorro no canil. Coloquei uma calcinha fio dental rendada e uma camisolinha que nada cobria de renda. Perfumei-me toda e deitei. Esperei por quase quarenta minutos e escutei o portão abrir e o cão latir. Ouvi o barulho da maçaneta da porta sendo girado e a porta se abrindo...

Confesso que meu coração parecia explodir. Uma mistura de medo e tesão. O novo é desafiador.

Ele chegou tirou a roupa na sala e eu o via do quarto se despindo. Já estava de pau duro. Um pau não muito grande comparado com o do Paulo. Senti vontade de cair de boca, mas me contive.....rssss.

Ele entrou no quarto pouco iluminado e começou beijando meus pés. Colocou o dedão na boca, lambeu meus dedinhos e subiu beijando pelas pernas até o inicio da coxa, cheirou minha xoxota, sorriu e disse:

- Sabia que você era cheirosa.

Subiu beijando. Beijou meu ventre, lambeu meu umbigo e me fez arrepiar. Nossa que tesão!! Mordiscou o bico dos meus seios. Senti vontade de agarrá-lo. Acho que ele percebeu meu desejo e segurou-me pelo pulso. Imobilizou-me. Daí ele começou a mamar gostoso. Comecei a gemer baixinho de tesão, me contorci tentando me desvencilhar e abri as pernas. Ele começou a esfregar muito de leve o pau dele na minha xana por cima da calçinha. Disse a ele que não estava agüentando mais tanta tortura. Ele sorriu.

- É putinha!? Você irá pagar todos os segundos que me fez te querer e não pude porque você não deixava. Gostosa. Cheirosa. Vou comer o teu cuzinho hoje, vai perder todas as pregas deste cú...

Estremeci e ele dizendo isso me beijou gostoso na boca, segurando meus pulsos e esfregando o pau na minha xana. Beijo gostoso, hálito delicioso com uma língua muito atrevida.

Desceu me lambendo, beijando, mordiscando meus seios barriga até chegar à minha xoxota ensopada. Tirou o fio dental e me deu uma lambida direto no clitóris.

Quase gozei, não estava suportando tanto tesão. Daí ele abriu os lábios da minha xaninha e colocou a língua dentro de mim e me lambia de baixo para cima. Vez isso várias vezes e eu gozei gritando e o xingando muito. Ele colocou um dedo dentro da minha xana e umedeceu. Começou a enfiar o dedinho no meu cuzinho e voltou a lamber meu clitóris. Quando eu contraia e apertava seu dedo ele voltava e lambia meu cuzinho e chupava meu clitóris. Mamava gostoso no meu grelinho como de estivesse com muita fome. Disse a ele que iria gozar novamente e ele colocou dois dedos dentro de mim voltou a chupar com força meu grelinho e disse com a cara na minha buceta:

- Goza putinha gostosa.

Não consegui segurar e gozei, gozei, gozei. Meu gozo foi muito intenso, minhas pernas amoleceram, meu pés formigaram e parecia que eu havia levado uma descarga elétrica....

Ele me virou de bruços disse para eu empinar a bunda e socou o pau no meu cú que ele havia melecado com meu líquido.

Nossa!! Nem acreditei que havia conseguido colocar aquele pau todo dentro do meu cuzinho. Senti uma mistura de alegria e tesão.

Ele estava com o pau no meu cú e rebolava. Deitou-se sobre mim e beijou meu pescoço. Lambeu minha orelha e me chamou de puta cheirosa.

- Viu cadela gostosa? Você está engatada no teu macho. Sente oh! Sente meu pau todo no teu cú.

Nossa!! Que tesão. Meu corpo todo se arrepiou.

- Vai cadela, putinha gostosa, morde o meu pau com o teu cú....morde.....

Dito isso ele ficou de joelho, me erguendo junto de modo que eu fiquei de quatro. Começou a me comer como um louco. Batia na minha bunda e me puxava o cabelo. Senti-me realmente uma cadela no cio, pois, comecei a sentir o mesmo formigamento de antes e gozei de novo, aos gritos. Ele encheu meu cú de porra.

Nossa que medo. Fizemos sem camisinha.

Ele me beijou me chamou de gostosa. Disse que eu fui boba por levar tanto tempo para confiar nele. Levantou-se. Vestiu-se e foi embora.

Eu fiquei ali na cama respirando fundo. Leve como pluma e sorrindo sozinha. Feito criança que descobre um segredo?!!

