Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sabrina peluda e greluda

Autor: alfabravo10
Categoria: Heterossexual
Data: 16/01/2008 21:01:21
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

É a primeira vez que resolvo escrever e, principalmente, publicar um conto erótico. Vale dizer que o mesmo é real e aconteceu comigo no dia 6 de agosto dedia antes do meu trigésimo terceiro aniversário).

Sempre tive uma vida sexual muito ativa, mas muito mesmo. Casei-me com 30 anos e depois disso só tive relações com a minha esposa. Porém, essa história começou a mudar quando uma vizinha que mora 9 andares acima do meu pediu-me que lhe ajudasse a ler, em inglês, um manual de uma câmera fotográfica.

Subi até o seu apartamento e ela me passou o manual e a câmera. Assim que comecei a ler, Sabrina (esse é o seu nome) saiu da sala e voltou com um copo de água de coco (minha bebida preferida). Começamos conversar amenidades e de repente ela me disse que sempre teve curiosidade em saber por que minha esposa estava sempre na piscina do prédio usando shorts em vez de biquíni. Eu disse-lhe apenas que era porque ela gostava. Porém, Sabrina disse-me que havia conversado com a minha esposa e sabia que o motivo dela não usar biquíni era que ela havia perdido uma aposta para mim, e, portanto, teria que ficar 90 dias sem depilação.

Já mal intencionada Sabrina ainda me disse que sabia que eu não fazia questão que a minha esposa se depilasse completou dizendo que minha esposa sim era sortuda e não ela, que estava com um sério problema, pois o seu marido estava impotente há quase um ano e meio e que, por causa disso, tornou-se agressivo e muito possessivo, não permitindo que ela se depilasse, pois, segundo ele, uma mulher só se depila se tiver que mostrar para alguém. Então ela complementou que o objetivo da câmera era bater umas fotos dela, nua, para tentar arrumar um homem em um site de classificados. O cidadão deveria aceitar as suas condições: Casada, peluda, com pouco tempo disponível e sem envolvimento emocional.

Aquela conversa toda me deixou com um tesão tremendo e então, respondi:

- Que tal você posar para as fotos agora?

Sabrina não pensou duas vezes, tirou o vestido e mostrou um belo conjunto de lingerie branca que contrastava com sua pele morena. Sabrina é uma mulher bem comum: morena tipo jambo, olhos e cabelos castanhos escuros, 1,72 m, 66 kg, seios e bumbum bem grandes. Não é bonita, mas muito simpática e atraente. Contava, à época, com 38 anos.

O que mais impressionava era a quantidade de pêlos que saíam pelas laterais da calcinha e o volume da sua boceta. Não agüentei o tesão e abracei a sua cintura (ela estava em pé e eu sentado no sofá) e comecei a beijar a sua virilha e a sua boceta por cima do pano e a tentar introduzir a língua para dentro da calcinha. Imediatamente tirei a sua calcinha e ela, tapando o seu sexo com as mãos, afastou-se um pouco e pediu-me que não risse pois os seus pequenos lábios não eram nada pequenos. Fiquei em pé e beijei-lhe a boca sofregamente. Um beijo molhado, escrachado, e muito desejado. Fui descendo por seu corpo, beijando cada milímetro. Pescoço, nuca, colo, costas, barriga. Arranquei, com a ajuda dela, o sutiã e continuei com mais beijos em seus seios, agora acompanhados de leves mordidas e chupadas famintas; ela gemia e fechava os olhos. Ajoelhei ante sua boceta peluda, afastei-lhe as pernas e puxei seus enormes pequenos lábios (que são realmente muito grandes) chupando sua boceta, alternando com o seu clitóris que começou a crescer. A essa altura eu estava como que em transe. Eu chupava a sua boceta inteira, mordiscava-lhe o enorme grelo que chegava a vibrar, enfiava a minha língua o mais fundo que podia na sua gruta até ficar sem fôlego. Acho que não passou muito tempo e ela teve um orgasmo muito intenso, haja vista os seus espasmos e gritos. Como ela tentava tirar a minha boca da sua boceta, eu continuei a sugar-lhe o clitóris e ela, segundos depois, gozou novamente, caindo sentada no sofá, quase desfalecida. Como eu já estava com o mastro de fora, ofereci a ela que, com igual volúpia, começou a chupar. Desnecessário dizer que eu logo gozei. Mas não paramos aí. Ela, ainda sentada, abriu bem os lábios vaginais e introduziu o meu pau lá no fundo (foi meio difícil no começo, pois ela já não estava acostumada). Iniciamos um vaivém frenético; ela rebolava e gritava palavras desconexas, eu gemia e me segurava para não gozar de novo. O nível de nosso tesão era muito intenso. O telefone fixo começou a tocar, depois tocou o celular e nós não parávamos. Mudamos um pouco de posição (frango assado) e ela abriu bem as pernas até meu pau tocar o colo do seu útero, ao mesmo tempo que o meu púbis massageava-lhe o grelão; e ela teve mais um orgasmo. Mantivemos o ritmo e ela gozou de novo. Dessa vez eu gozei junto. Descansamos um pouco, me recompus e combinamos que diríamos que iríamos trabalhar no sábado seguinte para nos encontrarmos num motel aqui de Curitiba. Mas isso é assunto para um outro conto. Ah, Sabrina desistiu de mandar as fotos para o tal site.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


