Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

AVENTURAS 2

Autor: Pablo BAHIA
Categoria: Grupal
Data: 12/01/2008 00:49:10
Nota 10.00
Assuntos: Grupal

RELATO 03

Olá . Hoje vivo um grande dilema,não sei se o meu casamento ainda será o mesmo, nunca pensei que acontecesse esse tipo de coisa ainda mais com quem e onde. Sou casada ha 12 anos eu e meu marido nos amamos muito,mesmo depois de eu ter engordado um pouco Edle continuou me amando assim mesmo,quando nos casamos, pesava 51kg hoje peso 59kg,às vezes quando estou com a minha auto-estima em baixa ele me anima,e diz que tenho uma bunda maravilhosa de grande e de gostosa,eu me considero bonita sou morena e tenho os cabelos bem compridos e ele me adora assim,mas tudo mudou pelo menos pra mim. Havia no bairro um rapaz muito lindo que sempre recolhia lixo reciclado para uma campanha da Paróquia do Bairro. Ferro,latas,jornais e revistas nas portas como nos sempre tínhamos jornais e revistas eu sempre entregava pra ele e toda semana ele passava e perguntava se tinha alguma coisa. Certa vez ele pediu pra usar o banheiro apesar de eu ficar o dia todo em casa sozinha não me preocupei em permitir afinal ele sempre respeitou a todos no bairro,indiquei onde ficava o banheiro e ele entrou enquanto ele usava o banheiro fui pegar os jornais na lavanderia quando passei em frente o banheiro a porta estava aberta e quando olhei, ele estava balançando o mastro e realmente era um mastro fiquei indiguinada ele não fechou a porta disfarcei peguei os jornais e entreguei pra ele, ele saiu eu não conseguia tirar aquele pau da minha cabeça. À noite quando meu marido chegou olhei ele se trocando e o pau dele era bem menor do que aquele mastro e mais fino também, aquilo ficou me remoendo como podia pensar em outro pau que não fosse do meu marido, naquela mesma semana precisamos fazer um serviço na cozinha foi um quebra quebra no final sobrou muito entulho no quintal então meu marido sugeriu que durante a semana eu perguntasse para o rapaz da paróquia se ele podia recolher o entulho que ele pagaria depois. Perguntei ao rapaz da paróquia que se chama Rafael e ele disse que ele mesmo faria, pois estava querendo comprar um som e estava juntando dinheiro. A idéia de ver aquele homem trabalhando no meu quintal me perturbou muito, Eu tinha que fazer o primeiro contato, ver o que aconteceria e depois contar para o Edle. No outro dia o Rafael bateu no meu portão para começar o serviço. Então ele puxou suas ferramentas de trabalho pra dentro do quintal, e começou a juntar e carregar, quando deu a hora do almoço, lhe ofereci um prato de comida ele aceitou de pronto sentou-se à mesa comigo e só olhando aqueles peitos lindos. Enquanto ele almoçava ficamos conversando. Perguntei de onde ele era e disse que veio do nordeste tentar a sorte em São Paulo, ele morava com uma irmã dele e sua família havia ficado lá Ele terminou e pediu pra usar o banheiro então mandei ele usar o da lavanderia. Antes de ele levantar eu fui pro fundo do quintal pois de lá dava pra ver o banheiro. Ele entrou mais uns vês não fechou a porta e não deu outra desta vez eu vi direitinho e realmente era grande, is aquele mastro eu não acreditava, ele continuou trabalhando e eu fui estender a roupa, e varias vezes eu o peguei olhando pra minha bunda,comecei a pensar novamente naquele pau e fui me excitando, fiquei com tesão de tanto ficar pensando acabei perdendo a noção e na hora nem lembrava mais do meu marido,fui pro quarto e coloquei um short de nylon que era curto, mais as pernas eram bem largas e estava sem calcinha.Tirei o sutiã e coloquei uma camiseta quando sai no quintal ele ficou doido,quase não disfarçava peguei uma cadeira e sentei próximo enquanto ele terminava o serviço,de vez em quando abria minhas pernas, dava pra ver meus pelos, ai ele não conseguia mais parar de olhar, ainda eram 14:00 ele acabou então sentou encostado no muro que fazia sombra ficamos conversando e ele não tirava os olhos de mim então eu disse que precisava perder um pouco de peso pois eu estava com os peitos um pouco grandes, então ele disse que eu estava ótima assim porque mulher muito magra não tinha graça,falei você gosta então de uma mulher no ponto. Edle disse claro tem onde a gente pegar, dei um sorriso e perguntei se ele queria uma água ele aceitou, então o chamei pra cozinha, dei-lhe a água eu estava tão excitada que os bicos dos meus seios estavam muito salientes na camiseta, quando virei ele disse seu marido tem sorte, perguntei sorte de que, de ter uma mulher assim igual à senhora olhei pra baixo a calça dele estava recheada com aquele volume, disse que quem tinha sorte era a mulher dele com um volume daquele,nesse momento perdi de vez a cabeça e chamei ele pra sala. Levantei a camiseta, ele pulou em mim e começou a chupar meus peitos e passar a mão entre minhas pernas. Puxou a calcinha pro lado e pegou na minha xoxota molhada, ele estava todo suado cheirando forte, mais aquilo parecia me deixar mais doida ele tirou minha sainha, deitou-me sobre a mesa e chupou minha xota toda molhada. Gozei na hora então me colocou de joelhos abaixou a calça coloquei aquele mastro na boca e mal cabia. Estava tão suado que estava salgado como meu marido fica. Deitei no sofá, tirei a calcinha e ele carinhosamente encaixou o pau na minha buceta e empurrou cravei minhas unhas nele de tanta do, senti bater no fundo, deu varias estocadas senti minha buceta inundando nunca vi tanta porra quando ele tirou escorria pelo meu rego fiquei até mole, ele colocou o pau na minha boca lambi o resto que ficou só que ao invés de amolecer subiu de novo. Ele disse! Dona, quero essa bunda linda que a senhora tem. Nem pensar, pois esta aqui é só do meu marido. Eu falei! Você vai me arrombar. Então ele me puxou e me virou. Pedi pra ele parar, mas já estava envolvida. Ele nem deu ouvidos, e então passou a porra que estava escorrendo da minha buceta, no meu cu. Implorei dizendo que era só do meu marido. Ele pegou meu braço e encostou o cacete, começando a forçar a entrada parecia que estava me rasgando então ele deu uma paradinha pra eu acostumar e começou com um vaivém era uma dor fina misturada com tesão. mas com tesão junto, senti o pau dele latejando enchendo meu rabo de porra. Ele levantou, se trocou e saiu fiquei ali um tempo deitada sem forças, levantei limpei tudo à noite meu marido chegou, viu que o serviço no jardim já havia sido feito perguntou como foi o dia eu disse, muito cansativo. O Rafael foi maravilhoso no serviço e se ele quisesse, o chamaria novamente. Estou pensando em contar para me marido o que aconteceu, para que eu não me sinta na situação de traição, pois ele é muito aberto e sempre me fala na cama, que gostaria de me ver trepando com outro.

