Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Meu pai meu homem

Um conto erótico de amadasafada
Categoria: Heterossexual
Data: 26/02/2008 16:22:43
Nota 9.22
Assuntos: Heterossexual

O segredo que guardei por tantos anos, resolvi contar pra várias pessoas escrevendo pra este site. Muitas pessoas vão achá-la um pouco absurda, mas realmente aconteceu. Na época eu tinha 15 anos e poucos meses e meu pai 48. Apesar de saber que não era feia, pois tinha consciência que tinha um rosto comum, sabia também, que tinha um belo corpo: peitos volumosos e bem durinhos (quase não usava sultiã); cintura fina; bundinha redonda e arrebitada; coxas bem torneadas e lisinhas; morena 1,65 mts, 52 kgs . Eu era vidrada por um rapaz (Miguel) de 18 anos que morava na casa ao lado da minha, mas quando a gente conversava tudo não passava de papo entre colegas. Sempre gostei de assistir filmes em DVD; tinha vários em casa, tinha um que passou a ser o meu preferido, uma cópia de filme pornô que ganhei de uma colega. Todos os sábados eu ficava sozinha em casa na parte da manhã, pois meus pais saiam pra trabalhar e a empregada não trabalhava nesse dia e nem nos domingos. Ficava peladinha no meu quarto assistindo toda aquela sacanagem e acabava sempre me masturbando esfregando o travesseiro no meio das coxas. Foi num sábado quando estava justamente nessa situação quando Miguel ligou pro meu celular me pedindo um filme (que eu tinha lhe feito comentário) emprestado. Pedi alguns minutos pra ele ir buscá-lo. Peguei o filme, vesti apenas uma camiseta e fui pra janela esperá-lo, abri a janela somente o suficiente pra caber o meu corpo; não queria que ele percebesse que estava nua da cintura pra baixo. Quando Miguel chegou entreguei o filme, mas ele puxou um papo e ficamos conversando sobre filmes que ele já tinha assistido e eu contando sobre os que eu já tinha assistido, e gostado. Quando Miguel resolveu ir embora, ele se despediu e sem que eu esperasse, segurou meu rosto e deu um beijo na minha boca. Ele foi embora e fiquei ali estática por vários minutos sem acreditar no que tinha acontecido... Depois fiquei toda eufórica. No sábado seguinte, ele ligou dizendo que queria devolver o filme e pegar um outro. Fiz a mesma coisa, vestindo apenas uma camiseta fiquei aguardando-o na janela. Miguel já foi um pouco mais.... ficou segurando a minha mão, alisou meus braços e me deu vários beijinhos na boca. Eu ficava mexendo com a minha bundinha pelada e esfregando meus pentelhos na parede já imaginando Miguel pelo lado de dentro me vendo semi-nua. Quando Miguel foi embora, corri pro meu quarto, coloquei o filme pornô e toquei uma siririca em sua homenagem. A merda toda aconteceu no outro sábado. Peguei o filme e fiquei assistindo ali mesmo na sala esperando o Miguel... novamente vestindo apenas a camiseta. Quando ele ligou dizendo que já estava vindo, dei uma pausa no filme (congelei a imagem) e fiquei na janela. As coisas esquentaram... Miguel passou a me beijar muiiiiiito, eram beijos de língua tão calientes que senti a minha bucetinha ficar empapada. Me passou pela cabeça em até chamá-lo pra dentro de casa pra ele assistir o filme de sacanagem comigo... mas tive medo de ser tão audaz já que também estava semi-nua. Ficamos ali naquele esfrega-esfrega que todos os pelos do meu corpo ficaram arrepiados, inclusive os da xoxota. Quando Miguel foi embora, alucinada de tesão fechei rapidamente a janela e sentei no sofá pequeno... com os olhos fechados e a cabeça reclinada pra trás fiquei passando o dedo no meu liquido vaginal e esfregando freneticamente no meu clitóris até ter um orgasmo prolongado. Bem!... vou dar um corte na minha narrativa, pra explicar o seguinte. Não podia imaginar, que justamente naquele sábado o meu pai estava em casa, precisamente no quintal; atrás da casa, limpando a pequena piscina que tínhamos... é que ele tinha trocado de setor na firma em que trabalhava e passaria a não trabalhar mais aos sábados. Voltando!.... depois daquele orgasmos gostoso, abri os olhos e para o meu espanto meu pai estava ali na minha frente com os braços cruzados, me olhando. Ninguém seria capaz de imaginar o que se passou pela minha cabeça em poucos segundos... foi tão apavorante que meu coração disparou, minha respiração