cavala centrando na rola grande e achando uma delíciaContos d rapando a bucetanovinfa da buceta grande carnudasele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosvídeo pornô ginecologista idoso não resiste a bucetinha apertadinha da paciente e a estrupa forçabocete nu travetiaqual bumbum mais bate com a bumbum mais pula com a bumbum mais bate com a bumbum e as loira morena branquinha e azul é a cor morena marquinha Azul quando bate a bunda pula pula pulaas baianas mais bucetudasxxvideos vídeos porno doido entre cunhadatravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitolesbicas contando cono ébom chupar e ser chpadapau grande e grosso porno so com novinhas sendo cruelmente aregacadacontos erotico chantagiei e depilei minha sograpedreiro fode menina em cima do andaime pornôjaponesa de Cubatão novinha porno com endereço telefonePapai goza na minha boquinhacomendo duas verdinhas muito deliciosa dos busão sexo e do r**** e dos peitãocinquentona brincando com pauzudo dentro do carroeu e meu esposo somos crentes e ele pediu para eu dar o cu para outro,contosde calsinhamocaeu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdofudendo com dorso de peniscontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porrabaixar filme pornô até mais tarde gataporno e escondim uma camera e vim a putarinhadoce nanda parte cinco contos eroticosXVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horaadoro andar na rua c a cicinha enfiada rebolando contocontos eroticos nao sei como eu aguentei o pauzao do cifoa negroconto erotico estuprei minha esposa obriga nossa empregada a fazer sexo comigoNiely mostrando a b***** raspadinhaporno aaii taduedo seu pau e groso ei fia tudo gosa ladentro eu quero caga sua porrahistória real irmão bem dotado seduza irmãzinhaassistir assistir vídeo pornô da Lucineide a gordinha gostosa de shortinho curtinhocontos de safadeza um andarilho fudeu minha mulhercontos eu meti meu picao nela sem pena incestocasada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhavídeo de sexo com mulheres acorrentada em senzalaas pornosolandoa bucetinha virgem da gatinha cm o picaConto gay policial fodido pelo marginalcontos de putaria sou puta do marido negro da minha cumadread bucetad mais petfeitas do mundoquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandocontos pornôs vingança órfã gangbang"atolado no meu cuzinho"Me chamo Carlos e sou casado com Márcia uma loirinha linda pequenina apenas 1,52m magrinha apenas 49kg contos eroticosfotos enfermeira gostosa pega rola pascientepornô sexo garota transando com apitando o quarto deitadavideo porno vovô descobre que a netinha tem o clitoris grandecontos eros chule do pintorgemendo que vai cagar enquanto toma pica no cucontos gay iniciadores de boys inocentes fotos gratisConto pau mendigo punhetasou viciada no pau do negraoMeti minha pica no xiri da minha sogra de 49 anosvidio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora familia sacana tufos. shortinho fino sem calcinha da sogra contosmorenas,magras,cabelos pretos,peitinhos videos sexmuiler da buseta ixada levamo varaporno gay derramou agua na calçamulher centa na bengalatalam e pene trAsandomeu cu é todinho teucontos de sexo depilada na praiacontos sexo pecado incestuosocontos eroticos opostos que se atraemponodoido cenas muito fortevidio de sexo com compadre sedusindo comadre ate fodersaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandoporno gay derramou agua na calçamulher da o cu na cozinha segurando na piamorena linda tampa a boca do irmao e senta em sua rola enlouquecidaXxxxxxVidio porno o negrao virado em manga