Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

MEU AVÔ E. padrasto e compadre e...........

Autor: FRADE
Categoria: Homossexual
Data: 04/02/2008 17:01:49
Nota 8.69
Assuntos: Homossexual, Gay
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Fui criado desde os 3 anos sem pai, separaram-se, minha mãe algum tempo depois foi morar com um homen, eu nos meus 7 anos para mais, comecei a ter vontade de ver o pau dêle, pois era bonitão devia ter um 42 anos, mas nunca consegui, bem certa noite dormiamos eu meu irmão mais novo, e êles no quarto já que moravamos em quarto e cozinha, falei que estava com frio e fui ao lado da cama deles para pegar coberta no armario, ai, fingi que ia cair para esbarrar no pau dele, com isto ele levantou a mão e me segurou, perdi a chance, bem foi passando os dias, certo dia, falou para minha mãe que ia me levar onde trabalhava, já que era um firma pequena de pintura e iamos almoçar na casa do dono, fomos, ai lembro-me já com 10 anos, o onibus cheissimo, só havia uma linha em nosso bairro, sentei no colo dele, com isto senti seu pau, mexi um pouco, e começou a ficar duro, foi assim até no trageto, descemos, ficou trabalhando e eu com os filhos do dono, certa hora todos sairam e ficamos eu e ele, ai me chamou para ajudá-lo, quando debruçei raspou seu corpo em mim senti seu pau, ai ele falou, quer sentar de novo, aceitei, começou a esfregar-se, e falou quer ver agora, já que esta com vontade, tirou para fora da calça, e vi aquela pica enorme pediu-me para pegar, eu já havia pego de um amigo, e começei a chupar pediu para eu parar, mas continuei, ai gozou tudo em minha boca, cuspi com nojo, vestiu-se e depois fomos embora, novamente sentei no seu colo e senti aquele pau me roçando, fomos para casa, e nesta semana minha mãe trabalhava das 10 às 6 hs da manhã, pediu-me para dormir na cama para ficar melhor para meu irmão, estava frio, falou, porque não tira a cueca, eu também tiro a minha, pois só durmo sem, começou a roçar seu pau em mim e novamente senti aquela coisa dura, passou bastante cuspe e foi me colocando, senti muita dor, pedi para parar, foi pondo devagarinho ai entrou e meteu ficamos acho que mais de uma hora com seu pau dentro de mim, por fim começou estocar e deu um goso que até meu irmão acordoue perguntou o que estava acntecendo, falou que não era nada, foi sonho, e dormimos, acordou 5 hs e estava novamente com o pau duro e veio e enfiou, doeu um pouco e foi estocando e gosou, bem era sabado, sempre ia assistir tv na casa do compadre dêles, seu Ismael um pernambucano muito bonito, cabelos lisos sentou na cozinha tomou café e eu só olhava para o meio de suas pernas, dava para ver o volume ele olhava para mim e sorria, bem ao ir embora, falou, espero vc em casa para ver Bonanza, nesta época eu já estava com quase 12 anos, meu irmão ia fazer 10, chegamos lá seu ISMAEL, ligou a tv e ficamos vendo o filme, ele esticado com as pernas em frente, e alisava o pau e ria para mim, ai meu irmão foi no quintal, ele falou quer pegar, ajoelhei e peguei naquele pau grande e lindão, falou vamos no meu quarto, ai fui lá fora e falei para meu irmão esperar um pouco que eu ia ajudar o Ismael, no quarto para ficar vendo tv, fomos e ele me deitou começou a beijar meu corpo, alisava e falava coisas lindas, pediu para eu chupar, fiz com muita vontade e ele gosu em minha boca, depois me virou e foi colocando seu pau, ai começou a doer, pois era maior que de meu padrasto, mas aguentei e deu uma gosada que me encheu de porra, bem voltamos para sala, meu irmão estava lá e fomos embora, ai ele me perguntou o que vc estava fazendo e gemendo no quarto, falei nada,nada ele falou ?eu sei estava metendo com seu Ismael, falei, não vai falar nada para mãe nem para o Manoel,bem concordou, chegamos em casa, minha mãe já tinha saido para seu trabalho, era de segunda a domingo, fomos deitar, meu padrasto me chama para cama, deitei com ele e me falou baixinho, deu para o Ismael não foi, desmenti, mas não acreditou, ai foi se abaixando e veio lamber meu cú, fez com tanta volúpia que quase desmaio, enfiava e tirava, ai veio e enfiou seu pau e disse-me esta gostoso, cheio de leitinho, assim que gosto, toda vêz que der não limpe, venha que quero lamber tudo, ai deu uma gosada que deu um grito de prazer, não entendi muito, mas com o tempo fui ver que ele sentia tesão de saber que outro tinha me comido, e ai fui saber o compadre tambem comia minha mãe, um dia fui lá e minha mãe estava com ele, ao voltar para casa, fiquei deitado e madrugada ouvi meu padrasto falar para ela, te comeu hoje, ela ficou quieta, ai no escuro ví ele ir até o meio das pernas dela e chupá-la e dizia que leitinho quente e gostoso, depois deitou em cima e meteu e gosou, bem passado uns tempos, minha avó ao ir visitá-la pediu-me para ir morar com ela e ajudá-la em