Levantei tomei banho, coloquei os lençóis na máquina, soltei o cachorro, tranquei o portão e ao fechar a porta o telefone toca. Era ele.

- Boa noite putinha gostosa. Adorei você. Você é muito linda, deliciosamente gostosa. Vou te comer de novo, de um jeito que você sempre quis. Durma bem tesão.

E desligou. Sorri e dormi muito feliz.

Ficamos três semana sem nos falarmos. Se não fosse o telefonema noturno que ele havia dado estaria pensando que ele não curtiu.

No domingo de noite ele me ligou e disse que eu deveria esperar por ele no portão de casa às 18 horas. Disse que a ele que não poderia. Ele desligou o telefone. Fiquei brava – Que cara mais pretencioso!! Acha que pode me mandar, fazer o que quer quando ele quiser. Coitado!!

Trabalhei o dia todo. A noite deveria viajar a trabalho para uma cidade vizinha, mas era feriado lá. Então meu compromisso foi adiado.

Cheguei em casa as 18 horas e quando entrei o telefone estava tocando. Era ele dizendo que eu estava atrasada, mas que não ficaria bravo comigo porque eu iria gostar muito.

Ri muito. Tomei um banho rápido, passei um óleo perfumado no corpo, maquilei-me, escovei os cabelos, vesti uma sai não muito curta e uma blusa transparente com um sutiã cheio de detalhes....muito provocante.

Abri o portão de casa e fiquei esperando. Cinco minutos depois para um carro bonito com um homem mais lindo ainda dentro. Vestido de calça, camisa e gravata. Sorriu, desceu do carro deu a volta e abriu a porta do carro para mim.

Fiquei sem entender nada. Ele me disse para não se assustar que eu iria gostar muito da surpresa. Realmente eu estava muito surpresa, pois este não era o homem que havia me chupado gostoso e comido meu cú. Ele percebendo meu temor, disse para eu entrar logo. E eu entrei no carro. Ele sorriu e disse:

- O Valter disse que você era linda, mas, não pensei que fosse tanto....quero saber se teu gosto é tão bom quanto o que ele me disse.

Virou o carro na próxima rua e parou na esquina. Eu estava gelada, imaginando mil coisas. Não devia ter confiado no Valter. A porta do carro se abre entra o Valter. Sorriu pra mim e disse:

- Oi minha putinha gostosa! Hoje vou realizar teu desejo. Você vai gostar muito. Abaixou-se no carro e pegou uma garrafa de vinho encheu duas taças e me serviu uma. Estava muito nervosa. Pensava que iria sair apenas com ele. Os dois começaram a conversar e rir. Senti uma mão subindo pelas coxas. Era o motorista (Marcos). Segurou-me pela mão, levou até a boca e beijou-a. Disse que iria cuidar bem de mim que não era para eu ficar preocupada.

Chegamos ao motel. Um dos mais caros da cidade. Entramos. Eles conversando o tempo todo, como se fossem grandes amigos que a muito não se viam.

Bebi todo meu vinho e logo minha taça estava cheia novamente.

O Valter se aproximou de mim, me abraçou e me beijou na boca, como se não houvesse ninguém ali. Avisou-me que iria tomar banho, mas que já voltava. O Marcos tirou a gravata, camisa e calça e colocou sobre a cadeira. Ligou e TV no filme pornô. Encheu sua taça com vinho e chamou-me para perto dele.

- Vem cá linda! Sente-se aqui perto de mim. Não vou te tocar se você não quiser.

Sentei-me e começamos a conversar enquanto o Valter tomava banho.

Ele disse que minha boca era linda e que ficou morrendo de vontade de me beijar.

Passou de leve a ponta do dedo indicador no contorno de meu sutiã.

- Você vai deixar eu te beijar como o Valter?

- É claro que vou – já que estava na chuva, não tinha como não se molhar, né?

Aproximei-me e ele começou a beijar meu rosto, meu pescoço ( me fez arrepiar) e meus lábios. Foi um beijo de descobertas. Hálito gostoso, homem cheiroso, lábios macios. Língua atrevida, começou me penetrando a boca de leve e rapidamente estava me sugando a língua. Nossa que tesão!!

Ele me prendeu legal. Começou a roçar os dedos nos biquinhos dos seios me fazendo ficar cada vez mais molhada. Abriu minhas pernas e sem cerimônia colocou um dedo na minha gruta...sorriu ao me ver molhada e levou os dedos a boca.

