Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Roubei Uma Cueca Usada

Categoria: Homossexual
Data: 10/01/2008 18:06:48
Nota 9.43
Assuntos: Homossexual, Gay

Quando a gente é virgem, novinho e tarado, tudo é motivo de punheta. E ainda mais quando está com a punheta acumulada. Pois foi justamente o que me aconteceu quando passei três dias fora de casa.

Meus pais viajaram por enterro de alguém, se não me engano. Pra que eu não perdesse aulas, acabei preferindo ficar e fui dormir na casa de meu melhor amigo, Paulinho. Já falei dele antes, quando saiu correndo do cara que mostrou o pau pra nós dois. Pois bem...

O pai de Paulinho era vizinho de rua da gente e amigo dos meus pais. Eu já era safado demais pra perceber que ele era um homem extremamente delicioso. Daqueles homens largados, com uma pequena barriguinha de cerveja, um tanto quanto peludo, queimado do sol nos dias em que lavava o carro... claro que eu guardava isso pra mim.

No primeiro dia que passei lá, tudo normal. No segundo dia, me lembrei que não ia dar pra bater minhas costumeiras punhetas - que geralmente levavam uma tarde inteira. A solução era fazer isso no banho. Mas eu me esqueci de bater uma no banho naquele dia, e tomar outro assim sem mais nem menos ia ser constrangedor na casa dos outros. Tive que esperar o dia seguinte.

No terceiro dia, pra não esquecer da punheta - se bem que seria difícil esquecer - desenhei um "P" com caneta nas costas da minha mão direita. Quando fui tomar banho, o banheiro estava ocupado. Era o pai de Paulinho, que tinha acabado de consertar alguma coisa nos fundos da casa. Esperei que ele terminasse e, quando ele saiu do banheiro, lá fui eu faceiro e safado. Antes que eu fechasse a porta, ouvi o pai de Paulinho gritar algo mais ou menos assim: "quem for usar o banheiro, eu esqueci a roupa suja fora do cesto. Faz o favor de colocar pra mim?".

Entrei no banheiro, fechei a porta e comecei a recolher a roupa dele espalhada no chão: camiseta, short e... CUECA. Foi só aí que me toquei do tesouro que estava ali, jogada por cima da camiseta.

Era uma cueca de algodão. Branca, larga o suficiente para caber o corpo do pai de Paulinho, que a propósito se chamava Edmilson, mas que carinhosamente era chamado de "Milson", e pelos amigos dos filhos, de "tio Milson". Quando peguei a cueca nas mãos, pude sentir que ela ainda estava quente. Acredito que era o calor do corpo de Tio Milson.

Olhei para ela alguns segundos, como se estivesse tomando coragem para fazer alguma coisa. Percebi, além do calor que já falei, uma manchinha levemente amarelada, no lado esquerdo da parte frontal. Olhei pelo lado interno e vi que também estava um pouco molhadinha. Fiquei curioso (e também receioso - ou algo parecido) mas comecei a aproximar do nariz. Sim, eu ia cheirar a cueca de Tio Milson. Cada vez mais próxima, e eu ia fechando os olhos esperando sentir o cheiro do que talvez fosse um restinho de molhado da hora em que ele mijou, ou a última gota que sempre fica depois do xixi.

Para minha surpresa aquilo não era xixi como eu pensava. Tinha cheiro de gala. O cheiro na verdade mistrava várias coisas: o pano da cueca, um pouco de cheiro de suor, um cheiro forte de pau, alguns vestígios bem distantes do cheiro de mijo e aquele cheiro delicioso de porra. Sim, a gala de Tio Milson. Não acredito que ele tenha se masturbado ou algo assim. Talvez tenha sido um vestígio de excitação, um tesão repentino, uma polução inesperada, mas o fato era que ali havia porra, esperma, gala da mais genuína.

É dispensável dizer que a esta altura meu pau já estava tinindo de tão duro. o tesão que eu sentia era (e continua sendo) indescritível. Eu cheirei muito aquela cueca. Já completamente nu, eu não me contentava em apenas cheirar, eu a esfregava na minha cara enquanto me punhetava alicinadamente. Era tesão demais para mim. E não demorou eu comecei a sentir as pernas fraquejarem: o sinal de que o gozo está chegando. Me contive um pouco (naquele tempo eu tinha um controle absurdo da minha ejaculação) e me ajeitei no chão do banheiro, recostado na parede e sempre com a cueca de Tio Milson na cara. Sentia uns calafrios na barriga, um tesão no pau, que eram impressionantes.

Comecei a sussurrar baixinho para não ser ouvido, chamando pelo dono da cueca: "Tio Milson... aaah, Tio Milson..." E então ele veio em jatos. O gozo acumulado de três dias me eletrizou em ondas deliciosas e eu esporrei em minha barriga, eu meus peitos e meu pescoço, linhas longas de gala fervente que riscaram meu corpo. E a cueca em meu rosto, sendo cheirada e tendo cada aroma tragado por mim.

Ainda cheirando a peça, usei as minhas mãos para espalhar a minha gala no corpo, curtindo os segundos posteriores ao gôzo. Quando o coração desacelerou, tirei a cueca com cuidado do rosto para não melar com minha própria porra, deixei em cima da tampa do vaso sanitário e fui tomar banho. O "P" tatuado na mão já não tinha mais serventia.