começou a falhar que tive a impressão que o mundo estava desabando sobre minha cabeça.... desmaiei!. Quando acordei com meu pai dando sua mão molhada com álcool para eu cheirar, estava deitada no sofá grande... fui ficando apavorada novamente, comecei a chorar e procurei colocar a almofada que estava sob a minha cabeça sobre a virilha já que continuava pelada da cintura pra baixo. Meu pai sentado na beirada do sofá, eu não conseguia encará-lo... só conseguia ficar pedindo.: - Perdão pai! perdão!.... não briga comigo... perdão!... eu juro que não vou fazer mais isso!.... Ele.: - Calma filha! calma!... tá tudo bem! Eu não vou brigar contigo, só quero conversar um pouco... Eu sem coragem de encará-lo, comecei a ouvir meu pai falar que a cena que ele tinha visto deixou-o um pouco abalado, mas que ele pensando bem não podia me recriminar, já que ele também na minha idade costumava se masturbar pensando nas namoradinhas ou em alguma outra menina... e não era por eu ser mulher que também não podia ter esse direito. Mas quando ele me perguntou se eu ficava sempre daquele jeito namorando na janela, eu muito sem graça procurei dar-lhe uma explicação. Disse que era a terceira vez que conversava com o Miguel na janela e que ele nem percebia que eu estava nua da cintura pra baixo e acabei falando também que tinha a mania de ficar pelada dentro de casa quando estava sozinha. Meu pai riu dizendo que achava interessante aquela minha mania, pois ele também quando tinha certeza de estar sozinho ficava também pelado em casa. Então fez uma sugestão.: - Que tal, quando estivermos somente nos dois em casa ficarmos pelados, hem!!???... o que você acha???... Eu respondi que ia ficar com muita vergonha. Ele passando a mão na minha coxa disse que não precisa mais ter vergonha, pois ele já tinha me visto pelada e que achou a minha bundinha muito bonita. Nisso sua mão já estava próxima da minha bucetinha... relaxei e acabei soltando a almofada sentindo um imenso prazer naquele contato. Então ele fez um comentário sobre os bicos dos seios que estavam durinhos denunciados pelo tecido da camiseta.: - Você tá sentindo tesão filhinha? Seus peitinhos estão durinhos! Deixa o papai ver???... Ainda com muita vergonha, mas não querendo perder a oportunidade de ter os carinhos do meu pai, tirei a camiseta... Ele pegou um biquinho com os dedos da mão direita contorcendo-o levemente e com a mão esquerda tocou na minha bucetinha. Comecei a sentir uma sensação tão gostosa... mas ele parou e pegando o controle ligou novamente o filme; eu tinha até esquecido, e pediu pra eu ir assistindo enquanto ele ia tomar um banho por estar muito suado... mas antes pediu pra continuar peladinha esperando por ele. Não demorou muito ele veio enrolado numa toalha e pegou duas almofadas jogando-as no tapete dizendo que íamos terminar de assistir o filme deitados ali.... Deitei e ele deitou me abraçando por trás, foi quando percebi que ele tinha se livrado da toalha, pois senti uma coisa dura e roliça pressionando a minha bundinha. Papai então colocou na mão novamente na minha bucetinha e começou a passar o dedo na minha racha enquanto me dava beijinhos no pescoço e mordiscava a minha orelha. Aqueles carinhos foram me deixando alucinada que não resisti e falei.: - Aaaaiiii paizinho! Acho que vou gozar!.... Ele rapidamente me virou de barriga pra cima e enfiou a cabeça no meio das minhas pernas começando a chupar minha xoxota já super molhada... Além dele me chupar, molhou o dedão na minha xota e começou a enfiá-lo no meu cuzinho. Quando aquela língua ficou querendo entrar no buraquinho da minha bucetinha e aquele dedo movimentando dentro no meu cú, senti uma explosão vindo de dentro pra fora que minha xana virou um vulcão soltando um monte de líquido na cara do meu paizinho que continuou lambendo enquanto eu tinha espasmos num gozo alucinante. Depois ele ajoelhou sobre a minha barriga, colocou aquele pauzão entre meu peitos e ficou movimentando os quadris até jorrar aquela baba branca na direção da minha cara, me lambuzando toda. No sábado seguinte; ele me acordou mais cedo, depois do lanche fomos pra sala onde ele se despiu e me despiu também... depois colocou um outro filme onde uma atriz se passando por uma estudante adolescente