Comentários

12/01/2008 11:57:58
Bom seu conto . altou vc falar que tinha trocado o short pela sainha. Mas valeu meu cassete subiu legal.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


videos porno vai passar o'fds na casa da tia e fode elaFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28suruba em familia so sexogostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparnamorada faz surpresa fc pelada mostra buceta bem gostosaVideos de sexo sogras peitos muchosvídeo porno mulher magra estuprada ofoca pó tarrado no sitioporno filha da pro pai e a mae naofala nadaprocuro. velho sadio amigo pauzidos gostoso so meuporno mhnha mae e irma sao putas 1 contoVai vai no cu conto incestofilme potnou vide mategts agaxada mostrando o bucetaover conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudoso bucetao ebelas chupadas emuitas punhetasvidios sexos incerto nas beiradinhas das bucetinhas novinhasxvídéo homem agarrar a mulher com outro homem e pegar o cu delemulheres mortas com a bucta scheia de porraincesto amador no surdãocontoeroticos de novinhas falado o quanto doi dar o cuzinhos .com/caseirosConto erotico fazendeira gostosa da pro caseiromulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadosnovinha dando pauzudi com cazelinacontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fuderPenis flacido castrar contoscontoseroticos bebendo leite de mulher lactantenao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosmeu sogro isasiavel comtocontos erotico chantagem e submissão de casal novinhovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuafilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferodupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidonovinha bebada faz se. xoi anal n quartxxxpastora que manda marido chupa rola e da cu pornolucie fodedeoxvideos mulher com manchinha no rosto chupandoquitandeiro tarado pornoConto sexo anal casada estrupadarickcafajeste30.blogpornô dois negão chega na porta de uma mulher com cheque de r 1000doce nanda contos eroticosprima de pijaminha curtinho vai dormi com o primo mais novo e fuderamxxvideo mobile de mulher chupando seios de outra em lactacaoeu sempre brincava com as coleguinhas de mimha irmã, e prdia para eles baterem punheta para mimvidios pornnou que mae e filha tranza com o meismna cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladohomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrovaga em Tambaba mulher chupando rolaguia de como fuder cadelasporno tratantesver videode mulher. gozando nno pinto bem grossocontos boquete pagamentocontos de putaria sou puta meu irmao um jumento fudeu o cu da minha amiga e eu ajudeiContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolaver mulhe chutando bocetareginaporn xxx mulher paga divida e corno vendo ela chorar de dorputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularpornoxvideos levo a gostosa anda de moto e comeu ela no matomassage ando a cunhada contotitia batendo punheta sobrinho rola cabeçudavidio mulher casada com roupa fodendo enfrente o marido ate escorrer porrsEu e minha mãe no ônibus de excursão-contos-incesto-filho e mãe-incesto no onibusxoxotas gostosas morenas atirar espermagarota nao guenta da r u cu i chora pornocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anosporno levantado a saiao pauzao preto forteporno fodie minha entiada no cusaominhas condiçoes imposta para o corno contos eroticosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinaler conto erotico meu delegadotia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbrioContos eroticos socaram a rola na buceta da minha esposa e a engravidaraoevangélica Sáfadinha mostrando a bucetaquero ver sexo com patroa lesbica seduzimdo sua enpregada e fazendo sabao com ela no aeu quartocontos roludo arregaçando recem casadinhacunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadoincestossexo com animaiszoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorrocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascocontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelaabusada cruelmente por um negro roludo pornoconto erotico minha mae é uma piranhacasa dos contos eroticos/juliana