seu comercio, insisti e minha mãe deixou, meu padrasto não queria, mas acabou cedendo, bem com 13 anos fui morar com meus avos paternos, passado uns mêses, quria ver meu avô pelado e nada, ia se trocar fechava a porta, não tinha geito, mas um dia, cheguei umas 16 hs para tomar banho e ir para escola, era na época admissão, entro no quarto e vejo ele em frente ao espelho, tinha um espelho no guarda roupa, bem na frente, na época usava assim, e ví ele passando alcool na virilha ai cheguei perto e ví seu pau também lindo grande e um saco, que me alucinou, falei, vô quer que eu passe para ficar melhor, ele disse não moleque, vá fazer suas coisas que vai ficar tarde para escola, ai falei deixa vai vô, ele falou passa, que vejo se fica mais asseado, ai deitou-se na beirada da cama e fui passando o pano com alcool, levantei seu saco grande, notei que ele fechou os olhos, ai peguei com geito seu pau e ele, para com isto moleque o que pretende, falei nada só fazer direito, peguei novamente e ele não falou nada, vi pelo seus olhos fechados que estava gostando ai dei umas subidinhas e baixadinhas não aguentou e gosou tudo na minha cara, ficu sem geito e pediu desculpas, falei que não tinha importancia e segurei e coloquei na boca ele deitou e deixou ficou duro novamente e fui ao seu encontro tirei a roupa e deitei, foi me alisando e dizendo como é gostoso menino, faz tempo que não meto sua avó sempre com problemas e foi me abraçando por tráz e enfiando o pau ai começei a bater punheta enquanto ele fodia com vontade ai gozou e gemeu,meu menininho gostoso, quero todo dia agora, eu gozei e melei toda cama, bem dai para frente metia com meu avô todo dia, na sexta meu irmão vinha para dormir e sabado iamos para casa ai dormia comigo, pegava seu pau, pequeninho, pois tinha 11 anos e encostava em mim eu batia punheta gostoso, e meu avô ficava sem nada, mas toda vêz antes de ir embora ele dava um geito e iamos no banheiro e dava um trepada e me enchia de porra, sabe o que eu fazia, ia para casa de minha mãe, ao chegar meu padrasto vinha me abraçava e dizia tem leitinho, afirmava que sim, pedia para não lavar logo depois iamos deitar minha mãe esta no turno das 2 as 10hs ia chegar logo, claro antes ia no seu Ismael, ai meu padrasto vinha e me lambia, vinha e fudia como doido, dizendo que esta com muita saudades e, eu chupava seu pau e lambia toda porra, bem ia deitart no colchã no chão, minha mãe chegava um tempo depois ouvia ele falar, tem leitinho ela calada, via ele no escuro ir e começar a chupá-la e depois gozava e ele enfiava e gosava, bem chegou a hora de ir ver tv lá ia eu, pedia para meu irmão ficar, ao chegar lá se Ismael vinha e me coia com todo furor, e falava que eu era mais gostoso que minha mãe, eu ficava alucinado de tesão ouvindo isto, bem na segunda ia eu novamente para meus avos, toda segunda meu avô ficava como doido ao me comer, falava meu molequinho gostoso, vem saciar o vôvo, eu chupava, lambia saco, pau, pernas sentia um tesão por ele que não era normal, imagína um coroa bigodes brancos cabelosbrancos, peludo como ja falei antes e com um pau só para mim, já que minha avó não queria, bem fodemos, sai e fui para escola, ao chegar e chamar meu amigo, pediu para eu entrar, quando cheguei no quartinho no fundo de sua casa ví que lia aquelas revistinhas preto e branco e estava de pau duro, falou José vem ver ai, mostrou o pau puxando a cueca, vamos bater uma juntos, tirei minha calça e começamos num momento eu peguei no seu pau e falei, quer por em mim, ele admirado falou vc deixa, ai virei e passou cuspe e foi enfiando gosou como louco,, notei uma pessoa olhando pela frestas da porta, fiquei com medo, mas fiquei quieto, ele foi tomar banho entrou seu pai seu Carlos, falou, gostou do que fez, e disse não quer um pau mais vivido, e me puxou e foi baixando sua bermuda, ou calção não me lembro, e comecei a chupar dai virou-me e fodeu gostoso, pediu para eu vir sempre já que a mãe do meu amigo tinha ido para interior na casa da mãe eestava sozinho, fomos para escola, tudo aqui é próximo sempre iamos a pé, na hora do recreio meu amigo veio falou o Dito quer te comer, fiquei bravo, disse que não era para falar, fui ao banheiro e o Dito me agarrou e tirou o pau, enorme cor de chocolate e começou a me foder nem deu para chupar, gosou, tocou sinal e saiu, fiquei me arrumando, ao sair o inspetor, de alunos que tinha na época veioe falou o que estavam fazendo vcs dois ai, falei nada, nada, ele veioe falou se não falar vou levar vc para o diretor ai falei, e disse também quero era outro coroa, fomos ao banheiro e me comeu, chupei, dai para frente quase toda noite me comia, hoje tenho 62anos ele ainda esta vivo o vejo as veses esta com 85 anda devagarinho e me abraça etc, bem era rotina ir ao meu amigo, seu pai, o inspetor o Dito, voltava meu avô, que