- Hummm!! Que gostosa! Que gosto bom você tem!! Quero mais....vou te lamber gostoso.

Empurrou-me bruscamente, puxou minha calçinha e caiu de boca na minha buceta.

Lambia meu cú, enfiava a língua na xana e mamava no grelinho. Comecei a gozar e neste momento sai o Valter do banheiro.

- Ei!! Vocês começaram sem mim?

Olhou-me nos olhos e ficou de pau duro ao ver-me gozando gostoso e ainda vestida.

Aproximou-se da cama me beijou na boca, subiu sobre mim e colocou o pau duro na minha boca. Comecei a mamar enquanto o outro colocava um dedinho no meu cuzinho. Que delícia!!

Lambia o pau do Valter de baixo pra cima e em cima brincava com a língua na cabeçinha. Ele se contorcia quando lambia a cabeçinha do seu pau. Engoli e ele começou a socar na minha boca. Percebi que o outro colocava camisinha no pau e começou a enviar a tora grossa na minha buceta. Nossa que gostoso!!! Estou ficando molhada só em lembra desta transa.....

Enquanto mamava no pau do Valter o Flávio socava na minha buceta e eu comecei a acariciar os bagos do Valter. Meu maior desejo hoje é ver dois homens trepando e pensando nisso comecei a acariciar o cú do Valter. Ele tirou minha mão sem muita vontade e continuou com o pau na minha boca. Voltei a insistir e percebi que seu pau começou a latejar. Quando coloquei meu dedinho na entradinha de seu cú ele esporrou em mim. Engasguei mas consegui engolir toda a porra despejada.

O Flávio pediu que eu me virasse e começou a me fuder na buceta comigo de quatro. Começou a enfiar um dedinho no meu cuzinho e me chamar de gostosa.

Tirou o pau da minha buceta e disse para o Valter que ele estava ficando muito fraco.

- O Valter riu e disse que ele não havia provado do tesão que é a minha boca.

Ele tirou o pau da buceta e socou no meu cuzinho sem nenhuma cerimônia.

Comecei a gritar de tesão. Ele me fodia sem dó, mas tinha uma forma de tocar que me dava muito tesão. Era um homem solto, sem medo e tabus. Segurou-me com uma mão pelo cabelo e a outra pela cintura e começou a cavalgar com o pau atolado no meu cuzinho. Disse que meu cú era apertado demais e que ele não conseguiria suportar por muito tempo. Me chamava de puta gostosa, safada, cadela no cio que quer dois machos. O Valter olhava tudo e procurava os meus olhos. Percebeu que eu iria gozar novamente e começou a se masturbar. Deixou o pau muito duro. Pediu para o Flávio esperar enquanto ele deitava sob mim.

Me fez encaixar a buceta no se pau duro e começou a mamar nas minhas tetinhas. Nossa!!! Que coisa mais deliciosa é isso!!! Não há sensação mais maravilhosa que sentir dois paus dentro de você. Com a boca dele no bico do seio ele socando na minha buceta muito, muito, muito melecada e o pau do Flávio castigando meu cuzinho eu gozei aos berrosVai me fode seus putos. Tesão. Gostosos!! Soca estes paus em mim, vai. Acabam com meu tesão gostosos.....me come.....me come...soca...soca...soca.

E eles socaram e socaram e socaram com muita força e vontade. Eu sentia os paus se tocando dentro de mim e isso me dava mais tesão ainda.

Goseeeeeeeeeii.

Muito. E Eles também e ao mesmo tempo. Tomamos banho juntos brincando como moleques, bebemos, nos vestimos e fomos embora.

Eles quiseram sair comigo mais vezes, mas não dei continuidade. Foi muito bom e está magia deverá ser preservada.