era enrabada pelo namorado. Enquanto eu assistia o filme ele começou a chupar meus peitinhos e a tocar uma siririca em mim, até eu gozar.... depois ele me virou de bruços colocando uma almofada debaixo de mim fazendo ficar com a bundinha empinada. Fiquei com os olhos grudados na TV enquanto ele passava alguma coisa no meu cuzinho enfiando um, depois dois dedos... Ele voltou a filme até a cena onde o namorado começava a comer a bundinha da namorada, debruçou sobre mim e disse.: - Agora o papai vai fazer igual o filme, vou comer esse cuzinho gostoso!.... Quando senti ele colocando aquela coisa super dura no meu buraquinho forçando ele entrar pra dentro de mim, senti uma dor tão grande que tive que morder a almofada pra não gritar... Mas a pica do meu pai foi entrando que tive a impressão de estar sendo rasgada ao meio.... Quando senti o corpo do meu pai totalmente apoiado sobre minhas nádegas, percebi que ele tinha enfiado aquele mastro todo dentro do meu rabo. Ficou alguns segundos parado, depois começou a fingir que ia tirar seu pau de dentro do meu cuzinho... quando a cabeça chegada no anelzinho do meu cú, ele tornava a enfiar tudo novamente.... assim ele fez várias vezes até gritar. : - Tô gozando filha! tô gozando na sua bundinha!.... Senti o pau dele latejando dentro de mim e derramando uma quantidade enorme de porra. Os sábados foram passando e meu pai já nem esperava eu levantar... na minha cama mesmo ele já me dava sua piroca pra eu chupar e beber seu leitinho... me beijava, chupava me fazendo ter vários gozos seguidos, além de comer muito a minha bundinha... eu adorava levar pirocada do meu pai no rabo. Mas quando minha mãe; num final de semana, foi dormir no hospital com minha tia (sua irmã) que tinha ganhado neném, meu pai entrou à noite no meu quarto dizendo que ia dormir comigo. A cama era pequena, tivemos que ficar grudadinho um no outro... ele levantou minha camisola e tirou minha calcinha colocando sua piroca bem encostada na minha bucetinha e ficou fazendo um movimento de vai-e-vem... depois me virou beijando minha boca com sofreguidão, dizendo.: - Ah filhinha! Papai já não agüenta mais de vontade de comer a sua xoxota.... Respondi.: - Ah papi! Faz tempo que eu espero esse momento... por mais tempo que demorasse, eu ia guardar a minha virgindade pra você... vem papai, vem que ela é toda sua!.... Papai tirou rapidamente o short entrando no meio das minhas pernas que nessa altura já estava levemente levantadas.: - Então, você quer que o papai tire o seu cabaço???... vai doer um pouco, eim!!!???... Sentindo que ele já tinha encostado a cabeça entre os lábios da minha xoxota, pedi.: - Vai pai! eu sei que vai doer!... mas quero você entrando dentro de mim!... mete pai!... mete!.... Ele empurrou, quando achou a resistência da minha virgindade, deu uma estocada forte rompendo a fechadura da minha bucetinha... pronto!.... lá se foi a filhinha do papai, agora a mulherzinha do papai!. Quando senti que tinha entrado até o talo, veio meu primeiro orgasmo... papai continuou socando forte, e quando ele percebeu que eu ia gozar novamente, ele fez eu ficar de quatro... enfiou novamente na minha buceta e continuou a bombar. Quando eu tive meu segundo orgasmo, ele tirou na minha buceta e socou no meu cú bombando até enchê-lo com sua porra. Fui crescendo sempre tendo meu pai me dando o prazer sexual que necessitava. Namorei por uns tempo o Miguel, depois tive meu segundo namorado, somente com o terceiro que passei a fazer sexo. Me casei com 21 anos, com um cara super legal em todos os sentidos, inclusive sexualmente... mas mesmo procurando ser uma esposa leal ao meu marido, não conseguia ficar muito tempo sem dar pro meu pai..... NA MINHA BUNDINHA, SÓ PAPAI.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/11/2016 20:46:36
Show
10/07/2011 01:20:36
Muito bom...
02/05/2009 16:52:55
Gostei mto do seu conto! Bjinho!!!
17/02/2009 18:32:12
Conto ótimo,ótimo mesmo. se a minha filha for uma puta igual a voce eu faria o mesmo que o seu pai faz.
21/09/2008 10:11:36
muito bom, teho 42 anos eestou excitado, parabéns gata.
18/08/2008 22:14:58
Que maravilha de conto, principalmente os detalhes. Adorei. 10 para o conto e 1000 para você. Se quiser varia de homem, lembre de mim. (também gozei!)