era minha paixão me comia e final de semana ia para casa, meu padrasto só falava que me adorava, me amava e ficamos assim por muitos anos, hoje já morreu, apóz meus 20 anos parei e casei, fui feliz tive vários filhos, mas apóz morte de minha muljher voltei a vida antiga, hoje mais dificil devido aos problemas, transei muito, mas agora que todos se foram, fiquei só com meus 62 anos achei um coroa, parecido com meu avô, cabelos brancos, bigodes brancos lindo, magrinho como gosto 75 anos muito ativo e eu muito dativo de novo, mas me fez gostar de ser ativo e transamos muito,, faz tudo por mim igual meu avô, fizemos uma cerimonia e casamos, e estou muito feliz amando uma pessoa que parece meu avô, quando deitamos olho para ele e vejo sua fisionomia mudar e parece mesmo meu avô, não é alucinação é que a semelhança é incrivel, um é baiano e o outro era italiano, acho que sosseguei o faxo estou mais comendo que dando agora, é incrivel, mas é verdade, para quem só dava,estra é minha história de uma vida real., mas se vc que ler e como meu avô, estou disponivel, meu amor não acha ruim, o que não acho é alguém ativo nesta idade.

Comentários

20/11/2010 18:59:19
Não tem coisa melhor do que dar o cu, né? Amei a sua história!!!
27/10/2010 04:36:42
Um cu... é um cu, não é, Gata? O resto é esboço!
22/07/2010 00:19:20
Queria dar assim como voce!
17/05/2009 14:49:25
Amigo, fiquei presa na sua historia, é relamente linda,mas acho que vc não soube expressar direito,embolou meiio de campo, seria mais f´pacil se rolasse um bacanal, ma foi muito bom, ok, beijo
Lx
31/08/2008 21:50:54
Bom relato.
05/02/2008 14:51:16
Sem dúvida alguma você nasceu para dar o cu. Legal seu conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos levei minha mulher pra fuder com o kid bengalaConto gay viagem Onibus leitovideos onde maridos batem no grelo pelado com chineladas fortesvideos porno fodendo mae emprensadanovinhas.abrir.buzentafotos de bucetas lusinhas brancas rosadasfui pago pra dar o cu pela primeira vez hetero , sexo gay amadorpatricia de faculdade gostosa gemendo muitoconto dupla penetracaovideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsfrecando a paciencia do brutovideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãohomens passando o dedo na buceta das mulheres e elas alteradaspegei minha tia no banho buseta carnudaconto erotico pegador popular da escola heterocontos dormindo com meu padrasto picudovideo dondoca e maridi bisexualgaroto hetero. Hetero na prisaocrentinha no portao querendo darconto gay "todas as formas de amor"Contos de loiras taradas por mendigos negroscontos eroticos papai me comeu e eu gosteipadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentrovidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paicontos eróticos as amiguinhasasistir videos porno brasileirocontos eróticos com tia e sobrinhocoloquei um fil dental e dei meu filho video pornomolequeputoempregadinha contoentregei uma pizza e mepagou com boqueteMae e puta fudeu filio estoriarenatadominadoranossa to preocupado comeu a mulher do meu amigo e ela ingravidou vidio pornocontos de sexo raspei minha bucetanovinha encostada ne parede rebolando cassetepassando a mao na ninfetinha godtosa sem defesa pornocornolandia contosmeu amigo me punehtoucontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paicontos de boquete bom de primos e primas novinhosrebola. simone. pra. mim. gosa. jatou. de. pau. duroContos.Ingravidei.minha.irmanmenina novinha reclamando do pau grande caiu no zzaapprima separada com tesaogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscontos eróticos a mâozinha pequeninha da filhinhafilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferoseminarista transa colega de quartooq a bliblia adiverte sobre sexso analcangapor hd proncontos eroticos minha esposa no forrorevesando no cu da gravida pornotirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicasminhas condiçoes imposta para o corno contos eroticosobrinha me provocando só de pijaminha porno brasilMinha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticohospedagem anonima site:.ruporno gozando na bouca da filinha que dormiacontos eroticos sou casada e chupei o pau do negao pelo buraco da paredepornodoidocalçinhascomeinha buceta to com tesãocuckold adeptossexo mulheres 80klsconto erotico caseiroporno gay morros dotados desvirginandoencoxou a mae na camacuckold adeptosfilme potnou vide mateperdi a virgindade com pau enormemulher levanta profunda fazendo corda no pirocaox videos mulheres sendo chapuletadade calsinhamocaporno inventei um assalto para o comer minha mulherfilme porno americano onde objeto exotico liberava o tesao dos personagenscontos danada sem calcinhaContos eroti cpfamilia sacana xoxota zerada da filhotaPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grande