Comentários

10/04/2013 16:18:49
CLUBE DE CASAIS, MULHRES E AMANTES - clube fechado ( Onde todos gozam gostoso sem preconceitos ) Toda as quarta - feiras a partir das 20 hs Apt. privê, discreto, sigiloso e com amigos selecionados a dedo. Mensalidade de 100, 00 com direito a cerveja, e refrigerantes Mulher gratis Cornos, esposa, namoradas e homens sozinhos podem participar. Para ser selecionado MANDAR FOTOS E CEL para abraço Amigo e amigos ( msn . [email protected] ) .
13/07/2012 15:26:35
SOU pardo,176m74k SOU+CASEIRO DEMORO SAIR PRA FESTA SO SE TIVER BOM MOTIVO BOA MULHER;BOA Aparencia,objetivo,sincero,simpatico simples trabalh NA AREA DE SEGURANÇA GOSTO DE CARINHO SIMPATIA E MUI SEXO DIRIGIR E DORMIR aguardo resp.p BOA CURTIÇAO GOSTOSA e qm sabe algo serio se houver compatibilidade e interesse de ambos;ENVIA MSG RESPOSTA P ENCONTRO E MIL FANTASIAS eqmsabe se gostarmos quisermos algo++ COMVC TOPA? EMAIL MSN FACEBOOK [email protected] 37a
04/01/2008 20:45:03
Fantasiou demais e se perdeu.
02/01/2008 19:17:34
Gostei da tua disposição na cama! E o choro foi apenas uma reação pro gozo dela! Vc tem MSN? BJS
29/12/2007 23:07:40
seu conto é muito bom mais como os colegas acima citaram quem era quem o motorista era marcos ou flavio ????????
29/12/2007 16:18:15
Marcos era o motorista....O Flavio estava escondido no METEL....rsrsrsrs....Creio que aí vem outro conto só com o Marcos fudendo geral ..... rsrsrsrsrs
29/12/2007 13:35:25
Conto bom... E deixa de pau duro! Vale
28/12/2007 23:34:53
Querida! - Sua fantasia é excelente, no entanto, como conto deixa a desejar, além de ser muito escroto, poderia dar um título melhor.
27/12/2007 12:19:46
Olá, voc~e devia estar tão excitada que até trocou o nome do seu novo amigo, quando a apanhou no portao era Marcos, no motel era Flávio...eram dois ou três?
27/12/2007 00:17:50
Delícia de relato.Espero poder comer seu rabinho demoradamente, para vc gozar gostoso dando o cuzinho. [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sites historias e contos eroticos de incesto mae amante do filho marido ausenteconto eroticos variss garotinhas muito novinhafilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhofodendo o putynho gayvideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinavideo porno lanbidas na boceta noivas e incestopadrasto e intendenda gostosopeso d porrta gatinhamulher faze do sabao segano boceta da outapilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosenteconto titiocomeu meu cu no natalso puta velha o negao aroba elas gosa dentroxvidios outros purai favoritosvelha descabaça a buceta na pica do cavalosou puto e quero comedor em esteio rsCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardoesgichada de gala da bucetavideos porno insetos entre filho fodendo mae prensadaamigas segurando a amiga pa ser estrupada na despedida de solteirasexoevangelicacontos eroticos perdi meu caboca pro meu caovideo da minha jeba arrombando o padrecocontos erotico curvada frente namoradohomens passando o dedo na buceta das mulheres e elas alteradasContos casal achou um comedor topa tudoporno contos morando na casa do sogro bravoficamos nuas e sastifeitasnovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucobucetinhas teste pra insistovideo porno papai leu a filha que estava de férias pro sitio e fudeo novinhacomendo a mileninha gostosinhacontos eroticos comendo a sobrinhacaldo de buceta sujanão coube tanta porra dentro da buceta da gostosacomo fazer alguem te pedir dxclpa a distanciapausudo de 25cm come minha esposa gostosa e gosa nela pro corno vercoroas peladas com o corpo melado de margarinacontos velho cacetudo corno fotosdei a buceta pro borracheiro contos eroticoscontos eróticos fudendo Edileuza a mulher do amigocontos de podolatria com sandalia de salto fino"a história de betinha"viven cabaço foi brica de tranza com cachorro e levou uma rola bem grnde que ficou engatado na bucetavideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibanovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricacontos eroticos provocando meu cunhadoguia de como fuder cadelasmeu filho me sondava deu cu do eu comtos eroticosdominando um casalconto porno perdi a virgindade com meu pai estrupador dotado passando pomadavídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhoTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticocontoprimeirafodaassistir vídeo pornô anal de sogra com genro gravado em Ribeirão preto d*********comendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasme fode seu desgraçadogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosPadrasto dorado fodi enteadacarne conto heterocontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulher[email protected]doce nanda contos eroticosMae e puta fudeu filio estoriamulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornocontos erótico transei com minha sogravideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismocontos provoquei papai pauzudocontos vi minha mae caga no pauzao do negaovidios de cachorro pauzudo emgatado nas novinhas ate o talobotei meu dedo na buceta da mulher do amigoconto puta cacete rola xota trepada chupar cachorrapoi no meu cu tionovinhas so gost de negraopornobobeou o comedor meteu na negra