Quando terminei o banho e estava me enxugando, olhei novamente a roupa de Tio Milson espalhada pelo chão. Apanhei a camisa, o short e coloquei dentro do cesto de roupas sujas. A cueca? Foi parar dentro da minha mochila e serviu para bater punheta por um bom tempo... pena que eu caí na bobagem de começar a chupá-la. Logo perdeu o aroma. Mas isso não foi problema, pois sempre que eu podia, estava roubando cuecas usadas. Só do Tio Milson foram umas 5...

Comentários

09/06/2017 11:58:49
cheirar cueca dá mesmo um tesão danado. Adorei o teu conto, cara! manda mais. leia os meus tb.
18/10/2009 01:49:16
nossa que delicia, gostei de ler, apesar de ser mulher tambem me amarro em uma cueca suadinha e suja, um beijo
05/06/2008 22:35:24
Qual foi o proximo passo, colocar pimenta na cueca do cara pra ele ficar com tezão em vc, me poupe mané
10/01/2008 23:46:47
vou ser sincero. essa de cueca suja e fraca. voce precisa de um pau bem grande e grosso, se voce queizer tenho um a disposicao. [email protected]
10/01/2008 23:26:55
Adorei seu conto!! Eu fazia isso com a CUECA DO MEU PAI!!! NOTA 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Abusada de calça leguebdsm humilhaçao extrema contocontos eróticos meu irmão pediu pra mim conpra umas coisinhas pra eleFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASvídeo porno mulher faz sumi dentro dela penes de quarenta centímetro dentro delacontos eróticos na famíliatio e sobrinhaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoporno pradrastro bebo fosando a em teada fode a fosaTravesti inceto desde pequenaContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cumulher toma susto com rola bucetas moloujaponesinha novinha colegial não resiste as investidas do irmão e transa com eleporno tirei o pau veio bosta bizarromenina 18 cabasom. padato tula dela camaxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau durocontos eroticos "escrava" "trapos"contos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cuchantageei e comi minha avo contomotorista madura gostosa de van escolar adora dar a buceta e o cuzinho para alunos contos eroticosxevideo mulher dormido e rola entrandofilme casal insurportavel pornodoidovideos de porno doido com coisas indessemtedia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhoenrabada pelo negao contosminhavo rebolo gistoso xvideosPorno contos eróticos sexo entre irmaos romance final feliz o filho da minha madrastafotos de buceta de mulutapornô b***** grilada da novinhacontos eroticos feminizaçao do garotinho maefilha minha femea contomãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoconto erotico crossdress na academiaxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comfilme de sexo da Gretchen filme de sexo da Gretchen mostrando o peito dela a bunda cheirinho na bocacontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docesconto erotico nora carenti fudendo cm sogro pirocudocontos casada chantageada pelo porteiroporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadasvidio de mulheres mostran do a buceta eh conto faz xixiporno xoxota loucas surpresavideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinavideo porno fundeno cuzinho a fosaputaria. propria para coroa intesa safada gosmenta na mansaofui iniciada como cadela e gosteifudendo com dorso de penisbotei meu dedo na buceta da mulher do amigocontos eroticos ele esfolou meu rabinholer contos eróticos primo com prima gordinha gostosa d********* para o primo bem dotado história realcasa dos contos zoofilia com viralatassexo expkicito gratis exibindo cacetaosou casada e dei o cu para outro homemputinha gostosa de blusinha regatinha e shortinho socado na ruaviolentada na escola contodei minha bubuta contosvideo de sexo com novinha com varios moleque no igarapéabrir vídeo de pornô de negão mongolóide metendo"tesão e perigo em alto mar"tia da buceta modeladas fudendose eu tava afim de cozinha da minha cunhada mais nova aos berros XVídeosfotos de bufetas pibgando de tewaocontos eróticos estava dormindo com meu marido e encerro minha buceta de porracomi uma egua dentro de casa contocontos eu meu padrasto fodemos gostosox ezibisao de conas frescaspeguei a minha sogra com u shortinho enterrado na bunda i comi u seu cu video pornoporno estupro larissa piru grande de mais a mulher morreBlog atualizado da casa dos contos eroticos paguei ´pra deflorar a filha do caseirofreira da a buceta pra pintudo no azilo contos.porno casada nao agreto oprimo domaridoConto.erotico sogra tatoadaContos crossdress a apostatirando o cebinho da cetinha com a linguafilmes de diabo comendo ninfetas da belosexoNinfetas mamando rola no cinema contoseroticoscontos danada sem calcinhahttp://linkshrink.net/7coxzDx videos mulheres sendo chapuletadafilhas ve paes trazando e entra na putariaconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matocasa dos contos de nick malconmulheres chupando e nholindo toda poreasexo forsado com shortinho jeanscontos pequenina e punheteiradoce nanda parte cinco contos eroticosdoce nanda parte cinco contos eroticosmulhre pelada rezei ponosobrinho e tio pentelhudos sozinhis na fazenda contoscomo descabaça minha sobrinhasossegado sexo mulher cornocontoseroticos mulher lactante amamentandoesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandoNovinha excitida