07/06/2008 14:09:15
estou con o pau na mão mim mastubano pensando em vc no seu relato e demais prinçesa
11/03/2008 08:33:52
muito bom seu conto,parabéns. queria ter uma filha assim
10/03/2008 13:31:27
otimo conto,sem dúvida,um dos melhores,bati ate uma punheta pensando em você gatinha,valeu nota 10
08/03/2008 20:07:46
Bem, confesso que fiquei de pau duro ate por ja ter vivido uma situacao semelhante a essa, so que acho que tem umas coisas mto facil demais, acho que nao e tao facil assim o pai se passar com a filha, quem quiser ler minha historia e comentar, abraco.... http://sharoland-nn.ru/texto.pl?texto=
01/03/2008 16:40:05
Cuidado !!! http://ana20sp.sites.uol.com.br
28/02/2008 14:10:41
Ótimo conto NOTA DEZ....deu maior tesão...
26/02/2008 18:16:28
faria locuras para ver seu tesão despartar no meu corpo...




Online porn video at mobile phone


Contos um caderante estrupou minha bucetanovinha dormindo de Baby Doll padrasto canavideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãocontos anal casal que gosta fazer anal cagandoporno xoxota loucas surpresabaixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28concha do gozando na boca do cunhado gayvídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadomano nao me tente incesto contosrelato erotico padrasto pauzudoEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastoas navia perdebi cabacoVai vai no cu conto incestocontos eroticos numa ilha desertaconto fude com meu cachorro a xifro meu maridobatando o joelhinho na mesa xvideosfazendeira metendo com piao pretocontos eroticos sou viciado num cuzinho de machocontos eroticos de mulher de manausabaixar a musica so vei comigo vc n vai si arrebedermeu filho adora analPornopiroconasexo bengostoso uma lambida no grelo bem gostosoXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundarelatos eroticosgosto de ser traidocasa dos contos tema scarcontos de casadas pedindo ao marido pra realizar suas fantasiassogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhamarido segura as mao da esposa para o amante enfiar o braço na nuceta dela enquanto ela grita de dorsou casada e dei o cu para outro homemmulher não transa com pauzãooooum pornô para trás balançando a empregadinha naquele preço ela bem novinha pega à forçacontos sobrinha meu presente2baixar video bicha fala ai bicha disgracadadeu remeduo p/ mae dormi efode com elaviu a fofinha dormindo pelada e arrombou ela pornoabaixar vídeos de sexo na noite de núpciaspauzao para meu marido e eu, exibidaswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outrobaixar video Enteada safadinha bem cadela transando com seu padrasto sem vergonha. Bem putinha ela foi ate o quarto do padrasto e la pegou ele dormindo, tirando a cueca delecú do neltinho arrombadoContos eroticos gay chule do meu cunhadoporno duas amiga core do pau cabesudoAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticogay transando de songaxvideo filinha mimada senta no colo do papai para masturbaver homem chamadobucetaconto erótico gaay sonbra de gaelgozada de mule napica pornodi dicavalopraticantes de scat videocontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finoContos eróticos meu marido solbece quantas rola já levei no cuPorno doido hosexualimoconto erotico proibido pra mim hector e sophiecontos eroticos sexo oralao entrar no quarto me deparo ela gozando muito sexo porno brasil spmulher entupida forçando para cagar sexomeninos irmaos gay gostosos sarados pelados batendo punheta na cam e na escolameninas tirando a Virgindade aeh doiCavalo pauzudo coloca tudo na jumentinhabucetinhas teste pra insistoconto porno eu tava so de cueca e minha filha sento no meu colomulheres bostas scatContos d casada com cu arrombad por negroes traficantquero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarcunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadocontos sexo anal concunhada concunhadonovos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhoscontos cuzinho da Robertadoce nanda contos eroticoscontos eroticos alvinho e o padrevideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maiscasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodeContos erotico arombei minha prima gordinhAquando vc e virgem e transa fala com a pessoa q e virgeme na ele fala q vc e muito gostosa pqtufos familia favela #8quero ver vídeo pornô de novinha sendo estrupada na noite passada passada amor comigo a noiteentrou gosada chanaCona gulosa relatosquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoWww. faveladas fazendo sexo na promiscuidadevideo de corno chupado o pau do negam juto com a esposapadrasto enteada falei de sexo brasileiroVai vai no cu conto incestoTenho fetiche de beijar os pés da minha namorada quando ela está usando rasteirinhascontos/arrebentei meu cabacoNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileirocontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadehomemsexo homen em esteio rs